sexta-feira, março 11, 2011

143 Cadê o AOD??


Ontem fui ao Beira Rio, muita chuva, vitória fácil (claro, ipiranga...), Roth de novo insiste em jogar com 1 atacante, em deixar seu bruxinho Zé Cachaça no time e provalmente Oscar sairá para entrada de Dalessandro... 3 voltantes, Bolatti, Guina e Tinga, todo aquele blábláblá que conhecemos e sabemos onde vai dar... não é sobre isso que eu quero falar, aliás eu não aguento mais alertar aqui quais serão as conseqüências de mantermos esse jegue no comando.

Quero falar do estádio. Ontem naquela chuva, barro, arquibancada demolida e aquela impressão de obra parada, me fizeram refletir um pouco sobre este tema.

Este embrólio de parceria ou recursos próprios está sendo discutido de forma errada e sem transparência para o torcedor, que é a razão do clube.

Vamos por parte. Parceria significa o que? Ceder a uma empresa que possui um "acerto" com a FIFA e as outras empreiteiras algumas receitas que poderiam ser do clube. Alguém ai já se perguntou porque não existe concorrência? As empreiteiras fazem um acerto, onde uma não tenta roubar o espaço da outra, assim sobrou para Andrade Gutierrez o Beira Rio, pois ela é a que atualmente possui menos estádios no país. Assim, a FIFA sempre encontrará empecilhos no Beira Rio enquanto este não estiver nas mãos da AG, forçando o Inter a aceitar a parceria e "cumprir" o acordo para ter a Copa do Mundo. Este projeto tem seus prós e contras. Garante a obra, garante a copa. Mas e depois??

Por 20 anos estaremos abrindo mão de mais de 1 bilhão de receitas (segundo a própria projeção da Andrade Gutierrez). Essas receitas existem? não! O Inter tem condições de performá-las? Tem!! Se isto for feito profissionalmente e não da forma amadora que hoje é gerido.

A missão do clube é jogar futebol e este não pode desviar o seu foco. Agora é perfeitamente possível que o clube forme um braço empresarial para gerar receitas de modo a reforçar o caixa e com isso o time...

Vender camarotes, cadeiras vips, realizar shows, administrar um shopping, um estacionamento e o diabo que seja, não podem ser feitos pelo clube, ainda mais do jeito que ele hoje é conduzido, de forma 99% amadora. Siegmann gosta de gargantear por aí que o Inter até hoje só tem experiências ruins com gestão de outros negócios: gato do alemão, pizzarias e etc... mas é claro!!!!

Eu sou administrador, se me pedirem para fazer uma operação nos rins eu não vou saber fazer, eu não sou médico! O Inter tem más experiências devido a sua falta de capacidade gerencial. São dirigentes que estão lá "por amor ao clube", sem qualquer preparo e capacidade.

Eis que chegamos ao festejado AOD Cunha... nosso CEO está lá pra que? Para dizer que o Inter tem dívidas qualquer um diz, agora se contratamos este cidadão para profissionalizar a gestão do clube, não seria sua obrigação assumir o projeto Inter empresa, realizar a obra com recursos do clube, não do futebol, recursos gerados a partir da própria obra, venda de camarotes de uma forma profissional, através de uma empresa contratada que tenha experiência neste área, e não esta venda de padeiro como é hoje.

Poderíamos também criar uma empresa, com funcionários contratados para usarem a imagem e infra-estrutura do clube para gerar receitas, que no final vão para o futebol. Quantos shows são hoje realizados no gigantinho? Quanto geram de receita? Quem vende estes shows? Será que um show da magnitude de Paul Mcartney, se fosse tratado por um profissional da área não geraria uma receita para contratar algum grande jogador?

Por que contratamos um CEO para profissionalizar a gestão do clube e este simplesmente quer terceirizar esta tarefa? Será que ele ganha alguma coisa com isto? Pra mim não faz nenhum sentido... Este projeto já deveria ter sido feito a 2 anos atrás quando essa história de copa começou, agora em cima da hora, ficamos pressionados a aceitar a parceria, que não é tão ruim como a da Azenha que entrega tudo para a OAS, mas sim é muuito mais favorável para a empreiteira do que para o clube...

Vamos profissionalizar o clube? Vamos, então comecemos com a gestão das receitas do estádio!!! Podem ser nossas e não outra empresa!!! Torcedor colorado, ACORDE!!!

Se aceitarmos a parceria....

OREMOS!



143 Comentários:

PEPINO disse...

me fale só uma coisa que está sendo feita corretamente no beira rio, please !

Roberto disse...

Tá... e sem parceria, o inter vai tirar dinheiro de ONDE para pagar as obras? Da venda de jogadores? Quem sabe ao invés de vendermos os dois jogadores anuais (garganteados pela diretoria) passamos a vender 5? Ao invés de Guliano (já foi) e Damião (na lista), vendemos também Oscar (alto potencial) e algum guri da base?

Eu penso no seguinte: Tem que ter parceria, só tem que alinhar as expectativas e benefícios de cada lado.

O inter tem que cuidar do futebol. Simples assim. O restante ele tem que delegar para outras empresas e ficar com uma fatia do lucro. Fatia pequena nos primeiros 20 anos, fatia gigante no restante.

Inter = Futebol, estádio, museu, lancherias internas. Tudo que está dentro do beira rio. Ações de marketing para atrair sócios. Mas tudo isso sem prejudicar o primeiro item (futebol). Se prejudicar, tem que rever.

Parceiros = Restaurantes, estacionamento, hotéis, lojas, shoppings, etc.

Roberto disse...

E outra meu amigo... pra ti chegar nesse 1 bilhão de receitas, tu tem que ter os 300 milhões de investimento inicial. Tu não tem? Te fode (desculpe o termo). Arranja alguém que tem e deixa esse alguém lucrar bem mais em cima. É a lógica do mercado financeiro. É como pedir um empréstimo. Tu pede pq precisa pagar algo de imediato... mas na hora de pagar teu credor, o cara tem que ter o lucro dele...



É assim a situação do inter. O inter não tem esse dinheiro porque tem que se preocupar em formar times competitivos. Se começar a investir em reforma e estrutura, perde o dinheiro que iria para o futebol... o time decai... socios começam a sair... torcida fica mais fraca... e assim vai numa bola de neve.

E outra, quanto mais competitivo os times que o inter monta, maior o custo de salários de jogadores que vem chegando, pois eles sabem que o inter é grande e fazem uma pedida maior...

Enfim. Como disse: TEM QUE SER COM PARCERIA. Apenas devemos alinhar as expectativas e benefícios de cada um. É aqui que pode estar o real problema.

Iuri Fiedoruk disse...

TEMPO meu caro, tempo.
A FIFA deu até dia 16 para o Inter apresentar garantias financeiras,dentro DESTE QUADRO o Aod achou que a única saída (e eu tb acho, visto que os bancos NÃO querem dar empréstimo) fazer uma parceria.

Tira a copa de campo e o quadro muda totalmente, inclusive o preço da obra sobe, já que perderemos isenções e também interesse de investidores.

A tua solução serve para 2 anos atrás, mas agora é tarde :-(

TenisVermelho disse...

porque pararam as obras da inferior?
O cronograma era entregar em Abril
Independente da parceria , se começaram e planejaram era porque era viavel na época, então, irá ser concluida?

colorado-RN disse...

O que você sugere é UTOPIA. Cai na real, ou vc acredita em Coelhinho da Páscoa?
Outra coisa, seja menos corneteiro, por favor, sobrou pra todo mundo, como diz o Pepino, tem alguma coisa que estão fazendo certo no BR?

mutano disse...

Felipe, na boa, o Zé Roberto recém chegou, nem está jogando mal, e já está sendo apelidado e depreciado. É brabo ler isso de quem se diz colorado... quer falar mal do Roth, fala, mas não põe mais gente na carona, faz favor, né!

mutano disse...

Ah, e outra coisa, termina teus posts com outra palavra que não "OREMOS"... o Inter não está tão mal assim, para sempre precisar ajuda "divina"... credo!

colorado-RN disse...

Realmente, mutano, este "oremos" é irritante.

Henrique Marks disse...

"O Inter pode realizar as obras que gerarão 1 bilhão de receitas em 20 anos".

Acorda pra realidade, não pode.

Lembrei-me de algo sobre a proposta da AG, que me assustou. É UMA PROPOSTA. Como em qualquer negócio, o Inter deve fazer uma contra-proposta. E depois uma réplica da AG, e depois a tréplica colorada, e aí fechamos.

E concordo com outros leitores sobre o uso desses apelidos depreciativos, que coisa chata isto.

TenisVermelho disse...

irritante foram os defensores de carteirinha do CONE ,e de tudo de ruim de 2010 como os mutanos da vida

cjr-sp disse...

TEMPO meu caro, tempo.
A FIFA deu até dia 16 para o Inter apresentar garantias financeiras, dentro DESTE QUADRO o Aod achou que a única saída (e eu tb acho, visto que os bancos NÃO querem dar empréstimo) fazer uma parceria.

Tira a copa de campo e o quadro muda totalmente, inclusive o preço da obra sobe, já que perderemos isenções e também interesse de investidores.

A tua solução serve para 2 anos atrás, mas agora é tarde :-(


NA VERDADE NAO SERIA NEM SOLUÇAO E SIM REMENDAO.

***************************

FECHA JÁ COM A AG.

E DEEM GRAÇAS A DEUS QUE O AOD CUNHA TÁ LÁ. JÁ DEVE TAR DE SACO CHEIO COM TANTOS IGONORANTES A SUA VOLTA...POR SINAL.

**************************************

E MAIS, O INTER NAO CONSEGUE SEQUER GERIR A CAPELA DO BEIRA-RIO E TEM GENTE QUERENDO GERNCIAR COMPLEXIDADES QUE SEQUER ENTENDEM LÁ PELAS BANDAS DO BEIRA-RIO...

O FAT LIQUIDO DO MKT COLORADO AINDA É MENOR DO QUE A REDE DE PADARIAS DA ESQUINA DA MINHA CASA.

QUANDO PASSAR O LL DA PADARIA...AÍ É PQ TAO VIRANDO GENTE GRANDE...POR ENQUANTO...TERCERIZA PARA QUEM ENTENDE DO RISCADO...


**************************

FUI...QUE JÁ ME ESTRESSOU....

UMA COISA É CERTA...O SR VP TÁ VISANDO AS ELEIÇOES FUTURAS DO CLUBE...E NAO O BEM DO CLUBE...É O TERCEIRO TURNO...

PORRA A GESTAO É DO LUIGI E O PIFERO TA LÁ SE METENDO...

Julio.Colorado em Sampa disse...

Matemáticos financeiros me ajudem.

Qual seria o resultado de uma aplicação de 250 milhões com juros capitalizados por 240 meses, imaginando 1% a.m.

Só para ter idéia se o "lucro" anunciado é realmente coisa de outro mundo ou se é uma coisa normal para quem lida com números dessa magnitude.

claudio disse...

Como já falaram aí, o AOD deve estar a ponto de pedir demissão afinal nao tem porque aguentar politicagem barata de ex presidentes, saudosistas e burros a sua volta.

Rodrigo Barfknecht disse...

As obras pararam porque ? Acredito que seja falta de dinheiro.

O Aod é economista senão me engano e não administrador.

Na teoria é tudo muito lindo de se fazer, na vida real sabemos que funciona diferente.

O que é verdade e o que é mentira nessa ladainha toda ? Não sabemos e não sei se saberemos.

O Inter mal consegue administrar suas contas e ainda querem que administre Hotel, Marina, Shopping e etc etc etc...

A torcida quer um Clube de Futebol ou quer uma Empresa para torcer ?

Carlos - Porto Alegre disse...

Julio, a 1% a.m., ao final dos 240 meses dá R$ 2.696.176.647,00, mas é dinheiro demais para deixar parado por tanto tempo, e nem temos este dinheiro.

Rubens Borges disse...

Cara, fazer aboras em 20 anos, sério? A hora pra reformar tudo, receber uma estádio novinho e, em troca, dar apenas 12% da grana adquirida em público (isto se venderem camarotes)e depois ficar com tudo é agora.

Não aguento mais ir no Gigante e ficar com dor nos joelhos e costas naquelas cadeiras desconfortáveis.

Henrique Marks disse...

A RedeTV ganhou a licitação, pagando quase o preço mínimo, quase 500 milhões/ano.

Se três ou quatro clubes voltarem agora ao C13 (o rival, por exemplo), está fechado o contrato e o CUr e FLa ficam DE FORA.

Divide 500 milhões por ano por 12 ou 13 times, beleza.

E a REDETV provavelmente revenderá para outra transmissora (BAND provavelmente) onde ela não tem cobertura.

Tem que terminar com o monopólio global HOJE.

Daqui há pouco os resultados das vendas para internet, tv a cabo, internacional, outras mídias, etc.

Unknown disse...

Aod foi contratado como CEO, mas até agora tem agido apenas como consultor financeiro aparentemente.

Zooworld disse...

Meu DEus que desespero e esse pela copa no beira rio !! Esse negocio de parceria e esquema da FIFA, concordo plenamente com o felipe , o AOD ta ai para resolver os problemas nao terceirizar, isso eu tb faco e cobro bem menos !!
Que a copa se f.... o que importa e o internacional , que reformamos o estadio em etapas conforme o programado, sem ceder nada para empresas privadas ainda mais por 20 anos, jogadores serao vendidos de qualquer jeito sempre foram, o inter e uma fabrica de jogadores , e isso nao e uma coisa ruim pior seria nao ter ninguem para vender, o negocio e manter o nivel competitivo. E fazer a obra com o que temos nem que demore mais tempo FORA FIFA ( nao vo sentir nenhuma falta de ver russia x arabia saudita no beira rio )

Iuri Fiedoruk disse...

Segundo o terra, a Rede TV não deu o preço mínimo, e sim, espetaculas 1.5 BILHÕES!!!

Henrique Marks disse...

preço mínimo: 500 milhões por ano

Julio.Colorado em Sampa disse...

Carlos, obigado pelo cálculo.

Eu sou a favor da parceria e os números que você apresentou mostram que não tem nada de errado a AG projetar um lucro de 1 BI.

abç

Julio

Felipe Wallau disse...

Uma coisa certa no Beira Rio? Contratações...

Bolatti e Cavenaghi. Temos um grupo muito bom para a LA.

Quanto ao Zé "Roberto"... nunca jogou nada, nunca deu certo em lugar nenhum. É bruxinho do treinador... enquanto jogarmos com o ipiranga ta tudo certo, quando o furo for mais embaixo vão lembrar do que eu escrevi.

Sobre as obras, vocês estão sendo enganados pela atual direção que quer a parceria de qualquer jeito. Fizeram essa história de prazo para forçar a parceria... Foda-se a FIFA, o estádio é para o Inter e não pra seleção de Gana x Grécia... o dinheiro não vai sair do futebol, vai sair da venda dos camarotes e outras coisas. A parceria é o mais cômodo e não a melhor opção... Mas se querem se enganar...

Schroder-EUA disse...

Pois é como falei em outro topico o pessoal acha que a AG vai trabalhar de graça? Que não devem ter lucro?! Mas como!!

É verdade né se eles pegam 250 Milhoes e colocam na "poupança" ganhariam bem mais do que dar de graça ao Inter como muitos acham que devem.

Pra mim Parceria já! Ontem.

Vi o Beira Rio ontem na TV...não aguenta mais aquela poluição visual na minha TV..aquele concreto sujo, velho...pessoas de pé em tudo que é lugar....ai a gente ve jogo da Champions e ve a diferença nos Estadios.

claudio disse...

Leiam o Wianey no seu ultimo post.

A PARCERIA É O MODELO MAIS SEGURO PARA O INTER.


""Já li e ouvi o suficiente para me arriscar a opinar sobre o melhor modelo para a reforma do Beira-Rio. As opiniões de Marçal Alves Leite, editor de Finanças de Zh, edição de hoje, e do Consultor Financeiro, Nilton D´Avila Farinatti, ambos sem qualquer ligação com os grupos que defendem propostas diferentes, no Inter, levam-me a acreditar que a parceria é o caminho menos arriscado para o clube. Afinal, o Inter abdicará de receitas que ainda serão criadas. Em troca, receberá um estádio novinho com equipamentos que valorizarão o complexo Beira-Rio e, consequentemente, atrairão receitas indiretas. Acredito, mesmo, que o presidente Giovanni Luigi aprovação a sua proposta, no Conselho Deliberativo do Inter, segunda-feira.

Não creio, igualmente, que os conselheiros do Inter precisem de mais tempo para analisar e escolher a melhor proposta. Neste momento, os principais pontos estão mais do que esclarecidos. A ronha pode e deve terminar na reunião de segunda-feira. Já está virando novela. E chata.""

Luciano Klein disse...

Sobre as obras no BR, é agora que temos isenções.

Sem copa, sem isenções

R$ 280 milhoes com isenções

R$ 400 milhoes (chute pra baixo) sem isençoes

é isto q muitos parecem naum entender.

Por isso, se querem fazer um novo Beira Rio (Gigante para sempre) e não um remendo, Andrade Gutierrez.

Ruim coMigo, pior semMIGO, como diria um gauderio.

Desde que as bilheterias, jogadores e patrimonio continuem do Inter, o entorno, estacionamento e o que mais construirem com nosso aval podem ser DESFRUTADOS por eles em 20 anos. Depois, ganhando dinheiro a pleno vapor, voltam pras mãos do Colorado.

REpito, tudo que for construido se for do Inter, e não da construtora após os 20 anos, qual é o problema?

Temos de os preocupar em nos viabilizarmos internamente, ja que o que tenho lido é que as contas do Clube não fecham.

Parem e reflitam.

Quanto dinheiro vai sobrar quando não tivermos o custo de manutenção altissimo do Complexo Beira Rio?

Se essa despesa for da AG, durante o contrato, podemos canalizar tudo para o futebol, sem preocupar com Energia, Agua, Manutenção, etc, que devem comer um caminhão de dinheiro hj.

Jorge disse...

Puta que pariu! Mais um que vem falar merda aqui.
Felipe se o Inter não tem nem grana a ponto de continuar a reforma do Beira Rio, daonde iria tirar 290 MILHÕES de reais? Nem que tivesse o mago Merlin fabricando dinheiro acho q não dava conta.

Esta receita de 1 Bilhão (duvido que chegue a tudo isso) vai ser gerada de empreendimentos até então INEXISTENTES no Beira Rio e que por mais que saia a reforma o Inter NÃO tem como fazer sozinho, ou seja, a empresa é que vai construir e lucrar com isso por 20 anos.

Após estes 20 anos a receita do Novo Estacionamento e do Setor VIP será do Inter, ou seja, vai ganhar de lambuja (além de um estádio reformado nos padrõs FIFA) tudo isso, mais um Novo CT e uma baita infra estrutura comercial ao redor do Beira Rio que irá atrair mais e mais compradores, colorados e negócios.

Dificil entender?

Iuri Fiedoruk disse...

> preço mínimo: 500 milhões por ano

verdade, a manchete do terra me iludiu. pelo visto foi mesmo um fiasco o leilão. o clube dos 13 já está falando em reunir a rede tv, globo, record e clubes dissidentes para "ajeitar" a coisa toda.

Que vergonha.

Felipe Wallau disse...

Eu não sou contra parceria. No quadro atual é a melhor saída, pois o clube é dirigido como se fosse uma banca de cachorro quente. Para tocarmos sozinhos as obras, teríamos que reformular todo o clube e sua cultura de gestão. Aí sim seria a melhor opção...

Ruim comigo pior semMIGO... gostei da definição...

Quero um clube melhor na parte administrativa! Isto reflete no futebol...

Henrique Marks disse...

Essa conta de dois bilhões e muito está ERRADA.

NENHUM INVESTIMENTO NO BRASIL TEM RENDIMENTO DE 1%a.m.

Tem que descontar impostos, inflação no período, etc, etc.

Não estou dizendo que o cálculo está errado, mas que a premissa (1% a.m) é fictícia.

Exemplo: quanto você ganha na poupança atualmente ? Resposta: com sorte, 0.5% AO ANO, que é diferença do rendimento para a inflação no período (visto que poupança não paga imposto, ainda).

Agora, o empréstimo bancário são outros quinhentos: se você pegar duzentos, paga 500 (ou mais) em vinte anos.

Henrique Marks disse...

500 milhões (peço mínimo) é o QUÁDRUPLO QUE A GLOBO PAGAVA E PAGARÁ ESTE ANO.

É o valor que a GLOBO CONSIDEROU INVIÀVEL PARA QUALQUER REDE.

Felipe Wallau disse...

Caro jorge,

Daqui a 20 anos todos os empreendimentos que serão construídos e "dados" ao Inter estarão defasados... consegue entender o que são 20 anos?

E o orçamento de 290 milhões está inflacionado pela empreiteira. Só não sabe disso quem não entende lhufas do "riscado". Trabalho com projetos e investimentos. Sei do que estou falando e conheço os números.

Henrique Marks disse...

Ou seja, não foi fiasco, foi um excelente negócio do ponto de vista puramente financeiro.

Tem questões mercadológicas, de exposição, etc. Mas que pra mim são muito etéreas. Posso garantir que no modelo global atual a exposição colorada é ZERO, a exceção dos próprios colorados.

Henrique Marks disse...

Quantos anos tem o shopping iguatemi em Porto alegre ?

Está defasado ? Caindo aos pedaços ? Morto, acabado, parou de dar lucro no vigésimo aniversário ?

O Inter apresenta uma contra-proposta (não dá dinheiro nenhum para a obra e pega uma porcentagem pequena de participação nos empreendimentos) e fecha negócio.

Felipe Wallau disse...

O Shopping Iguatemi Porto Alegre foi inaugurado em abril de 1983. Durante seus mais de vinte e cinco anos de existência, já passou por diversas ampliações e obras... ou seja, a construção feita a 25 anos atrás sim estaria defasada se não houvesse inúmeras reformas...

O que a Andrade vai fazer? Reformar para doar ao Inter? Acho difícil...

Adriano disse...

esse negocio de reforma e o karai a quatro já encheu o saco!!!

que tanta porra de exigência faz essa fifa???

quanto time de primeira grandeza já jogou no beira assim como esta?

agora por causa de alguns jogos de copa temos que nos individar?

muita frescura pô!!!!

agora:

o Inter nunca vai fazer porra nenhuma em "torno" do beira!

e se fizer vai demorar uns 100 anos pra ficar pronto e dar lucro.

então esse calculo do VP é pifio!

as arenas da europa foram feitas com dinheiro dos clubes?

NÃO!!!

dependemos de vender camarotes pra terminar a reforma apenas do estadio não é?

SIM!!!!

se vai vender os camarotes pra alguem então quer dizer que os mesmos NÃO serão do inter de qualquer forma não é?

SIM!!!

temos dinheiro pra fazer estacionamento, piso no entorno, shoping, e o escambau em roda para dai então lucrarmos 1 bilhão em 20 anos?

NÃO!!!!

temos dinheiro pra fazer um CT adequado?

NÃO!!!!

senceramente, não vejo nenhum bixo de sete cabeças na tal de AG.

San Tell d'Euskadi disse...

Infelizmente, o meu Grêmio está errado nessa história. Deveria ter ficado com o C13.

O problema, segundo me informam, é que muitos dirigentes fecharam com a Globo porque não sobreviveriam a um "Globo Repórter". E o Odone é político profissional.

Abraço.

Luciano Klein disse...

É isso que tem que ser visto Felipe.

Não só os custos de manutenção das obras, mas por exemplo, o CT. Quem vai cuidar?
Depois da concessão pelo exercito, quando vai começar as obras?

Quando terminar o contrato, o Inter vai ser despejado de lá?

O shopping passa pro Inter em 20 anos. Marca metas para ampliação e reformas, de forma que mantenha a viabilidade e atratividade.

Tudo no contrato.

Eu sei q falta tempo.

mas como disse o CJR em outro post.

Contrato de intenções.

Se as obras no Estadio ficarem prontas no prazo, o entorno (Shopping, hotel, marina) podem demorar 19 q a gente naum se importa, rsrsrrsrsrs

Julio.Colorado em Sampa disse...

Henrique, diminua para 0,7% a.m., desconte os impostos e veja se mesmo assim não chegaremos a um resultado superior a 1 BI, sem risco algum, sem causas trabalhistas, sem custos de manutenção etc etc etc

Repito, pedi este cálculo só para ver se o resultado anunciado era um absurdo ou não (e tambem pq não sei fazê-lo rsrsrs).

Henrique Marks disse...

A AG não vai reformar para o INTER, é claro. Mas a empresa que estará gerenciando o shopping (assim como os outros empreendimentos) os manterá no melhor estado possível para ganhar a maior quantidade de dinheiro possível, sempre. Quando trocar a destinação dos lucros (em vinte anos) a empresa que estará gerenciando o shopping passará a pagar os lucros devidos não mais a AG, mas sim ao INTER.

Este argumento do tempo corroendo as obras não faz sentido.

Mas eu entendo seu ponto-de-vista,e inclusive acho ele correto. Não temos que aceitar de olhos fechados, mas aceitar com uma contra-proposta mais vantajosa. Se é tão lucrativo para a AG, então queremos também lucrar mais, afinal o INTER é o dono do negócio. SEM O INTER, NINGUÈM GANHA 1 BILHÃO, ISTO É CERTO.

Felipe Wallau disse...

Adriano,

clubes europeus deram seus estádios para a iniciativa privada.

Clubes estão quebrados e as empreiteiras ricas... o que me diz disto?

San Tell d'Euskadi disse...

Sobre a TV, a Rede TV não leva porque a proposta é condicionada. O que está acontecendo neste momento são negociações privadas entre os clubes, com Record e Globo.

Provavelmente, haverá clubes fechados com a Record; e clubes fechados com Globo. As emissoras só poderão passar jogos entre os seus contratados. O que é insustentável, ainda mais com a organizadora (CBF) sendo favorável a uma delas.

Voltamos a 1986.

Schroder-EUA disse...

Sei lá mas se alguem quizer reformar minha casa...faz ela ficar nova (Minha casa foi construida em 1920 eu acho...serio) e eu nao ter que pagar nada so deixar ele lucrar com o alugel dos coelhos que moram no meu patio...onde eu assino!!!?

Felipe Wallau disse...

Henrique Marks

É claro!! O Inter é o responsável por tudo... por isso merecemos uma parte maior deste negócio, não apenas cimento e cobertura...

Temos que pensar grande!

Iuri Fiedoruk disse...

Louis, não adianta, a maioria dos brasileiros acha que vive numa espécie de comunismo capitalista, como na China.
Não aceitam que alguém ganhe dinheiro para fazer um empreendimento, preferem deixar o terreno baldio sem casa nenhuma em cima.

Adriano disse...

Felipe,

me desculpe mas esse argumento seu não me convence.

se estão quebrados não é por causa de estadio e sim porque a vida inteira compram feridas brasileiras a preços astronomicos e um dia se paga a conta.

na alemanha as arenas usadas na copa de 2006 alavancaram seus clubes.

Ivan disse...

David gremistão Coimbra acha que o Inter deveria abandonar a Copa (e entregar de bandeja pro time dele, claro...):

"O Inter devia reconstruir seu estádio com recursos próprios ou apelar para um investidor?
Quem está certo? Luigi ou Piffero?
Nem um, nem outro.
Perfilo-me com Fernando Carvalho: o Inter não devia ter assumido o compromisso de realizar a Copa do Mundo no Beira-Rio. Para quê? Para a vã glória de colocar uma placa no estádio, “aqui se jogou uma Copa”?
Vaidade das vaidades, tudo é vaidade debaixo do sol, como disse o Eclesiastes.
O Inter devia desistir da Copa e refazer seu estádio aos poucos, com parcimônia, sem a pressão da Fifa, sem comprometer as finanças, ano a ano, com calma."

Concordo com o San Tell: voltamos a 1986...

Ivan disse...

Lembrem: a AG fez uma PROPOSTA, o Inter agora deve fazer a contra-proposta.

Olha, acho que o povo esquenta demais com essa história de construtoras. Como torcedor eu quero um estádio decente pra ir e fim de papo.

Não quero esperar 1000 anos.

Até a Arena é melhor do que fazer um remendão aos poucos.

Adriano disse...

pra mim esta muito claro que VP e os seus estão pensando nos LUCROS que essas obras lhes renderão pois como já é sabido estão ligados as empresas que tocam as obras já existentes.

agora que veio a tona já estou temoroso da qualidade do que estão fazendo.

a empreiteira nos entrega pronto uma coisa de primeiro mundo e a tempo.

teremos conforto, a copa no beira e um CT.

nos moldes do VP garanto que nem cobertura sai a tempo da copa pois ele já falou isso tempos atrás.

ele disse: COBERTURA NÃO É EXIGENCIA DA FIFA.

muito estranho.

Schroder-EUA disse...

O Coimbra não escreveu nada de novo. Eu ja falo a 3 anos aqui que COPA por COPA isso tem valor ZERO e que ter copa so pra fazer corneta a gremista nao vale a pena.

Agora....vale a pena se for pra receber uma reforma com discontos do governo...e se alguar o nome do estadio durante esse periodo. Ou trocar o nome do estadio para o nome do clube.

Sem esses items acima a copa no beira rio tem nenhum valor.

Adriano disse...

sem falar que o beira da prejuizo!!

ontem pq choveu não teve bom publico.

mas lá na alemanha a 20 graus negativos, abaixo de neve os estadios estão sempre lotados.

pq será?

será que não é porque os alemães saibam que vão ficar bem sentados sem tomar neve e chuva na cabeça e tudo mais que um colorado enfrenta pra assistir um jogo no beira?

uma pessoa me falou uma coisa:

SE VOCÊ QUER GANHAR DINHEIRO VC TEM QUE GASTAR DINHEIRO.

Henrique Marks disse...

A diferença é que a opinião do Coimbra neste momento tem somente um objetivo:

f.... o Inter.

Ele nunca disse que trocar um estádio próprio na Azenha por um aluguel de 20 anos era mal negócio.

Eu ainda acho que teremos dois estádios na COPA, em Porto Alegre. Minha opinião somente, mas cada dia me convenço mais disto.

Felipe Wallau disse...

Na alemanha o público é bom não somente pela cobertura. Tem cerveja no estádio, tem um lanche muito bom, tem segurança, acesso é facilitado, ninguém fica horas numa rampa...

Mas mais importante que isso. Tem marketing que atrai o torcedor... Nosso marketing é muito inferior... Aqui não temos numeração fixa, uma coisa primária... imagina conseguir lotar o Beira Rio todos os jogos...

Dr. André disse...

Prezado
Por que as vendas dos camarotes não decolaram? Porque o INTER perdeu para o Mazembe. Eu sou a favor da parceria e, mais, não me importo com o fato de que AG vai ganhar muito dinheiro. A questão é de tempo e oportunidade. Talvez não saibas mas o INTER levou QUINZE ANOS fazendo o Beira-Rio, nesse período, o gremio ganhou 12 em 13 campeonatos gaúchos. O mesmo ocorreu com o São Paulo construíndo o Morumbi. Não ganhava nada. A conta é simples, com recursos próprios, não há tempo para a reforma terminar e, sim, será utilizado recursos do futebol, desmachando time e parando as conquistas. Queremos isso? Claro que não. O que a turma do Pfífero e do Afatto, que perderam as eleições, querem é obstruir a atual gestão, finaceira e esportivamente, para voltarem como salvadores. Ora, isso parece bem claro. Nem falei do fato que o INTER quis a copa (presidente Pfífero) e agora esse mesmo ex-presidente, quer entregar de mão beijada para o tradicional adversário. São melhorias para o Estádio, para o entorno e para os próximos vinte anos, que refletirão no FUTEBOL. Para o bem. O Arsenal "ganhou" um estádio o qual não explora. Mas seus torcedores tem todo o conforto do mundo. Por fim, são poucos que podem pagar um milhão de reais para ter um camarote. O resto do estádio será do INTER. Não me parece ser um péssimo negócio. Péssimo é tocar uma obra, sem crédito, comprometendo o futebol. Isso sim é danoso para os próximos vinte anos. Vamos pensar nisso?
André Dutra, Advogado e sócio colorado.

m.rodrigo.oliveira disse...

Por favor.

Já tem informação suficiente por aí pra não falarmos bobagem.

Um exemplo é essa história de R$ 1 bilhão de faturamento em 20 anos.

Esse valor seria alcançado se todas as estruturas administradas pela AG tivessem 100% de ocupação nesses 20 anos. O QUE É IMPOSSÍVEL DE ACONTECER.

Um investimento desse tamanho deve levar quase 10 anos pra agingir o seu pico de faturamento.

Diante disso fica a pergunta. O Inter deve assumir esse risco, sem ter dinheiro em caixa e depender de bancos pra tocar a obra sozinho?

Vejam o que já saiu por aí. A obra que o Inter está tocando sozinho, está orçada em R$ 150 milhões SEM A PARTE ELÉTRICA NEM MOBILIÁRIO.

Alguém aqui conhece algum caso onde instalação elétrica e móveis tenham entrado de graça na construção de um imóvel?

Fabiano (Bibi) disse...

Acho engraçado o foco que se está dando para essa discussão da reforma do Beira Rio. Textos gigantes discutindo se fazemos parceria ou não fazemos, mas ninguém falou uma linha sequer da grande "cagada" que esta gestão (quando digo esta me refiro às gestões Píffero e Luigi) fizeram de destruir parte do estádio sem nem ao certo saber como vão fazer para reformar. Fora que o mais correto seria erguer um estádio novo, pois o que faremos é uma legítima "gambiarra". Vamos colocar um monte de perfumaria no Beira Rio e diremos que temos um estádio novinho em folha. Pura ilusão. Com parceria ou sem parceria a merda já foi feita. Lembro que em meados dos anos 2000 o então presidente Fernando Miranda apresentou ao Conselho uma proposta que ele havia recebido de parceria para construção de um novo estádio, ao lado de onde está o Beira Rio, sendo que o atual estádio só seria destruído após concluído o novo e entregue com um novo CT. A então oposição (que envolve a situação atual) caiu de pau dizendo que o Miranda era locuco e queria implodir o Beira Rio. Hoje estas mesmas figurinhas botaram a baixo o estádio e mal sabem como vão fazer para construir um "remendão". Como diria o personagem do Jô Soares "TIRA O TUBO"!

Schroder-EUA disse...

Fabiano

Como ninguem falou? Eu escrevi exatamente isso a 2 dias aqui no BV

http://bolavermelho.blogspot.com/2011/03/cada-vez-pior.html

Fabiano (Bibi) disse...

É verdade Shoreder, falaste mesmo. Foste o primeiro que vi tratar do assunto com a clareza necessária. Como demoliram o Beira-Rio sem saber o que fazer depois? Bueno, parabéns pelo texto e pelo blog, que com esse tipo de discussão informa e educa a todos nós torcedores colorados. Abraço de um novo leitor assíduo.

Ike disse...

o INTER possui o terreno em local nobre há 50 anos e até hoje o tal potencial só serviu pra cobrança de impostos e despeas de manutenção

de repente vem um parceiro e quer empreender no local, e em troca oferece reforma total no patrimônio já existente (e não se enganem - padrão FIFA não combina com remendo, vai ser um estádio novo construido nos alicerces do velho beira rio)

e eis que de repente. do dia pra noite, agora somos capazes de fazer sozinhos o que conseguimos em 50 anos! vamos construir e administrar sozinhos hotéis, marinas, estacionamentos, shoping centers...

tenhamos humildade, o clube não sabe, não tem vocação, não tem recursos, não tem pessoal pra administrar outros setores que não o futebol e seus circunscritos

o ideal seria que administrássemos tudo? eu concordo, mas isso não é tarefa pra um super homem (aod) ou pra ser resolvida em um decreto divino: "de agora em diante somos ums holding com interesses imobilários, no ramo hoteleiro, imobiliário etc e tal"

Se o plano é esse, que o INTER pleiteie participação minoritária nos negócios geridos pela AG e ofereça em troca uma parcela minoritaria de alguma de suas rendas, e utilize esse espaço pra aprender a transitar nesses outros ramos de atividade economica, desenvolva lideranças, alcance o expertise pra daqui a alguns anos poder assumir o negócio 100% sem traumas

grandes investimentos envolvem grandes planejamentos, e o apuro em que nos metemos mostra que o INTER não esta preparado pra esse salto hoje

Felipe Wallau disse...

1 bilhão de faturamento em 20 anos é fácil.

Se você acha bobagem que visão míope.

Eu tenho informação e acesso aos números que vocês não tem.

Em 2008 o Inter faturou 130 Milhões, ou seja fatura 1 Bilhão em menos de 10 anos.

A Andrade teria receitas de 120 camarotes, cadeiras vips, show do beira rio e gigantinho, um estacionamento e um shopping. Só isso já é suficiente para fazer 1 Bilhão... por favor é só pensar

Henrique Marks disse...

@Felipe

A história dos shows não está boa para o Inter.
A história de colocar dinheiro do Inter (além do que já foi colocado) também não está
E a história de não ter nenhuma participação pode ser melhorada (ou seja, ter uma pequena).

Negocia isto e fecha negócio. Se for tão bom pra AG eles vão aceitar ganhar 950 ao invés de 1 bi.

Parece ser um ponto que a maioria concorda (ou quase a totalidade, na verdade).

tomara que segunda e terça termine a discussão, e esses pontos sejam discutidos a posteriori, já com a parceria da obra em andamento.

Carlos - Porto Alegre disse...

Felipe, acho que tu ta confundindo as coisa. Estes 130 milhoes que o Inter faturou não foram todo do estádio, e não tem nada a ver com o que a AG vai faturar, uma vez que a receita virá do que ainda está para ser construído, e os 130 milhões que o Inter faturou continuarão a ser faturados por nós (e deve aumentar, visto que teremos público consideravelmente maior quando o estádio estiver reformado, coberto, com estacionamento decente).

E Dr Junior,
Concordo contino na maioria das coisas, no entanto, vale uma ressalva: o Highbury Grove, que depois foi renomeado Emirates Stadium numa venda de naming rights por 15 anos a 100 milhões de libras, foi construído pelo próprio Arsenal através de empréstimos e emissão de títulos de crédito a serem pagos no decorrer de 15 ou 20 anos. O Arsenal é uma grande equipe, joga, junto com o Barça, o futebol mais bonito da Europa, mas não ganha nada há 6 anos e há tempos não tem dinheiro para fazer grandes contratações.

Schroder-EUA disse...

Agora vamos ser honestos...INTELIGENTE MESMO seria Gremio e Inter unir forças e construir um MEGA estadio para os dois.

Carlos - Porto Alegre disse...

Opa, misturei o nome do estádio antigo com o novo, o nome do novo estádio era Ashburton Grove antes da venda dos naming rights!!

Carlos - Porto Alegre disse...

Louis,
To contigo nesta também, não vejo problemas em unirmos força e fazer uma puta estádio a ser dividido pelos dois. Talvez daqui 20 anos quando a atual estrutura estiver defasada...

Felipe Wallau disse...

Carlos,

não confundi. Estes 130 milhões foram total. estadio, socios jogadores etc.

Estou demonstrando que o valor estimado de 1 Bilhão está correto. Alguns podem não entender mas quem conhece este assunto sabe que é perfeitamente possível...

Este exemplo que deste dos naming rights, que o Louis vem batendo na tecla a anos é uma das provas que este valor é REAL!!

Ivan disse...

Louis, isso seria uma boa idéia, com aquele esquema de luzes/cores para o time que jogasse.

Mas NUNCA vai acontecer. NUNCA.

Nem falo do problema em os dois terem jogo no mesmo dia...

Felipe: receita de 130 milhões e quanto de despesas? Pelo que sei estamos no negativo.

Receita não é LL...

Iuri Fiedoruk disse...

Acredito que o valor seja real, potencialmente.
MAS, nenhum clube de futebol do Brasil sabe explorar essas potencialidades.

Basta visitar o museu do Inter para ver: a melhor coisa do Beira-Rio hoje.. é a Reebok quem administra!

Blog Teste disse...

Ivan

Nunca tem. A Brigada proíbe.

O estádio único SEMPRE foi a saída. Mas como tem uma quantidade enorme de IDIOTAS nos dois clubes, nuca saíria.

Marco disse...

Beleza, ô administrador Felipe!

Você (sim, você mesmo: Felipe!) pode construir um edifício de 25 andares, um apê de altíssimo padrão por andar, e vender cada um por 1 ou 2 milhões.

Mercado garantido, vende igual água de côco no deserto!

Vende antecipado, enche as burras de dinheiro, faz o prédio e passa o resto da vida naquelas praias paradisíacas do Tahiti.

É uma idéia tão boa como tocar a obra do BR por conta própria.

Por quê não o faz?

Felipe Wallau disse...

Por este motivo que falo em profissionalização de gestão.

Como o clube é administrado hoje, concordo com todos vocês! Não existe como tocar sozinho... Então melhor fazer a parceria... Ou profissionaliza ou faz a parceria!! simples


E pessoal... FATURAMENTO!! NÃO LUCRO LÍQUIDO

são coisas bem diferentes

Felipe Wallau disse...

Marco

Não faço porque não tenho a marca INTER por trás nem o capital para dar o início... O Inter tem os dois...

Marco disse...

Vou dizer porque não o faz: porque papel aceita tudo!

A hora que for tirar do papel, a coisa pega, e pega feio!

E olhe que duvido que você esteja em situação financeira precária igual ao Inter, vendendo o almoço prá pagar o jantar...

Por quê nenhum banco aceitou financiar o "projeto" do Píffero?

Porque é mico! Mico certo!

Nem o Banrisul, que salvou os gêmeos da falência há alguns anos...

Nem o BNDES, que bota grana até no trem fantasma, digo, trem bala do Lulla...

É simples: vamos ficar com a receita imaginária de R$ 1 bilhão em 20 anos, de um estádio imaginário que jamais será construído da maneira que a AG quer fazer.

Depois, com 20 bilhões, montamos um CT flutuante sobre o Guaíba, coisa que nem os xeiques de Dubai sonharam em fazer...

É cada louco...

Felipe Wallau disse...

Marco,

Ninguém aceita pq futebol no país não é coisa seria...

Empresas falidas são recuperadas judicialmente, reerguidas e passam a dar resultado.

É apenas questão de profissionalização!!

Isto que você está dizendo de ser loucura...

olha muitos loucos hoje são trilhonários...

Fabiano (Bibi) disse...

Concordo que o mais correto seria construir um estádio novo para uso comum de Inter e Grêmio. O negócio dos clubes deve ser futebol, esse é o foco. O problema é realmente a rivalidade que cega tanto colorados quanto gremistas, de sorte que é impensável tal solução. Assim, que venha a parceria, ao menos para arrumar o estrago que já foi feito.

milton disse...

Ha casos de times rivais que decidiram montar um estadio em parceria um com o outro (como se sugere para a dupla grenal?) Acho uma boa ideia, se ninguem fez isso antes a dupla grenal seria pioneira nisso.

m.rodrigo.oliveira disse...

Felipe.

O Inter fatura até mais do que esses R$ 130 milhões por ano. Pelo que vi, vai fechar o balanço de 2010 com R$ 200 milhões brutos e R$ 160 milhões líquidos (imagino que descontadas as comissões e participações em vendas de jogadores, etc).

Mas analisa, com olho de administrador, o que está sendo descrito nesse projeto da AG.

Por acaso não está nesses dados que possues o número de 40 datas por ano para a AG usar o Beira-Rio?

Por acaso não está aí a venda e/ou locação de 100% dos espaços no Shopping que estão projetando?

E por acaso não está aí o faturamento de 3 mil vagas de estacionamento com 100% de ocupação ao longo dos 20 anos?

Se esse R$ 1 bilhão de faturamento leva em conta uma taxa média de ocupação/venda do empreendimento abaixo de 70%, então eu te dou razão.

Mas nos materiais que eu vi e pelo que os próprios diretores do Inter estão alegando, esse R$ 1 bilhão é POTENCIAL de faturamento, não PROJEÇÃO de faturamento.

Imagino que como administrador, algo que não sou, tu devas entender disso bem mais do que eu.

Adriano disse...

agora esta claro o porque da campanha do afatatto ser tão agressiva.

se os dois eram "situação" bastava ele esperar a sua vez dali uns anos.

mas como viu que o Luigi iria mexer nisso e assim seus planos cairiam por terra resolveu partir para o ataque.

o silencio do FC é a resposta pra tudo isso que esta acontecendo.

se fazer por conta fosse o certo ele estaria fazendo campanha junto com o VP.

m.rodrigo.oliveira disse...

Boa Marco.

O projeto de reforma do Beira Rio com recursos próprios é tão "confiável", que nem o Banrisul aceitou dar o aval.

E isso que nesse projeto há apenas as obras no estádio, sem edifício garagem, sem shopping, sem hotel.

Felipe Wallau disse...

Claro rodrigo,

isto é um potencial, o que não deixa de ser uma projeção...

Não entendi porque se apegaram tanto no valor... ele é bem real para qualquer empreendimento deste porte...

Eu não fiz este texto para discutir quem está com a razão e tentar convencer todos que a minha opinião é a definitiva... é justamente para este debate, que deveria estar acontecendo entre todos e com todos os fatos na mesa...

Como está hoje, sim parceria é melhor...

Agora não seria bom o Inter ter uma capacidade gerencial para administrar o próprio estádio? Não fizemos isso em 50 anos... mas não poderemos fazer um dia? Acho que simplesmente entregar tudo é pensar pequeno... é uma solução imediatista e de curtíssimo prazo.

é dificil, principalmente em futebol pensar em longo prazo, mas em algum momento precisamos fazer isto...

Fernando Carvalho começou seu trabalho nos anos 2000 com um planejamento estratégico... colhemos os frutos muitos anos depois... Por que não pensar assim também sobre o Beira Rio e não só o futebol?

é isso que estamos debatendo

m.rodrigo.oliveira disse...

"A Andrade teria receitas de 120 camarotes, cadeiras vips, show do beira rio e gigantinho, um estacionamento e um shopping. Só isso já é suficiente para fazer 1 Bilhão... por favor é só pensar"

Felipe.

Dos itens que citaste acima, o que se apresenta como realidade no projeto em que o Inter toca sozinho as obras (e para o qual já não tem dinheiro nem crédito), são as suítes e as cadeiras VIPs.

Pra chegar nesse R$ 1 bilhão de POTENCIAL de faturamento, teria que tocar as outras obras, que no projeto do Píffero já seriam tocadas em parceria com construtoras.

E na questão dos shows no Beira Rio e no Gigantinho, pelo que sei a composição dos valores prevê 40 datas por ano para a AG.

Isso é correto?

Se isso estiver no projeto eu já te digo que é UTOPIA.

Porto Alegre não tem esse número de grandes eventos (para mais de 20 mil pessoas) por ano. Se tiver, deve ser muito perto disso. Ou seja, o complexo do Beira Rio ficaria com quase 100% dos grandes eventos ocorridos em POA, isso tendo a Arena "deles" e a Fiergs, entre outros locais, concorrendo.

É por isso que eu digo que esse número é obra de ficção.

Marco disse...

Felipe

O Inter não tem o capital para iniciar a obra... tem só R$ 13 milhões que sobraram dos Eucaliptos...

Isto não é capital para iniciar obra alguma...

NÃO SE INICIA OBRA SEM TER, PELO MENOS, 150% DO VALOR ESTIMADO!!!

Quem faz isto, acaba parando a obra várias vezes, novos cronogramas são gerados, e o valor final fica em 3 ou 4 vezes o inicial.

Blog Teste disse...

Dos casos que sei:

Em Milão, o estádio é público; mas não fazem nada sem tratar com Inter e Milan. Inclusive, o museu é comum. A graça é que cada clube chama o estádio por um nome diferente (assim, parece que cada um tem o seu).

Na Alemanha, o Allianz de Munique era conjunto, mas o 1860 não teve cacife para se manter lá e vendeu sua parte ao Bayern.

Nos esportes americanos: NFL - Giants e Jets dividem o The New Meadowlands, depois de anos dos Jets jogando no estádio do rival; MLS - Galaxy e Chivas dividem o HDC; NBA - Clippers e lakers dividem o Staples Center (mas acho que o estádio é de uma empresa administradora).

Eu não sei o quanto a lista é verdadeira, mas o wikipedia traz alguns exemplos em http://en.wikipedia.org/wiki/Groundshare

m.rodrigo.oliveira disse...

E vou dizer mais.

Mesmo que o Inter tivesse dinheiro em caixa hoje pra tocar a reforma sozinho, eu seria contra.

Pois precisaria criar uma estrutura enorme pra administrar e vender esses empreendimentos.

Cada um tem que fazer aquilo que sabe.

Ao Inter cabe administrar o Futebol, que é sua atividade fim, o seu torcedor, que é a sua razão de ser, e a sua Marca, que é a fonte de receita.

Todo o resto não faz parte do foco. Deve ser tocado em parceria com quem é especialista.

Daqui a pouco vai ter gente achando que é mais vantagem fabricar e vender os uniformes do time, ao invés de faturar com o licenciamento.

Marco disse...

Sobre o que está certo no BR:

1) Contratação do AOD;
2) Proposta de parceria para construção do novo BR, cujos pontos podem e devem ser negociados para melhor pelo Inter;
3) Contratação de Bolatti e Cavenaghi;
4) Afastamento dos 3 responsáveis (depois do burRoth) pelo mazembaço: Renango, Índio e Alecone;
5) etc (preguiça de sexta-feira).


O que está errado no BR:

1) Ex-presidente dando pitaco e criando confusão, sem nenhum interesse particular no negócio (imaginem se tivesse);
2) Manutenção do burRoth;
3) Esquema com 3 volantes e 1 atacante;
4) Manutenção do burRoth;
5) Espetacular e Zé Roberto titulares;
6) Um monte de zémané dando pitaco, achando que entendem mais que o AOD;
7) etc (preguiça de sexta-feira).

Marco disse...

Ah, Rodrigo!

Mas aí, é "só" abrir uma empresa para administrar.

Caduma....

Marco disse...

Eu já havia falado na idéia de fazer um só estádio, público, para Inter e Grêmio.

Como em Minas, por exemplo.

Mas em POA nunca daria certo.

Para começar, teriam que pintar o estádio de verde ou amarelo... roxo... sei lá.

Depois, o nome seria outro motivo de briga.

Depois, qualquer coisa seria motivo... tantos motivos, que um deles abandonaria o "estádio comum", e exigiria do poder público outro "estádio comum", público, apenas para si.

Estou errado?

Adriano disse...

tem muita gente que chama os mexicanos de atrazados etc.

mas deem uma olhada no estadio azteca

http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://blogs.mediotiempo.com/futbolteca/files/2008/08/estadio-azteca.jpg&imgrefurl=http://blogs.mediotiempo.com/futbolteca/2008/08/26/el-estadio-azteca-no-es-un-factor-decisivo/&usg=__tK1UXyn9MLsRoHmRtoA4EKWF4pw=&h=375&w=500&sz=167&hl=pt-BR&start=44&sig2=HVd4xzWrVOiIomNcBuJ0jA&zoom=1&tbnid=kGYO2WQ4UDurvM:&tbnh=158&tbnw=191&ei=QYN6TcnsA8npgAePtfTNBw&prev=/images%3Fq%3Destadio%2Bazteca%26um%3D1%26hl%3Dpt-BR%26sa%3DX%26biw%3D1024%26bih%3D673%26tbs%3Disch:10%2C1306&um=1&itbs=1&iact=hc&vpx=132&vpy=374&dur=1628&hovh=194&hovw=259&tx=196&ty=134&oei=K4N6TZHNAqnh0gG_vIzoAw&page=4&ndsp=12&ved=1t:429,r:0,s:44&biw=1024&bih=673

Marcelo Tiarajú disse...

Essa poha toda tá enchendo o saco mesmo....

Só algumas observações:

- O tempo "corrói" sim as construções. Nada é eterno. Para se ter uma idéia hoje em dia calcula-se a vida média de estruturas de concreto, seja na faixa de 50 anos. Não quer dizer que em 50 anos vá à ruina, porém, a partir desta idade, começam os custos mais altos com manutenção. E o B.R. já está com 42...

Vejam bem, a capacidade vem sendo reduzida com o passar dos anos, no início era para mais de 100k de público, hoje é para 50k, como forma de prolongar a vida útil, sem ampliar o gasto com manutenção.

Não podemos simplesmente reduzir a capacidade continuamente, temos que lembrar que temos mais de 100k de sócios e teríamos que ter um estádio em condições de abrigar uma boa parcela dessa "população".

Exposto isso, vem uma questão: O SCI tem em seu Plano Diretor a manifesta intenção, de em algum momento construir um novo estádio, ou realmente acreditam que o "Gigante é para Sempre"?

Caso contrário: Estarão os custos de manutenção estrutural inclusos na proposta da AG?

Vejam bem, até o final da concessão o B.R estará com mais de 60 anos! Corremos o risco de entregar a alma à AG e acabarmos com um Barradão da vida.

Penso que estas dúvidas são pertinentes, e se algum conselheiro puder dirimi-las, agradeço.

Precisodevcakis2 disse...

O Louis falou tudo! Inteligente seria Gremio e Inter construirem um estádio único!
Um estádio para 80 mil pessoas e lucrarem juntos unindo suas imagens e faturando bilhões.
Mas no nosso estado tudo tem que ser na base da ignorância, do antagonismo, infelizmente.

Quanto ao texto do Wallau, só tenho um comentário: como o Aod vai contratar executivos, estruturar negócios, sem DINHEIRO??

O Inter não tem dinheiro para investimentos, será que é tão difícil entender isso? Quem faz negócios sem dinheiro. Um forista acima disse tudo: se em 50 anos não fizemos nada, faremos agora??

ACORDEM, ASSINEM A PARCERIA E VAMOS GANHAR A LIBERTADORES! NOSSO NEGÓCIO E FUTEBOL, NÃO CONTRUÇÃO CÍVIL NEM SHOPPINGS OU HOTÉIS!

Anônimo disse...

O problema nem é se deve ou não ter parceria, o problema é que essa questão deveria estar superada há muito tempo. E a torcida merece saber os exatos termos dessa parceria, pois a toda hora falam uma coisa diferente.

Que planejamento é esse que inicia as obras e, com a troca de diretoria, muda tudo?

Caco e Su...... disse...

felipe, se fizermos por nos mesmo, faremos com mais custo pois nao conseguiremos chegar até a copa com o estadio pronto, nao teremos isenções e o custo estimado em 150 vai frouxo para 200. NAO faremos nada no entorno, shopping restaurantes e nao teremos CT nem estacionamento, ou seja, teremos um estadio remendado e nada mais. Isso não gera 1 bi de faturamento, receita ou o que quiser chamar.
teremos um estádio para os torcedores, do clube? mas teremos dividas, menos recursos para o futebol. ANOTE isso a profissionalizaçao que estás pedindo também passa por deixarmos quem sabe fazer o que sabe e nós vamos nos preocupar com futebol, MKT, gerar novos craques, sermos campeòes todos os anos, e firmarmos nossa marca no mercado nacional e internacional.

DEIXA A AG TRABALHAR daqui a 20 anos vamos olhar pra trás e só aí saberemos quem realmente teve razão.

Unknown disse...

Só o Píffero tem interesses pessoais com a obra... o AOD não tem... E o papai noel?

milton disse...

Poxa, se Gremio e Inter tivessem sido mais espertos teriam ambos demolido o Olimpico e o Beira-Rio ao mesmo tempo, apos ter realizado um torneio grenal amistoso "Copa Gigante Monumental" em 2009 (centenario do grenal), e comecado a fazer um estadio como o Azteca pintado em azul e vermelho. Chamava o estadio "Libertadores do Rio Grande" e ficava nisso, cada um jogando um dia.

Nao teria risco com vandalismo porque ninguem destruiria a propria casa, e na epoca de grenal se dividiria o estadio ao meio, como nos velhos tempos.

Puxa, que oportunidade perdida...

Precisodevcakis2 disse...

Tá tudo muito claro, só não ve quem não quer.
Píffero se calou nas eleições porque tinha interesses nas obras. Affatato não topou ser presidente em dois anos porque sabia que o Luigi estava achando essa tramóia toda muito estranha.
Qualquer espertinho que tá aprontando sabe que basta colocar alguém que entende (AOD) pra avaliar os números que logo ficaria claro que a obra era uma ficção!
O nosso negócio é futebol!!!

Rafael disse...

Porra, eu leio o bolavermelho desde 2006, praticamente todos os dias, e nesses 5 anos esse é o meu primeiro comentário: MAS QUE MERDA ESSE COMENTÁRIO DO "MILTON" EIM!!?!!

Blog Teste disse...

Uma pergunta: diante do fim do clube dos 13, alguém aqui toparia abrir mão da Libertadores para fazer parte de uma liga independente de clubes?

leonel santos disse...

Sabemos muito bem o tipo de "parceria" que essas empreiteiras(criadas para pilhar recursos públicos)fazem com o poder público e agora com os clubes. Esse aod cunha é mais um chalatãozinho a serviço dos bancos e das empreiteiras. Foi criado pelos RPs do setor privado para fazer a politica deles no governo do estado(foi aquela farsa de defciti zero e outras,hoje sabemos que o estado esta pior do que quando o menino prodigio assumiu)e agora que foi defenestrado do poder vai buscar outros otários que acreditam nele e nas suas balelas ou ganham também com elas.Pro diabo com a fifa a e copa do mundo. Ficaremos por vinte anos pagando titulos sem ganhar titulos. Antes do fora roth, deveriamos ter o fora luigi(administrador de rodoviaria,péssimo por sinal),fora embusteiro aod cunha, e fora seigmam,lugar de falastrão arrogante é na azenha.

Rubens Borges disse...

Marco, sobre estádio comum:

mudar cores: fazem isso em um estádio como o do Jets/Giants que tem bem mais coisa pra mudar de cores em horas.

Nome: escolha-se um nome em comum, que tenha identificação com a cidade ou estado e não com os clubes.

Não vejo grandes problemas em um estádio em comum, a não ser aquela meia dúzia que não comprava Puma por fornecer material ao rival.

Ainda melhoraria, nenhuma torcida quebraria tudo, colocaria fogo, no estádio.

milton disse...

Serio, Gremio e Inter teriam tudo a ganhar fazendo um estadio em conjunto. Muitos dos problemas que temos com rivalidade hoje (vandalismos e tal) seriam eliminados.

Nao pensaram nisso, agora cada um com seus problemas.

"A", o Olimpico sera demolido quando a arena estiver pronta. O Beira-Rio, por mais que se preserve, tera que ser demolido tambem (tal como o Wembley) no futuro. Por que nao fazer um ultimo grenal em cada estadio e montar algo junto?

milton disse...

Sei nao, Paulo; se for algo bem feito nao veria tanto problema (Inglaterra). Se for algo mal feito (Copa Uniao 1987) ai nao rola.

Blog Teste disse...

Milton,

A Copa União foi bem feita. O problema foi os clubes voltarem para a CBF no ano seguinte.

Imagino algo, deixar os clubes dissidentes do Clube dos 13 com a CBF e formar uma liga com os que ficarem, mais os clubes da Série B, C, sem-série que quisessem participar.

O problema é que não classificaria para a Libertadores.

Schroder-EUA disse...

Sobre o TSunami...foda esse video o motorista deveria ter entrado a esquerda mas fez o retorno e se fudeu. triste

http://www.youtube.com/watch?v=l3ANnvtyDIc

milton disse...

Mas ai eh que ta, Paulo. Comecou bem, mas todo mundo tirou o pe depois. Esse "chove-nao-molha" nao serve. Se for pra fazer, que nao se olhe pra tras, e foi ai que a Copa Uniao foi mal feita. Nao se deu prosseguimento a ideia.

Como eu disse: se for fazer como a Inglaterra, ai sim. Imagina se vao deixar Fla, Corinthians, Gremio, Santos, etc fora de competicoes internacionais por muito tempo. Seria loucura por parte dos remanescentes da CBF.

Cristian disse...

Felipe, não apela! Parece que o plano anterior era a maravilha a ser perseguida.

O Inter não tem grana nem pra mandar maquiar a porra da sujeira dentro e no entorno do estádio que está, diga-se de passagem, um lixo. O Gigantinho ta parecendo ginásio de colégio para educação física, com a diferença que a maioria está bem melhor. Rachaduras a vista, estrutura precisando ser recomposta, infiltrações, etc.

Schroder, se acha feio o interior não queira ver como está a bagaça por fora. sem contar na incompetência de quem está executando: na minha frente, eu vi, ninguém me contou, destruíram uma parte da rede de abastecimento de água e seguiram conversando fiado como se nada estivesse acontecendo.

No entorno de 2 bilhões de reais hoje tem mato, sujeira, viciados, trombadinhas e alguns cidadãos de bem tentando aproveitar "a natureza do local". Com a capacidade de pagamento do Inter seguiria assim por mais longos anos.

A proposta apresentada, pelo que vi até agora, pelos dados revelados pela imprensa e pela direção, traria maior segurança e conforto a quem frequenta ou pretende algum dia ir até o local.

Remendão que nem aquelas cadeiras que um dia algum incompetente instalou não me serve. Se for pra seguir o nível enfia a proposta no rabo e deixa como está, sai mais barato de não da trabalho. Ha! mais um "gênio" (apelão) botou abaixo a social inferior.

Não me interessa, na verdade, que "paixão move cada um", onde quem tem interesse no que. Santos e demônios eu só tolero na igreja, fora isso, são todos humanos com suas virtudes e suas fraquezas.

É tudo mágico e solucionável, não é mesmo. Mas quem está com a piroca na frente e não tem outra alternativa a não ser domar o bicho não somos nós, nossas idéias e nossas boas intensões que no papel tornam tudo "lindo e cor-de-rosa". Ou da-se uma solução profissional (parceria vejo como a melhor, salvo se alguém me provar com fatos reais e factíveis o contrário, sem utopias, ufanismos ou d"elírios de uma década de verão" onde HERÓIS, com H maíusculo ergueram um gigante de dentro do Guaíba), ou coloca uma pá de cal no plano copa do mundo, refaz a inferior e sigamos nossa vida. Só depois não chorem o "humaitazão" derramado.

Vem cá Felipe Wallau, desencaixe de 2 milhões ao ano +ou- -R$ 160 mil por mês (usando os dados do teu amigo Vitório) tem margem para pagar uma conta de R$ 100 milhões, sem conseguir uma receita confiável? É que nem usar cheque especial todos os meses e sonhar com compra de um carro zero mais potente e econômico: não dá.

Cristian disse...

Máxima financeira: quem não se planeja e procura financiamentos mais baratos, paga muito caro depois.

Blog Teste disse...

Milton,

Aí, é que está o "truque" da pergunta. Esses clubes estariam junto com a CBF/Globo e teriam acesso às vagas.

Quem estaria do outro lado: Galo, Furacão, Inter, São Paulo...

Corneteiro Virtual disse...

APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!
APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!APLAUSOS!!!

Corneteiro Virtual disse...

Venho falando isso desde o início dessa discussão!

E MAIS:


1- Por que antes do surgimento do Aod o Beira-Rio era um bom estádio que só precisava de algumas reformas?

2- Por que essa direção não se manifestou anteriormente, quando era subordinada ao Píffero?

3- Aod fez o que na vida para entregarem a ele uma decisão dessa importância?

Corneteiro Virtual disse...

E aos corneteiros do, para mim, saudoso Alex:

http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-russo/noticia/2011/03/decisivo-no-spartak-contra-ajax-alex-celebra-golaco-e-homenageia-familia.html

Corneteiro Virtual disse...

Siegmann não aguentou a pressão!

Mal sinal!!!

Unknown disse...

[OFF-TOPIC]

Louis, mesmo sendo um assunto menor no momento, creio que vem de encontro com a razão de ser do blog (razão de ter sido criado).

Quando tu tiver um tempo dá uma olhada na entrevista do Marcio Chagas pra ZH.

Ele criou o termo "cera técnica" e disse que o goleiro fez a tal cera técnica nos descontos.

Acho que tu podia fazer um post sobre o jogo do Caxias.

Podia colocar esse papo de cera técnica que não significa nada.

Mostrar o video do lance que o atacante do gremio chuta a mao do goleiro nos descontos (o lance que o juiz diz que foi cera técnica)

depois ainda tem a falta do vitor no goleiro

-- nenhum dos lances acima o juiz marcou falta.

podia mostrar o lance da gazela rodrigo perdendo a cabeça e o zagueiro do caxias sendo expulso direto sem fazer nada.

o penalty do inicio do jogo.

Pode falar que quando um time faz cera e depois o resultado nao favorece mais o juiz nunca dá os descontos, mas nesse caso o juiz deu, mesmo sendo o jogador do gremio que causou o atraso.

--

E pra finalizar mostra o lance que o gramio nao devolveu a bola apos o goleiro ter tocado pra fora pra ser atendido, e ninguem comentou nada.

--

Dá um trabalho, mas acho que dá pra fazer um bom posto com tudo isso.

--

Aliás, isso seria papel da imprensa né, mas eles nao fazem.

--

Hoje ouvi a band (radio - Cabral , João) metendo o pau na imortalidade. Os caras tem coragem pra falar, mas mesmo assim eles ficam com um pé atrás.

Tinha que conseguir a gravção..

adelar colorado disse...

mas tudo que o roth faz é errado??? vamos para né galera, eu concordo um centrovante, um meia atacante, da uma recheada no meio campo,isso é fudamental,ajuda na defésa é no ataque, para que mais atacante??? mais um para ficar parado lá na frete???? um centravante chega, se ele for matador, é isso nós temos, na LIBERTADORES é fundamental não levar gols, que nem dizia MICHAEL JORDAN maior jogador de basquete de todos tempos, ele dizia, " ATAQUE GANHA JOGO E DEFESA GANHA CAMPIONATO"

Rubens Borges disse...

Corneteiro: o Beira Rio era um estádio que só precisava de umas reformas? Quando? O plano sempre foi demolir a inferior. A superior é uma droga. Falta estacionamento, banheiros são patéticos.

O Aod não tomou decisão nenhuma. Ele apresentou números.

Rubens Borges disse...

Adelar, não foi o Jordan que disse isso. É uma máxima antiga do basquetebol. QUem disse isso por último, em um momento que ficou famoso, foi o Rudy Tomjanovich, ex-treinador do Houston Rockets.

e diria que o MJ é o maior atleta de todos os tempos.

Adriano disse...

desgraça pouca é bobagem!!!

bolatti na seleção argentina desfalca inter na liberta!

isso significa mathias no time novamente!!!


puta que o pariu viu!!!

mas o inter tá com uma moral la na argentina que da gosto viu!!

Unknown disse...

O Bolatti vai nos desfalcar no jogo mais fácil.

Jorge no BR.

Sem problema...

Daniel - Sta. Maria disse...

Estava viajando hoje quando ouvi no rádio que o BurRoth deve escalar, contra o poderosíssimo Jorge Wilsterman, o meio com Bolati, o "Espetacular", Guinazu, Tinga e Zé Roberto, sacando o Oscar.

Puta que pariu, pra que 4 volantes???

Fiquei com tanta raiva quando ouvi isso que quase me acidentei socando a direção numa curva...

Pior que isso, o Cone só não vai ser titular contra o Caxias porque se machucou.

Quando é que vão banir essa ANTA do futebol???

Se eu fosse o Siegmann, só dele cogitar isso já o teria demitido!

Podem escrever, se for esta a escalação, vamos tomar sufoco até perder para um time da segunda divisão da BOLÍVIA....

Daniel - Sta. Maria disse...

Sobre as reformas, agora há pouco na TV COM teve um debate entre as duas correntes (parceria e recursos próprios) e um representante do Convergência (em cima do muro).

O defensor do modelo de recursos próprios era o Emídio.

Se eu tinha alguma dúvida sobre a parceria, essa foi embora vendo tão desqualificada figura expor seus argumentos em favor do modelo anterior. Coisas simplórias do tipo: "o clube não tem dono" e "se conseguimos construir o Beira Rio com a ajuda da torcida, com a ajuda da torcida conseguiremos reformar".

Nenhum argumento técnico. E dizer que esse era o cara responsável pela condução das obras no Gigante até há pouco tempo.

Colorado Sempre disse...

Temos que fazer a Parceria. Só louco ou gremista quer que o Inter auto-financie a obra ou tome empréstimo com banco. O que temos que fazer é fechar a parceria e tentar puxar um pouco mais o assado para o nosso lado, como, por exemplo, diminuir os anos ou ter um percentual nas novas receitas. Mas o modelo é parceria SIM !!!

Adriano disse...

baita comentarios esses Daniel-Sta.Maria!!!

amadorismo TOTAL desse Emidio!!!

a jogada de mestre do Luigi foi contratar o AOD pra embasar a corrente pro AG.

mas o brabo disso é que vai ser decidido na politicagem interna do clube.


ai mora um perigo do tamanho do mundo!!!

Schroder-EUA disse...

Eu não confio em ninguem e mais nada...acabo de ver o documentario candidato ao Oscar esse ano "The Inside Job" sobre o porque da crise economica de 2008 e o filme mostra a sujeira por dentro dos bancos, wall street, governo etc...os ricos cada vez mais ricos e o povo que se fode. Porque que no futebol seria diferente?

Daniel - Sta. Maria disse...

Esse é o meu medo Adriano.

Porque, pela lógica, não tem como não aprovar a parceria.

Fecha com a AG e toca a vida, o clube administrando o futebol e a empreiteira nos entregando um estádio refeito de verdade, e não um remendo como o que inevitavelmente saírá caso seja aprovado o modelo com recursos próprios.

Apenas mais uma do Emidio: mais uma vez disse que a cobertura não é exigência da FIFA. Tira a cobertura e quero ver a Copa no Gigante. Sem Copa, sem incentivos fiscais, reforma pela metade e sem o R$ 1 bilhão, porque o estádio não será capaz de gerar receitas.

Resumindo, um mico histórico que irá atrasar o Inter em pelo menos 30 anos.

Enquanto isso, os segundinos levam de lambuja a Copa e um estádio novo em folha, o que certamente lhes dará um impulso para novas conquistas dentro de campo.

JV disse...

DEICHEM REFORMAR E SIMPELSMENTE QUANDO ESTES TROUXEREM UM EX BEATLE
OU QUALQUER UM AO ESTÁDIO O INTER VAI JOGAR EM CANOAS,RIVEIRA OU NAS CONCHICHINAS.
NÃO DEVEMOS VENDER CAMAROTES OU CADEIRAS PERPÉTUAS AFINAL TEMOS
ALGUÉM PRA GANHAR NOSSO DINHEIRO.
SOMOS TÉCNICOS,DIRIGENTES E TORCEDORES INTELIGENTES E NÃO DEVEMOS RECLAMAR DE TUDO,AFINAL SEMPRE FICAMOS QUIETOS MESMO QUANDO NOS LEVAM TITULOS OU NESTA MESMA ÉPOCA QUANDO COLORADO JOGOU TERÇA,QUINTA E SÁBADO.JÁ ELES...

AB disse...

pra quem ainda não pescou tudo q está acontecendo: desde a última eleição, os movimentos que dirigiam o Inter estão rachados fortemente. inclusive o início das obras foi ordenado direto de abu-dhabi sem o aval da nova direção, que preferia esperar e verificar a situação do clube antes de iniciar a obra. isso é informação, não especulação. assim, a questão da obra: parceria x recursos próprios é apenas um jogo de cena para a guerra política dos bastidores.
sobre futebol: como já havia avisado anteriormente, rodrigo assume a titularidade e não deve mais sair do time. sds coloradas.

Adriano disse...

Daniel,

sobre a cobertura o VP já tinha dado a letra quando era presidente ainda.

nessas mesmas palavras: COBERTURA NÃO É EXIGÊNCIA DA FIFA.

"o beira já esta praticamente pronto"

ou seja: vamos continuar a levar chuva na cabeça por muitos anos ainda.

VP deveria ser processado por ter falado que vamos deixar de ganhar 1 bilhão em 20 anos!

uma irresponsabilidade tremenda!

tudo pra não largar o osso!!!

tudo pra que seus parceiros donos das construtoras não percam a obra.

esta tudo muito claro!

não temos dinheiro, não temos garantias, não temos mais inferior e provavelmente perderemos a copa.

e o pior: ai sim ficaremos totalmente dependentes das construtoras do nivel da tedesco.

sem contar o mico.

Adriano disse...

e outra coisa:

vi que o tal de Ibsen Pinheiro andou vociferando algumas coisas.

que o diabo te carregue seu Ibsen!!

lembrar desse cara é lembrar dos terriveis anos 90!!!!

Blog Teste disse...

Louis,

Nunca é tão simples. Estourou um festival de "bolhas" daquilo que o Alan Greenspan chamou de "exuberância irracional" (a qual ele contribuiu para que ocorresse).

Esquece o "Inside Job". O melhor filme sobre a crise é este:

George Parr and the Subprime

Abraço.

Daniel - Sta. Maria disse...

O que quase ninguém fala é o fundamental. Para nós, essa discussão parceria X recursos próprios é impróprria e extemporânea.

Nós não temos mais opção, a não ser a parceria, e a culpa disso é exatamente de quem defende a reforma pelas próprias forças.

Ninguém mandou a direção anterior gargantear que "a Copa é nossa". Assumiu, com isso, um compromisso público de sediar a Copa, e fazer todo o possível para isso, sob pena da Copa parar na Arena.

Só que para sediar a Copa, a Fifa exige garantias, e isso o Inter não terá senão através de uma parceria.

A não ser que agora mudem o discurso e admitam ficar sem a Copa e, consequêntemente, sem as isenções fiscais para o projeto.

E as consequências disso para as pretensões de faturar R$ 1 bilhão em 20 anos já foram ditas acima. Sem Copa e sem parceiro, reforma nas coxas e faturamento inexistente.

Blog Teste disse...

Soube que pessoas ligadas a OAS andam dizendo e repetindo em Brasília que "a Copa será no NOSSO estádio em Porto Alegre"...

Blog Teste disse...

O Guilherme Mallet escreve aqui no blog. Ele tinha o "<a href='http://beirario2014.blogspot.com>Beira-Rio 2014</a>". Para quem acompanhava, nada do que está acontecendo supreende.

Denilson M. (POA) disse...

Eu estive na reunião do CD e minha opinião é PARCERIA JÁ! E repito o que já dise aqui, não é uma maravilha mas fazer o Beira-rio em 10 anos é muito amadorismo! Sim, com esse projeto do VP só será concluído, e não será uma obra completa, quando forem vendidos todas as suítes... é muito tempo pra uma aposta! A AG vai ganhar muuuito dinheiro mesmo! É isso aí, senão não estariam nesse negócio... O Inter tem que se preocupar em ganhar em cima da AG, ou seja, com o estádio novo certamente se abrirão outras possibilidades de ganhar dinheiro.

kla.jk disse...

Parceira pra ontem. O VP deveria ser processado pelas inumeras vezes que falou, daqui há 6 meses a cobertura estará pronta, esqueçeu de marcar qual mês e qual o ano, talvez janeiro de 2013.

O GL esta correto, o INTER é um Clube de futebol e não uma empresa especializada em fazer obras.

PARCERIA pra ontem, e vamo vamo INTER defender o TRI da LA.

Deixe o gauchao pras gazelas.

VAMO VAMO INTERRRRRRRR

cjr-sp disse...

VOU DAR O MEU ULTIMO ARGUMENTO EM FAVOR DA PARCERIA AGORA...

E QUE É MATADOR...E NAO FOI FALADO ATÉ AGORA...


LEIAM TODOS AQUI...


IMAGINE QUANTO O INTER PODE PLEITEAR NOS DIREITOS DE TRANSMISSAO E IMAGEM COM UM BEIRA-RIO NOVINHO, ESTACIONAMENTO, COBERTURA, ENTORNO CALÇADO E NAO BARRO E ASFALTO, JÁ A PARTIR DE 2013 ?? PQ COMA AG FICA PRONTO DE ACORDO COM O CONTRATO EM 24 MESES.

COM O PIFIO NAO FICA PRONTO. E FICA FEIO.

OU SEJA...UM BEIRA-RIO REFORMADO, NOVO, ALAVANCA A IMAGEM DO INTER POR 20 ANOS ONDE O INTER TEM TUDO PARA GANHAR MUITO DINHEIRO EM CIMA DISSO....

JÁ COM O MODELO PIFIANO..NA BASE DO CONTA GOTAS...TEREMOS UMA IMAGEM DESGASTADA...UM BEIRA-RIO VELHO NA TV, NA INTERNET, NO CELULAR, NO IPAD, ETC, ETC,...

ENTAO FICA CLARO QUE UM BEIRA-RIO NOVO É MEGA IMPORTANTE....

UM BEIRA-RIO NOVO IRÁ ALAVANCAR MUITO DINHEIRO PARA O INTER....

PENSEM NISSO NA HORA DAS PROMOÇOES COM EMPRESAS, COM O QUE O MKT PODE FAZER COM UM ESTADIO NOVO, COM A NEGOCIAÇAO COM CADA MIDIA ??????...PENSEM NISSO E PENSEM QUANTO ISSO REPRESENTA EM DINHEIRO PARA O INTER POR ANO....


******************************

SDS COLORADAS.

ESPEREMOS QUE A POLITICAGEM NAO GANHE...

ESPEREMOS QUE O CONVERGENCIA VOTE A FAVOR DE UM BEIRA-RIO NOVO...AFINAL É O FIEL DA BALANÇA...

Cristian disse...

cjr-sp, muito bem lembrado este teu argumento!

Tenho mais um: ir ao Beira-rio sem medo de tomar chuva na cabeça o jogo todo.

Essa do desgaste da imagem foi muito bom lembrar. Recordo que durante as reformas para a copa da frança (se não estou enganado) teve uma amistoso da CBF-team em um estádio passando por reformas com uma placa "grafitada" protegendo (escondendo a feiura). Lemrbo do falcão comentando "pois é, estáfaltando gente ali..." se referindo a não estar ele próprio pintado junto aos demais craques.

No nosso caso: close no lodo!

Reforma de verdade já!

PEPINO disse...

que papo mais chato, antigamente os torcedores torciam e pronto , hoje cada um tem 1 milhao de formulas magicas !sem falar no oremos .

Daniel Luis Costa disse...

Tô mudando de opinião...tem q fechar a parceria sim...mas a ORIGINAL, aquela postada aqui no início do assunto: As obras pela exploração dos camarotes e do estacionamento....já colocaram shopping e o diabo a 4...não falei q não seria só pelo estacionamento e pela area VIp....
A questão é SIMPLES: Se qurem a copa: PARCERIA. Se querem a copa na "arena 8 minutos" SEM PARCERIA. Meu medo é que sem a parceria não saia mais nada no BR....pela forma como "gerenciam" o MKT dá pra ter uma idéia do quão AMADORA tem sido essas últimas direções.

AR 7 disse...

Hehehe! O oremos tá definitivamente morto e enterrado! Não insista por favor!

Sob fazer a reforma por conta também penso q é inviável! Na verdade só vamos ter certeza do que hj seria a melhor escolha daqui uns anos! Mas como temos que decidir, q façamos a melhor escolha! Vou apoiar o que for decidido e continuar pagando a minha mensalidade e torcendo pelo Inter!

E mais uma coisa galera! Vamos dar menos ibope para a Rede Bosta Sul! E vamos torcer mais para Inter! Cada um que carregue a sua cruz... E a maioria tá bem mais ferrado que nós! Basta ver as babas q tão jogando a libertadores! Aí todos dia criam uma noticiazinha de merda! Ex: cavenaghi quer jogar no River. VTNC desses FDP da imprensa azul! Vao vender esses Jornalzinho fajuto na Burrolândia! Tem q ser muito debiomental para fazer uma matéria dessas! E como tem jornalista ruim!

Julio disse...

Ninguém deveria estranhar o terrorismo que o Felipe faz, no entanto, é bom que se diga, ainda que ele seja exatamente assim, não é um cara infeliz, e tem o direito de continuar sendo exatamente o que é, ainda que, a mim, a maioria das suas cornetas soem despropositadas, algumas, beirando o desrespeito, como no caso dessa, do Zé Roberto, um bom jogador.

Vai nessa, Felipe! Segue fazendo o teu número.

Jardel Marchiori disse...

Olha, estou mais preocupado com a corneta que roda solta nesse blog. A nova diretoria, apesar de ser parte da antiga, teve peito de colocar o deido na ferida e dizer que a coisa nao anda boa no Inter. Contrataram o Aod pra colocar gente mais experiente la dentro, e resolver as coisas. Agora, vcs querem o que em dois meses e meio de posse???? Que os numeros saiam do papel por milagre????? essa zona toda está ai só porque o Piffero quis bancar a copa pra nao cair na mao do gremio, porque ele era mais preocupado em flautear o rival do que se preocupar com o inter. E tá nisso ai. Pelo menos o Luigi tá mostrando a cara e ao que parece, está mais preocupado em salvar o inter do que fazer marketing. E isso deveria ser aplaudido e nao ser motivo de chacota. Eita vida.

Unknown disse...

Se o Inter não fizer a parceria não terá estádio decente, não terá CT, não terá edifício garagem e vai continuar administrando mal todo o resto! Esta reforma PODE vir a gerar R$ 1 Bi em receitas. R$ 1 Bi de receitas vai gerar no máximo R$ 300 Mi de lucro (em 20 anos) e a AG está disposta a colocar R$ 265 Mi no patrimônio do Inter em dois anos. Quem for racional não tem como não dizer que este negócio não é bom. Basta saber fazer continha de adição e subtração.

Unknown disse...

Creio que se for mantido o atual modelo de autofinanciamento das obras, o Inter ficará extremamente individado, com as obras urgentes, necessárias concluídas lá por 2030 ou 2040, e por óbvio, sem time competitivo nesse período, como ocorreu nas décadas de 50 e 60, quando o Inter construiu o Beira-Rio e o futebol ficou à mingua.

O autofinanciamento das obras é utópico e perigo para o clube, pois não há dinheiro para manter o futebol, como se endividar mais ainda para as obras?

Com a parceria, teremos um estádio novo, padrão Fifa em 2 anos, que leva, inevitavelmente ao aumento significativo de receitas, pois mais pessoas frequentarão o Beira-Rio.

Além disso, será construído um CT, que é fundamental para revelar novos jogadores identificados com o Inter.

Sobre o entorno, diga-se que em 20 anos o Inter se tornará dono de um shopping e de camarotes já consolidados, além do prédio garagem, diferentemente do que ocorre agora.

Portanto, a parceria deve ser aprovada para que o Inter não peca o "trem da história" e fique para trás em relação a outros clubes, especialmente em São Paulo, que estão investindo em patrimônio, que rende novos torcedores, novas receitas, etc.

Postar um comentário

Para deixar seu comentário você primeiro precisa registrar no www.Blogger.com ou usar seu Gmail para fazer o Login. Ou ainda criar um perfil no Google (veja link abaixo). Qualquer um desses serve.
________________________________________________

Para colocar LINK faça assim

Se Tu quer criar um Link, use o formato abaixo, só troque os "[" e "]" com < and >:

[a href="http://www.URLdolinkto.com"]Texto para aparecer[/a]