sexta-feira, março 11, 2011

Cadê o AOD??


Ontem fui ao Beira Rio, muita chuva, vitória fácil (claro, ipiranga...), Roth de novo insiste em jogar com 1 atacante, em deixar seu bruxinho Zé Cachaça no time e provalmente Oscar sairá para entrada de Dalessandro... 3 voltantes, Bolatti, Guina e Tinga, todo aquele blábláblá que conhecemos e sabemos onde vai dar... não é sobre isso que eu quero falar, aliás eu não aguento mais alertar aqui quais serão as conseqüências de mantermos esse jegue no comando.

Quero falar do estádio. Ontem naquela chuva, barro, arquibancada demolida e aquela impressão de obra parada, me fizeram refletir um pouco sobre este tema.

Este embrólio de parceria ou recursos próprios está sendo discutido de forma errada e sem transparência para o torcedor, que é a razão do clube.

Vamos por parte. Parceria significa o que? Ceder a uma empresa que possui um "acerto" com a FIFA e as outras empreiteiras algumas receitas que poderiam ser do clube. Alguém ai já se perguntou porque não existe concorrência? As empreiteiras fazem um acerto, onde uma não tenta roubar o espaço da outra, assim sobrou para Andrade Gutierrez o Beira Rio, pois ela é a que atualmente possui menos estádios no país. Assim, a FIFA sempre encontrará empecilhos no Beira Rio enquanto este não estiver nas mãos da AG, forçando o Inter a aceitar a parceria e "cumprir" o acordo para ter a Copa do Mundo. Este projeto tem seus prós e contras. Garante a obra, garante a copa. Mas e depois??

Por 20 anos estaremos abrindo mão de mais de 1 bilhão de receitas (segundo a própria projeção da Andrade Gutierrez). Essas receitas existem? não! O Inter tem condições de performá-las? Tem!! Se isto for feito profissionalmente e não da forma amadora que hoje é gerido.

A missão do clube é jogar futebol e este não pode desviar o seu foco. Agora é perfeitamente possível que o clube forme um braço empresarial para gerar receitas de modo a reforçar o caixa e com isso o time...

Vender camarotes, cadeiras vips, realizar shows, administrar um shopping, um estacionamento e o diabo que seja, não podem ser feitos pelo clube, ainda mais do jeito que ele hoje é conduzido, de forma 99% amadora. Siegmann gosta de gargantear por aí que o Inter até hoje só tem experiências ruins com gestão de outros negócios: gato do alemão, pizzarias e etc... mas é claro!!!!

Eu sou administrador, se me pedirem para fazer uma operação nos rins eu não vou saber fazer, eu não sou médico! O Inter tem más experiências devido a sua falta de capacidade gerencial. São dirigentes que estão lá "por amor ao clube", sem qualquer preparo e capacidade.

Eis que chegamos ao festejado AOD Cunha... nosso CEO está lá pra que? Para dizer que o Inter tem dívidas qualquer um diz, agora se contratamos este cidadão para profissionalizar a gestão do clube, não seria sua obrigação assumir o projeto Inter empresa, realizar a obra com recursos do clube, não do futebol, recursos gerados a partir da própria obra, venda de camarotes de uma forma profissional, através de uma empresa contratada que tenha experiência neste área, e não esta venda de padeiro como é hoje.

Poderíamos também criar uma empresa, com funcionários contratados para usarem a imagem e infra-estrutura do clube para gerar receitas, que no final vão para o futebol. Quantos shows são hoje realizados no gigantinho? Quanto geram de receita? Quem vende estes shows? Será que um show da magnitude de Paul Mcartney, se fosse tratado por um profissional da área não geraria uma receita para contratar algum grande jogador?

Por que contratamos um CEO para profissionalizar a gestão do clube e este simplesmente quer terceirizar esta tarefa? Será que ele ganha alguma coisa com isto? Pra mim não faz nenhum sentido... Este projeto já deveria ter sido feito a 2 anos atrás quando essa história de copa começou, agora em cima da hora, ficamos pressionados a aceitar a parceria, que não é tão ruim como a da Azenha que entrega tudo para a OAS, mas sim é muuito mais favorável para a empreiteira do que para o clube...

Vamos profissionalizar o clube? Vamos, então comecemos com a gestão das receitas do estádio!!! Podem ser nossas e não outra empresa!!! Torcedor colorado, ACORDE!!!

Se aceitarmos a parceria....

OREMOS!