sexta-feira, março 30, 2012

Imaginando

30/03
Quando perguntado sobre as baixas no time para o jogo do aniversário do clube, Dorival se mostrou tranquilo e confiante em seu time. "Confio plenamente nesse time. A torcida pode dormir tranquila. Quando falo em "22 titulares" não é apenas da boca pra fora. Ou você tem um grupo ou não tem. E nós temos. Este clube tem um plantel excelente e não tenho dúvidas de que quem entrar vai dar conta do recado. Todos treinam duro todos os dias e estão prontos para este desafio. Dátolo vem em excelente momento e certamente está ansioso para o jogo de quarta. João Paulo é um jovem e tenho certeza que pouco a pouco vai assumir uma condição de destaque. Nesse jogo, tenho certeza que veremos seu talento. Elton e Tinga formarão uma excelente dupla, com já fizerem noutros jogos. Nosso ataque, nem preciso comentar. No conjunto, é o melhor ataque do Brasil, sem dúvida. E Damião caminha para ser o atacante 9 da Copa. Enfim, vamos com tudo para este jogo.

31/03
Repórter - Dorival, como vocês estão lidando com o fato de que este jogo decisivo será no dia do aniversário do clube?
Dorival - Com absoluta seriedade e compromisso. Não vou fazer um discurso demagogo de que será um dia normal, como outro qualquer. Não é. Quarta é talvez o dia mais importante do semestre pra gente. É um dia especial para todo colorado e para o clube e é um dia em que mostraremos que estamos no páreo pra valer. Com todo respeito ao Santos, que é um ótimo time, não cogitamos outra postura, exceto a de lutar 90 minutos pela vitória.

01/04
No jogo de hoje, Dorival Júnior vai dar ritmo à formação com Elton, Tinga, João Paulo e Dátolo. Os jogadores tem treinado com muita disposição nos últimos dias, cientes da responsabilidade e da chance de mostrar seu potencial para titularidade da equipe. "Estamos confiantes. Essa formação tem tudo para dar certo e jogar tão bem quanto as outras", afirma Dátolo. "Oscar e Dalessandro são insubstituíveis e nós também queremos mostrar que podemos ser", continua. Até mesmo o jovem João Paulo parece estar no mesmo "espírito" do argentino, "Sei que ainda não mostrei todo o meu futebol, mas não vejo a hora de ter mais oportunidades para mostrar meu valor". Para Tinga, o Inter tem que entrar como favorito: "Jogamos completamente fora de nossa realidade, no primeiro jogo com o Santos. Agora será diferente, pois vamos com tudo na quarta. Respeitamos o Santos, mas aqui é Inter", diz o veterano.

02/04
Após uma exibição de gala na tarde de domingo, quando venceu o Canoas por incríveis 6 x 1, o Internacional se volta agora para a "final" contra o Santos. Os jogadores do clube decidiram inclusive não ter folga na segunda, para analisar e discutir as características do time do Santos. "Não queremos ser surpreendidos novamente", afirmou Damião. Os jogadores tiveram apenas a manhã livre e a tarde se reunirão no clube para o trabalho. "Queremos recuperar a confiança do torcedor. Sei que gerei desconfianças no torcedor, mas eu e o time vamos mostrar que foi apenas um mal-entendido. Na quarta, todos verão um outro time", comentou Dorival.

03/04
Dia de intensos trabalhos técnicos e táticos no Beira Rio. Os jogadores trabalharam bastante a saída de bola, com jogadas ensaiadas para cobrança de lateral e faltas próximas da área adversária. Além disso, fizeram trabalhos intensos de marcação forte sobre o time titular, que tinha apenas a metade do campo para conseguir se livrar dela. "Sabemos que o Santos tenta pressionar a marcação e que nos últimos jogos vem tentando manter a posse de bola. Mas não vamos deixar. Aqui no Beira Rio, quem controla o jogo é o Inter", explicou Dagoberto, num dos intervalos. Dorival confessa que o time terá sim uma preocupação especial com Neymar e Ganso, "É claro [que sim]. São jogadores diferenciados, assim como Dátolo, Damião ou Dagoberto. Não tenha dúvidas de que o Santos vai se preocupar com eles, tanto quanto nós com os dois", afirma.

04/04
Excepcionalmente, o Inter surpreendeu. Nesta quarta, dia especial para o clube, os jogadores foram liberados para almoçar com suas famílias, seguindo para o Beira Rio a tarde. "Trabalhamos bastante até aqui e hoje o que os jogadores precisam é ter a cabeça tranquila. Não há mais o que fazer. Quero que cada um saia de sua casa, querendo a vitória para sua família e como presente para o aniversário do clube", diz Dorival. "A torcida pode ir tranquila para o estádio e fazer sua parte. Vocês verão um Inter ainda melhor, podem ter certeza. Hoje é decisão, é o tipo de jogo que o Inter gosta. Vai entrar em campo hoje o último time brasileiro campeão do mundo e se o Santos quiser um resultado positivo, terá que suar sangue", termina o treinador. A direção, por sua vez, adota um discurso afinado, "Hoje é decisão e o todos verão a força desse clube", diz Luigi. Mas a direção tem um recado para a torcida: "Hoje o Beira Rio está preparado para uma festa dos colorados. Cobrimos toda a parte demolida com bandeirões e faixas, para que a visão seja magnífica tanto do campo, quanto da arquibancada. O estádio estará lindo", conta Fernandão.  

---

Entendem o que eu digo? A diferença? Muda tudo, principalmente se praticado por muito tempo e constantemente. Esse tipo de atitude e pensamento tem que ir do faxineiro ao presidente do clube. A torcida deve sim lotar o estádio, fazer ruas de fogo, pedir raça desde o primeiro minuto de jogo, pondo pilha nos jogadores. Esse é o papel dela e ela vai fazer. A diretoria podia mesmo cobrir a parte demolida, usando grandes bandeirões e faixas. Mas o que muda mesmo, é a atitude do treinador e dos jogadores.

NÃO TENHO NENHUM MEDO DO SANTOS. Esse time foi humilhado pelo Barcelona, QUE NÓS VENCEMOS.

Temos que entrar no jogo como homens. Até quando seremos esses moleques medrosos?

Nada pessoal

pré.s: Caramba, e eu escrevi esse post antes do jogo em Lajeado. Mas... preferi não "atualizar". No mais, quem ver isso aqui e ainda insistir em dizer que a RBS não é alinhada com o Grêmio, bem... deixa pra lá.

Antes de mais nada, minha opinião (já dita várias vezes): temos um ótimo elenco, exceto na zaga (falta um titular pela esquerda e reservas razoáveis), e nossas falhas e deficiências são 90% culpa das diferentes e incompetentens comissões técnicas que passaram por aqui nos últimos anos. Em relação à LA, não somos o melhor time, mas somos sim UM DOS FAVORITOS ao título. Sobre o jogo contra o Santos, entendo que temos time pra vencer os caras e, digo mais, vencer bem (por 2 ou 3 gols). Se acredito que vamos conseguir? Não, pelo simples fato de que não há evidência alguma de que o Dorival pode surpreender. Não sou comentarista de resultado e, mesmo com as vitórias sobre timecos, tenho reiterado minha desconfiança em relação ao Dorival. Seu time se arrasta em campo, só consegue jogar bola contra marcação frouxa e erra fundamentos básicos. No mais, vejamos como anda o "ânimo" dos técnicos de Inter e Santos.

---

Muricy:

[ Sim, ele respeita o Inter. ]

“É um dos grandes do futebol brasileiro, tem um dos melhores elencos, trabalham sério e investem pesado. Será uma pedreira”, projeta. [Fonte: http://www.tvb.com.br]

[ Mas não deixa de assumir o tamanho do Santos. Vejam como ele se coloca como favorito. ]

“São equipes que, além de bons conjuntos, têm jogadores que desequilibram. Acho que isso faz um confronto muito interessante. Estamos entre os melhores do Brasil. Tem outros times, mas esses dois (Santos e Inter) podem ser os melhores do País” [Fonte: http://www.tvb.com.br]

“Não é complicado (assumir essa condição), pois temos time para isso (sermos favoritos) quando estamos completos. Quando alguém sai, sentimos um pouco de dificuldade. Mas a gente não sente responsabilidade por causa disso. É natural, não tem pressão. É nossa obrigação, pelo plantel que temos”, afirmou Muricy. [Fonte: ESPN.com.br]

Já o nosso "bravo" Dorival Júnior:

"Quero outro nível contra o Santos em termos de didática [????!!!!] e de uma maior velocidade. Quando voltamos com o Tinga, perdemos o D'Alessandro e agora o Oscar. É um meio-campo totalmente alterado. É muito pouco tempo para tamanha alteração. Quero uma dinâmica mais agressiva e mais forte para jogar contra um time que vive um grande momento. Toda atenção será pouca para conseguirmos um bom resultado — complementou." [Fonte: Zero Hora (não tive opção, só achei ali...)]

O que foi esse "didática"?! E o Inter, não vem num "grande momento" também? Se toda a atenção "será pouca", quer dizer que não tem jeito mesmo? Alguns vão dizer que é apenas "jeito de falar" e que estou chato demais... Bem, cada um, cada um. Eu não acredito em "lapsos" sem significado. São nestes detalhes que vemos coisas importantes dos indivíduos. Sinceramente, não é pegação no pé. O cara (além de incompetente) é covarde, infelizmente. Eu gostaria que não fosse, pelo bem do Inter. Mas o fato é que ele é. E muito. Isso não é pecado num ser humano numa posição comum, a maioria de nós tem lá suas fraquezas, mas na posição dele é inaceitável. O pior é que os jogadores já entraram nessa onda. Ele não está pronto para comandar um clube como o Inter, está claro pra mim, mas para quem ainda acredita, fica a dica: se preparem para a frustração que vem aí. Falta pouco para o semestre acabar. #PrevisãoDoOráculo ;-)



quinta-feira, março 29, 2012

BM no estádio?




O assunto mais comentado entre os COLORADOS nesse ano certamente são as obras do Beira-Rio, mais até que a Libertadores. Felizmente a novela da AG já acabou, as obras reiniciaram e toda a social já está fechada para reforma.

Durante o debate das reformas do estádio o ponto central era o aumento do conforto para os COLORADOS que frequentam o Beira-Rio, com melhorias estruturais, estacionamento e tudo mais, que vocês já devem tervisto nos videos da Hype.

Mas uma coisa precisa ser pensada, e pelo que vejo é pouco debatia, que é a presença da BM no estádio, fazendo a "segurança". Essa é uma situação impensável do ponto de vista lógico, pois não acontece em outros eventos privados.

Nesta semana um jogador do caxias foi mordido por um cachorro da BM, e um do nóia levou uma borrifada de spray de pimenta. Recentemente foi assunto no twitter quando o Conselheiro do INTER Andreas Muller foi obrigado a apagar imagens que fazia em seu celular, registrando a truculência da BM.

Ainda no primeiro greNAL do ano uma torcedora foi presa por haver registrado agressões de brigadianos a um torcedor, dentro da arquibancada do estádio. Exemplos não faltam, como no jogo com o flu em 2005 ou contra o cruzeiro em 2002, sobram exemplo de truculência e violência, assim como é evidente o despreparo.

É preciso que se discuta essa situação, não há razão para a BM fazer a segurança do estádio, essa segurança deve ser privada e respeitosa com o torcedor, como devem ser todos os funcionários do INTER. No Planeta Atlântida ou show do Roger Waters não há brigadianos para impedir invasão do palco ou fazendo a revista na entrada, porque razão no Beira-Rio é diferente?

O Clube investiu a BM de tal poder que eles determinam quantos instrumentos musicais, e quais, número de bandeiras ou faixa apoiando o time, podem entrar no estádio. Dizem que horas abrem os portões e que horas os torcedores devem sair do estádio, mas o estádio é privado, é nosso, como pode a BM mandar lá, a ponto de determinar o que um Conselheiro pode ou não registrar no seu celular?

Diferente é a situação do entorno, alí sim as forças de segurança pública devem atuar, para que os carros não sejam roubados, para evitar a extorsão do flanelinha, ou que pungistas assaltem os torcedores que se deslocam, não dentro do complexo lá é um espaço do INTER e o torcedor merece ser tratado como cliente e não como suspeito de ato terrorista.

Para o Beira-Rio atingir o conceito de estádio moderno, tem que pensar melhor o tratamento de seus torcedores, não colocando bretes e gargalos nos acessos, ou submetendo seus torcedores a todo tipo de truculência da BM, e sim com modernas normas de atendimento, com seguranças treinados para bem atender ao torcedor.

E vocês o que acham da presença da BM no Beira-Rio??

ps1.: Ta feia a coisa no caso do Oscar, a nova novela das 8, pois to achando que com o passar do tempo o spfc vai começar a chantagem com as olimíadas, ou ele se apresenta no morumbi ou não será convocado para ir a londres (e com isso comemora casemiro, que recentemente "denunciou" o esquema de aliciamento no spfc)

ps2.: Restam poucos ingressos para o jogo contra o santos, corre lá e garante o teu, pois tenho certeza que de hoje não passa.

ps3.: Que joguinho morno o de ontem, quase dormi no segundo tempo.



quarta-feira, março 28, 2012

A Razão do San Pablo

Não é por nada que o San Pablo está tão magoado com o Inter.

Esse San Pablo ficou mal acustumado. Ganhou uma Libertadores sob o Atletico Paranaense onde o Atletico teve que jogar sua partida de casa NO BEIRA RIO! Aí é barbada né San Pablo. Aí lá em Yokohama jogaram covardemente (como o Santos contra o Barça) contra o Liverpool. Tomaram 3 gols que foram anulados e no fim, no seu unico ataque fez um gol cagado. Depois saíram comemorando como se fossem os melhores do Mundo.

Mas essa sorte do San Pablo em competições Internacionais acabou ali. Em 2006, cheio de grau, se achando grande coisa, teve que voltar ao Beira Rio para mais uma final de Libertadores. Só que dessa vez no outro lado do campo não era o Patetico Paranaense seu adversário, era o INTERNACIONAL.

E o que que aconteceu?



E aí aconteceu isso:


Mas não parou por aí não. Em 2010 os Pablitos acharam que iam se vingar na Semi Final da Libertadores. Mas mais uma vez o Inter acabou com o sonho deles. Agora então eles aproveitam a situação do Oscar para fazer uma outra "Final" com o Inter. Se fosse qualquer outro clube eles já teriam aceito um pagamento. Mas contra o Inter eles querem mais. Eles querem vingança. kkkk. Mas vingança é no gramado Pablitos! E vocês nem estão na Libertadores desse ano. Que pena! Mas não adianta no fim dessa novela Oscar vocês vão perder mais uma vez.



Pior pros Pablitos é que até quando ganham....eles perdem! Como nessa partida que os eliminou da Liberta 2010!



terça-feira, março 27, 2012

Umas e outras

OSCAR - Sempre estive tranquilo de que se tratava de uma questão na qual, na pior das hipóteses (aliás sempre bem provável) o Oscar (talvez em parte o Inter) teria que indenizar o São Paulo em caso de derrota na ação judicial. O que me surpreendeu, mudando minha expectativa quanto ao caso, foi que a saída de Ricardo Teixeira da CBF provocou efeitos diretos nessa questão.

Todo problema que agora impede o Oscar de jogar por constar no BID como jogador do São Paulo, embora pela lei ninguém pode ser obrigado a trabalhar onde não quer e nem mesmo ser impedido de trabalhar, decorre da mudança no comando da CBF. A coisa tá tão complicada que nem negociar valores com o São Paulo o Inter consegue. Sinceramente, hoje já tenho dúvidas se contaremos com o Oscar na sequência da Libertadores. Conversei com pessoas próximas à Direção e esta esta atenta a todas as circunstâmcias e alternativas. Nenhuma, entretanto, me deu tranquilidade quanto ao desfecho do caso. O poder da CBF vai além do futebol, muito além! Basta ver quanto tempo levou pro Ricardo Teixeira sair por alegados motivos de saúde.

DÁTOLO - Impressionante o aproveitamento do argentino. Depois da meteórica e apagada passagem do Cavenaghi pelo Inter, igualmente vindo da reserva de um time espanhol, tive receio quanto da contratação do Dátolo. Para minha grata surpresa, o castelhano não só vem jogando bem como continua marcando gols à exemplo de sua estreia no grenal. Que assim continue, pois com a ausência do Oscar, mais que nunca se fará necessária a força do grupo.

JAJÁ - Impossível deixar de comentar o fenômeno Jajá. Claro que é absurdamente cedo fazer qualquer afirmação definitiva quanto ao seu futuro enquanto jogador colorado, mas duas coisas me parecem incontestáveis. A primeira é que o jogador caiu nas graças da torcida. A segunda, é que agradou a torcida não só por sua impressionante atuação em 20 minutos contra o Juventude, mas também porque alia técnica, irreverência e, principalmente, objetividade, o que também se viu contra o São José. Que assim siga! Com o desfalque do Oscar, oportunidades certamente não faltarão ao Jajá.

POLÍTICA - Afirmei semana passada e sigo dizendo que o contrato com a AG já é passado e será uma lembrança vaga em dezembro. Com o estádio em obras e eventualmente fechado para jogos, poderá ser visto como algo negativo pelo torcedor. O que interessa ao torcedor, afinal, é o resultado de campo.

Se o Inter vencer a Libertadores, não teremos eleição, a menos que algum grupo use uma candidatura a Presidente, apresentando-se como uma espécie de Oposição paz e amor, buscando votos para sua chapa de conselheiros junto ao eleitor que sempre pensa no equilíbrio das forças políticas no Conselho. É uma estratégia válida. Com aproximadamente 60 mil sócios aptos a votarem, será loucura buscar votos para o uma chapa ao Conselho sem um candidato a Presidente ocupando espaços na mídia. Para eleger conselheiros, uma chapa precisa de mais de 15% dos votos do associado. É muito voto!

Entretanto, se o tri não vier, torna-se absolutamente imprevisível a eleição do fim do ano. Passando pela cláusula de barreira (25% dos votos no Conselho), um candidato a Presidente pode chegar ao segundo turno! E pra chegar lá, no primeiro turno se fará qualquer negócio! Esqueçam simplificações do tipo Situação x Oposição. No Conselho, a lógica da maioria das uniões deverá ser matemática. Não exclusivamente, claro, mas fundamentalmente. Ocorre que o Conselho hoje está fragmentado em muitos pequenos grupos. É dificílimo fazer previsões.

Mas isso é assunto pra o fim do ano. Agora é hora de começar a pensar no Santos. Pretendo falar desse jogo na semana que vem.


GIGANTE – PARTE I

No início de 2009, recém chegada ao Conselho Deliberativo do Internacional, busquei atividades relacionadas ao Patrimônio e, por conseqüência, ao grande tema em andamento: a reforma do Beira Rio. Sabia pouco sobre o projeto, algumas imagens e vídeos da Hype. Conhecia alguns estádios europeus e por conta da arquitetura, entendi que esta poderia ser uma contribuição para o clube.

Tive a iniciativa de montar um grupo de trabalho dentro do Movimento ao qual pertencia e desse grupo saiu um Projeto para Comissões do Conselho, ligadas ao Patrimônio. Propunha mais duas, além da tradicional (Obras): uma de Plano Diretor e outra de Conforto e Segurança. O projeto não foi levado adiante pela mesa do Conselho, mas o então Presidente Luiz Antonio Lopes me fez o convite para integrar a Comissão de Obras daquele mandato, o que aceitei com entusiasmo.

A Comissão produziu um relatório sobre o andamento do Projeto Gigante Para Sempre, sendo entregue ao Presidente Lopes. No final daquele ano ainda levei ao conhecimento da Comissão e Presidência do Conselho um relatório complementar. O conjunto dessas linhas versou sobre Escopo, Negócio, Gerenciamento e Projetos FIFA/Legado. Avaliou metodologia e andamento. Apresentou questões levantadas e sugestões de encaminhamento. Nos primeiros meses de 2011, com a eleição da nova mesa, os trabalhos desse grupo se encerraram.

Não apenas a eleição para a Presidência do Conselho sacudia as estruturas políticas do Inter, mas também (e principalmente) os debates em torno do Modelo de Negócio da reforma do estádio. De um lado a estrutura vigente, autofinanciável. Do outro, a alternativa de parceria estratégica. Em paralelo, a retomada de temas anteriores - desviados do Conselho e determinantes na formação dos princípios de projeto, tais como: reforma & estádio novo; Copa & Clube.

A Gestão Giovanni Luigi apresentou parâmetros de conteúdo e forma para o Modelo de Parceria Estratégica:

(O que fazer)

- Sediar a Copa do Mundo de 2014;

- O Clube não assumir riscos de variação do orçamento;

- Dar conforto à FIFA, com as garantias financeiras do negócio;

(Como fazer)

- Contratação de uma Consultoria técnico-financeira e auditoria;

- Contratação de assessoria jurídica;

- Constituição de uma Comissão de Obras do Executivo.

Em 21 de março de 2011, o Conselho Deliberativo aprovou por unanimidade a mudança do Modelo de Negócio de Autofinanciamento para Parceria Estratégica e impôs quatro condições:

1) Garantia de ampla concorrência;

2) Que sejam asseguradas as garantias exigidas pela FIFA;
3) Contratação de consultoria especializada;
4) Agenda de acompanhamento do Conselho Deliberativo.

O Presidente Luigi aceitou as solicitações e nomeu a Comissão ao final da assembléia. Entre os treze integrantes, estava esta que vos escreve. Daquela noite em março de 2011, até à manhã do dia 19 de março último, estive absorvida pela missão de auxiliar na escolha da parceira e consequente formulação do contrato de parceria.

Acredito que o Beira Rio reformado é um princípio de projeto vantajoso para o Clube. Não vejo Autofinanciamento como devaneio, muito pelo contrário. Mas votei pela mudança de modelo e dei um duro danado pra ver o Inter fechar esse negócio. Estas e outras razões irei transcrever nos próximos dias.

- Comissão de Obras do Conselho Deliberativo, gestão 2010/11:

João Patrício Hermann, Cassio Trogildo, Tiago Issa, Charles Mentz e Diana Oliveira.

- Comissão de Obras do Executivo, gestão 2011/12:

Luiz Anápio Gomes, Maximiliano Carlomagno, Diana Oliveira, Cassio Trogildo, Humberto Busnello, Ronaldo Bolognesi, Geraldo Dacamino, José Granja, José Aquino Flores, Keller Clos, João Patrício Hermann, Pedro Paulo Zachia e Frederico Gerdau.

segunda-feira, março 26, 2012

Damião Total

Todos os Gols do Damião no Inter: 64. Video do Nicanor Simões da TVINTER


domingo, março 25, 2012

AVANTE!!

Que nem o Flamarion falou nos comentarios do post anterior. Estamos muito bem do meio pra frente, mesmo sem Oscar. Sai um e entra outro arrasando. Nosso problema agora é obvio, continua sendo o setor defensivo.

Acredito que desde 2006 não temos essa qualidade em jogadores de porte ofensivo:

Dale...Damião....Oscar.....e esse ano adicionamos....Datolo...Dagoberto....e Jajá.

Temos que aproveitar isso. Não sabemos quanto tempo vai durar, especialmente se Damião sair no meio do ano. Vamos jogar pra frente Inter! Que nem tem feito nas ultimas partidas. Vamos ser até mais audaciosos. Eu aposto que um time ofensivo pode dar certo. A Melhor defesa é o ataque!

Especialmente com Oscar fora (mas mesmo com ele) não dá pra tirar o Datolo do time. Tá jogando demais. Com personalidade e vontade....e qualidade. O Dale tambem não vai sentar no banco então sabemos que os dois vão jogar juntos.

Eu colocaria um na Meia esquerda e outro na Meia direita, mas sabemos que os dois facilmente trocam de posição (fazem o Switch) durante o jogo. Perfeito pra aterrorizar as defesas. Eu usaria só 1 volante. Guina ou Tinga o que tiver melhor. Minha preferencia é Guina.

Então seria Guina de volante...na Meia direita Datolo...na meia esquerda Dale.....e quem completaria o Diamante? Isso...Jajá! Não to louco não. É pra frente que quero ver o Inter. O ataque seria Dagoberto e Damião.

Que defesa não vai tomar 3 desses cinco: Datolo, Dale, Jajá, Dagoberto e Damião?

A nossa defesa que dê um jeito. O que não podemos fazer é jogar como macho contra Zequinhas e depois quando um Santos vem ao Beira Rio jogar com 3 volantes. Tá louco. É pedir pra perder. É PRA FRENTE QUE EU QUERO VER O INTER.

Eu já testava esse time na proxima rodada do Gaúchão:

Muriel
Nei
Indio
Moledo
Kleber
(Laterais guardando mais a posição)
Guinazu (Tinga)
Datolo
Dale
Jajá
Dagoberto
Damião

EU QUERO VER ESSE TIME. 3 Volantes nunca mais!!

Inter 3 x 0 São José


POS-JOGO

Datolo: Raça, Vontade, Objetivo, Inteligente, Faz gols, Faz assistências: TITULAR ABSOLUTO

Não tem volta. Datolo já jogou 10 vezes e foi bem em todas. Em umas MUITO bem. Não é nuvem passageira. Já provou que joga bola. Enquanto Oscar está fora fica facil escala-lo, depois que Oscar voltar que saia outro mas não Datolo.

Damião embalando botando a bola na rede.

Produção ofensiva:
Inter 3 x 0 São José
Datolo (Damião): Datolo em terceiro c/ 13 pontos. Metade dos 26 do Damião.
Damião (João Paulo): J. Paulo sobe pra 8 pontos todos assistências.
Damião (Marco Arurelio): M.Aurelio em poucos jogos já empata com Dale em Prod. com 4 pts


PRE-JOGO

Viram que o jogador Casemiro do San Pablo acusa o Oscar de ter recebido 1 milhão pra mentir que foi forçado a assinar com a San Pablo com 16 anos. Ele siz que a mesma proposta foi feita a ele mas ele recusou por respeitar o Clube. O que acham? Dá pra acreditar na palavra de um jogador atual do San Pablo? A accusação é grave. Mais detalhes na coluna do Cosme ali ao lado.

O que vcs acham? Se for verdade isso mud sua opinião sobre o Oscar?

PS: Segundo Blog do Paulinho, Luxemburgo foi condenado a prisão em Brasilia. Nada saiu na imprensa?

PPS: Sobre o jogo to feliz que mais uma vez vamos de titulares. Tem que trabalhar!

sábado, março 24, 2012

52 Partidas Seguidas

Tô assistindo o jogo entre Seattle Sounders contra o Houston Dynamo. Sounders ganhando 2 a 0.

Publico, 38,000. Clima de Final em inicio de campeonato. Torcida cantando. Pulando. Assistindo de pé. Clima de dar inveja ao Super Bowl e a estadios no Brasil.

SÃO AGORA 52....CINQUENTA E DUAS... Partidas seguidas onde os ingressos para jogo do Seattle em casa são TODOS VENDIDOS. TODOS. Vocês sabem o que é isso 52 partidas seguidas ingressos esgotados!? E futebol é o quinto ou sexto esporte nesse país! ORGANIZAÇÃO!

O Beira Rio ou qualquer estadio Brasileiro não lota mais do que algumas vezes por ano....raramente 2 vezes seguidas. E isso que temos 103 Mil socios!

Por isso digo, a organização do futebol Brasileiro é uma piada. Está na infancia. O Inter até tem melhorado muito nesses aspecto nos ultimos 5 anos, mas continua longe.

Ah e vale notar. Ninguem trabalha de graça nesses clubes da MLS. É tudo profissional com salario. Nada desses "cargos politicos". Todo mundo tem familia pra sustentar e os clubes não são hobby. Isso tambem faz uma diferença.

E quanto ao futebol em si na MLS, está cada ano melhor.

Esse foi o gol da vitoria de hoje. Que por sinal foi postado no site da Liga segundos apos o fim da partida assim como lances e gols de todas as partidas. Alguem aqui ja entrou no site da CBF que não seja pra ver o BID?



sexta-feira, março 23, 2012

Que nem carro velho...


O Inter está feito carro velho: quando consegue ajeitar uma coisa, logo aparece outro problema. E assim vai seguindo a caranga, sempre meia-boca. Uma semana que começou com grande alívio para todos nós, após a assinatura com a AG. Sim, é bom podermos falar apenas de futebol novamente. Mas aí, como todo carro velho, resolvido um problema, o que acontece? Primeiro, temos nosso estimado Jô "Duas e meia" (da madrugada) resolvendo que seu aniversário era mais importante que a partida na Bolívia. O diálogo com o treinador no treino de segunda deve ter sido mais ou menos assim:

- Professor Doritos, quer dizer, Dorival, posso bater um resenha com o senhor?
- Diz aí, Jô.
- Então... é que amanhã é meu aniversário.
- Poxa, que bacana, hein. Parabéns, fico feliz por você. Quantos anos? 42? - diz o técnico sorrindo.
- Quê isso, professor, também não é assim, né! Sei que estou meio devagar, mas ainda estou me adaptando ao Brasil, o senhor sabe como é.
- Sei, sei, Jô, tudo bem. Bem, mas falando sério, espero que possamos lhe dar um grande presente na quarta-feira, quando faremos de tudo para garantir o empate contra o perigosíssimo time boliviano. Não pense que será fácil só porque goleamos aqui. Futebol não tem bobo. Corremos grande risco lá. Mas sei que com muita raça, podemos até sair com o empate ou pelo menos perder de pouco, não acha?
- Então, professor, é exatamente sobre isso que eu queria conversar - diz o jogador, enquanto pensava "Que babaca". É que, como eu disse, é meu aniversário e o pessoal tá organizando uma festa pra mim nesta terça à noite.
- Ué, mas estaremos viajando, né. Que pena, o pessoal vai ter que cancelar a festa.
- Então, mas eu fiquei pensando. O Jajá jogou tão bem no último jogo, né. E ainda tem o Gilberto. De repente, eles podem ficar na reserva lá e o senhor não precise de mim. A gente pode inventar aí um desconforto muscular, ou outra dessas desculpas que a gente sempre dá. Poxa, professor, meus amigos todos estarão aí. Eu queria mesmo ficar pra festinha.
- Olha, Jô, eu te entendo, meu rapaz, sinceramente. Pra dizer a verdade, eu até gostaria de ficar pra sua festa também, pois tenho receio do que possa acontecer lá em La Paz. Se o Inter perder lá, vai todo mundo me cobrar, encher o saco, vai ser pressão demais. Ah, se eu pudesse ficar e ir pra sua festa sem maiores preocupações. Mas, a vida, meu jovem, não nos dá descanso, é bom que você aprenda isso. Portanto, infelizmente não posso te liberar. Viajamos todos e seja lá o que acontecer no jogo, pelo menos estaremos juntos. Agora, volta pro treino.
- Mas professor! Eu já dei minha palavra pra todo mundo que ficaria, cara.
- "Cara"?!
- Desculpa, professor, é que eu tô preocupado. Ninguém vai ficar sabendo, isso vai ficar entre nós, professor. Se o senhor quebrar esse galho, fico lhe devendo um favor pessoal.
- Jô, não insista. Não haverá liberação e ponto final. Volte pro treino, por favor.

E, então, Jô saiu cabisbaixo, pegou suas coisas, não falou com ninguém e foi embora. No caminho para o carro, ia pensando "Esse bosta pensa que manda em mim, ha!". A cara fechada no trajeto até o estacionamento mudou para um belo sorriso, assim que entrou e fechou a porta do carro. "Quem me trouxe pra cá foi Fernando Carvalho, ora essa. É só a ele que devo satisfação, o resto que se f#%@".

---

Depois desse episódio, tivemos o empate com sabor de "Batalha dos Aflitos", na quarta. Sim, é bom poder voltar a falar de futebol. Mas aí é que está: nosso futebol está um grande e fedorento bolo fecal. Poucas vezes eu vi um jogo tão ridículo e horroroso, como nesta quarta. Procurem os melhores momentos da derrota do Santos e comparem com os nossos. O Santos jogou muito mais bola. Muito mais. E ainda tem gente que usa o gramado como desculpa. Quer dizer que quanto melhor o jogador, pior ele joga em condições adversas? É essa a lógica mesmo?! Meu deus, o que a gente precisa escutar nessa vida... Time bom, joga em qualquer lugar. Se a bola não rola, então os passes tem que ser a pequena altura, como no futebol de areia. Quem tem técnica tem que ter alternativas.

Vejam essa reportagem aqui. Imaginem o tamanho do cagaço do Dorival ao ler isso aí? E vejam o tamanho da preocupação do Santos com a gente.

PRECISAMOS DE UM TÉCNICO DECENTE. Eu não sei um nome, mas concordo com quem diz que talvez valha a pena buscar um português. Temos um elenco muito bom, não excelente, mas muito bom. Do meio para trás, em termos táticos, SOMOS UMA PIADA.

#CornetaÀMil! :-)

quinta-feira, março 22, 2012

O que trouxemos da Bolívia


O COLORADO foi a Bolívia enfrentar a altitude de La Paz, sim por o time adversário não era o maior problema, o problema mesmo era a altitude. Voltamos com um bom resultado e muitas outras coisas na bagagem.

Aconteceram tantas coisas desde a goleada no juventude que o caso de indisciplina do Jô parece uma coisa distante, mas foi alí na segunda-feira. Espero que a punição seja bem pesada, e multa no salário, nada de caixinha, é caso para desconto no salário, isso no Direito do Trabalho se chama desídia e no popular se chama "vagabudagem" ou "corpo mole" e o INTER tem que cobrar.

Quanto ao jogo eu não vejo que o INTER tenha jogado tão mal, é preciso considerar que o gramado era terrível (digno do sapucaiense ou do inter-SM), e isso atrapalha nossa produção ofensiva. Não bastasse isso tem a questão da altitude, que certamente atrapalha muito não só na questão física como no tempo da bola e etc.

Por isso entendo que atuação não foi tão ruim, criamos algumas chances de gols (pelo menos 4 oportunidades claras) e acabamos marcando na última delas numa jogada trabalhada aos 43 minutos do 2º tempo, o que demonstra que não desistimos da vitória e lutamos até ao fim, e esse deve ser o espírito de uma equipe que quer ganhar qualquer competição, quanto mais uma Libertadores.

Muriel me surpreendeu (falo isso por muitas vezes critica-lo) e fechou o gol, sendo responsável direto pelo resultado. O Ataque criuou, Dagoberto ainda não encaixou seu melhor futebol, e o time esteve em bom nível de uma maneira geral.

Mas o que tem me preocupado é a lentidão de nossos defensores, exceção ao nei, nosso time tem muita dificuldade na recuperação. Já havia acontecido contra o santos, quano o adversário parte em velocidade nossos defensores não chegam, Indio e Moledo tempo pouca mobilidade, Kléber demora muito para parar de mascar chiclé e partir atras do atacante.

É preciso que joguem mais aproximados dos atacantes ou tenham sempre alguem na cobertura, ou teremos grande dificuldade na decisão do dia 04 de abril. Outra coisa que me preocupou muito foi a displicência do início do segundo tempo (igual a do jogo contra o peñarol ano passado) pois os bolivianos não exerceram uma pressão grande, numa jogada norma dois defensores furaram e o gol se apresentou para o adversário, isso não pode acontecer, temos que ter concetnração toda a partida.

Mas o quadro mais preocupante que trouxemos na bagagem desa viagem é o "Caso Oscar" pois muitas coisa estão envolvidas e ao que tudo indica é mais grave do que se imaginava. Lembro que o INTER já pagou 4,5 milhões por metade do seu passe, caso pague a multa junto ao spfc (que dizem ser algo em torno de 9 milhões) terá adquirido 150% do passe do Oscar por 13,5 milhões.

Há também a questão psicológica, pois tem se noticiado que ele estava muito abatido na viagem e isso não é fácil de recuperar, sendo que esta notícia não poderia vir em pior momento, junsto quando o jogador "encaixou" no time e hoje era uma das principais, senão a principal, referência técnica.

Mas há algo muito mais preocupante, pois foi só o ladrão de medalhas e ex-presidente da FPF assumir a CBF que o oscar saiu em tempo recrode do BID do INTER e passou para o spfc, mesmo sem sentença transitado em julgado. Tenho medo até de outras maracutais contra nós, pois esses paulistas são mafiosos, principalmente em certames nacionais, ou alguém já esqueceu o Brasileirão 2005 e a Copa do Brasil 2009?

Enfim, agora é esperar, mas sem perder a mobilização para o jogo do dia 04/04 contra o santos, ssse sim o jogo mais importante da fase de grupos.

Será uma decisão na data do nosso aniversário, como no greNAL de 2009, teremos casa cheia, televisão transmitindo, ingressos esgotados e BEIRA-RIO rugindo, e assim, com o apoio da torcida, motivados pelas goleadas, penso que o INTER pode muito mais e tem que vencer, jogar para vencer desde o primeiro minuto.

EU NÃO VEJO A HORA DE EMPURRAR O COLORADO PARA CIMA DO time do neymar, E VOCÊS?

ps.: Para quem acha que o Gilberto furou em bola no lance do gol, eu digo na realidade ele deu o drible do Valdívia e depois chutou, enganando a defesa

André Flores
@ojogodointer


OSCAR GOES TO...


O Caso Oscar aparentemente é mais serio do que eu imaginava ontem. Mas ainda acredito que tudo será resolvido a nosso favor.

Dizem que o Oscar está muito abatido com a noticia. Ele não quer ir pro San Pablo. Mas espero que com o passar dos dias ele não mude de pensamento. O San Pablo quer vingança mesmo que seja ele o clube famoso por atravessar negócios de outros. Ou tentar roubar jogadores como Guinazu.

Mas eles querem vingança e querem fazer o Inter pagar por isso e talvez até o Oscar. Só que se eles querem ralar mesmo com o Inter eles vão cantar o Oscar. Oferecer contrato novo e milionario. Dar carinho. Tudo para que Oscar não sinta falta do Beira Rio.

Será que o San Pablo vai conseguir conquistar o coração do Oscar? Será que a direção do Inter consegue reverter a situação?

Agora eu não sabia que a justiça podia forçar alguem a trabalhar onde não quer! Isso é um absurdo. A justiça no maximo deveria mandar o Inter ou Oscar pagar uma multa. Mas mandar o cara mudar de cidade e trabalhar numa outra "empresa" aí é demais!

Força ao Oscar e espero que fique no Inter e não caia nas cantadas a vir do San Pablo.

quarta-feira, março 21, 2012

Strongest 1 x 1 INTER

POS-JOGO

Primeiro jogo CARDÍACO do ano!

Gol salvador...milagroso do Gilberto, primeiro furando e ai de bico colocando na rede faltando minutos.

Muita muita sorte nossa. Uma derrota teria sido COMPLICADISSIMO. Pois teriamos que ganhar do Santos, nem empate serveria. Se bem que ainda temos que ganhar do Santos. Não podemos jogar em casa contra eles querendo empatar. Me desculpem, Santos pra mim é aquele timeco que tomou baile monumental do Barça. Não respeito o Santos nem um pouco. Só perdemos em Santos porque DoRival jogou com medo. No Beira Rio tem que ir pra cima.

Olha, aceito esse empate. 1 ponto tá bom. O Strongest teria 9 pontos com uma vitoria e ia ser um problemão especialmente com um jogo de compadres na ultima rodada entre Santos e The Strongest onde talvez um empate classificava os dois.

O Importante é que mesmo com uma vitoria amanhã do Santos nós continuaremos na zona de classificação.

Quanto ao resto, a altitude foi fator, não tem como negar então não podemos culpar os jogadores hoje. O tecnico nem comento porque esse não merece ser tecnico do Inter e muito menos ser o 26 maior salario de tecnico no mundo. O Inter poderia ter oferecido metade que ele teria aceito. É um misterio pra mim isso tudo. Agora bem que o Tinga poderia cortar o cabelo, acho que tiraria 5 kilos da cabeça e ganharia uns 4 anos de leveza. Muriel merece aplausos hoje, foi muito bem.

Minha unica corneta da noite é dizer que toda vez que vejo Nei, Tinga, Kleber em campo juntos eu lembro daquela noite em Abu Dhabi. Dá um medo. Ainda sabendo que Guina tava lá. Indio tava lá. Dale tava lá. E Renan e Bolivar que tambem tavam lá continuam a um passo da titularidade. Me desculpem, mas dá medo.

De resto é guardar o pontinho e dormir aliviado.

Produção Ofensiva
The Strongest 1 x 1 Inter
Gol: Gilberto (Nei)

Nei finalmente faz seu primeiro ponto de assistência no ano! Ele agora tá empatado com o Gandula. É....tamos bons de Lateral hein...Kleber tambem só tem UM pontinho no ano.
Gilberto com seu gol Gabiru sobe para 5 pontos.

PRE-JOGO: INTO THIN AIR

É hoje, uma partida chave! Lá no alto de mais de 11 Mil pés (3000+ Metros). Pra comparar o acampamento Base na Montanha Everest é nos 16 mil pés. Nem tão longe assim!

Por sinal esse livro no Ar Rarefeito li a uns 2 anos numa fase Everest minha onde li de tudo sobre aquela montanha. Esse livro é o mais famoso de todos e conta a história da tragedia de 1996 quando varias pessoas morreram ao tentar conquista-la. Muito bom o livro e recomendo.

Vamos ver se o Inter joga com inteligência e consegue driblar esse adversário. Na bola sabemos que somos melhores, tocamos 5 neles a poucos dias.

Sinceramente acredito que vai dar. O Strongest é um time sem tecnico e acredito que hoje acabam desabando logo apos um contra ataque arrasador do Inter. Se a gente faz o primeiro acho que eles não tem chance. E como uma vitória seria importante hoje!

Estou animado com Datolo, Jajá, Dagoberto, Oscar, Damião até Dale....jogando sempre pra frente podemos ir longe. Só não podemos repetir Santos. Aqulio foi um fiasco e jogar cagado dá nisso. Epsero que DoRival tenha aprendido uma lição aquele dia.

PS: Sobre o Jô. Ou tem que mandar ele embora sem multa ou fazer ele correr em volta do gramado por 1 ano sem jogar. O cara obviamente não quis viajar e inventou uma desculpa. Uma irresponsabilidade enorme para alguem que seja renumerado assim. Não merece jogar no Inter. Vamos ver o que o Fernandão e cia fazem.

PPS: Sobre o caso Oscar, não tô preocupado. Não dá em nada. No fim fazem um acerto e ele fica no Inter.

Diana na TV COM

Conferem ai a Diana do BV no Conversas Cruzadas da TV COM.

Será que a Diana um dia será a primeira mulher Presidente do Inter??? Não duvido hein! Dale Di!

E pra recordar lá em Maio de 2007 a Diana depois de entrar na competição para novo colunista do BV terminou em 2 lugar. Só o vencedor sabia que seria convidado a escrever aqui. Mas como o nivel tava tão alto, resolvi convidar o segundo colocado tambem que era a Diana. Seu primeiro texto foi esse. Como dizem, o resto é história...

E ontem na TV COM...









terça-feira, março 20, 2012

Bola pra frente

Impossível não comentar o evento de ontem, a assinatura do contrato com a AG. Foi uma novela, cansou, mas terminou. Ao menos a primeira fase, de negociação. Agora teremos a fase de execução e depois a gestão do novo estádio. Essas três fases foram bem esclarecidas ontem à noite, no Conversas Cruzadas da TVCOM, quando tive a satisfação de ver, representando o Inter, a minha amiga Diana Oliveira, que também escreve aqui no BV. Conselheira eleita em 2008, participou da Comissão de Obras e hoje é também Diretora de Patrimônio do clube. Parabéns à Direção que reconheceu seu potencial e qualifica seus quadros.

Tive o privilégio de conhecer a Diana através deste espaço. Depois, estivemos juntos no INTERnet/BV, até o ano passado. Ainda no início de 2011, quando assumi a Coordenação do extinto Movimento Político colorado, ela já se destacava como integrante da Comissão de Obras do Conselho Deliberativo, vindo a ocupar espaço também na Comissão do Executivo, para então chegar onde hoje está. Essa guria tá traçando um belo caminho dentro do clube e, acreditem, é só o começo.

Infelizmente, hoje não estamos mais no mesmo grupo político, mas aprendi que na dinâmica de um grande clube de futebol isso é natural. Eu tinha um certo preconceito com esse tipo de situação, decorrente de uma idéia radical de fidelidade partidária. Entretanto, depois de algum tempo, compreendi que no âmbito do clube esse conceito comporta uma maior flexibilidade.

Ao menos no meu ponto de vista, termos como Situação e Oposição não fazem o menor sentido fora do período eleitoral. Durante uma gestão, escolher o que criticar e torcer por resultados, não faz nenhum sentido se tiver por motivação o resultado na eleição seguinte. Somos todos colorados e torcemos sempre pela vitória dentro de campo. Fora dele, queremos a melhor gestão, os melhores negócios, as melhores receitas, etc. O nosso partido é o Inter, isso é elementar. Um grupo político jamais pode ser mais importante que o clube!

Eu sou Oposição ao Grêmio, jamais ao Inter. Essa dicotomia, Situação/Oposição, a meu juízo, só cabe para contextualizar candidaturas vinculadas ou não a quem está na Direção, sem jamais confundir gestão (temporária) com instituição (eterna). Portanto, não importa se hoje a Diana faz parte de um Movimento Político que possui membros integrando a atual Direção, enquanto eu me reúno com Conselheiros não vinculados a ela. Como disse, o que importa é que somos todos colorados!

Na última sexta, tive a oportunidade de conversar brevemente com um possível candidato a Presidente do rival. Ele me disse que está falando com diversos grupos em busca de uma grande composição. Não sei exatamente o que ele pretende, mas me soou como algo feito no Inter há cerca de 10 anos, quando quase todos os movimentos se uniram, relegando diferenças e/ou interesses pessoais ou de seus grupos a um segundo plano. Desde que não se subvertam valores éticos e não se desprezem as melhores práticas de gestão (premissas elementares), me parece um bom caminho político. Clube rachado não vai longe.

O pluralismo político é salutar e a democracia é uma tradição no Inter, mas é importante frisar que divisões cabem somente no momento do processo eleitoral, através do debate de ideias quanto ao que são as melhores práticas de gestão e as mais eficientes políticas de futebol. Afora esse período específico, é todo mundo junto, torcendo pelo time. Ao menos é assim que sempre deveria ser.

Enfim, suposições políticas à parte, o fato é que amanhã recomeça a fase de execução das obras do Beira-Rio e muitas questões complexas advirão a partir desse momento. Precisaremos continuar atentos, mesmo com o sensacionalismo tendencioso desta ou daquela manchete que poderá vir. Faz parte. Nós, colorados, já estamos acostumados.

No mais, é seguir torcendo para um bom desempenho do time, mesmo na adversidade da altitude, e por mais umas patadas atômicas do Jajá Coelho, novo xodó da torcida, conforme anteviu o @BoemiaColorada. Bola pra frente!

Dá-lhe, Colorado!

segunda-feira, março 19, 2012

Faceiro

O título não remete ao estado de espírito dos colorados, felizes com o time que nos últimos jogos marcou 12 gols e desde a derrota contra o Santos parece estar encorpando, mas sim ao esquadrão que eu gostaria de ver jogar.

Nossos laterais há décadas não apoiam com qualidade (Kléber tem característica, mas sua letargia põe tudo a perder). E o pior, sobem deixando uma avenida à suas costas, geralmente sem cobertura e desequilibrando o time.

Pois bem, minha escalação começa com uma linha de 4, com os 2 laterais fixos, praticamente sem ultrapassar a linha de meio-campo.

Posteriormente, o primeiro dos triângulos. Guiñazu sendo o vértice defensivo, acorrentado, sem liberdade de atacar e responsável pela proteção à zaga. Dátolo e Oscar completam o triângulo, respectivamente pela esquerda e direita. Ambos têm fôlego e vitalidade para ajudar nas tarefas defensivas, e principalmente, uma excelente saída de bola, com qualidade e velocidade.

Para finalizar, o segundo triângulo, com D’Alessandro centralizado e Dagoberto e Damião no vértice ofensivo. Aqui há várias alternativas táticas, podendo D´Ale deslocar-se para um dos extremos, recuando Dagoberto e permitindo ainda a um dos “meias” (Dátolo/Oscar) projetar-se para fazer companhia a Damião.

O clássico 4-3-3, ou algo remotamente parecido com que o Barca joga, e para os menos utópicos, o que qualquer seleção holandesa tem apresentado desde sempre.

Os dois triângulos acima também ficam muito fortes na transição defensiva/ofensiva, com Dagoberto/Oscar/D´Ale e Guina/Dátolo/D´Ale.

Bem treinado, de forma a mecanizar as ações, deslocamentos e coberturas, pode dar samba.

Alô Dorival, cadê as alternativas táticas? Ou o time só joga no 4-4-2 e 4-X-X-1? Não se esqueça que o teu Santos que encantava era ainda mais faceiro, com Arouca (baita ventoinha) de volante, 2 meias e 3 atacantes.

Faceiro? Sim, “faceiro”, mas para alguns. Para mim, o time que eu gostaria de ver jogando, e que potencializa nossa melhor qualidade técnica nas peças ofensivas, sem desequilibrar a equipe. Ou alguém acha que Nei e/ou algum volante vão decidir os jogos?

Não custa tentar. Sem medo de ser feliz.



Apaixonados

A Imprensa esportiva Gaúcha está apaixonada.

Apaixonada pelo Vanderlei Luxemburgo.

Hoje na ZH teve 2 paginas das maravilhas desses tecnico. Explicando que ele está se envolvendo com todos os aspectos do clube da Azenha. Mas tudo num tom de novidade legal. Como se ninguem no RS conhecia esse tecnico antes. Nada sobre os fracassos repetidos dos ultimos 10 anos.

Pior...nada sobre as acusações que o Blog do Paulinho vem fazendo a meses sobre o Luxemburgo. Porque nenhum jornalista Gaúcho (que eu saiba) fez uma pergunta se quer sobre as gravissimas accusações do Paulinho? Não é esse o dever dos jornalistas?

Especialmente quando se tem tantas accusações e aparentemente provas. NO MIMIMO deveriam perguntar a ele para ao menos dar a chance dele negar tudo. Mas não...nem isso. Só falam das mil maravilhas dos seus treinamentos...do seu profissionalismo etc etc etc.

Serio. Não sei se as accusações do Blog do Paulinho são verdade ou não, mas é uma pura vergonha que até agora nenhum jornalista Gaúcho teve a coragem de perguntar ao Luxemburgo sobre isso. Será que na hora H os caras tremem? Fazer pergunta não é acusar...então não precisam ter medo de ser processado!

Sinceramente acho isso uma pura vergonha.

Se estou sendo injusto com algum jornalista Gaúcho que tenha falado sobre o assunto por favor me avisem.

Pra quem não sabe do que to falando, leiam tudo isso e ficam de boca aberta com as accusações:

- Saiba como Luxemburgo está pegando dinheiro do Flamengo.
- Dividir salario com Luxemburgo
- Documentos do esquema do Luxemburgo no Flamengo
- Rodrigo tabata 500 mil
- Socio do Luxa tenta subornar Blog do Paulinho
- Contratação do Luxa pelo Gremio...ação entre Amigos

Tem mais lá....será que tudo isso não merece ao menos um questionamento? Nenhuma perguntinha ao Luxa sobre isso? E galera, por favor...não digam é porque RBS é Gremista...porque ninguem ta perguntando isso a ele...nenhuma radio, jornal ou tv.

No minimo tinham que ver o que ele tem a dizer sobre tudo isso.

sábado, março 17, 2012

INTER x Juventude

Foto Alexandre Lops
POS-JOGO

Nossa! 7 a 0! Mais um show do Datolo...mas um show da dupla Oscar/Dagoberto infernizando a defesa...a volta do "velho" Damião....e ainda a agradavel surpresa do no Principe Jajá! 2 gols e 2 assistências em 15 minutos! Mais que o Dale tem feito o ano inteiro!

Esse é o futebol que gostamos de ver! Duas goleadas em poucos dias!

O Datolo dá uma fluidez no time que parece sobreviver até quando ele saiu do jogo. E sua vontade é enorme, até em escanteios. Falando nisso jogadinha inteligente com o Gandula na cobrança de escanteio. Assistênia no primeiro gol para o Gandulo sem duvida alguma!

Agora é confirmar a vaga contra o Strongest. Jogo importantissimo!

INTER 7 x 0 Juventude
Damião (Datolo e Gandula) Escanteio: Damião pula pra 21 pontos quase do nada em poucas semanas.
Datolo de Falta: Datolo sobe para 11 pontos e empata com Dagoberto tambem com 11.
Damião (Oscar): Ass. do Oscar o deixa com 16 pontos em 2 lugar. Ele tem 8 assistencias passando os 7 do João Paulo.
Jajá (Dagoberto): Jajá em 15 minutos fez 6 pontos. Mais que Dale fez o ano todo (até agora só 4)
Jajá (Elton): Assistência do Elton deixa ele com 6 Pontos.
Jô (Jajá): Jô faz um gol e sobe para quinto com 8 pontos.
Oscar (Jajá)

Interesante observação olhando para os numeros. Em 2011 Damião deu 1 assistencia pra cada 4 gols que fez. Esse ano ele dá 1 assistência para cada 10 gols. Será que com Dagoberto ele agora pode focar mais em fazer gol e menos em criar ou servi-los?


PRE-JOGO

Que a partir de agora o nome Andrade Gutierrez seja algo da qual não temos mais que pensar ou lembrar. Só quero saber de maquinas e operarios trabalando! Tchau para os 15 minutos (ou seria meses) de fama da AG.

E hoje mais uma partida na nossa pre-temporada para acertar o time para as competições que importam. Bom que tão usando os titulares. Poupar tem seus momentos, mas ainda é cedo demais pra fazer isso.

Minha maior curiosidade continua sendo Datolo. Mais uma oportunidade pra ver ele como titular e mais uma chance pra ele 'dificultar' a vida do DoRival.

PS: Depois de 12 anos com a Globo Internacional, quando em 2000 meu sonho de ter TV Brasileira aqui nos EUA se realizou, estou sem ela e PFC Internacional. A DISH Network (a Sky daqui) instalou um novo satelite mas muito muito baixo no ceu e arvores de um parque ao lado de minha casa bloqueiam o sinal. Vou ter que achar outro sistema, talvez TV a cabo..mas eles so tem Globo e não PFC. Isso é um enorme problema pra mim, especialmente quando o Brasileirão começar. Sim dá pra ve tudo na Internet mas isso é um saco comparado a te-lo na tela da TV. Quanta incompetencia colocar um novo satelite num angulo de 28 graus no ceu. Vão perder milhares de clientes.

sexta-feira, março 16, 2012

Luigi, AG e LA

Olá, pessoal. Sinceramente, estou tão cansado dessa questão interminável da reforma, que tô sem saco até para o futebol. Eu estou frustrado com a direção, especialmente com a figura do Luigi, mas tenho pensado muito no quanto deve ser difícil gerir uma instituição (amadora, diga-se) como o Inter e, principalmente, como deve ser complicado estar no meio de uma questão tão importante e que VAI COMPROMETER tão pesadamente o clube. Sim, reforma é legal e tals, mas não se esqueçam: serão 20 ANOS de contrato. Além disso, tem toda essa pressão de perder ou não a copa, de estar nas mãos de uma empresa que NÃO É SÉRIA ("Joga pedra na AG!"), etc. Bem, pra concluir, não vou mais criticar o Luigi em relação a assuntos fora do futebol, pois deve ser fod#.

Voltando ao futebol, como vcs devem ter percebido, eu estava completamente descrente na terça. Para mim, íamos parir a vitória e mesmo uma derrota não estava fora das minhas projeções. Mas, como também escrevi, eu estava #LoucoPraPagarALíngua. E, neste jogo, paguei. QUE BOM. Não me empolgo, no entanto, pois ainda é o Dorival na casamata e vejam o tipo de reflexão que ele nos proporciona:
“Nós jogamos muito bem desde o início. Fizemos uma partida consistente e segura”, disse Dorival. “As coisas se inverteram [ao citar a atuação contra o Santos, na semana passada] e é natural. O futebol faz as equipes oscilarem”
Com todo respeito possível, foi uma das coisas mais estúpidas que já ouvi. Se alguém me pedisse para arriscar o QI do autor (se eu não soubesse), talvez eu desse 30, 28 ou 32, já que o autor gosta tanto de "oscilação". Olha, sinceramente, ouvir isso desanima. "O futebol faz as equipes oscilarem". O que isso quer dizer, meu deus? Não há como dar sentido pra essa frase ou alguém consegue? Mas vejamos a anterior, talvez ainda mais preocupante: "As coisas se inverteram e é natural". Sim, de TIME PEQUENO contra o Super-Santos-do-Imarcável-Neymar, o Inter passou a TIME GRANDE contra o (adorei isso) "El Más Fuerte". Isso "é natural", para o técnico do Inter. Significa o quê? Que quando jogarmos contra o Super-Santos-do-Imarcável-Neymar novamente, voltaremos a ser um TIME PEQUENO.

Para arrematar, mais uma do técnico do Inter: "Não tem porque lamentarmos muito o que ocorreu com o Santos e nem comemorarmos agora”. MEIA VERDADE. Há MUITO O QUE LAMENTAR no jogo contra o Santos. NUNCA MAIS podemos nos portar como time pequeno como fizemos. Isso devia ser esfregado na cara desses caras todo santo jogo! Mas, um QI 30 é capaz de dizer alguma coisa sensata e, sim, não dá pra comemorar (demasiadamente) o resultado de terça, pois era obrigação. O Santos perdeu lá por que perdeu trocentos gols. Soberba, como nós contra o Mazembe (sem trauma, ok).

Pra finalizar, já disse e repito: pra mim temos elenco SIM, mas ainda não acertamos um técnico e, diante do cenário nacional, nem sei se existe. Não somos superfavoritos, mas temos time pra disputar o título da LA. Isso significa que sem técnico dependemos, como diz o Louis, da vontade e gana dos jogadores. E aí temos um problema sério. Pra metade desse elenco ter gana, é preciso dar paulada e mexer com os brios deles constantemente. Se elogiar, desanda tudo.

No mais, eu não iria, mas para quem foi no jogo de terça, parabéns. Foi uma bela festa. Uma belíssima noite.
 

quinta-feira, março 15, 2012

É hora de agir!!



Fico pensando quando essa novela da Andrade Gutierrez vai acabar, quando poderemos nos preocupar só com o futebol. A imprensa tem plantado crise em cima de crise com essa demora no início das obras.

Sei que há um lobby para que a Copa seja no estádio da vila farrapos, e que muitas das coisas ditas na imprensa não são verdade. Mas é fato que até hoje o contrato não foi assinado, que a obra está parada há mais de 265 dias.

A obra está parada com o INTER tendo 40 milhões em caixa (entre dinheiro da venda dos eucaliptos e arquibancadas pré-moldadas já pagas). Se a obra não tivesse sido interrompida já estaríamos com as arquibancadas da inferior prontas (dinheiro há).

Participei semana passada de uma reunião onde o presidente Luigi se comprometeu com todos os grupos políticos (de situação e oposição) em dar um ultimato a AG em no máximo 48 horas dando prazo para que a construtora assinasse a parceria (leia a entrevista do Luigi AQUI)

Os torcedores são reféns das informações da imprensa, nada sabem, pouco se ouve o presidente falar sobre o caso, e a casa de todos os COLORADOS tem seu destino decidido em salas fechadas com a presença de poucos, e o decidido muito pouco é informado aos verdadeiros donos do INTER que são seus torcedores.

Segundo a imprensa a AG queria trocar o projeto (AQUI) não sei se é verdade, provavelmente nem seja, mas o impressionante é que a obra em nossa casa está parada e não se vislumbra quando essa novela finalmente terá fim.

Espero que seja logo, para que a situação pare de piorar (eu não acredito que a situação vai melhorar), não pode o INTER continuar sangrando, sendo refém de um empresa que já deu todas as amostras de que não prioriza esse contrato, ou a parceria com o INTER.

Espero que o Presidente Luigi tome as providências que devem ser tomadas, pois tenho certeza que contará com o apoio da torcida. Ou a Andrade Gutierrez assina logo esse contrato ou vamos dar um jeito de retomar as obras que não podem mais ficar paradas!!

Eu acredito que é hora de mostrar quem manda, chega de ficar com um pires na mão esperando essa assinatura que não chega nunca, É HORA DE AGIR!! OU ASSINA OU VAI EMBORA!!

O Que tu vê?


O que que tu vê quando tu olha pra essa foto? É o poster do Tri Campeão invicto de 1979.

Eu olho pra essa foto e lembro dos meus 6 anos em Porto Alegre onde essa foto estava todo aquele tempo na parede do meu quarto. As vezes eu vejo essa foto e lembro do craque Falcão e sua saída em 1980. Outras vezes lembro da cagada do Batista em ter ido pro Grêmio em 82. Quando vejo o Lateral João Carlos lembro que ele é Pai dos Gêmios que infelizmente acabaram não sendo os craques que esperavamos.

Eu vejo essa foto e vejo Mauro Galvão com 18 anos, um craque na zaga. Jogaria até os 40. Vejo o 'vesgo' Mario Sergio...o Principe Jajá que merece mais reconhecimento hoje em dia...vejo o Bira e lembro que na minha epoca ninguem o chamava de Bira Burro. Vejo o Paraguaio Benitez e lembro de como sua carreira cabaria numa grave lesão num jogo no Interior em 83. No zagueirão Mauro Pastor, dedicado, honesto, humilde. Ganho prêmio por ir uma enorme quantia de jogos sem levar cartão. Ia de Onibus pro Beira Rio, numa epoca que jogadores já andavam com novos. No Lateral Claudio Mineiro que tinha vindo do Corinthians em 78 numa troca por Caçapava. E claro vejo essa foto e penso na história do Velho Valdomiro carimbada com esse titulo unico.

Olho pra essa foto e coletivamente vejo um timão. Com craques começando a carreira...outros terminando e alguns ainda bem no meio. Vejo essa foto e penso "Esse é o time completo, titular", diferente de muitos outros Posters de Campeão onde sempre falta alguem que estava fora da final por lesão ou cartão...ou pior...hoje em dia onde o Poster sempre tem o elenco todo, com tecnico, reservas, masagistas, Cartolas e fica aquela bagunça de foto.

Mas só hoje que olhando essa foto notei que não são só 11 guerreiros na foto. Ali no canto esquerdo quase invisíveis por causa dos Deuses da bola ao seu redor estão dois pequenos Colorados. Fico pensando, quem são? Algo que na epoca talvez fosse trivial aparecer na foto, mas ali estão eles representando o futuro da torcida Colorada entre 11 monstros sagrados da camisa vermelha numa foto historica. Imagina se fosse tu ali naquela foto, naquele momento, numa final de Brasileirão. Eu que já fico orgulhoso em dizer que vi essa final...vi esse time....agora imagina estar ali no Poster! Surreal. Temos que descobrir...quem são esses meninos!?

quarta-feira, março 14, 2012

Dale ou Datolo

Dale parece que está se esforçando para viajar a Bolivia.

Quem aqui vai ser sincero e vai admitir que prefere que o Dale fique em casa descansando um pouco mais e que Datolo jogue lá na Bolivia?

Eu acho que eu sou uma dessas pessoas. Deixa o Datolo ir embalado em vez de jogar com o Dale lá na altitude e ainda vindo de lesão e de uma fase não muito boa. Tem que ir com o que deu certo, não apenas a grife.

Será que Dale ficou um pouco preocupado em ver o Inter voando em campo sem ele?

DO Portão 6





Mais uma vez, direto do Portão 6 do BEIRA-RIO, fiz alguma imagens do jogo da Libertadores. Espero que gostem e que eu tenha conseguido transmitir um pouco do clima do GIGANTE na noite de ontem.

André Flores
@ojogodointer


terça-feira, março 13, 2012

INTER x The Strongest

POS-JOGO

Eta que já era hora de uma goleada! Tavam nos devendo isso a não sei quantos anos! Como previsto com Datolo em campo + Damião + Dagoberto + Oscar não tem como parar o Inter ofensivamente. Só DoRival não sabe isso! Será que ele vai inventar 3 volantes lá na Bolívia?

Olha, eu tô achando que tem que achar espaço pro Datolo no time titular. Agora quem saíria? Eu acho que seria Dale, mas isso não acontecerá porque ele é o medalhão do time. A não ser que Dale continue não rendendo (até agora em 2012 , só 1 Gol e 2 assistencias) por um bom tempo aí talvez ele pegue um banco. Mas o problema é que se ele não render, pode ser tarde demais pro Inter na Libertadores.

Agora espera que não vamos a Bolivia cagados como em Santos. Bola pra frente! A melhor defesa sempre foi o ataque!

Inter 5 x 0 The Strongest
Dagoberto (Oscar)
Damião (Datolo)
Damião (Datolo)
Damião (Oscar)
Jô (Dagoberto)

PS:
-Dale está em NONO na produção ofensiva do Inter em 2012.
- Damião tem dado um baita salto nos numeros. Agora já tem 8 gols no ano. Está a quase 25% do que fez em 2011 menos de 25% do ano já passados.
- Datolo já tem o DOBRO da produção ofensiva do Dale.


PRE-JOGO

Derrota seria nossa virtual eliminação.
Empate complica de vez.
Só a vitória é aceitável.

E já não tá na hora de uma vitória tranquila? É, se nem contra times do Gaúchão a gente consegue...acho dificil. Enquanto isso lá 'nas Europa' tá virando custume time grande meter 7 em pequeno.

Acredito que Datolo fará esse time jogar.

Vamo vê.

Não é pouca coisa

Eu ainda me lembro da ira da torcida colorada após o empate no primeiro jogo da Libertadores de 2006. Era fora de casa, na Venezuela contra o Maracaibo. Saímos na frente com gol do Ceará e cedemos o empate lá pelos 40 do segundo tempo!

Coitado do Abel, ainda naquele ano, sofreria com um grito raivoso que emanva das ainda intactas arquibancadas do Beira-Rio, num jogo do Campeonato Brasileiro contra o Figueirense em que, se não me engano, perdemos por 4 x 2. Hoje, tem muita gente pedindo pra ele voltar! Eu mesmo aprendi a respeitá-lo bem mais de lá pra cá.

Não existe torcida mais exigente que a colorada! Igual pode ter, mas mais não tem! O burro da vez é o Dorival! De 2007 pra cá, esse título já foi do Gallo, do Abel de novo, do Tite, do Mário Sérgio, do Fossati, do Roth e até mesmo do Falcão. Tem torcedor que é assim: idolatra o Fernando Carvalho mas chama de burro quem escala três volantes em Santos. E pra completar, pede a volta do Roth. Sim, tem gente que faz isso.

O que quero dizer é que essa ira da torcida com o desempenho do time na semana passada é a mesma de cinco, seis anos atrás. Tem coisas que não mudam. O que tá faltando e pode mudar, além da metade da Social que foi demolida (e ainda me dói ver o estádio mutilado a cada jogo), é o ânimo  da torcida. Lembram do jogo contra o Pumas no Beira-Rio? Mesmo após sofrer 0 x 2, a arquibancada empurrou o time que descontaria ainda no primeiro tempo, com Michel, pra virar no final do jogo com Gabiru. Percebem? Michel e Gabiru, porra! Tomando dois gols em casa, a torcida empurrou o time com Michel e Gabiru (este entrou no segundo tempo, é verdade).

Eu sempre afirmei que um dos medidores da grandeza de um clube é o grau de exigência de sua torcida. A colorada é extremamente crítica e cobra forte. Isso é bom e evita que nos tornemos um bando de alienados que acretita no sobrenatural. Mas na hora do jogo, o papel da torcida é apoiar, gritar, cantar!

Na hora do jogo, eu não quero nem saber se tem racha no vestiário, se o Fernando Carvalho interfere na escalação como alguns sugerem, ou se o Dorival é burro! Tampouco tô ligando pra as notícias de que o Damião tá vendido! Eu quero é curtir meu time jogando a terceira Libertadores seguida e empilhando gol nos bolivianos esta noite! E noite de Copa, não é pouca coisa!


segunda-feira, março 12, 2012

O sofá e a sala

Carente de alternativas de jogadores de velocidade desde a temporada passada, o Internacional foi atrás de Dagoberto (a preço de ouro) tudo isto para no jogo mais importante do semestre até então jogar no famigerado 4-3-2-1.

Até os quero-queros do Beira-Rio sabem que desde a Libertadores de 2010 qualquer variante 4-X-X-1 não funciona, porque nossos volantes não sabem concluir, e nossos laterais são inconstantes no apoio. Deus que me perdoe pela citação, mas como diria o nefasto pastor Tite, falta equilíbrio a este esquema, ainda mais com estas peças.

Eu poderia escrever uma ladainha aqui como o outrora ofensivista Dorival Jr conseguiu retirar o desafogo e o contra-ataque de velocidade de Dagoberto para colocar (na fogueira) Élton, um volante cumpridor, mas incipiente e sem a menor capacidade de articular, quiçá agregar qualquer ofensividade minimamente significativa à equipe.

Pois bem, não vou escrever esta ladainha, pois deste jogo, e o comportamento de time pequeno adotado não quero mais nem lembrar. A grande questão é que este Inter não sabe avaliar pontualmente porque ganha, e principalmente porque perde.

O nosso amado clube foi derrotado no Grenal e a conclusão chegada foi a mais errada possível. Amordaçado por um ferrolho gremista que povoou o meio de campo e controlou o setor, chegou-se a conclusão que o problema era o esquema “faceiro”, o 4-4-2.

No entanto, não há esquema tático que não naufrague quando meio time atua abaixo da crítica. Bolatti e D’Alessandro tiveram atuações pífias, Sandro Silva, do alto da sua limitação técnica ficou sobrecarregado (tendo que marcar por dois, as vezes três) e em nada ajudou a atuação absolutamente pobre tecnicamente de Élton (que errou praticamente TUDO que tentou) e a letargia de Kléber.

A análise a ser feita é que o Inter hoje peca pela incapacidade de alguns jogadores de cumprirem sua função (e de darem uma boa resposta técnica) e não pela formatação tática com dois meias.

Não é de hoje que esta análise vem sendo deturpada, e sobre o falso pretexto de tornar a equipe mais robusta, desequilibra-se o ataque, retira-se jogadores com funções ofensivas, empilha-se volantes e o resultado é o de quarta, uma equipe absolutamente covarde, que chama o adversário para seu campo e sem atitude.

Coisa de time pequeno, incondizente com nossa equipe.

Se há algum alento, é que as equipes campeãs continentais são as que encorpam ao longo da competição e nunca àquelas que começam dando espetáculo.

Empilhar volantes e retrancar a equipe, me lembra a história do marido traído pela esposa no sofá da sala, que teve como atitude, pasmem… tirar o sofá da sala.

Para sonharmos com o Tri, que hoje parece muito distante, é necessário uma grande correção de rumo, e para isso é fundamental entender porque fomos derrotados…

Afinal, não basta tirar o sofá da sala…

Sds coloradas.

Ps: O que é mais fácil, solicitar/ensinar a um atacante recompor o meio, ou solicitar a um volante articular e chegar a frente para concluir?



sábado, março 10, 2012

Inter x Santa Cruz

POS-JOGO

Nada muito para comentar quando o Inter joga contra um time de Varzea. Mas dá pra vê que Datolo é um otimo jogador. Impossivel que esteja enganando toda vez que entra em campo. A vontade dele é grande e alem disso sabe jogar bola, tem visão and he Hussles! Vai ser interessante a falta do Dale nesses proximos 20 dias. Acredito que Datolo talvez faça o Inter fluir mais. E hoje mais uma vez deu pra ver o pecado..o erro do DoRival em não usar Dagoberto contra o Santos. Dagoberto, Oscar, Damião, Dale/Datolo todos juntos é muito bom. 3 Volantes...que mancada.

O jogo de terça promete. É so o DoRival não inventar. Dale fora bota o Datolo. Acho que ele se consagra contra o The Strongest.

Santa Cruz (região do estado de alguns de meus antepassados) 1x2 Inter
Gols:
Datolo (Oscar): Datalo passa o Dale em produção Ofensiva (6 pontos contra 4 do Dale)
Damião (Kleber): Primeira assistência do ano do Kleber. Damião pula pro 1 lugar na Produção Ofensiva do BV.

PS: Vale a pena repetir. Tu tem que ser muito imbecil pra tirar 2 titulares do time titular contra o Santos porque chegaram uns minutos atrasados ao treino. Isso é uma imbecilidade sem tamanho! Só prejudicou o clube! Mas tô achando isso desculpa furada. Eles queriam 3 volantes e depois inventaram essa desculpa depois da derrota...pra terem exatamente isso..uma desculpa. Mas é uma pessima desculpa, de tão absurdo que seria um tecnico propositamente desfalcar o time titular por causa de um "crime" desses de chegar atrasado ao treino. Fala serio.

PRE-JOGO

Parece que a pressão de fora chegou ao Beira Rio e DoRival decidiu usar o time titular. Mas uma coisa LOGICA que no Beira Rio parece ser dificil de se entender.

Quando é que tu usa time reserva?

Talvez quando o time vai bem, vem de vitoria ou emapte fora e logo adiante em alguns dias tem uma partida decisiva...com viagens complicadas.

Mas não quando o time vem mal...com poucas partidas acumuladas! Precisando de ajustes..precisando de trabalho! Bota esses milionarios a trabalhar por seu dinheiro. Não existe essa de folga pra time derrotado!

Então ao menos dessa vez a logica venceu.

Agora a pior coisa que a torcida do Inter pode fazer é achar que uma vitoria sobre o Santa Cruz e ate sobre o Strongest significará que estamos no rumo certo...não. Não tem rumo certo com esse tecnico e parte desse grupo. Falcão e Nos estavamos certo quando falamos que falta grupo. Continua faltando. Praticamente nas mesma posições do ano passado. E pior...pois em 2012 já se confirmou que não temos 1 goleiro que preste. Renan é o Renan e não merece nunca mais vestir a #1 e o Muriel está sendo uma grande decepção. A cada partida ele parece uma goleiro cada vez mais pequeno. Ele dificilmente tem a coragem de sair em cruzamento..só assiste e tem aquela sindrome da qual todos falavam do Lauro: Não faz grandes defesas. Parece não impor respeito lá atras. Está claro precisamos achar um bom goleiro. E ai tem a zaga que continua a mesma de sempre com as mesmas caras.

Mas pouco muda no Beira Rio. Os laços de amizade são grandes e ninguem quer magoar ninguem. Assim aos poucos o barco vai afundando. Falando em Amizades, pra que veio Fernandão? Quanto ele recebe? E pra fazer exatamente o que? Será que ele não ganha uns 100zinho por mês? Pra que? Que diferença ele fez até agora?

PS: Quer mais socios? Pega o salario do Renan...ou Mathias...ou Jô...ou qualquer outro inutil..e faz um sorteio mensal para socios. Imagina ter a chance todo mês de ganhar 200 Mil? Ia te até Gremista se associando kkkkk e teriamos 300 Mil socios facil! Olha que nem tô brincando to falando serio. Preferia ver 12 Colorados ganharem 200 mil do que um jogador inutil receber isso.

Quem aqui não iria associar até seu cachorro se tivess chance de ganhar o salario de um mês de um jogador?

Ruben Paz e Dale

Muito bom o video...mas eu não dava nem a pau minha camisa oficial do Ruben Paz a ninguem!!!!

(Inclusive tenho camisa bem parecida na minha coleção , so não foi do Paz)

Otimo video. Legal ver o Dale usando a camisa dos anos 80. E Paz era meu idolo tambem.



E tai um jogaço com o Paz usando essa camisa



sexta-feira, março 09, 2012

Golfinhos

Primeiramente querer reforçar o que a maioria diz aqui. Dorival tem que ir pra rua. Pra dizer a verdade tem que limpar o Beira Rio todo: Tecnico (um tecnico não pode passar a semana entregando o jogo, elogiando o adversario e se cagar na hora de escalar), Direção (uma direção lenta que segura jogador medalhão ainda do Dia Mazembe) e metade dos jogadores (preguiçosos sem interesse de vencer). É um grupo Rico e Acomodado sujando a marca do clube. E vamos de reservas amahã exatamente porque???? Bota esses caras a trabalhar po!

Esses ultimos 2 anos tem sido muito frustrante como torcedor. Uma burrada depois do outro. E pior é ouvir as descuplas de sempre como se fossemos uma cabada de babaca que vai cair na conversa. Mas talvez somos mesmos. Eles perdem e ficam ricos e nos? Outro problema é a torcida que depois de qualquer vitoriazinha ja acha que ta tudo bem. Vai ser assim de novo. vamos ganhar do The Strongest e vão tudo se acalmar. E assim segue o ciclo vicioso.

Esse Inter passa de fase. Mas cai como cai no mata mata num ponto ou outro.

PS:

Agora vamos ao que realmente interessa.... o ser humano faz tanta merda que ver um video desse dá um pouco de esperança na raça humana. Foi filmado no Brasil. Sensacional.



'Davi pra quê?'

Eu prefiro não dizer o que penso, quando ouço "Dorival Júnior". Dizem que ele vai lançar em breve o livro "'Davi pra quê?', Dorival mostra como apequenar um gigante, apenas em 6 meses". O lançamento e a sessão de autógrafos ocorrerá em paralelo com a inauguração do OAS Stadium. Eu não vejo mais o Inter, enquanto este senhor lá estiver. Vamos cair na primeira fase, isto é certo. E antes que os mais afoitos falem em "profeta do apocalipse", seguem alguns dados abaixo.

Jogos importantes (contra times grandes) e algumas frases da "era Dorival":

21/8/11, Inter 2 x 2 Flamengo (E)
"O Flamengo sabe como ninguém jogar com a vantagem, mas tivemos inteligência"
28/8/11, Grêmio 2 x 1 Inter (D)
31/8/11, Inter 3 x 3 Santos (E)
10/9/11, Palmeiras 0 x 3 Inter (V)
9/10/11, Inter 3 x 0 Vasco (V)
12/10/11, São Paulo 0 x 0 Inter (E)
22/10/11, Inter 1 x 1 MSI (E)
5/11/11, Inter 1 x 2 Fluminense (D)
"Além das qualidades dos atletas, o ponto forte é o conjunto de uma equipe campeã brasileira. É uma equipe de velocidade, com um jogador como o Fred na frente, com Deco e Marquinho, e o Sobis subindo de produção. É uma equipe quase completa, muito bem estruturada."
12/11/11, Cruzeiro 1 x 0 Inter (D)
"É um grupo forte, bem montado. Não acredito que eles permaneçam por muito tempo nessa condição. Vejo um jogo com muitas dificuldades. É um adversário muito difícil."
27/11/11, Flamengo 1 x 0 Inter (D)
4/12/11, Inter 1 x 0 Grêmio (V)
5/2/12, Grêmio 2 x 2 Inter (time reserva!) (E)
“É um time muito rápido do meio para frente com a chegada deste garoto. E principalmente por gente de qualidade no meio, o Marco Antônio e o Marquinhos. É um time que merece respeito, acima de tudo”
22/2/12, Inter 1 x 2 Grêmio (D)
7/3/12, Santos 3 x 1 Inter (D)
"O Neymar é 'imarcável'. O técnico pode tentar marcá-lo por zona, individualmente ou designar um homem os 90 minutos para segui-lo, mas a genialidade dele em algum momento vai prevalecer" (Alguém já viu ele falar isso de um jogador do Inter?)
"É bom participar do crescimento de um garoto como ele. É um excepcional goleiro e tem chance, sim, de estar na Copa (de 2014)" (Dorival já falou algo semelhante ou próximo, sobre o Muriel?)

Pois bem, CONTRA GRANDES, são 14 jogos, 3 vitórias, 5 empates e 6 DERROTAS, em 7 meses de trabalho. Alguma dúvida do time pequeno que nos tornamos? Uma sugestão à Nike: veja aí a possibilidade de cancelar o contrato com o Inter, pois vocês entraram numa roubada. Acharam que estavam entrando para patrocinar um clube grande, vencedor, mas vocês estão na verdade fardando um clube pequeno. Saiam enquanto é tempo e voltem quando homens de verdade voltarem a dirigir este clube.


EU ME RECUSO a aceitar que meu clube seja humilhado dessa maneira, em função da covardia e incompetência desse cidadão chamado Dorival Júnior. Se este estado de coisas ainda tiver a participação de Fernando Carvalho (enchendo o saco do treinador) e outros mais, pior ainda. É o Inter sendo prejudicado por quem deveria protegê-lo. Um absurdo!

ps.: [edit 1] Vou acrescentar uma coisa que tinha esquecido: apesar do trauma contra o Mazembe, pra mim o time perdeu com honra aquele jogo. Jogamos muito mais que os caras, perdemos gols "a rodo". O resultado foi por conta do "quem não faz, leva". Mas em nenhum momento, naquele jogo, o time teve medo. Pelo contrário. O Inter fez foi exagerar na confiança, ultrapassando o sensato e se tornando arrogante. Mas medroso, NÃO.

Ursinhos

Galera...essa propaganda é genial.

O Chicago Cubs é um dos times mais tradicionais do Baseball, mas a ultima vez que ganhou o Campeonato foi antes do Inter existir! Ganhou em 1907 e 1908. Desde então nunca mais ganhou o titulo.

Mesmo assim a torcida lota o estádio 81 vezes por ano. É uma das mais fieis. No filme Ferris Bueller's Day Off, é esse time que eles vão ao estádio assistir. Uns 10 anos atras um torcedor fanatico teve que se mudar da cidade depois de interferir com uma bola que teria colocado o time na final. A bola tava indo pra arquibancada mas o jogador tinha chance de pegar e ganhar o jogo. Com a bola caindo na plateia o guri tentou pegar e assim atrapalhou o jogador. A bola caiu na arquibancada e o jogo continuou. O Cubs acabou perdendo e foi eliminado. Faz 104 anos desde o ultimo titulo.

E agora olha a propaganda.......FODA kkkkkkkkk!



PS: Será que Dorival cai e F9 entra de interino? É a noticia chegando ao BV nessa madrugada.