sexta-feira, agosto 30, 2013

Cansei

E aí, coloradagem.

Eu joguei a toalha. Desisto de entender o futebol brasileiro e, mais difícil ainda, o do Inter. Todos, desde o presidente do clube aos jogadores, passando pelas comissões técnicas, me parecem IDIOTAS completos. Se não são idiotas, então são mau-caráter. Prefiro crer na primeira opção, seguirei com ela, mas não colocaria minha mão no fogo.

O ponto é que, de um modo ou de outro, eu CANSEI. Não sei de vocês, mas não dá mais. É jogo atrás de jogo tentando encontrar razões que justifiquem essa lástima que é o Inter, mas não dá pra entender. E essa imprensa ridícula, embora esteja começando a questionar mais seriamente o trabalho do Dunga (que me ENGANOU, confesso), que não pode ser isentado desse futebol ridículo do time. Mas eu gostaria de fazer umas perguntas:

1. O que a gente diz, DUNGA/LUIGI/SOLTO/MEDEIROS/DALE/JUAN/etc., o que a gente diz de um time que CUSTA 10 MILHÕES MENSAIS empatar e ser DOMINADO por um time que custa 100 MIL? Me digam o que a gente diz disso? E não me venham com silêncio ou que "tem que trabalhar". Que tal responderem: "vamos abrir mão de 50% de nossos salários a cada resultado desses"? Que tal? Isso é ser homem.

2. Qual é a dificuldade de entender que a marcação tem que ser OSTENSIVA e não apenas ficar CERCANDO o time adversário? Qual é a dificuldade de entender isso?

3. Vocês acreditam que somos ESTÚPIDOS ao ficar reclamando de campo, juiz, viagens, "falta do Beira-Rio", etc.? Pensam mesmo que somos estúpidos para engolir isso?

Tem outras tantas perguntas a se fazer. E, pra registrar, que esse Ronaldo Alves vá se f!#$!@. Sair de campo dizendo que é natural tomar gol de um time semi-amador, se achando com moral suficiente para sequer dar entrevista, quanto mais um opinião dessas?! Pra não perder o clichê, TU É UM MOLEQUE, Sr. Alves.

Bem, desculpem a revolta, pessoal. Mas cansei. Vou aproveitar que estou em fins do doutorado e preciso mesmo estudar, e vou dar um tempo com o Inter. Vou negociar com o Louis para ver se escrevo uma vez por mês neste fim de ano e vou procurar escrever sobre outras coisas do Inter, talvez voltar com as crônicas, mas nada de acompanhar os jogos.

ESSE BANDO DE VAGABUNDO NÃO MERECE. Se há exceções lá dentro do clube, que tratem de aparecer e fazer a diferença. Enquanto estiver como está, para mim serão todos iguais.

Boa sorte para quem vai continuar a sofrer com isso aí.




quinta-feira, agosto 29, 2013

Salgueiro x Inter

Pos-jogo

Acho que o Inter gostou tanto da palavra do bv pra empate a derrotinha que nao quer fazer nada alem disso. O que dizer? Fizemos copa do mundo com o salgueiro hoje. Um time de 10 milhoes contra um time de 100 mil. Pra mostrar como esta alto demais o salario desses jogadores. Naonconseguem ganhar do salgueiro. De ninguem.

E dale tomar gol de falta de cabeça. Ao menos alisson defendeu um penalti algo raro no Inter.

Domingo mais uma derrotinha?

So resta lembrar. O inter tem a cara do Luigi.

Salgueiro 2 x 2 Inter



PRÉ-JOGO

Estava no carro com meu Pai quando ele me fala: "depois de hoje Copa do Brasil só em Outubro".

Juro que me deu uma raiva da CBF quando ele falou isso. Os infelizes da CBF alem de colocar a Copa do Brasil nessa epoca do ano assim tirando o Inter e outros da SulAmericana colocam o torneiro paralelo ao Brasileirão! Ontem mesmo pensei "Bom ao menos a Copa deve terminar em Setembro"...mas pelo jeito só recomeça la em Outubro. Porque que essa bosta da CBF não consegue organizar o calendário? Só fazem merda depois de merda. Não sei a quem favorece isso, mas não faz sentido algum! Será que o mesmo bosta que fez a tabela do LONGOOOO Gaúchão desse ano, fez a da Copa do Brasil? Ou são apenas dois idiotas separados? Estamos regredindo!! No Brasileirão até os classicos da ultima rodada tiraram...será que esqueceram as entregadas de 2008 e 2009???

A Copa do Brasil deveria ser no primeiro semestre e o Brasileirao no segundo e fim de papo, ou com muito pouca overlap. Mas algum Einstein na CBF deve a ideia "Vamos fazer a Copa do Brasil paralelo ao Brasileirão!!!" E eles aprovaram!!!!!!!! Quem tá fazendo esse calendário atual merece ser linchado durante a abertura da Copa Do Mundo de 2014. Seria um ótimo entretendimento (ou quem sabe uma luta até a morte entre o genio do Gauchão e o Gênio da CBF), porque sinceramente não dá pra entender o que eles tão pensando. Agora essa Copinha vai atrapalhar nas rodadas importantes do Brasileirão.

Ou tu acha que se tiver GreNal na Semi da Copa, o Inter não vai focar 100% na Copa do Brasil e botar o Brasileirão de lado? Claro que vai, já vimos esse filme! Até em GreNal em Gaúchão o Inter faz isso!

É muita estupidez da CBF. Desculpem meu Portugues, mas é uma confederação DE MERDA. Qualquer guri de 12 anos que joga Botão ou Playstation faria um calendário mais inteligente. A Copa do Brasil vai de ABRIL até 27 de Novembro! Santa infelicidade!!! Eu não aguento mais tanta incompetência!!!!

Por isso que o futebol Brasileiro tá uma bosta...nossos craques são quase todos Argentinos...Holandez...Uruguaio...por isso o Santos tomou 8 do Barcelona como se fosse um time amador...o futebol Brasileiro pode estar se vestindo bem com estadios modernos, mas as pessoas no comando ou são amadores ou fazem essa palhaçada assim de proposito.

Ah sim...e hoje temos jogo contra o grande Salgueiro, lá no fim do mundo...no meio do Brasileirão! 





COPA DO BRASIL

Dunga enfrenta mais uma decisão hoje a noite

Penso que a classificação para a Copa do Brasil esteja muito bem encaminhada, não apenas pelos 3 x 0 do primeiro jogo, não apenas pela fragilidade do adversário, não apenas pela atenção que o nosso COLORADO tem dado a essa competição, mas por tudo isso somado e mais outra coisa.

O Dunga tem me parecido um treinador mais afeito aos jogos de mata-mata, consegue mobilizar melhor o grupo para os jogos decisivos. Foi assim no Gauchão, foi assim na Copa do Brasil e nos principais jogos do Brasileirão. Notem que nos confrontos mais decisivos o INTER jogou bem, não perdeu e muitas vezes ganhou.

As vezes tenho a impressão que o INTER não se mobiliza da mesma forma para todas as partidas, não que despreze os adversário, mas não parece focado. Contra o atlético-pr os repórteres disseram que alguns jogadores chegaram a dormir no ônibus no trajeto entre o hotel e o estádio, e tomamos gol aos 30 segundo, duvido que no greNAL, por exemplo, alguém tenha dormido, ou ainda, basta ver os jogos contra adversários teoricamente mais fracos.

O jogo de hoje a noite é uma decisão, vale vaga e com esse espírito o INTER deve entrar em campo querendo matar o jogo já no primeiro minuto, sem deixar para mais tarde. Mas também é muito importante que faça isso todos os jogos, que jogue sempre com "a corda esticada" que busque a vitória do primeiro ao último minuto, não importando o adversário, a colocação da tabela ou local do jogo.

Só é campeão Brasileiro por pontos corridos quem encara cada uma das 38 rodadas como uma final, como uma decisão, isso tem nos faltado, todos os jogos valem 3 pontos, e me parece que o Dunga ainda não conseguiu dar essa competitividade ao time.

Hoje a noite é outra história, vale vaga, vale continuar na competição e por isso tenho certeza que vamos jogar melhor. E vocês o que acham, o INTER ta jogando todas as rodadas do Brasileiro como se fosse uma final??? Está mobilizado o suficiente para hoje a noite???


André Flores
@ojogodointer

ps.: Como já escrevi por aqui sou coordenador de um grupo chamado MAIS INTER que na semana passada apresentou uma proposta de setorização para o BEIRA-RIO, se quiser conhecer ACESSE AQUI




quarta-feira, agosto 28, 2013

Atrito

Quem já teve um carrinho movido a fricção estragado entende bem o que é torcer para o INTER em alguns jogos. Tu fica na expectativa de que ele desenvolva, use o atrito pra fazer a mágica acontecer... mas não acontece. Ele parece sempre estrar brigando pra ficar no mesmo lugar. 

Não existe aceleração que faça esse time do INTER se movimentar a contento. O DUNGA as vezes parece eu criança esbravejando contra o carrinho de brinquedo. Mas o que podemos nós dois fazer de melhor se apenas podemos colocar eles pra se movimentar, eu meu brinquedo, o técnico o time a jogar? São as pecinhas que andam insuficientes. Mesmo sendo um belo brinquedo, tem peças baratas que estragam a brincadeira.


Dunga num momento simpatia: "FAZ ASSIM!"
As vezes com requinte de crueldade: nem sendo o carrinho do Macgyver, ou tendo em campo jogadores talentosos como os dois argentinos e o Uruguaio. 

O nosso presidente não sabe brincar. Mas, será que o Luigi entende de ciências?

Vamos agora a matemática: mesmo somando o 7 + 10 + 32 (um VIVA a numeração fixa! Chega de Várzea!) vai ser difícil chegar no 4, o TETRA, se as outras pecinhas não superarem expectativas, especialmente o 1. Além disso, precisamos de um 3 e um 4 de fundamento.

Quem sabe a física: toda ação provoca uma reação igual e em sentido contrário. Dada a inércia do nosso time, se seguir nessa aceleração o INTER vai repousar sua massa na sua posição cativa na tabela, aquela entre a sexta e a décima segunda colocação. 

Ou a mecânica: toda partida o time parece que começa o jogo com o freio-de-mão puxado e termina como se não tivesse com o motor ajustado: muita força e pouco resultado.

E aí, precisa que desenhe?

Falando em brinquedo Apresento a "Xuxa russa".
Brincadeira, não?




segunda-feira, agosto 26, 2013

DIAGNÓSTICO

Dunga precisa olhar melhor os problemas defensivos

Não sei se chegaram a notar, mas estou a alguns dias afastado aqui do BV. Escrevi ainda antes do jogo com o Botafogo (em 15/08) um post sobre a BRIO e nada mais. Não que falte assunto, não que não haja coisas a serem ditas, é que eu não gosto de criticar o INTER e ultimamente tem faltado motivos para elogio.

Fui no jogo contra do galo, fiz umas imagens, cheguei a preparar um vídeo, mas achei melhor não publica-lo, estava  muito irritado no comentário ao final da partida fui contundente, mas não havíamos perdido, achei que poderia estar exagerando e não publiquei.

Na quinta não escrevi pois continuava vendo as coisas erradas, escalação cheia de improvisos, as mesmas desculpas sobre a falta que faz o estádio, a folha de R$ 10 milhões por mês e que não tem laterais, e pelo mesmo motivo do domingo, para não criticar o INTER, achei melhor não escrever, e a noite como já era esperado o INTER goleou o Salgueiro da série C (todos os gols na segunda etapa).

Ontem antes do jogo estava decidido a fazer um vídeo daquela que imaginava seria uma vitória para redimir os problemas, afastar a má-fase, colocar o time novamente no caminho das vitórias, na briga pelo título. Mas o que se viu foi o Walter deitando e rolando no lado direito da defesa, o INTER sofrer uma virada, e depois tentando solucionar um problema que ele mesmo criou.

Ao ouvir a entrevista do Diretor de Futebol Souto de Moura, fiquei impressionado como o INTER erra no diagnóstico. Nessa entrevista em julho ele disse que não precisávamos de zagueiros, e o resultado é que temos a pior defesa do Brasileirão, ontem ele disse que o fato estarmos sem o BEIRA-RIO atrapalha muito e tem sido determinante, falou ainda que o problema do excesso de gols é de todo o conjunto, não apenas de alguns jogadores, entre outras coisas equivocadas, mas pegarei essas três como exemplo.

Se o problema fosse de todo o sistema defensivo não tomaríamos a imensa maioria dos gols com jogadas pelo setor da direita da defesa, é ali que esta vazando (ontem os 3 gols passaram pelo lado direito da defesa). Falta zagueiros de qualidade no elenco e a titularidade do Ronaldo Alves é a prova mais cabal disso, pois tem protagonizado jogo após jogo erros bisonhos dignos de jogador de várzea.

Poderia falar do Gabriel "chinelinho", da estranha bolada que Muriel levou e já o tirou do time por 2 jogos, do erro de avaliação com Rafael Moura, e muitas outras coisas, todos nós estamos cansados de saber, mas esses exemplos já bastam para mostrar o quanto erramos no diagnóstico dos problemas.

Outra desculpa que não aguento mais é que o fato de não estarmos jogando no BEIRA-RIO tem sido decisivo para os fracassos no Brasileirão, o BEIRA-RIO é importante, seria muito melhor se pudéssemos jogar em casa, mas nossos problemas são muito maiores do que isso. Botafogo (interditado) e Atlético-PR (obras para Copa) também estão sem seus estádios e mesmo assim estão no G4, isso com menos dinheiro, menos sócios e menos estrutura que o INTER.

Quinta-feira teremos uma classificação fácil contra o Salgueiro, mas é preciso voltar a vencer no Brasileirão, isso é urgente, e para isso acontecer é preciso saber o que vem dando errado, mas pelo que tenho ouvido nas entrevista o nosso maior problema tem sido o erro de diagnóstico.


André Flores
@ojogodointer








domingo, agosto 25, 2013

Inter x Goias

POS-JOGO

Inter 3x3 Goias - Quinta Derrotinha consecutiva. Dos ultimos 18 pontos ganhamos 5 e perdemos 13.

Como disse antes do jogo...como já digo a tempos. ESQUECEM qualquer chance de conquistar o Brasileirão. Não tem jeito e o problema começa lá em cima com o Luigi. O Inter mais se preocupa em fazer estadio bonitinho pra Copa e festinha de abertura pra dar resposta a abertura da Arena do que organizar o clube pra conquistar o Brasileirão.

Pior é que tem gente que acha o empate heroico pois estavamos perdendo de 3 x 1. Como escrevi na ultima 'Derrortinha' Efeito Pulp Fiction. E outros ainda acham que mudando tecnico a coisa vai mudar. Com Luigi no commando a DNA do Inter não mudará. Pensava que a fortitude do Dunga seria o suficiente, mas não é. O Inter precisa que o Presidente seja um chutador de balde tambem. Mas nosso presidente é manso e os jogadores sabem.

Como já venho escrevendo, Vaga na Libertadores já seria motivo de comemoração na Goeth.

A coisa tá feia gente. Nem com o melhor da Copa...o goleador da Liberta....o Dale em Alta a gente vai a lugar algum. 

PRÉ-JOGO

- ja sao 4 derrotinhas seguidas no Brasileirao. Porque considero empate uma derrotinha? So olhar os numeros. Nos 4 empates sao 4 pontos ganhos e 8 perdidos. Ou seja 4 empates é quase o mesmo que 1 vitoria e 3 derrotas. A diferença é 1 pontinho.

- Acho que nao faz 2 meses que mencionei que virou e$porte a brigada ameaçar interditar o estadio do Inter para 2 dias depois aprovar. Aconteceu de novo em NH. Sera que o estadio se auto-corrigi nesse pequeno periodo? Estranho nāo.

- tenho gostado das entrevistas do Walter. Parece ter ficado um pouco mais maduro nos ultimos anos. Hoje falou que nao comemoraria contra o Inter pois deve muito a ele. Tambem gostei que ele deu um toque na globo dizendo que nao precisa botar o adjetivo gordinho antes do nome dele em narrações.

- quanto ao jogo ja nāo tenho esperança de titulo. Pra ganhar brasileirao a diretoria e grupo precisa de um certo tipo de DNA e esse tipo nāo temos. Temos DNA pra torneios do estilo Copas, pra pontos corridos é outra mentalidade que infelizemnete nāo temos e nem temos tido com frequencia nas ultimas 3 decadas. A caracteristica principal desse dna que tem faltado é de matador contra times menores. Quantas vezes nos ultimos anos nao perdemos pontos pra lanternas e outros timecos. Claro nao da pra ganhar tudo mas no Inter é praticamente mais dificil ganhar dos lanternas do que dos outros grandes. Isso mostra que o elenco nāo entra em campo com o mesmo foco do que quando joga um Flamengo ou Sao Paulo. Falta o famoso Killer Instinct. E ninguem nunca parece ter tentado corrigir isso. Infelizmente vaga na libertadores e já devemos dar graças a deus. E nao deveria ser assim com esse elenco mais caro do Brasil. Mas é.



sexta-feira, agosto 23, 2013

A formação perfeita

Antes de tudo, parabéns ao time ontem. Foi um ótimo resultado, dadas as condições do jogo e a pressão que havia por vitória. Tivemos chance de sair com uns 6 x 0, dadas as oportunidades perdidas, mas 3 x 0 tem que ser mais que suficiente para jogar tranquilo na volta.

Agora, sobre a formação do time e direto ao ponto.

Algumas coisas são simples, outras não. Por exemplo, não é simples lidar com o ser humano e suas variações de humor, muito menos com 30 deles (o elenco do Inter). Gerir um elenco, de modo a obter um bom equilíbrio individual (em termos de performance média) e do coletivo, não é tarefa banal. Por outro lado, há uma princípio bastante simples que deveria ser o primeiro (ou talvez o segundo) na formação de um time: um time tem que ser veloz. Ninguém monta um time competitivo nos dias atuais sem que a velocidade seja uma de suas principais características. Velocidade que afeta tanto a eficiência dos contra-ataques, quanto a movimentação no ataque (penetração e manutenção da posse de bola), quando se enfrenta defesas compactas e recuadas.

Portanto, darei aqui minha sugestão de formação ideal para o time do Inter, em face da performance do time e dos jogadores nos últimos jogos. Fosse eu o "Dungo", montaria o time assim:

Goleiro (tanto faz, mas vai lá Muriel...)
JH / Alan / Juan (R.Alves, reserva) / Fabrício
Ygor (Airton, reserva), Willians (Josimar, reserva)
Otávio / Dale (Alex)
Forlán (Caio) / Damião (Scocco)

Defesa: 4 4 2
Ataque: 3 (volante+Alan+lateral) 3 (Juan+volante+lateral) 4 (meias+atacantes)
Contra-ataque: 1 1 3 (Dale chegando por trás, Otávio (ou JH) conduzindo a bola à sua frente, Forlán e JH (ou Otávio) abertos, Damião no meio)

Com este time e estas formações, teríamos condição de fazer transições rápidas tanto para contra-ataques, quanto para recompor a defesa. Também teríamos muito mais velocidade para movimentações no ataque. Na hora de um contra-ataque, o ideal seria sempre buscar o Otávio (ou JH ou, última opção, Willians), capaz de sair em velocidade. Ao mesmo tempo, Damião, Forlán e um terceiro jogador (dentre Otávio, JH e Willians, o que não estiver conduzindo a bola), se lançam em velocidade ao ataque, um pelo meio e os demais pelos lados para abrir a defesa e dar opção de passe ou de drible individual. Com isso, Dale que não é veloz e não tem tanto gás, teria tempo para chegar ao ataque para uma eventual cadência do jogo, caso a jogada não seja finalizada rapidamente. Essa dinâmica teria que ser automática na cabeça dos caras, com todos sabendo exatamente o que fazer e onde estar.

No ataque, com posse de bola e a defesa adversário recuada, o 3-3-4 me parece o esquema ideal. Juan, por sua lentidão, seria mantido à frente dos 3 últimos, invertendo com um dos volantes, mais veloz. Nunca os dois laterais poderiam subir juntos (ou, se isso ocorrer, os dois volantes teriam que compor atrás, com um dos zagueiros). Os meias e atacantes estariam sempre na frente, mais próximos da área. Aliás, Dale joga muito melhor quando está mais próximo da área. Seu rendimento caiu muito nos últimos jogos, quando ele passou também a jogar mais atrás, talvez até como meio de manter o time mais fechado para tomar menos gols. Mas isso acaba com o futebol do Dale. Por isso, com 4 na frente, ele poderia jogar mais próximo à área adversária, como elemento centralizado ou alternando com os alas.

Para mim, esta seria a formação ideal. Um time relativamente jovem, especialmente atrás, onde é preciso velocidade e disposição física para manter o time compactado quando ataca e com capacidade de recuperação, em caso de sofrer contra-ataque. Mas a melhor maneira de evitar um contra-ataque é exatamente compactar o time, povoando o campo adversário, além de fixar alguém em cima do jogador adversário responsável por puxar o contra-ataque (sempre tem um mais acionado). Sinto que o Inter tem dificuldade de compactar, especialmente pelo Juan, que se segura visivelmente. Não excluo também a possibilidade de que Dunga também tenha algum temor e peça para a zaga não avançar demais, o que seria um erro crasso.

Enfim, está aí minha sugestão para discussão. Eu manteria JH na LD, pois tem muito mais técnica que Gabriel e Ednei, é mais inteligente e no ataque muito mais útil e perigoso. Uma gratíssima surpresa que espero que Dunga valorize. Mas é preciso tratá-lo como mais que um LD comum, mais ou menos como Daniel Alves, no Barça. Eu não colocaria Dale e Alex juntos como meias, NUNCA. Os dois são lentos e não marcam muito bem. Só deixaria juntos em caso de um deles estar mais avançado, como terceiro atacante ou coisa assim. Mas, para mim, são alternativas para a mesma posição, Alex reserva. Dale precisa de um companheiro veloz, como foi com o Oscar e agora pode ser com o Otávio. Um cadencia, o outro puxa a transição rápida.





quinta-feira, agosto 22, 2013

Inter x Salgueiro

Qualquer resultado abaixo de 4 a 0 é fracasso.

Nāo preciso dizer mais nada.





terça-feira, agosto 20, 2013

Saudades do 4-3-3

Para os mais jovens o 433 é coisa de livro e historias contadas. Mais pra quem já vivia uma vida pos-6 anos de idade nos anaos 70 ou inicio de 80 lembra bem como era o 433.

Futebol era delicioso de se assistir. 2 ponteiros e um centroavante. No Inter tinha Valdomiro que era ponta direita, vivia indo a linha de fundo e fazendo cruzamento perfeitos. Com a 9 estava Dario...ou Flavio ou pra mim Bira...Geraldāo e outros. Mas o ataque nao parava ai. Na ponta esquerda tinha Lula fazendo o papel inverso do valdomiro. Mais tarde tinha Silvinho...antes do silvinho Mario Sergio que nao era bem ponteiro, caia pelo meio e seu cruzamento nao era seu forte. Mas era escaldo como no estilo 433 e vestindo a 11.... Valdomiro, Bira e Mario Sergio.

Ai depois de 85 quando sai do brasil e acabei me desligando do futebol notei em 1990 que os ataques eram so de 2 jogadores. Ponteiros ja eram. Era o tal primeiro e segundo atacante. perdeu muita graça o futebol sem o ponteiro tradicional. Quem viu os ponteiros dos anos 70 e 80 jogar como o Valdomiro, Eder, Jairzinho antes o Garrincha ate o proprio Renato e varios outros que no momento me escapa o nome, sabem do que falo.

Nao sei o que aconteceu pra matarem o 433 mas aquela copa de 90 foi a de menos gols. A mais fraca de todas as copas. Era um sinal. E quem viveu lembra do jo soares pedindo semanalmente " bota ponta tele! Bota ponta!" Ainda genial.

Quais eram outros grandes pontas da epoca?

Por isso gosto do papo de forlan damiao e scocco todos jumtos no ataque.

Ps. E olha o meio campo do Inter em 79, Batista, Jair e Falcāo.  So um volante de verdade Batista. Pois Falcāo nāo era volante classico nem de perto. E principe Jaja muito menos (era quase um segundo ponta direita em campo com valdomiro!). Hoje temos que aguentar 3 volantes e so um atacante que fica la na frente de verdade. Talvez seja por isso a drastica diferença em diversao de se assistir futebol nesses ultmos anos e decadas.





segunda-feira, agosto 19, 2013

Mantra

Esfria a cabeçaaaaaaa... Esfria a cabeçaaaaaaa.... Esfria a cabeça! Depois de fazer alguns mantras inúteis durante o jogo de ontem, resolvi fazer esse aí, para ver se consigo pensar com calma (ou se consigo acalmar com algum pensamento). Bem, vou tentar resumir o que tenho sentido e pensado.

Primeiro, a merd# é a sequência de empates-fodas somada às derrotas idiotas. Isso é que dói, é que frustra, é que machuca e desanima. Não só a nós torcedores, mas acredito que a alguns jogadores do time, comissão e direção.

Segundo, discordo de você que afirma que jogamos mal ontem. Não jogamos mal, mas também não jogamos bem. Tivemos o domínio relativo do jogo desde que o Galo ficou com 10 e abdicou de jogar. Mas mesmo até ali, o Inter não comprometia, embora não ameaçasse. Portanto, jogamos sim razoavelmente, ainda mais lembrando que o Galo é um bom time, atual campeão continental, com um bom técnico e bom elenco.

Terceiro, fico puto durante o jogo, xingo jogadores, xingo o Dunga, xingo a bola, mas isso é durante o jogo. Ali eu estou torcendo, o que em geral inibe qualquer atitude de bom senso. Isso não significa que eu queira que o Inter mande jogadores e comissão técnica embora. NÃO! Não sei o que se passa pela cabeça do Dunga e da direção, mas se houver interesse mútuo em continuar em 2014 eu quero que o Inter renove com a comissão técnica. Técnicos no Brasil são todos uma merda mesmo, então que pelo menos tenhamos um comprometido com o clube, honesto e que é capaz de garantir o preparo físico do time. Quero um Inter com planejamento e isso passa por manter a comissão técnica.

Quarto, os resultados com Botafogo e Galo foram normais. O problema são os outros resultados que não conseguimos contra times ridículos. O Inter tem mostrado desde o início do ano que joga pro gasto, diminuindo ou aumentando o nível de jogo em função da demanda. Se pudessem vencer por meio a zero, tenho certeza que fariam isso. Isso me deixa louco, com vontade de dar tapa na cara de jogador e chamar de moleque, mas esse é o espírito do Inter, pelo menos desde 2010.

Quinto, por mais que queiramos não nos iludir e criar expectativas altas, dói demais saber que com um pouquinho mais de organização e atitude estaríamos certamente na briga pelo título. Só um pouquinho mais. Algumas jogadas realmente ensaiadas, tanto na bola parada, quanto de contra-ataque, e mais atenção durante os 90 minutos, principalmente na hora de finalizar a gol. Só isso. É isso que mata. A gente sabe que o elenco tem problemas, mas vê que o cenário do campeonato é muito favorável, pois tá tudo uma lástima. Aí, jogo após jogo, a gente vê o Inter jogar fora as chances.

Finalmente, eu só quero ver esse time fazendo algo a mais que a improvisação. Só isso. Será que é pedir muito?




domingo, agosto 18, 2013

Inter x Galo

POS-JOGO

Derrotinha com D maiusculo.

Um a mais em campo, muitas chances e nada. Damião perde gol ala Sobis contra Mazembe e ali naquele momento vi que não era nosso dia. 0 x 0

 PRE-JOGO

Nosso goleiro ElRuiM e o resto do Sport Club Milionarios estao nos devendo nossa vitoria mensal hoje. Por isso acredito que vamos ganhar. Assim eles acalmam a torcida e podem vadiar nas proximas rodadas até começarmos a resmungar novamente.

Estou exagerando? Eu acredito que nāo.

PS: Que robalheira em favor do Corinthians. Isso que acontece quando depois daquela roubalheira de 2005 nada aconteceu ao juiz alem de perder o emprego. Até hoje não foi pra cadeia. O que deve ter de juizinho ladrão não é brincadeira. Na verdade o que deve existir de ladrão em todas as capacidades futebolisticas não é brincadeira. Dos presidentes da CBF até lá embaixo....é assim num país onde punidade não existe nem pra assasino, muito menos pra "pessoas do bem" que trabalham no futebol.



Contextualizando

Imagine que um estrangeiro fã de futebol lhe pergunte sobre como vai seu time (o Inter) na liga nacional.

Então, você explica que - passado pouco mais de um terço do campeonato - estamos na sétima colocação, 7 pontos atrás do líder, mas com dois jogos a menos (ambos em casa, o que daria, hipoteticamente, a chance de estarmos a apenas 1 ponto). Além disso, na última rodada, enfrentamos o vice-líder fora de casa e empatamos em 3 a 3. Com base nessas informações, seu interlocutor provavelmente concluiria que o Inter está bem, então. Que está bastante forte na briga pelo campeonato. Se você ainda acrescentar que o clube está sem seu estádio, jogando em estádios alugados, distantes da cidade e com estrutura bastante inferior, é capaz de seu interlocutor passar a achar que o Inter é favorito ao título ou que, não sendo, estaria obtendo resultados muito além de sua obrigação, dadas as circunstâncias.

Contextualização. Dado o contexto acima, a conclusão mais provável é uma. Se dermos outro contexto, vai ser outra.

Se, para o mesmo estrangeiro, disséssemos que o Inter está na sétima colocação, 7 pontos atrás do líder, com dois jogos a menos (ambos em casa), mas que nossa defesa é tão vazada quanto a dos quatro últimos colocados; que nosso aproveitamento em casa é de 66% (o que prevê no máximo 4 pontos, nos jogos a menos) e que os problemas de marcação que a equipe exibe são basicamente os mesmos que exibia no início do ano; e que sofremos horrores para vencer mesmo o mais modesto dos adversários, a conclusão dele à respeito das chances do Inter seria provavelmente outra. Some a isso o fato de que em nossa frente há pelo menos quatro times com folha salarial muito mais baixa que a nossa e com elencos tecnicamente bem mais modestos (de modo geral), e ele teria ainda mais certeza de que não chegaremos a lugar algum, que há algo de muito errado com o clube, para que não renda mais.

Contextualização. Algumas pessoas preferem ver o copo meio cheio, enquanto outras preferem vê-lo meio vazio, diriam alguns. Mas, e se o copo realmente estiver meio cheio, mas não porque o encheram até a metade, mas sim por estar com um furo embaixo, por onde escapou metade da água? O mundo não é estático. O copo não se tornou meio cheio ou meio vazio do nada. Não esteve sempre assim. Ou alguém o encheu (e isso vale para Coritiba, Atlético-PR, Vitória e Botafogo) ou alguém o esvaziou, e aqui incluo o Inter. Não se trata de ser "pessimista", mas de alertar para um furo no fundo do copo que não permitirá nunca ao copo estar cheio, por mais água que se coloque dentro.

E o Inter nunca colocou tanta água dentro do copo. Nunca na história do clube, se aplicou tanta grana para bancar um elenco estrelado. Me preocupo seriamente com a conta de água que vai ficar para as próximas gestões, ainda mais quando a torneira do quadro social começa a dar sinais de queda na vazão.

Quanto ao furo, no entanto, este ninguém viu, ninguém quer ver.

---

Detalhes que distinguem campeões. Para terminar, algumas observações sobre a postura do time em campo: (i) reparem no quanto é comum jogadores do Inter darem as costas para a bola, quando é lateral do time adversário; (ii) repare no quanto os jogadores do time passam a bola e se escondem; (iii) repare no que ocorre quando uma bola é tirada pela defesa e lançada para o campo adversário: ou o time permanece todo recuado, esperando novo ataque, ou os atacantes correm para marcar a saída adversária, mas o resto do time fica atrás, deixando um buraco imenso no meio; (iv) repare no quanto o time desperdiça a subida dos laterais, o que vai certamente fazer com que os laterais subam menos, para não se cansar atoa (até o JH reclamou disso no jogo passado); (v) repare na mudança drástica (pra pior) de postura do time, após fazer um gol; (vi) repare no quanto o time se contenta com pouco, como por exemplo o empate (após fazer gol de empate, não pega a bola rapidamente para acelerar a saída e ter chance de virar o jogo); (vii) repare no discurso acomodado da comissão técnica, jogadores e direção (não se trata de lavar roupa suja, mas de avaliar criticamente as deficiências do time). Só aqui elenquei sete observações que não podem faltar em um time campeão. Nem falei de distribuição no campo ou formação tática. Falei apenas de itens relacionados à atitude do time.

Sem atitude, não há vontade e nem treinamento que resolva. Tem que entrar em campo para ganhar o jogo NO DETALHE. Dar as costas numa cobrança de lateral pode ser o detalhe que determinará o vencedor de um jogo.

Vamos ver como o Inter se porta hoje.

(edit: Mas, assumindo que possamos gastar essa grana, a pergunta óbvia é: por que não está dando o retorno devido? Para mim, é por conta do furo. E esse furo pode estar em vários lugares (comissão, elenco, política de bastidores, etc.). Com certeza, a atitude do time/técnico? é um dos furos.)



sexta-feira, agosto 16, 2013

7 anos depois

Não sei se dá pra vcs verem ai pois o Youtube andou bloqueando. Me avisa...tambem não sei se cortaram o som. Soy Loco Por ti America, video que editei em 2006. Essa é a primeira parte.



Como Pulp Fiction

O que dizer? No caso de hoje apenas basta repetir que Muriel é fraco e a defesa suspeita. Goleiro no Inter parece ser uma posiçāo que nunca tem disputa. O titular parece sempre ter vaga garantida. O problema do Muriel é diferente e ao mesmo tempo parecido com Renan. Renan é goleiro que gosta de frangos escandalos...Muriel as falhas sāo mais sutis, chegando atrasado em bolas defensaveis por exemplo. Mas em comum os dois nāo sabem sair do gol. Mesmo assim dificilmente um goleiro vai pro banco. Só depois de anos de falhas que Renan perdeu espaço. Agora como vai ser com Muriel? Ele nāo parece ter aquele algo a mais pra ser um goleiro de time épico. Concordam?

Mesmo Clemer que era frangueiro mas tinha o tal algo a mais pois em horas desisivas ele estava ali no lugar certo. Alem disse tinha aquele ar de cabra macho pra assustar o outro time. Um olhar atravesado do clemer já assustava. Um olhar do Muriel e tu acha que ele vai te convidar pra ir no shopping ou jogar botão. Não é a mesma coisa!

Alem disso foi ótimo ver o scocco fazer 2. A briga vai ser boa entre ele e forlan se damiao ficar. E se damiao bobear......

No fim gol salvador que nos deu mais uma derrotinha mas comemoramos como vitória. É tudo perspectiva né? Como no filme Pulp fiction o resultado final para algumas personagens não é boa mas a ordem das cenas muda o sentido do resultado.





quinta-feira, agosto 15, 2013

Botafogo x Inter

Seja 
O
Que
Os
Deuses
Do 
Futebol
Quiserem. 

Porque logica no futebol parece não existir mais. Ganha de lider, perde pra lanterna...a unica explicação que eu tenho pra isso já expliquei depois do ultimo empate. 


BRIO

Hoje a noite o COLORADO enfrenta o botafogo e precisa vencer para brigar pela ponta de cima da tabela. É um jogo difícil contra um dos líderes, mas precisamos afastar essa sequência de 3 partidas sem vencer. Ao que tudo indica Ygor deve voltar ao time titular, mas tudo isso vocês já sabem.

Enquanto aguardamos o jogo, vou tratar outro assunto que é igualmente apaixonante, a reforma do BEIRA-RIO. Ontem a noite assisti a programa da TVCOM em que o gerente da BRIO, Marcelo Flores (mesmo que não perguntem aviso que ele não tem qualquer parentesco comigo), falou sobre a reforma, sobre prazos, sobre o preço dos bares, sobre o que será administrado pelo INTER e o que é administrado pela BRIO, enfim muitos tema interessantes..

Até mesmo o piso do entorno foi tratado no final da entrevista, assim como o Gigantinho, eu achei a entrevista muito boa, vale a pena conferir. Apenas destaco que no final do segundo vídeo ele praticamente confirma que a festa de reinauguração deve mesmo ser no aniversário. Esclareceu ainda quais são as receitas, para a qual fiz um pequeno desenho que você também confere abaixo, assistam e tirem suas próprias conclusões.





O INTER é dono da principal receita (bilheterias e sócios), o gerente da BRIO destacou que o INTER é dono do estádio e eles exploram algumas área, importante destacar que o que é do INTER não tem qualquer ingerência da parceira, sendo o contrário verdadeiro. Baseado nas informações que ele deu ao longo da entrevista fiz um resumo sobre quem administra qual receita (quadro abaixo)


Eu apenas confirmei coisas que já era possível imaginar, como aumento do custo de ir ao jogo, com aumento do preço dos bares, do estacionamento, etc. Além disso eu já tinha dito aqui que a festa deveria ser no aniversário, pena que não digam isso claramente para a torcida. E vocês o que acharam da entrevista?? O que pensam sobre aumento do custo de ir aos jogos??

André Flores
@ojogodointer



quarta-feira, agosto 14, 2013

Marca e "Marquetingui"

Aproveitando que o próximo jogo do INTER vai ser amanhã e o último resultado não merece muitas observações, além do que já fala-se anos a fio aqui no blog, vou aproveitar para comentar um assunto que tem me deixado aflito.

Aproveitando o gancho do último post do André, me preocupa a comparação feita por ele de que o estádio em Novo Hamburgo estava abarrotado de gente enquanto que os jogos do centenário eram mais vistos pelas vigas do estádio do que por torcedores colorados.

Descontando a diferença de tamanho entre os dois estádios e o momento de paixão e euforia do André por ter o INTER jogando mais próximo da casa dele, continua preocupante a situação. E fica mais preocupante quando lembramos que ha pouco tempo o Flamengo lotou o Mané Garrincha, em Brasília (distante 1.257 km do ninho dos urubus, no Rio de Janeiro).

Preocupante saber que um treino do Barcelona na ásia é capaz de atrair mais gente do que um jogo de campeonato brasileiro, título que não ganhamos desde 1979.

A culpa é da ingenuidade dos asiáticos? Da falta de paixão dos colorados (paixão = empolgação, não confundir com coloradismo)? Da baixa qualidade dos campeonatos nacionais? Da pouca exposição da marca INTER? Da preocupação excessiva no âmbito regional sem existir políticas sólidas de expansão da marca do time?

Eu voto que todas as alternativas acima estão corretas,com exceção da primeira.

Os asiáticos não são ingênuos. Eles estavam comprando um produto que foi-lhes apresentado como referência mundial em qualidade na sua área de atuação, gerido profissionalmente e com expressivos resultados nos últimos anos. Certo?

Mas isso reduz o peso de Marcas como Manchester United, Real Madrid, Inter de Milão, Milan e mais um cem números de times globais? A resposta é definitivamente não!

O que há de errado então? Por que não conseguimos enxergar o nosso time, aquele mesmo que torcemos desde a infância, como a maior marca do mundo? NEM NÓS MESMOS SOMOS CAPAZES DE VER O INTER ASSIM!

Por que o INTER não tem força capaz de levar uma cidade do interior a ir prestigiar uma partida do maior campeonato nacional?

Sem essa de o melhor do Brasil. Muito menos a velha desculpa de que o grêmio não tem isso ou aquilo. Ver o mercado com esses olhos é deixar que conduzam o time com a mesma maneira que levam a vida dois vizinhos invejosos, em que o maior objetivo da vida de um é comer a mulher do outro. 

Isso não me serve. Acredito que não sirva para a maioria. grenalização de tudo é o caminho de idiotização das duas torcidas. Uma espécie de coma da consciência em que as pessoas não analisam os fatos de forma coerente. Não tem nada pra mim maior do que INTER x grêmio. greNAL pra mim é um campeonato por si só. Mas, mesmo assim, pra mim é dentro do campo durante os 90 minutos. Fora disso, tudo são simples negócios.

Eu quero ver e sentir o INTER como uma grande marca mundial, em pé de igualdade aos maiores do mundo e sendo uma referência. Mas não vejo nenhum esforço continuo e real nesse sentido. Apenas força de "vencer o grenal" e rir da desgraça dos outros (como o post sobre a derrota do Santos no mundial). Movimenta-se uma babilônia de dinheiro através do clube que a imprensa registra apenas que entra e que sai, mas não temos registros de que vem deixando um legado definitivo apenas uma divída crescente e compromissos financeiros que crescem em progressão geométrica.

Não adianta nada fazer alguma análise e apontar possíveis soluções enquanto o foco não estiver no crescimento sustentável e real da marca e do poder econômico da ASSOCIAÇÃO CIVIL SEM FINS LUCRATIVOS chamada SPORT CLUB INTERNACIONAL. Enquanto o clube ser visto como o quintal para negócios de interesse pessoal, seremos feridos pelo que deveria ser nosso entretenimento.

Enquanto não houver a mobilização da torcida para que de fato as coisas corram para nos tornar maiores do que essa disputa citadina vendida pela imprensa e que acomoda o fracasso, seguiremos com essa sensação de que somos a periferia do futebol e de que alguém está nos enganando (e embolsando um dinheiro que não é bem usado).



Nunca esqueçam de viver suas vidas de verdade porque o que a maioria dos que estão ligados ao esporte profissional querem é nos colocar para dormir e tirar o dinheiro de nosso bolso. 

Nunca troque a convivência familiar, sua saúde e bem estar por qualquer merdinha vendida como sinônimo de paixão. Já pensou que a mensalidade que você sua pra pagar poderia ser guardada para o futuro de alguma criança de sua família ou até pra você mesmo e não para pagar metade do salário de qualquer "Zé Pafúncio" que está encostado num time menor?

Sua existência pode ser muito maior do que uma vidinha medíocre que encontre apenas no futebol algum sentindo. Esses esquecem que as vitórias e derrotas, apesar de vendido o contrário, nada tem a ver com eles. Foi quem contratou, quem preparou e, por fim, quem jogou que tem toda a responsabilidade seja pela derrota, seja pela vitória.






terça-feira, agosto 13, 2013

Peneira

Dois empates, nos últimos três jogos, contra Náutico, Atlético-Pr e Grêmio.

Seis gols sofridos, dois marcados, e um retrocesso da primeira colocação para a sexta.

Considerando o jogo atrasado, a ser realizado com o Santos, estaríamos há dois pontos dos líderes. No entanto, computar três pontos jogando em casa tem sido uma tarefa ingrata.

O que me irrita demais é que nos infortúnios contra Bahia, Vitória e Atlético-Pr sofremos gols com parcos minutos de jogo, o que se não é uma prova de desatenção, é no mínimo um sério problema de concentração.

Um gol cedo desestabiliza o plano de jogo por completo, haja visto a tarefa de correr atrás do placar e oferecer o contra-ataque ao adversário. Isto é ainda mais preocupante se considerarmos a falta de velocidade de nossos zagueiros, que acabam ficando ainda mais expostos ao combate direto, geralmente contra atacantes muito mais velozes e/ou habilidosos.

Em um dia que volta-se a cogitar a saída de Damião, a constatação é que falta equilíbrio ao time. Marcamos muitos gols, mas tomamos muitos também.

A justificativa principal, obviamente, é a grande disparidade técnica entre o setor defensivo e ofensivo. Não contamos com bons jogadores atrás, e a isto soma-se fatores como falta de atenção, falhas individuais e também a falta de um primeiro-volante de ofício.

Uma curiosidade alarmante, é que desde a adoção dos pontos corridos, apenas em um dos anos o clube campeão não possuía a melhor defesa; no entanto possuía a segunda melhor.

Isto analisado unicamente pelo prisma dos números não quer dizer nada; mas é importante saber analisar o contexto, e time que toma gols bobos e sofre gols em demasia acaba por eventualmente desperdiçar pontos importantes, que as vezes fazem a diferença entre um título ou representam várias posições na tabela.

Cabe a Dunga achar uma alternativa para que a zaga pare de ser vazada com tanta frequência, sem diminuir o poderio ofensivo do time.

Quinta-feira temos o chamado confronto de seis pontos, contra a boa equipe de Botafogo.

Um empate não seria considerado um mau resultado, mas dado a circunstância de nossos últimos três revezes, a vitória torna-se mais imprescindível que nunca.

Para a retomada de crescimento, a resposta deve ser imediata, e nada melhor que um jogo cascudo como contra o alvinegro carioca para voltarmos aos trilhos.

Três pontos serão fundamentais, assim como não tomar gols bobos e aproveitar as eventuais chances de gol.

Se este grupo almeja o topo da tabela, quinta-feira é uma pequena decisão, e toda a concentração é pouca.

Torçamos para que o enfrentamento contra equipes cariocas continue a render bons frutos.

@Davi_Inter_BV


ESTRÉIA EM NÓIA



Neste domingo o INTER estreiou no Brasileirão em Novo Hamburgo, eu fui lá para conferir e como já era previsto foi jogo de casa cheia, com a torcida dando pressão no adversário. O gol que tomamos com menos de um minuto de jogo apressou o time e acabou atrapalhando o time.

Na minha opinião (estou apenas com a impressão que colhi no estádio pois não vi qualquer compacto) o INTER abusou dos erros de passe, principalmente Willians, Airton, Edinei e Kléber, além disso muitas chances de gols perdidas contribuíram para que o INTER completasse a terceira partida sem vitória.

Agora o desafio é contra o botafogo e precisamos recuperar os pontos perdidos, ainda há tempo, mas é preciso uma mudança de mentalide, é preciso indignação de todos e não apenas do Dunga e D´Ale, é preciso que o time inteiro queira vencer que lute para isso, pois a torcida esta fazendo a sua parte.

Confira o vídeo e deixe sua opinião.E vocês acham que ainda da tempo de corrigir o rumo e lutar pelo título?? Gostaram da homenagem das cheerleaders COLORADAS aos papais???

André Flores
@ojogodointer




segunda-feira, agosto 12, 2013

Mais uma derrotinha

É não adianta. Nosso Inter não se ajuda. Os resultados paralelos podem ajudar mas aí a gente não cnsegue se aproveitar disso. Não sei se é falta de qualidade ou vontade ou conformismo. Me parece que o futebol Brasileiro em geral , seus times, seus jogadores, seus tecnicos e seus cartolas vivem num mundo de conformismo onde eles não precisam se destacar demais. Não precisam dominar nem ser muito melhor que os outros. 

De longe a gente sente que a combinação de brigar por vaga de libertadores e ficar longe do rebaixamento já é bom demais. Já é um objetivo que dá pra comemorar pois a torcida fica feliz, ninguem perde o emprego (se bem q perder emprego pra tecnic é algo bom pra eles pois só acabam ganhando mais). É o resultado "dont rock the boat" (bv girias em ingles #765). 
Titulo seria bonus. O conformismo no brasileirão só aumenta quando tem a copa do brasil como escape. 

Esse parece ser o feeling geral do futebol brasileiro. Um monte de underacheivers (bv girias em ingles #766). 

Então enquanto a gente não vê aquele fome de titulos que já vimos em outros clubes e esportes (olha tenistas que ano apos ano dominam ou na f1 piloto que ganha ano apos ano ou o chicago bulls do Michael Jordan ou o Barcelona no fuebol) os resultados vão cntinuar assim e não tem jeito. 

O futebol brasileiro está viciado na mediocrdade e conformismo. 

Alguem tem que injetar a mentalidade de vencer nesse grupo.  O dunga parecia ser o cara certo e até é mas sozinho não fará milagre. Tem que ser um desejo mais do que a do Dunga. Tem que ser de todos. A mentalidade tem que mudar. 

A diretoria parece estar mais preocupado com reformas e obter mais $ocios do que fazer do Inter um clube que só pensa em titulos e em vencer. 

Estão todos vicados. Talvez até a torcida. 

Sem mudança radical vai tudo continuar assim. Umas vitórias quando realmente necessario, derrotas quando não desesperadoras, e derrotinhas (aka empates) nas outras instancias. Podem ter certeza disso. 

O fluminense de algums anos atras escreveu o livro em conformismo. Fez feio o brasileirao enteiro so pra ter que vencer as ultmias 7 pra escapar a segundona. Ai se ligaram e venceram as ultimas 7. So fizeram o necessario pra sobreviver. 

Ps. Escrito da estrada rumo a Virginia. 


domingo, agosto 11, 2013

INTER x Atletico-PR

PRE-JOGO

Mais um jogo chave como todos são no Brasileirão. Será interessante ver a re-estreia do ALEX e Scocco começando uma partida. Precisamos vencer...baita novidade né?

PS: Vou Gravar o jogo pois aqui é verão e tô indo pra praia. Vou ver depois. Mas comentem a vontade.





sexta-feira, agosto 09, 2013

Quem se ilude, sofre

Quem acompanha meus textos sabe bem o que eu penso do potencial e das chances do Inter no BR e na CdoB. Mesmo com as vitórias em sequência que obtivemos, eu escrevi que a vaga na LA ainda seria luxo. Portanto, apesar de chateado, não me surpreendi com os últimos resultados negativos. Toda essa alternância do Inter e a facilidade que tem de tomar gols podem ser explicados pela extrema dificuldade em repetir a formação defensiva da equipe nesse brasileirão, especialmente aquela que vinha levando menos gols, isto é, a do primeiro semestre. Vendemos Moledo e Fred e ainda tivemos mudanças importantes nas laterais e na volância.

Com o Dunga aí há tão pouco tempo é IMPOSSÍVEL que tantas escalações diferentes não afetem o desempenho. Insisto: mesmo que Dunga tenha (o que ainda não sabemos) um bom esquema de marcação defensiva em mente, não houve tempo hábil para que todo o elenco (incluindo reservas) absorvesse e fosse capaz de manter a consistência tática, apesar das diferentes escalações. Porém, ainda tenho dúvidas se Dunga tem um tal sistema defensivo bem definido, pois a falta de compactação do time quando ataca é um problema desde o início do ano, embora levássemos menos gols, o que credito à repetição da escalação e ao nível dos adversários. Sinceramente, não sei se o nosso problema são as deficiências técnicas e/ou físicas de nossos jogadores ou se está no sistema defensivo treinado pelo Dunga. Aguardarei.

Sobre os jogadores, algumas observações: para mim, Kleber acabou de vez como jogador. Eu ainda tinha esperança de que ele voltasse a jogar bola com Dunga, saindo da tal "zona de conforto", mas a verdade é que seu problema é decadência técnica mesmo. Ronaldo Alves teve um bom momento no LADO ESQUERDO da zaga. No direito está um lixo. Ednei sentiu muito o peso de ter que entrar no time como titular. Talvez ainda possa ser um bom reserva, tendo mais tempo para ganhar confiança. Mas certamente não será o jogador que nós queremos como titular, isto é, não é do tipo como um Iarley, por exemplo, que chega e joga em qualquer lugar. Gabriel continua sendo a opção melhor, mas é ruim também.

No mais, tenho começado a me preocupar com o que vai acontecer com a comissão técnica em 2014. Sei que ainda é cedo para esse assunto vir à tona oficialmente, mas temos visto o Dunga diferente nas últimas semanas, com entrevistas que às vezes parecem mais conformadas e até desanimadas. Espero ser apenas impressão. Mas gostaria de vê-lo um pouco mais animado, sei lá... Por fim, sobre o lance dos preços dos ingressos, sou mais radical: acho um absurdo cobrar os preços anunciados para um jogo num estádio tão modesto. Já imagino o que vai ser no novo Beira-Rio. As pessoas falam que "a elitização é inevitável" com uma naturalidade que só nesse Brasil a gente vê. Inevitável parece ser a nossa ignorância (no que me incluo, ok) e essa mania de achar que o que é bom tem que ser caro.

Só pra lembrar: clássico Benfica x Sporting, em estádio "padrão FIFA", custa 18 euros (+/- 54 reais, mas lá é como se fosse 18 reais mesmo) para o sócio, com visão lateral, num lugar próximo ao campo.



Hora do Scocco

- acho que a saida do Forlan pra seleçāo pode ser a grande chance do Scocco. Se ele jogar bem e fazer gol pode começar a complicar pro Forlan.

- especialmente se Damiāo fica. A imprensa jurava dois dias atras que luigi tinha ido pra Europa venderr Damiāo. Pela vigesima vez nos ultimos 2 anos....dizem que tem fonte....veremos dessa vez.

- recado a wianey carlet. Nāo acredite em todas as fotos que tu ve por aí. Em 1990 inventaram algo chamado photoshop. Desde entāo a manipulaçāo de fotos é muito facil.

- o sorteio da copa do brasil foi perfeito para o Inter. Nāo só pegamos o salgueiro como jogamos uma sequencia em casa quando esse jogo acontecer. Dá e vamos matar essa parada já na primeira partida. Nāo há espaço pra zebra aqui. Eliminaçāo na copa atraves do salgueiro seria mais vergonhoso que Mazembe que era um campeāo continental. Nāo tem como e nem pode acontecer.

- bernard foi vendido do galo pra russia por 77 milhoes de reais isso é o que 30 milhoes de dollars por ai....por quanto mesmo saiu o Oscar?

- elton confirmou que recebe 50% de seu salario no criciuma do Inter. Quanto dinheiro omInter nao joga fora em jogador que nem joga mais no Inter. Esse vitor junior é o proximo que vai sair pra alguma timeco e o interr fara acordo em pagar metade do salario. A folha salarial do inter de jogadores que nem jogam mais no Inter deve ser maior que a folha normal da maioria dos clubes da serie B.

- alguem acha que o Inter ou outro clube vai dar uma arrancada nesse brasileirāo? É um daqueles campeonatos dando sopa pra quem quiser mais. Nāo tem Barcelona. É só ter um bom time e realmente querer e se focar por 3 meses nesse objetivo. É demais pra pedir dos nosso atletas millionarios?







quinta-feira, agosto 08, 2013

CRIANÇA COLORADA


Jorge Henrique utilizou tecnologia wireless para derrubar barcos

Se tem uma coisa que não posso me queixar essa semana é de falta de assunto para o meu post. Poderia repercutir o greNAL e desastrada atuação da arbitragem, poderia ainda falar de um seminário que assisti sobre a gestão das novas arenas, seminário muito bom organizado por um grupo político do gremio chamado MGI, poderia ainda falar da surpreendente contratação de empresa da RBS para organizar a festa de reabertura do BEIRA-RIO, isso falarei ao final deste post.

Mesmo com tantos assuntos eu prefiro falar do jogo do próximo domingo, quando o COLORADO enfrenta o CAP no estádio do vale. Não é segredo para ninguém que eu era contra o INTER mandar seus jogos em Caxias,  nada contra a cidade, mas sabia que o público seria pequeno, o que acabou se comprovando, e sempre defendi jogar em Novo Hamburgo. 

Em um momento que nosso time precisa se reencontrar com as vitórias, após uma sequencia de 4 seguidas estamos a duas partidas sem vencer, contra um adversário difícil que tirou a invencibilidade do CAM no horto e na estréia da nova casa da temporada, a direção toma a polêmica decisão de aumentar, e muito, preços dos ingressos.

Contra o flamengo um sócios pagava entre R$ 15,00 e R$ 35,00 e contra o CAP terá de pagar entre R$ 30 e R$ 50,00. Tal decisão não me parece inteligente, penso que o momento era de lotar o estádio, de incentivar o torcedor, e na medida em que faltasse ingresso (houvesse excesso de demanda) os preços subiriam gradativamente.

Mas o maior absurdo veio ontem que eu, e todos os sócios, recebemos e-mail com a seguinte informação "O Internacional informa que a partir de agora crianças com idade até 15 anos terão que pagar meia entrada nos jogos do Clube. Para tanto, será necessária a apresentação do documento de identidade."

Ou seja, se algum COLORADO quiser levar uma criança de colo, ou um pequenino COLORADO de 3 anos terá de pagar R$ 30,00. Em um ano tão difícil, quando o clube luta para ter público, ou ainda quando a arquibancada compete com o barzinho ou sofá de casa, não me parece inteligente desestimular as novas gerações a irem ao estádio.

Ainda na gestão Miranda o prof. Otávio Rojas iniciou o projeto CRIANÇA COLORADA que buscava incentivar os pequenos a frequentar nosso estádio, incentivar as crianças a torcer pelo INTER e frequentar o estádio não é uma benemerência, é um investimento no futuro, mas parece que os atuais dirigentes não entenderam isso.

O mais impressionante é que o INTER term uma categoria de sócio destinado as crianças e mesmo esses terão de pagar R$ 30,00, ou seja, sequer aproveitam para estimular as crianças a se associarem. Com ingressos mais caros, cobrando de crianças, é assim que vamos estreiar na nova casa, e precisamos voltar a vencer. Eu vou e farei um vídeo para contar para vocês como foi.

FESTA

Após o anúncio de que uma empresa ligada a RBS ira organizar a festa de reinauguração do BEIRA-RIO, Gabriel Souza, um dos diretores da Opinião Produtora, que pelo que entendi também participou da disputa, afirmou em seu twitter que poderia falar muitas coisas sobre a escolha. Leia o que ele escreveu e tire suas próprias conclusões.


E vocês o que acham de do aumento do preço dos ingressos??? E de cobrar das crianças???? E o time vai se reencontrar com a vitória domingo???


André Flores
@ojogodointer







quarta-feira, agosto 07, 2013

Vamo Arriba

Faltou pouco, mas não foi dessa vez que conseguiram fazer a entrega do produto chamado vitória no greNAL para o grêmio. Arbitragem ridiculamente caseira. Que, por exemplo, consegue converter uma mão de um jogador do grêmio em falta feita pelo Fabrício. Sem contar, é claro, os lances que determinaram uma vantagem para o grêmio em campo como o pênalti e as expulsões.

Alguns comentam que o juiz não teve critério. Como não? O critério dele era favorecer o time da casa. Mesmo num cenário desfavorável desses o time conseguiu embolsar 1 ponto. Um mísero ponto suado que valeu como uma goleada dado o ambiente desfavorável encontrado lá no jogo da arena. 

Pode ser uma mera coincidência, mas tem árbitros que na maioria das vezes que apitam greNAL não trazem sorte para o INTER. Nunca conseguimos um resultado positivo. Por outro lado, também coincidentemente, nos últimos anos, quando tivemos arbitragens sem polêmicas e com uma conduta equilibrada tivemos um bom desempenho.

Bem que poderia ter entrado aquele chute do Scocco. Aí sim seria bom ver como se desenvolveria o jogo.

Por outro lado, coisas como essa ocorrida no jogo de domingo e mais outras que temos no nosso dia-a-dia, não sei até quando vai o processo de "abrasileiramento" do Rio Grande do Sul (jeitinho, malandragem, etc). MAS, a cada dia que passa estamos cada vez mais afundando num poço e cegos. Ficamos gritando orgulho do passado que não temos mais lastro financeiro e moral para sustentar. 

Somos instigados por uma rede que detém praticamente o monopólio da comunicação na região sul (não por acaso, braço direito e parceiro de negócios da RGT) a focar nossa atenção em superficialidades, além de ser induzidos a deter nossa energia em coisas que não levam a nada.

Montar um clipe com dança de frevo ao som de "Rio Maravilha, nós gostamos de você..." (WTF) para 'celebrar' o final do campeonato gaúcho foi o cúmulo da sobra do excesso da falta de noção que vi nos últimos tempos.

Enquanto seguirmos procurando copiar o que não vem de nós e gritando de forma vazia brados do passado seguiremos levando a vida mesquinha e pequena que a está a cada momento mais próximo daquele que um dia se orgulhava de ser chamado de exemplo para o resto do país.

Mal posso esperar pela festa de inauguração do Beira-rio (ironic MODE ON). Meu sonho era que fosse após o brasileirão, um jogo festivo com um grande clube como o Inter de Milão pra colocar o caneco do campeonato brasileiro 2013 no nosso museu. MAS, sei que a realidade vai ser bem diferente... possivelmente ao som de alguns grupos de pagode, sertanejo e uma bandinha de rock pasteurizada (fabricada) com "celebridades coloradas" dizendo "viva ao INTER!" e "Somos os maiorais!" enquanto alguns embolsam as gordas receitas que o clube hoje ostenta e que misteriosamente voam sem que a maior parte seja aplicada em sua atividade fim de forma clara e transparente.



RGT-Jr. na inauguração? CAGASTE!



terça-feira, agosto 06, 2013

Caminho

Com a habitual pontualidade e charme (?!?!?!) que apenas a CBF consegue, foi sorteado agora há pouco os confrontos da Copa do Brasil.

O sorteio, que realizou-se com mais de 40 minutos de atraso afim de permitir ser transmitido ao vivo no GloboEsporte (detentor e mandarim do futebol brasileiro) trouxe-nos bons ventos.

Fonte: ClicRbs


Os possíveis adversários diretos mais complicados do pote B, Cruzeiro e Botafogo acabaram por ficar do outro lado da chave.

Ao nosso amado clube foi destinado o confronto contra o Salgueiro-Pe, integrante da série D do Campeonato Brasileiro.

 O clube pernambucano, fundado em 1972 teve seu ápice em 2010, onde conseguiu acesso a série B do Brasileirão, campeonato este que disputou em 2011 onde foi rebaixado.

Clube de uma cidade pequena (cerca de 60 mil habitantes) é mantido fundamentalmente pelo empresariado e órgãos públicos locais, e neste ano amargou apenas a 6ª posição no campeonato estadual.

O treinador é Marcelo Chamusca, irmão de Péricles Chamusca (campeão nacional pelo Santo André) e não conta com nenhum nome conhecido ou de certa relevância.

O prognóstico é o Inter passar de fase com uma certa facilidade, e não seria menosprezo olharmos adiante para ver o que a competição nos reserva.

Passando pela equipe nordestina, um confronto com Palmeiras ou Atlético-Pr nos aguarda, adversários de menor qualidade, apesar de a equipe palestrina ser uma equipe de tradição.

Por fim, nas semifinais, invariavelmente haverá um confronto duríssimo (salve alguma zebra), que tende a ser o Corinthians, equipe que sofre muitos poucos gols e tem talvez o melhor elenco do futebol nacional.

É possível também o confronto com o coirmão, ou se a zebra andar solta, o Santos.

Analisado o contexto, o sorteio foi generoso conosco, e temos boas possibilidades de avançarmos pelo menos até as semifinais.

Nas semifinais, salvo o adversário ser o Santos, não há favoritismo. O que certamente ajuda é que tais confrontos só ocorrerão daqui cerca de um mês, tempo mais que suficiente para entrosarmos Scocco, Alex e recuperarmos nossos atletas lesionados.

Por fim, espero e torço para que nenhuma competição seja priorizada; o Internacional deve disputar ambas competições com o que têm de melhor, com o objetivo de acabar com o jejum de longos 21 anos sem títulos nacionais.

Sds coloradas

@Davi_Inter_BV



Conflito 2

Lembrem do caso de conflito de interesse na escolha da empresa q faria a festa de reabertura do beira rio. No painel estava uma duzia de pessoas. Um terço delas tinha ligaçao profissional com a rbs. Ate ai tudo bem. 
Problema é que a rbs tava concorrendo atraves de uma empresa nova sua a engage eventos. Entao teriamos empregados da rbs votando na escolha com a rbs no pareo! 

E 2 meses depois do meu post a poeira baixou e o que foi anunciado hoje? Ganhou a engage a empresa da rbs. Que coincidencia hein!!!!!

Pior é que essas coisas acontecem e nada de reação de ninguem. Poucos questionam. 

Quando abordei o assunto com o roqueiro que faz parte do painel nao viu nada de errado em ele ter voto mesmo que tenha relacão com a rbs. 

So resta saber se desde meu post o pai el mudou e tiraram os empregados da rbs. Se alguem souber avisa. 





segunda-feira, agosto 05, 2013

Porque seu Juiz?

Olhem esse video que gravei de alguns segundos do Intervalo do GreNal. É momentos antes de começar a segunda etapa. Eu tinha achado que o Juiz tinha falado com o Barcos tapando sua boca pra ninuem fazer leitura labial, mas é pior que isso. 15 segundos antes de falar com Barcos o Juiz já havia conversado da mesma maneira com 3 outros jogadores do Grêmio. Até no minimo um dos Gremistas responderam a ele tambem tapando a boca. Tudo isso só fica pior ainda com histórias que vi que esse juiz Fabricio estudava no IPA e vivia indo pra la vestindo a camisa do Grêmio.

Alguem me dá UMA razão pela qual um juíz teria que conversar dessa maneira com qualquer jogador. No minimo o cara tem que ser muito burro pra fazer isso e assim permitir que isso seja questionado como agora. Engraçado, não vi nenhum jornalista comentar isso. Será que ninguem viu isso? Bom aí está o video pra todos verem. Vê do inicio ao fim.

O juiz precisa explicar qual era a conversa secreta que ele estava tendo. Algum jornalista vai tê que se mexer e fazer essa pergunta a ele.






domingo, agosto 04, 2013

greNAL 397



Hoje foi o primeiro greNAL da arena oas, e como tem acontecido em todos os jogos o estádio não lotou. Nem para ver o D´Alessandro a torcida do gfpa consegue lotar o estádio. Eu tinha grande expectativa nesse jogo, mas ao que parece o juiz Fabricio Neves Corrêa também e nos prejudicou muito, disso isso sem ver um replay, ou qualquer programa na TV, essa foi a sensação de todos no estádio.

Na primeira jogada da partida o barcos entrou de sola no Ronaldo Alves e ele deu falta para os azuis,ali já poderiamos antever o que seria a tônica da tarde. Sei que muita coisa pode ser dita sobre nosso time, que o Josimar foi muito mal, Ronaldo Alves nem se fala, que o o Dunga errou ao colocar o Jorge Henrique na lateral, ou que o Forlan foi apagado. Tudo isso se torna menor com a desastrada atuação do árbitro.

Sobre o novo estádio eu posso dizer que é novinho, tudo moderno, mas um cachorro quento custa R$ 12,00, tem que subir o equivalente a 6 andares de escada (não tinha elevadores) e a visão é horrível.Não posso deixar de destacar que o acesso ao estádio é dos piores, com trânsito caótico, e que o gramado, até hoje não apresenta boas condições.

No jogo conheci um leitor do BV, de nome Dênis que falou comigo antes da partida, e chegamos a combinar de gravar m vídeo mas acabamos nos perdendo na confusão da entrada,mas fica aqui i registro e meu abraço para ele.

Acima tem um vídeo com um pouco do clima do jogo e espero que vocês gostem, gravei o comentário ainda de cabeça quente ao final da partida, impactado pela atuação do árbitro, sentindo que nosso COLORADO foi injustiçado e que merecia vencer,nem que fosse naquele chute do Scocco ou na labretinha do Damião, enfim, espero que gostem e que consiga passar um pouco do que foi o clima da partida.



André Flores

@ojogodointer





grêmio x INTER

POS JOGO

Pergunta: Porque no intervalo do jogo o juiz foi pego na tv falando com Barcos tapando sua boca pra ninguem fazer leitura labial? O que que um juiz teria que falar as escondidas pra um atleta durante um jogo? Só se foi o numero de seu celular...e acho que não foi.

Pois não é que 25 minutos depois o Barcos dá um mergunlho inventado que causa a expulsão do Willians. Talvez foi coincidência, mas não dá mais pra aturar esses erros grotescos de juizes...MESMO QUE EU NÃO CULPE O JUIZ 100%...na TV até pra mim na hora parecia falta do Willians, mas no replay ficou obvio que foi SIMULAÇÃO. Então a FIFA gasta bolhões com tecnologia pra ve se bola atravessa o gol (algo que raramente é controversia no futebol) e eqnuanto isso esses outros absurdo acontecem em em numeros de atacado em campo a cada jogo. Até mesmo depois um escanteio pro gremio que não foi...esse errinho poderia ter defenido a partida.

Barcos vai pagar pelo que fez? Veremos.

O destaque foi o Juiz que não queria dar o segundo amarelo aos Gremistas depois de varias faltas que mereciam o amarelo e consequentemente vermelho. Quanto ao futebol, foi um jogo feio. Forlan parece uma Florlan as vezes. Docil e lento. Não dá pra entender. Willians fez a jogada do Gol mas só porque tava com raiva de si mesmo pelo penalti que fez e passes errados que sempre causam contra ataque (e gol do Nautico). A zaga com Ronaldo Alves é uma aventura. Não é nem de perto confiável.

Carimbo essa como Empate hoje e não derrotinha, pelas circunstâncias.

PS: Juiz em GreNal tem que ser de fora do Estado. Todo Gaúcho em um momento de sua vida foi Colorado ou Gremista, ninguem me convence do contrário. E prefiro alguem imparcial e que nao vai ter medo de dar segundo amarelo. Gaúcho sabe do peso de GreNal e é capaz de segurar mais.

grêmio 1 x 1 Inter
 Damião (Willians com leve desvio do Forlan)

 
Pré-Jogo

Grenal 397. Tô com bom presentimentos. 2x0 ou 3x1. Com festa dos Gringos.

O que vocês tão achando desse primeiro GreNal na Arena?





sexta-feira, agosto 02, 2013

Vexame do 8antos

O 8antos mais uma vez passou vergonha e pior envergonhou o futebol Brasileiro pelo mundo. O jogo Barcelona 8 x 0 8antos foi transmitido até nos EUA em um canal especifico de futebol com boa audiência entre aficionados do futebol nos EUA. Por isso que a imagem de clubes do Brasil, que deveriam estar lá em cima, em geral é uma piada.

Aqui em NJ tem um torneio de verão com AC Milan , Chelsea e sei lá mais quem...já é um evento anual pelos EUA esses torneios nessa epoca do ano. Estadios todos lotados e os Americanos comprando camisas desses clubes. E nossos times se viessem não conseguiriam colocar 5 mil no estadio. Como já venho repetindo há anos...a seleção é muito bem marqueteada...os clubes não. E performances como essa de hoje só arranha a imagem de todos mais ainda.

Ainda bem que alguns clubes tem feito bonito no Mundial, como o Inter, San Pablo e infelizmente o Corinthians. Porque se não seria vexame total.

Pior é que agora já é tarde. Os clubes Europeus já entraram no mercado Asiatico e Norte Americano e os torcedores locais já escolheram seus times. Na verdade, se um clube Brasileiro fosse audacioso ainda dá pra botar o pé nessa agua. Claro o calendário Brasileiro não ajuda...deveriam ter umas 2 semanas de folga nessa epoca pra clubes fazerem algumas escursões (como o Santos e SP tão fazendo)...cada clube faria com as 2 semanas o que quissese. E bem feito daria pra penetrar mais o mercado Americano ($$$) e Asiatico. Mas provavelmente por muito tempo ficaremos só no sonho porque o bem dos clubes Brasileiros não parece ser de interesse da CBF...e as vezes nem dos próprios clubes.

PS:
Fico ate mais curioso pra vê como nosso Inter faria contra um Barcelona hoje. Seria dificil ganhar...mas será que iamos tomar 8 e entrar na rodinha? Será? (Vamos esquecer por um momento que tomamos 3 do Nautico né...)

PPS: E quem são os responsáveis pelo nivel de jogo dos nossos clubes???? Os tecnicos...os mesmos tecnicos dessa MAFIA que faz com que agora ganhar 500 Mil por mês é pouco nos clubes grandes.






quinta-feira, agosto 01, 2013

greNAL




Como diria um antigo narrador do rádio gaúcho "E AGORA TCHÊ!! TUDO É greNAL!!", esse é o clima para nós COLORADO nesses dias que antecedem o clássico, esse é o pensamento para esse jogo mágico, onde a glória e a tragédia andam lado a lado, que tem a capacidade de "arrumar a casa".

Todos devem ter acompanhado pela imprensa que a BM e o grêmio  não pretendiam vender ingressos aos COLORADOS no clássico de domingo(AQUI), houve uma intensa mobilização para mudar essa decisão. Eu e mais alguns amigos ingressamos na justiça para poder ir ao jogo (AQUI e AQUI). Não sei até que ponto isso influenciou na mudança de posicionamento da BM, mas fiquei orgulhoso de ter lutado, pois o greNAL é um grande momento do futebol, e eu quero sempre poder ir aos clássicos.

Domingo será o primeiro greNAL da arena da OAS, um jogo histórico portanto. Vencemos o primero clássico dos Eucaliptos. Na inauguração do Olímpico vencemos o primeiro clássico por 6x2 (com quatro gols do Larry, o goleiro do gfpa chegou a abandonar o campo, em meio a partida, chorando humilhado, e teve que ser convencido pelos jogadores do INTER a voltar para que a partida pudesse continuar.

Reza a lenda que o Larry teria prometido ao goleiro deles que iria parar de fazer gols, goleiro deles voltou e o INTER marcou mais um gol (feito pelo Larry). Essa inauguração traumatizou o rival, por essa razão jogaram com tanto medo o último greNAL do olímpico, por essa mesma razão não nos convidaram para inauguração, medo que o D´Alessandro seja o novo Larry.

Acima vocês tem o vídeo que eu e minha irmã Aline Flores fizemos com o mítico Larry Pinto de Farias, o homem que inaugurou o olimpico com 4 gols naquela humilhanto goleada de 6 x 2 que impusemos ao nosso tradicional rival. Notem que ele fala que o greNAL é o jogo mais importante, ou seja, os atletas valorizam muito essa vitória.

Larry é carioca de nascimento, jogou no flu antes de vir para o COLORADO, pela seleção foi campeão Pan-Americano de 56, e quando jogava tinha o apelido de "o cerebral Larry". Tive a oportunidade de conversar algumas vezes com ele, nós dois participamos do documentário SUPREMACIA VERMELHA sobre a história do greNAL, é um baita cara e um grande COLORADO, que tem seu nome inscrito na história do clássico.

Segunda-feira eu fui a posse das comissões de Ética e de Obras do Conselho Deliberativo, lá estava, entre outros,  o Presidente Luigi e eu pedi a ele que convidasse o Larry para ir no onibus do INTER e entrasse no vestiário COLORADO antes da partida, pois além do reconhecimento a um grande ídolo, seria justo que participasse do novo salão de festas, o presidente ficou de ver essa possibilidade.

Abaixo tem o vídeo do D´Ale falando, em recente entrevista para ESPN, da importância do greNAL, dizendo que é até maior que baca x river, eu notei muita semelhança com o Larry. Pode ser coisa da minha cabeça, talvez eu testeja confundindo razão e emoção, mas estou empolgado para o jogo de domingo e acho que será memorável, e la estarei, depois posto um vídeo aqui para contar para quem não pode ir.




E vocês estão confiantes para o jogo de domingo?? Acham que o D´Ale por repetir o Larry e inaugurar a nova casa deles em grande estilo??

André Flores
@ojogodointer