segunda-feira, abril 30, 2012

Gandula Gate (Update)

Atualizado Segunda Feira:

Assim como foi previsto nesse post Sexta feira e agora atualizado, tão fazendo tempestade num copo d'água o caso dos gandulas no Beira Rio que APRESSAM o jogo. Nossa, que crime!! No Rio a gandula de 23 anos foi mais apressada ainda no gol do Botafogo contra o Vasco e no minimo logo logo será estrela da Globo no Big Brother ou terá seu momento no Esporte Espetacular ou fantástico.

No Rio é bonito. No Beira Rio não.



É uma palhaçada isso. O que Luxemburgo fez ontem foi uma irresponsabilidade de um maladro arrogante mau carater mal acustumado a ter tudo que quer e do jeito que quer. Aquilo poderia ter acabado em confusão geral, briga e cadeia (para os sem grana..diga-se gandulas) caso uma briga acontecesse. O Luxemburgo não tem direito de botar o dedo na cara de ninguem. Se fosse comigo eu certamente teria soltado um soco no meio da cara daquele palhaço. Eu sou um cara "da paz" mas quando alguem acha que pode te humilhar em publico assim, aí é outros 500. Luxemburgo inclusive deveria ter uma multa a mais por aquilo.

E tudo porque o gandula botou a bola na marca do escanteio pro Datolo cobrar! Isso é um absurdo!!! E pior é que todo imprensa e o juizes cairam direitinho nessa conversa. Nunca vi um juiz anular um escanteio porque o gandula foi rapido demais em devolver a bola. Incrível.

Mas no fim o melhor de tudo é que o Inter ganhou num escanteio de cobrança lenta, sem a pressa do gandula. Bem feito!

PS: Pior ainda é o Gaciba, que vai no Sportv e diz que no Rio foi legal no Beira Rio não! Gaciba novo na carreira de TV nao é bobo sabe que tem que agradar os Pauriocas porque lá o mercado de trabalho é muito maior que no RS.E veja no video da Sportv o gandula realmente rola a bola e não deixa ela parada pro Datolo. Porra, serio o gandula tem que contar ate 10 antes de entregar a bola. Em nenhum lugar esta escrito que o gandula tem que entregar a bola nas mão do jogador no escanteio. Ou que o jogador tem que tocar na bola antes de cobrar. Completa palhaçada isso só porque é o Inter.

Texto de Sabado:

Primeiro tivemos o drama do Negocio da China com Dale. Antes, Durante e Depois tivemos o caso da Andrade Guttierez. Assim que isso foi resolvido veio o Caso Oscar. Mais uma dor de cabeça pro Inter, ainda a resolver por completo.

Agora vem aí mais um probleminha. Um probleminha por sinal criado pela imprensa esportiva Paurioca com a ajuda de Gaúchos que querem se fazer de Neutros em vez de falar a verdade.É o Caso dos Gandulas "assistentes".

Esse video mostra a choradeira por causa das cobranças de escanteios rapidos, possibilitado em parte pela rapidez dos gandulas de colocarem a bola no gramado para Datolo cobrar. Arnaldo Cesar Coelho reclama, o mediador reclama e até o Saraiva diz ser errado.

Agora, veja bem, eu vi o jogo com narração em espanhol da Fox. Eles viram o lance e não falaram que era illegal ou errado. Simplesmente falaram que o Inter cobrava o escanteio rapido, até rapido demais as vezes para seus proprios atacantes. E já falavar isso no jogo contra o Strongest. Em nenhum momento eles falaram que era anti-desportivo ou algo assim.

Ora, desde quando um gandula apresar o jogo é anti-desportivo ou "roubar"? O que a gente vê ano após ano desde que eu era pequenininho é gandula amarrar o jogo, perder a bola, segurar a bola, jogar duas bolas no gramado. E decada apos decada NADA é FEITO sobre isso.

Agora o Inter tem uns gandulas que colocam a bola rapidamente em jogo e isso é errado e fazem até reportagens especiais sobre o assunto. Ah por favor, para com a choradeira e hipocresia! Até parece que tá virando passatempo Nacional ficar enchendo o saco do Inter por tudo! Só o que falta agora o juizinho do Grenal avisar os gandulas pra não ser rápido demais! Só rindo mesmo!





domingo, abril 29, 2012

DIRETO DO PORTÃO 6




Fiz essas imagens do jogo da decisão da taça Farroupilha, da vitória do COLORADO, com ângulos exclusivos dos gols. Foi a melhor partida do INTER desde a chegada do Dorival, tivemos o controle total do adversário e a vitória veio a natural

A polêmica do uso dos gandulas (o botafogo fez o mesmo no engenhão) vai atravessar a semana, mas na minha opinião não tem nada de irregular.

Fiquem com as imagens da partida e espero ter conseguido transmitir a emoção da arquibancada.


André Flores
@ojogodointer





GreNal 3 9 2 a 1



Pos-jogo

Acabo de voltar da casa de uma amigo de uma amigo onde assisti o Gre-Nal com 3 outros Colorados e 10 Gremistas. Como foi bom curtir essa vitória hoje.

6 dos Gremistas e 1 colorado estavam aqui de ferias a 2 semanas (os 6 não deixaram o Colorado trazer nada do Inter com ele!). Alugaram Harleys e fizeram um passeio pelas estradas Americanas atá a Virginia (estilo filme Wild Hogs). Hoje mesmo estão voltando para o Brasil. Mas com o gostinho de uma derrota em GreNal. Exeto o Colorado é claro. Mas tudo gente boa, levaram na esportiva. Tiveram um pequeno momento de felicidade quando o Grêmo empatou, mas isso não durou muito. Mas antes do fim do jogo eles já tinham saído da sala sabendo que Jája era. Agora vocês Brasileiros adoram compras. Esses 7 Gaúchos compraram tantas coisas aqui que tiveram que ir ao Aeroporto com um trailer engatado no carro carregado muita mercadoria. O Estados Unidos agradece! Um dos Gremistas com quem bati um papo apos o jogo descobri na hora de trocar email que ele é o dono da Loja Tevah no Praia de Belas.Quem passar por lá um dia pergunta pelo Lucio e diz a ele que o Colorado de New Jersey manda um abraço cortesia do Fabrício!

Datolo mais uma vez marca em GreNal e Fabrício pedindo passagem. Quando que Kleber faria um gol de cabeça em escanteio? E acredito que apoia melhor tambem.

PS: E o que Luxemburgo fez foi uma vergonha. Timinho mesmo.O MAIS IRONICO É QUE O SEGUNDO GOL SAIU DE ESCANTEIO SEM PARTICIPAÇÃO DO GANDULA! KKKKK TALVEZ SE TIVESSEM APRESSADO NÃO TERIA SAÍDO O GOL. BEM FEITO!!!

INTER 2 x 1 Grêmio
Datolo (sem assistência chute veio de gremista): Chega aos 21 pontos e mira os 34 do Damião
Fabricio (Jajá): Jajá chega ao 10 pontos e é o sexto colorado a chegar a essa marca esse ano. Fabricio com 7 pontos passou os 6 do Dale.

 Os Wild Hogs Gremistas não se deram bem nesse GreNal

Pré-jogo

Ia ver o Grenal hoje na casa de um colorado aqui em New Jersey. Mas agora ele me diz que vamos ver o jogo na casa de um outro amigo, Gremista, que por coincidência tá recebendo 7 Porto Alegrenses em viagem aqui (pra comprar Harleys?). Desses 7 só 1 é Colorado. O resto Azul. Vai ser uma tarde interesante.

Hoje Dátolo se recupera do penalti perdido. O Inter ganhará, desfalques e tudo mais.




sexta-feira, abril 27, 2012

Juvenal está desesperado e está sob ajuda medica apos perda de seu Bambino



Especial Para o Blog Vermelho Escrito por Cosmí Rimole

O Choque foi grande.

Juvenal quase enfartou.

Seu sonho de ter Oscar ao seu lado acabou.

Oscar não vai mais para o San Pablo.

Para Juvenal é o fim do Mundo.

Ele só queria ser aceito pelo Oscar.

Queria ser seu Pai...ou algo a mais.

Oscar, nada bobo, resolveu ficar longe. Bem Longe.

Juvenal queria os serviços do Oscar, sem pagar.

Queria fazê-lo seu escravo.

Mas o calendário não diz mais 1887.

Estamos em 2012.

Não existe mais escravidão. Todos estão livres.

Inclusive bandidos. Pior, bandidos de gravatas também estão soltos por aí.

E jornalistas, livres pra escrever o que quiser. Verdades ou mentiras.

Para Juvenal resta agora torcer para os outros Tri-Colores.

Que enfrentam o Inter nos próximos dias.

O San Pablo acabou. Vive do passado. Goleiro ainda do seculo 20.

Raí idolo É Fantástico. Mas no passado.

Duas Libertadores perdidas contra o Inter foi demais.

Para Juvenal resta o paulistão.

Ou fazer jogo sujo com a CBF Bambificada.

É só o que resta. Oscar fica. No Inter.

Cosmí Rimole especial para o Blog Vermelho




Não somos favoritos, mas...


... o Fluminense mostrou uma limitação surpreedente no jogo de ida, principalmente para quem vinha jogando melhor fora de casa. Seria respeito ao Inter? Seria uma mostra de que o grupo do Flu foi muito fácil, apesar do Boca? Seria um dia ruim do time? Bem, não sabemos. O que sabemos é que, continuando assim, o Inter tem grandes chances de vencer no Rio, desde que aprenda a atacar novamente.

... se de fato pudermos contar com Oscar, é provável que o Inter cresça muito em rendimento no ataque, que foi decepcionante no jogo de ida (e ainda assim, melhor que o do Flu). Para mim, neste momento, Oscar e Dátolo dá mais caldo do que Oscar e Dale. Primeiro, por conta da contusão do Dale, que voltaria (com sorte) sem ritmo de jogo. Segundo, pelo estilo de jogo. Com Dale e Oscar, fomos detonados na Vila. Claro, que eram 3 volantes. Mas, ainda assim, acho que a movimentação mais aguda do Dátolo combina mais com o Oscar. Dátolo tem jogado muito bem e não se esconde do jogo. Não foi bem contra o Flu, na minha visão, por conta da marcação que recebeu e de uma noite pouco inspirada de todo o ataque. Tendo Oscar ao lado, ele terá mais espaços e isso fará toda a diferença.

... os jogadores parecem mesmo estar entrando num espírito mais copeiro. O segundo tempo do Inter me surpreendeu, pois é quando costumeiramente o time morre em campo. Ao contrário, jogamos melhor. Jajá entrou bem, nada excepcional, mas bem. Continua sendo uma bela opção PARA O 2o. TEMPO. Ainda não entendo termos Gilberto e Jô no banco e não termos JP. A chance de usar os dois é mínima, enquanto que JP e Jajá são fundamentais, dadas as ausências de Oscar e Dale. E se era para escantear o JP, por que a comissão não o trocou por outro jogador, nessa fase da LA? Enfim, essa comissão talvez até "coma" muito, mas treinar ou pensar não é o forte deles.

... o Inter, enfim, não tem feito muito melhor dentro, do que fora de casa. Portanto, jogar no Rio não vai ser o problema pro Inter. O problema do Inter é o próprio Inter. Nosso time envelheceu e isso tem um preço. Por melhores que sejam, só na superação conseguem suplantar a perda física com técnica. Portanto, um técnico sábio iria certamente evitar que todos os nossos "velhinhos" entrassem juntos numa mesma partida (Índio, Bolívar, Cléber, Tinga, Guina e Dale). Para mim, NO MÁXIMO 3 desses aí podem estar no campo ao mesmo tempo. Bolívar, claro, não deveria nunca, mas é o que temos.

No meio do caminho, temos o gauchão para atrapalhar muito. Mas, com inteligência, podemos usá-lo ao nosso favor. Primeiramente, a única pressão deve ser para vencer o Grêmio. Tirando eles da disputa, jogamos com RESERVAS CONTRA O CAXIAS e deixa os caras vencerem, se for o caso. Tendo vencido o Grêmio, teremos mais uma injeção de ânimo para a volta da LA. Temos que CUIDAR DOS TITULARES, para termos os caras inteiros contra o Flu.

No mais, parabéns à justiça brasileira, que desfez a inversão de valores. O futebol NÃO ESTÁ ACIMA DA LEI ou pelo menos não deveria. E, vou dizer, ninguém deveria NEM LER Cosme Rímoli, Perrone e outros irresponsáveis que tentam distorcer os fatos a todo momento, em prol do futebol paulista. Esses caras são levianos, para dizer o mínimo.





quinta-feira, abril 26, 2012

VITÓRIA NO TRIBUNAL!

Oscar foi liberado pra jogar pelo TST. Até escravidão foi mencionado na decisão.

Qualquer pessoa com 1/10 de um cerebro funcional sabia que Oscar tinha direito de TRABALHAR onde queria. E que NINGUEM poderia forçar ele a jogar no São Paulo.

Eu li muita bobagem pelos blogs. Muitos dizendo agora que "contratos não valem nada", mas multa recisórias fazem parte dos contratos! E alem disso a propria justiça deu aval ao Oscar pra sair do San Pablo quando ele saiu. Se Oscar tivesse saído do San Pablo sem mais, simplesmente fazendo as malas e indo embora eu concordaria com eles. Mas não é o caso, Oscar foi a justiça primeiro e só depois do aval da justiça que ele saiu. E nem precisava pagar nada. Por direito. Ele fez tudo como deveria fazer.

Pena a decisão não ter acontecido antes do jogo de ontem. Agora vamos ver se Oscar volta com fome de bola como nunca antes.

Destaque para essa frase:

O Ministro Caputo Bastos ainda alertou que, qualquer que seja a decisão na ação entre Oscar e o São Paulo, ela "jamais poderá impor ao trabalhador o dever de empregar sua mão de obra a empregador ou em local que não deseje, sob pena de grave ofensa aos princípios da liberdade e da dignidade da pessoa humana e da autonomia da vontade, em torno dos quais é construído todo o ordenamento jurídico pátrio".

Duas palavras:
Chupa Bambizada!



GUARDIOLA SONDADO

Exclusivo do BV

Em Dezembro quando Muricy Ramalho no Mundial de Clubes falou que Pep Guardiola seria o melhor do Mundo quando ele ganhasse o Brasileirão a imprensa achou graça. O Proprio Guardiola achou graça e logo em seguida tocou 4 nos Santos na final. Mas pessoas proximas ao Guardiola confirmam que aquilo incomodou o tecnico. Ele se deu conta que com aquele comentario do Muricy que realmente é o Brasil o berço do futebol. Poucos países tem tantos grandes times. Ele lembrou de seu Pai, um grande fan do futebol Brasileiro.

Meses antes Guardional comandou o Barcelona contra o Inter na Copa Audi. O jogo foi para os Penatis onde o Barcelona ganhou. Quando Guardiola começou a pensar mais no que Muricy falou, ele contou a uma fonte que se tivesse que trabalhar no Brasil trabalharia no Inter, o clube que enfrentou na Copa Audi. Ele tambem lembrou que o Inter era o clube que conquistou o Mundial sobre o proprio Barcelona em 2006. Um Barcelona bastante parecido com o dele.

Há quatro semanas esses comentários chegaram ao Beira Rio e se pensou na remota possibilidade de Guardiola no Inter. O Problema seria o salário astronômico.Mas a surpresa veio quando o Inter fez uma sondagem com o procurador do Guardiola. Eles se mostraram interessados.

A verdade é que Guardiola atraves de seu Pai tem uma leve obsessão com a história do Futebol Brasileiro, começando com Pelé e passando pela seleção de 82 da qual Pep já varias vezes revelou sua admiração. O proprio apelido Pep, é uma homenagem do seu Pai ao Pele. Alem dos apelidos serem parecidos, o Pai do Guardiola gostava muito do companheiro de Pele no Santos e na Seleção, nada menos do que um tal Pepe, segundo maior artilheiro na historia do Santos.

Inclusive antes disso tudo acontecer. Antes mesmo do Pep se dar conta de que um dia gostaria de ser tecnico no Brasil, o provável clube candidato seria o Santos. Mas o fato do Muricy Ramalho estar lá e do Santos ter sido vitima do proprio Pep, o Santos foi descartado antes mesmo desse pensamento atravesar a mente do tecnico.

Fernando Carvalho que aparentemente andava meio desaparecido na verdade foi a Espanha no inicio de Abril para um encontro secreto com Guardiola. Eles já se conheciam de um evento FIFA e novamente se encontraram na Copa Audi. Dessa vez o encontro foi sobre sua vinda ao Inter.

Guardiola falou que quer passar no minimo 1 ano treinando um clube Brasileiro. De preferência 2. Ele acredita que pode aprender muito no Brasil assim como o Brasil pode aprender com ele. O preço não seria pouco mas seria bem reduzido ao quanto ele ganha no Barcelona. A diferença viria de patrocínios. Guardiola falou para Fernando Carvalho "Dinheiro não é o problema, o mais importante é o sonho dele e de seu Pai". E tambem o sonho do Guardiola de treinar a Seleção Brasileira. Esse na verdade seria o objetivo maximo do Guardiola. Conquistar titulos no nivel clubistico no Brasil e entrar no lugar do Mano Menezes na Seleção antes da Copa de Confederações 2013 ou especialmente depois da Copinha se o Brasil perdesse ela já que a saída do Mano seria certa.

Estava tudo acertado entre Inter e Guardiola. O Anuncio de sua vinda seria na Segunda Feira apos o GreNal. Seria o grande Coup d'etat de Marketing do Inter. O mundo todo estaria de olho no Inter no próximo ano e em especial nessa Brasileirão.

Mas o inesperado ocorreu. O acordo com o Inter tinha uma clausula. Se o Barcelona perdesse a Champions League, Guardiola não saíria do Barcelona. Ele não queria sair por baixo. Sair do Barça derrotado e ir para o Brasil poderia parecer que ele tava se escondendo. Ele não queria isso.

Mas com a bola que o Barça vinha jogando ninguem no Inter ou no mundo esperava que o Chelsea passaria por eles. O inesperado aconteceu.

Minutos depois da coletiva, Guardiola ligou para o Fernando Carvalho e confirmou que não poderia sair. Fernando Carvalho ficou devastado. Alem do Mundial e Libertadores isso teria sido seu proprio Triplice Coroa: Libertadores, Mundial, Guardiola. Ele teria recuperado sua imagem tão desgastada nos ultimos anos com torcedores do Inter. Mas agora o sonho acabou. Amanhã Guardiola anuncia que ficará no Barcelona.

Postscript: Há indicios que Fernando Carvalho está fazendo uma força para que Guardiola mude de ideia e saia do Barcelona.




E AGORA DORIVAL?


A Torcida cumpriu seu papel, encheu o estádio (não lotou) apoiou o tempo todo e jogou junto com o time, não aplaudiu adversários. O time por sua vez lutou em campo, não se pode dizer que faltou esforço. Dorival  colocou o que tinha de melhor em campo, fez substituições corretas, ou seja tudo na média.

O Resultado não foi ruim, um empate com gols ou vitória nos classificam na partida de volta, e esse flu, como ja dito pelo Louis, não marca muitos gol, ou seja, da para vencer. Basta ser mais eficiente que fomos ontem.

Com tudo isso eu estou satisfeito?? Não, certamente estou muito chateado com o que vi ontem, tive dificuldade para dormir pensando na partida, no penalti perdido e na falta de objetividade de nosso time, em campo o INTER não consegue empolgar seu torcedor. 

Já faz quase um ano que o Dorival é nosso treinador e até hoje (com exceção dos escanteios ensaiados com os gandulas) não temos jogadas ensaiadas, ainda cobramos escanteios curtos ou baixo no primeiro pau, não temos jogadas de contra-ataque em velocidade, ou seja, o time "não tem o dedo do treinador". Penso que para ser treinador do COLORADO é preciso ir além do óbvio, de fazer o possível.

Se é para contratar um técnico que faz o óbvio e o que é possível não precisamos esperar 40 dias para ele ser demitido do galo, nem pagar algo como 400 mil mensais. Treinador tem que treinar e arrumar o time, tem que aproveitar ao máximo seus recursos, tem que dar uma forma de jogar ao time, mas o que temos visto é um amontoado de bons jogadores, que ontem tiveram vontade, mas falta mecânica, falta o que os gringos chamam de enganche.

Pênalti

O episódio do pênalti ontem certamente foi o mais comentado após a partida. Não sei se o Nei faria o gol, lembro que ele já havia deixado de bater uma falta e deixado para o Jajá dar um chute baixo e torto, talvez tivesse sem confiança mesmo.

Mas algumas considerações precisam ser feitas, o Dátolo já havia errado contra o São Luiz, o pênalti era muito decisivo, nos deixaria com enorme vantagem sobre o flu, e o cobrador escalado pelo treinador era o Nei. Vi quando o Dorival chamou o Muriel e pediu que ele fosse até o meio campo avisar sua determinação de que o cobrador deveria ser o Nei bateu Dátolo e escancarou a falta ade comando do treinador.

Lesões

Desde que houve mudanças na coordenação da preparação física do INTER, nosso grupo tem sido acometido de muitas e muitas lesões musculares, o que é preocupante, pois além do grupo ter poucas peças de reposição de qualidade há a questão de não haverem reservas da função em algumas posições como lateral direito e segundo atacante.

greNAL

Domingo tem greNAL em casa,  e espero que com casa cheia, em seu território o INTER tem que vencer, mais do que isso tem que convencer, pois uma vitória domingo pode embalar a equipe. Um clássico pode arrumar a casa, trazer a confiança e motivação aos atletas, e nosso grupo esta precisando disso.

É hora de explorar as fragilidades do adversário, ir para cima deles, mostrar que no Beira-Rio quem manda é o COLORADO, que nosso time vai jogar junto com a torcida, com a pegada que a torcida deseja. Se jogar com a determinação que jogou ontem ganhamos fácil, até porque o time da azenha é muito mais fraco que o time das laranjeiras.




Empate Gordo


Apesar de não acreditar no trabalho do Dorival.
Apesar de achar que temos varios furos no elenco.
Apesar de não contar com Dale e Oscar.
Apesar de ter que jogar no Rio e não poder perder.

Apesar de tudo isso eu acho que dá pra passar pelo Fluminense. Lembrando que no Rio o Fluminense em 3 jogos fez 2 gols e inclusive tomou de 2 do Boca. Agora em 7 partidas na Libertadores o Fluminense fez só 7 gols.

Sim o Inter não foi perfeito ontem, especialmente no 1 tempo, mas o time mostrou raça e força no segundo tempo. Só faltou a bola entrar.

Deixo a pergunta pra vocês: Como Dorival deve armar o time para o segundo jogo, sabendo que qualquer empate serve, especialmente com gols?

Como dizem aqui nos States: It ain't over till the Fat Lady sings. Ou como se diria ai no RS, Não tá morto quem peleia!







quarta-feira, abril 25, 2012

INTER x Fluminense

Pos Jogo 

Nossa esse 2 tempo foi um segundo tempo estilo Roberto "Fortes Emoções eu senti" Carlos. Essa do Jô no poste foi de matar. Tava sentindo que ia ser um 0 a 0. Segundo tempo muito melhor...mas muito melhor que o primeiro. Pena o Datolo perder o penalti (temos que treinar penaltis!)...mas vou ser bem sincero...se Datolo faz o penalti o Inter recua e leva pressão o jogo acaba em 1 a 1. 0 a 0 é melhor que 1 a 1.

Gostei do Sandro Silva..e do Jája tambem. Jája mudou o jogo no 2 tempo. Um pouco decepcionado com Dagoberto. Muriel vem se firmando bem. Fabricio muito melhor que Kleber!

O estranho é a diferença entre o primeiro e segundo tempo. Como um time consgue jogar tão mal no primeiro e depois completamente o oposto no segundo tempo? Foi uma estrategia ao contraio do jogo do Santos no Beira Rio?

Estamos por incrivel que pareça...vivos. E até em boa situação. Gol no Rio vale ouro!


Intervalo

Simplesmente patético. E não sei se Dale estivesse em campo seria muito melhor porque essa atuação é a cara do Dorival Junior. Time perdedor, sem animo, sem ideia do que fazer. Esse é nosso time, porque esse é nosso tecnico. Poderiamos estar facilmente perdendo esse jogo.

Pre-Jogo

O que mais preciso dizer aqui que já não foi dito nos ultimos dias? Nada. Mas vou repetir mais uma vez. Precisamos ir pra cima do Fluminense e não parar por 90 minutos. Não quero ver o Inter fazer um gol e aí recuar e tomar sufoco. Meu maior medo é o Dorival e suas tendências defensivas demais.

Alem disso a torcida tem que apoiar bastante hoje já que o estádio tá reduzido. E por favor nem deveríamos estar debatendo esse papo de Sobis, Abel e Edinho ganhar ou não aplausos. Esse pensamento nem deveria passar por a cabeça de Colorados. Nem precisa vaiar, mas ficar aplaudindo é demais. Se quizer fazer tietagem a eles, vai lá no Hotel esperar por eles. Adversário do Inter é adversário, não me interessa que história eles tenham com o clube. Tem que tratar como qualquer outro adversário.E isso serve SEMPRE pra diretoria tambem, que na ultima vez que Abel veio a POA eles fizeram churrasquinho. Deixa isso pra quando Abel vem jogar contra o Grêmio.

PS: Justiça quer punir Luiggi e Inter por Oscar não se apresentar no São Paulo. QUE PIADA RIDICULA ESSA JUSTIÇA BRASILEIRA!

Sugestão: Tirem Foto do Oscar com a Capa da ZH para provar que ele tá vivo! #JustiçaAchaQueInterSequestrouOscar




Beira Hell 2006

Voltem um pouco no tempo e vê como eram as coisas em 2006 no Beira Rio. Esses videos eu captei na TV aqui nos EUA atraves da Fox Espanhol em 2006 e colocava aqui no Blog apos os jogos. Como só eu conseguia na epoca essas narrações em espanhol, o Blog Vermelho começou a ser frequentado por Colorados. Só to colocando os jogos em casa. Pra dá sorte. Precisamos dessa torcida e dessa garra em campo!

PS:
Coisas que notei assistindo os videos:

- Incrivel a importância de Gabiru e Michel nessa campanha! Aparecem bastante nesses gols.
- Bolivar cabeludo e novinho ainda com impulsão.
- Tinga com 2 quilos a menos de cabelo
- A Torcida eletrizada nos jogos. Tambem né, ainda era novidade.
- Sobis machucado só apareceu mesmo a partir das Quartas de Final.
- Saudades do Saci Renteria. Gostaria de vê ele no grupo.
- Indio em boa partes dos jogos era banco ainda. Iarley tambem.
- Em geral na campanha toda, dá pra vê que todo mundo contribuiu. Mais uma prova de que time nenhum pode depender de só 1 ou 2 jogadores.

Inter 3 x 0 Nacional

Inter 3 x 2 Pumas

Inter 4 x 0 Maracaibo

Inter 2 x 0 LDU - Quartas

Inter 2 x 0 Libertad - Semi Final

Inter 2 x 2 San Pablo


Que Noite feliz! Em pouco tempo teremos pequenos Colorados dizendo "Como eu queria ter vivido aquilo".

PPS: E pra dá mais sorte. O gol do Torres ontem pelo Chelsea me lembrou immediatamente do Gol do Jair na Final de 79 no Beira Rio. Olha aí no minuto 1:25 do video.



terça-feira, abril 24, 2012

Meu nome é Caim

Se tem uma profissão em relação a qual eu acho praticamente impossível estabelecer um rol de características indispensáveis para que se obtenha o sucesso, essa profissão é a de técnico de futebol. Não basta ser um exímio entendedor de sistemas táticos. Não basta ser uma excelente percepção dos melhores jogadores em um grupo. Não basta ser um pai no vestiário ou, simplesmente, um baita motivador. É preciso ter um pouco de cada uma dessas qualidades, alguém dirá. Mas alguns técnicos parecem não ter nada disso e, mesmo assim, estão por aí, ganhando seus milhares nos grandes times do país. E ainda tem gente que os chama de burro! Burros? Eles?

O fato é que naquela onda de eleger o melhor, a gente entra numas de saber, por exemplo, quem foi o maior técnico de futebol do Inter. Os mais experientes oscilarão entre Rubens Minelli e Ênio Andrade. Os mais novos talvez fiquem com o Abel. Eu, talvez por uma escolha subconsciente de querer me manter no time dos mais novos, fico com o Abel.

Não é só pela Libertadores, nem exclusivamente por ter vencido o Barcelona. É mais! Abel tem uma malandragem, uma pseudo irresponsabilidade (talvez nem tão pseudo, assim), que eu simplesmente idolatro. Abel tem aquela cara de quem dormiu pouco porque ficou até às cinco da manhã trovando fiado com os amigos, bebericando seu whisky, ou dedilhando um piano enquanto dedica-se à nobre arte da conquista. É, além de tudo, uma figura folclórica! Alguém dirá que é um absurdo exaltar tais vícios como se virtudes fossem. Alguém dirá que Abel não é um bom líder, pois não passa um exemplo de seriedade com sua postura, digamos, descontraída. Mas Abel é mestre na arte de se relacionar com seus subordinados. Valendo-me de uma máxima mais que simplista do futebol, Abel fala a língua dos boleiros como ninguém. Aliás, não só fala, como ainda tem aquele inconfundível sotaque da Guanabara (créditos a Emanuel Neves).

Pois Abel viveu no Inter as maiores emoções de sua vida de treinador. Viveu o céu e o inferno por mais de uma vez. O homem ganhou o grenal do século! Naquela época, valia vaga pra Libertadores. Não como o da última rodada do Brasileirão do ano passado, em que só nós tínhamos chances de ir para a pré. Eram só duas vagas por país naquela época e uma iria ou pra Inter ou pro rival. Derrota em casa por 1 x 0 e um jogador a menos no intervalo. E Abel virou! O céu! Para depois perder para o Bahia na final do Brasileirão e para o Olímpia, em casa, na semi da Libertadores! O inferno! A história de 2006 é tão recente que nem cabe relembrar, muito menos o inferno do início de 2007, a ressaca!

Ocorre que já é 2012 e esse malandro carioca já começou a destilar sua maestria. Assim como no ano passado, já empeçou a rasgar elogios ao maior e mais apaixonante clube de futebol do planeta: o Internacional! E o pior de tudo é que o que ele sente pelo Inter é verdade! Mas é uma verdade que ele fala só por malandragem! O Abel, Campeão do Mundo pelo Inter, era pra mim tão querido como um ente de família! Era um irmão, com quem eu gostaria de passar a noite bebendo e relembrando nossos momentos de glória! Mas agora ele não é mais, agora ele é tricolor, e tricolor eu não aturo!

Vestindo a camisa do adversário, não tenho irmãos! Meus ídolos eu só reconheço quando vestem a camisa do Inter! Por isso, amanhã à noite, quero ver o Beira-Rio mostrar pro Abel, pro Sóbis, pro Edinho, pra todo Fluminense, uma vaia ensurdecedora, tal qual aquela que atordoou o Fernandão quando veio jogar pelo Goiás (créditos ao Felipe Avelino). Quero que eles saiam do Beira-Rio cabisbaixos, derrotados, desolados, com a certeza inequívoca de que estão do lado errado!

Se o Abel tá do outro lado e vem pra me matar, meu nome é Caim!



FLU É BEM BATÍVEL

Vamos dar uma olhada na campanha do Fluminense na Libertadores.

6 Jogos. 7 gols. Só isso.

Incrível. O Fluminense conseguiu ser o melhor time da primeira fase da Libertadores fazendo APENAS 7 Gols em 6 Partidas (O Inter fez 10 e tomou 6). O Máximo que o Fluminense fez foi 2 em duas partidas. Nessas 6 partidas o Fluminense tomou 5 gols. Em três partidas em casa o Fluminense fez só 2 gols.

Ou seja. Um time com saldo de 2, conseguiu ser o melhor da primeira fase.

Não me parece uma Maquina esse Fluminense.

- Fluminense 1 x 0 Arsenal: Sua primeira partida em casa. Resultado apertado. Nada demais.
- Boca 1 x 2 Fluminense: A grande conquista do Flu foi fora de casa. Ganhando do Boca lá.
- Fluminense 1 x 0 Zamora: Nem sei de onde vem esse Zamora. Mais uma vitória apertada em casa contra um Zé ninguem.
- Zamora 0 x 1 Fluminense: Mais uma vitória de 1 gol contra o Zamora de alguma parte do Continente Sul Americano.
- Fluminense 0 x 2 Boca: Elas por elas.
- Arsenal 1 x 2 Fluminense: A terceira vitória fora de casa.

A grande conquista do Flu foi ganhar 3 fora de casa. Mas Zamora e Arsenal não são lá essas coisas. Sinceramente dá pra castigar esse time no Beira Rio. É um time econômico nos gols. O grande resultado do Flu foi a zebrinha na bombonera e a regularidade contra os pequenos. Mas esses numeros aí não impresionam muito não.

O Inter tem que atacar esse time e fazer gols. Ser agressivo. Tirar uma boa vantagem no Beira Rio e aí apostar em fazer 1 ou 2 no Rio. Foi assim que conquistamos a libertadores em 2010. No Beira Rio o Inter não pode dar sossego ao Fluminense. Eles não podem fazer gol. Mais especificamente eles não podem fazer 2 de maineira alguma.  E já que não são de fazer muitos gols essa tarefa não é impossível. Acho que um 2 a 0 quase garante nossa ida a proxima fase. Até um 1 a 0 encaminha o negócio.

Não tô vendo bicho papão no Fluminense. Mas é bom que eles vem de saltinho. Deixa eles e a imprensa pensar assim. "São favoritos sim!!!" Favoritíssimos! Mas o Inter tem que se dar conta que o "certinho" Fluminense pode ser atropelado com um pouca de força. Boca fez isso no Rio depois da mancada em casa. Garanto até que o Boca prefere pegar o Fluminense na proxima fase do que o Inter.

Acho que uma surpresa aguarda a imprensa e muitos secadores nessa Quarta-Feira. Mas não conta pra ninguem. Que seja nosso segredinho!





segunda-feira, abril 23, 2012

GIGANTE – PARTE III


Superadas as fases de introdução e estruturação, era “só” negociar um contrato de vinte anos. Duas premissas foram básicas: o modelo proposto e os potenciais de exploração por parte do Inter. A Andrade Gutierrez propunha um retorno de investimento nas áreas destinadas às suas atividades e por isso haveria de receber da nossa parte as devidas limitações. Já os potencias de exploração do clube haveriam de ser garantidos, negociando pontos de conflito e criando cláusulas de maior abrangência possível - comercial principalmente.

O contrato versou praticamente sobre a introdução acima, por meio de cláusulas que garantissem ou tratassem das conseqüências destas premissas. Foi relevante para o Clube fornecer o Projeto Básico e Memorial Descritivo da reforma, respaldando o escopo negociado. Outro ponto que considero importante foram as assessorias contratadas, especialmente a jurídica, de fundamental participação na montagem e negociações do contrato.

Os termos da minuta não foram os grandes responsáveis pelo período de quase um ano desde o aceite da proposta até a assinatura. Certamente ocuparam boa parte das atenções do grupo de trabalho, no entanto a insegurança quanto ao negócio veio do mercado, fomentada pela intensa especulação da mídia em torno do tema.

Os demais negócios envolvendo estádios no Brasil foram fechados ou em composição com o poder público, ou focados em grandes empreendimentos imobiliários – sendo o estádio um setor menor. O Beira Rio tem modelo exclusivo, onde o clube não assume variações de orçamento da obra, não compartilha riscos do negócio no pós-reforma e cede espaços e receitas que, em grande parte, hoje não existem. Os potenciais de exploração imobiliária do entorno não estão contemplados no contrato, apenas a preferência na apresentação de proposta para o Ginásio Gigantinho, concedido pelo Inter à SPE. Não significa cessão ou aceite, trata-se de preferência.

Os últimos dias envolvendo a negociação deste contrato demonstraram a fragilidade que fomos adquirindo no decorrer do processo por conta de interferências diversas, motivadas por questões políticas e disputas institucionais. Contudo, não podemos deixar de fazer nossa autocrítica. Somamos equívocos no planejamento e condução. Negligenciamos os momentos adequados para tomar medidas cabíveis, tais como o envolvimento do Conselho Deliberativo (lá atrás) na definição dos objetivos do Projeto Gigante Para Sempre. E acabamos movendo ações corretas, em situação controversa. Os debates na plenária foram tardios e por conseqüência polarizaram as decisões.

Estes e outros pontos formam um conjunto de reflexões importantes. Demos fim à primeira etapa. Estamos iniciando a segunda e bastante delicada fase: obra. É necessário que o clube entenda a dimensão da intervenção, com o estádio em funcionamento. Além disso, é de suma importância que ao final desta etapa estejamos devidamente preparados para a terceira e mais longa fase, os vinte anos. A operação do estádio deve ser compartilhada na essência, aprimorada na logística e inovada em estratégia. Temos muito que aprender até lá.




Hora da Verdade

Libertadores em sua fase de mata-mata, contra um adversário fortíssimo (mas não imbatível, longe disso). Intercalada à competição continental, duas (possíveis) decisões no Bovinão (passando pelo coirmão, confronto com o Caxias em dois jogos).

Pois bem. Chegou a hora da verdade. A hora do erro zero. De aproveitar cada lance de gol, do fim dos gols sofridos em desatenção da defesa, do regulamento debaixo do braço.

Não importa se o jogo é na altitude, latitude ou ao nível do mar… Muito menos se é em gramado sintético, mata-atlântica ou cimento duro de quadra de escola; e menos ainda importa o fato de enfrentar Neymar, Messi, Zé das Couves ou Pele renascido/reencarnado/rejuvenescido (whatever…)

Chegou a hora de acabar as desculpas. A mentalidade tacanha de sempre preparar uma pré-justificativa para uma eventual derrota tem que sofrer um basta. Respeito sim, derrotismo jamais. Foco e autoconfiança.

Certo mesmo é que o próprio time se encarregou (com deleite, me parece) de anuviar qualquer nuvem passageira de bom futebol, e consequentemente de otimismo e empolgação da torcida.

O desempenho (e o futebol) vem sendo sôfrego, a regularidade é algo impensável no momento e nosso destreinador parece mágico de um truque só – “Oscar, que falta fazes” – Jr. Dorival.

Enfim, toda a beleza do futebol é que toda história se reescreve em 90 (180) minutos. É com esse ceticismo que eu, e talvez uma boa parte dos colorados começa esse período de decisões.

Desconfiado com o time, com o treinador, com a direção; esperando (e se apegando aos mais injustificáveis ritos e presságios) um possível foco de inconformismo e de bom futebol que nos permita voltar a sonhar.

Os jogadores têm em sua mão a oportunidade de virar essa maré, dar a volta por cima e resgatar novamente a confiança da torcida. Digo a confiança, porque a torcida jamais abandona o time.

Independente do merecimento (abraço Pastor Tite!) quarta-feira dezenas de milhares de colorados estarão cantando em uníssono, empurrando um time que não empolga, não entusiasma e não é recíproco nos afagos. 

Se há esperança, há luta e time que já vergou o Barcelona não pode se esquecer de sua grandeza. A torcida jamais esquece, e por isso tanto cobra.

Tudo pode mudar no pequeno intervalo de tempo de 90 minutos. Joguem por nós, que cantaremos por vocês. Apoio não faltará. Nunca falta.

É chegada a hora da verdade.




domingo, abril 22, 2012

ÚLTIMA FINAL DO CHIQUEIRO



O COLORADO jogou a classificação contra o Veranópolis esta tarde e sem maiores dificuldades bateu o adversário. Os times do interior são muito fracos e a medida que o time pega ritmo de competição chega a ser piada a diferença de grupo e imposição que a dupla tem com os times do interior.

Mas a vitória de hoje a tarde garantiu que o clássico do próximo domingo será no Beira-Rio, o que é bom pela questão do fator local (embora o INTER não venha aproveitando isso). Mas o que realmente gostei do clássico ser em casa é que a final do Gauchão2011 será para sempre o ultimo greNAL valendo taça da história do olímpico.

A Final de 2011 foi um jogo épico, muito marcante mesmo, cheio de alternância, com o duelo FALCÃO x portaluvas, com uma vitória do nosso ídolo. Foi demais mesmo, e por essa razão resolvi ao invés de colocar o vídeo que fiz no Beira-Rio hoje, editar um vídeo com as imagens que fiz ( e mais algumas) desta final do ano passado.

Nada melhor que começar uma semana decisiva, com dois tricolores pela frente, lembrando essa vitória na casa do inimigo em que humilhamos o ídolo dos adversários, espero que gostem.


André Flores
@ojogodointer





INTER x Veranópolis

Pos-Jogo

Bom jogo. Datolo titular absoluto. Dale virando misterio com essa lesão. Otimo o Damião ter feito o dele. Ele precisa da confiança contra o Flu. Muito importante esse gol do Damião. Agora é botar pressão no Dorival pra que ele não se cage contra o Fluminense e decida entupir o time com volantes. Time cagado é meio caminha pra derrota. O Inter tem que atacar o Fluminense e se fizer gol como fizemos contra o Santos não podemos nos encolher. Já tentamos demais as retrancas e elas custumam não dá certo. Que tal tentarmos um Inter Ofensivo, agressivo sem medo contra o Fluminense?

Inter 4 x 0 Veranópolis
Datolo (Dagoberto): Datolo passa Oscar e é o segundo mais produtivo com 18.
Datolo (Dagoberto): Dagoberto agora tem mais assistências (5) que gols (4).
Damião (Jája): Damião segue lider com 34 pontos. Jaja sobe pra 9 e passa Jô.
Indio (Damião): Indio marca seus primeiros pontos no ano.

 Pre-Jogo

Passados alguns dias da Classi-des-ficação da Libertadores a frustração continua pelo erros cometidos há 2 anos. Mas como Colorado, chega a hora de torcer para que o melhor aconteça Quarta. A esperança será a de sempre. A mesma que tive em 1979 contra o Figuerense no Brasileirão quando assisti meu primeiro jogo no Beira Rio e a mesma que tive na Libertadores de 2006 ou 2007 ou qualquer outro jogo. A esperança de que o Inter vença.

Os problemas são óbvios e descritos no Post prévio a esse, mas 'On any given day' tudo pode acontecer. Em 90 minutos no Beira Rio dá pra ganhar do Fluminense. Dá até pra ganhar bem. Um 2 a 0 estaria de bom tamanho. Continuo achando um erro continuar com Dorival mas a essa altura o que possamos fazer alem de ter esperança? A torcida tem que se empolgar para Quarta. O Beira Rio não terá o mesmo barulho de sempre por causa das obras então quem for tem que se esforçar o dobro. Assim como os atletas. O Inter tem que recomeçar a bater os outros grandes em casa, como fazia até pouco tempo.

Mas hoje temos um aperitivo. As vezes é dificil ficar animado para Gaúchão mas hoje além de ser semi-final é mais um teste para Dorival e o time. Será que teremos mais uma pedreira onde no papel deveria ser goleada? Se sim, porque um time milionário sofre contra times semi-amadores? Além disso tem que ficar claro que uma eliminação hoje acredito eu seria o fim do Dorival no Inter. Mesmo que a diretoria tenha a audácia de defende-lo na imprensa, a pressão da torcida seria demais. Uma eliminação hoje seria humilhante.

Então está armado um dia interesante pra o Inter. O que vai acontecer?

PS: Só pensando adiante, NO CASO do Inter chegar a final da Libertadores, será que o reduzido Beira Rio terá capacidade para sediar a final ou a Conmebol fará o Inter jogar em outro local como o Olimpico? Lembrando que em 2005 o Atletico não pode jogar a final em Curitiba. Por sinal, se isso acontecer, será que o Grêmio alugaria o estádio sob o risco do Inter conquistar (ou encaminhar) titulo lá dentro ou propositalmente negaria o aluguel para o Inter ter que jogar fora do estado.





sexta-feira, abril 20, 2012

Top 10 Problemas

1- DesTreinador: Quem acompanha o BV sabe que eu tenho paciência com tecnicos (geralmente). Inclusive escrevi "As 5 fases do Tecnico" indicando que antes de serem demitidos eles merecem passar primeiro por essas 5 fases. Mas o Dorival alem de já ter tido amplas chances e já está na Quinta Fase, simplesmente é cagão demais pra ser tecnico do Inter.  Não sei se lembro de ter visto no futebol um tecnico tão medroso. Alem disso custuma elogiar o adversario demais, entregar o jogo e escalação cedo demais e não passa a minima confiança a torcida e duvida que passa algo aos jogadores. Fico imaginando como ele vai se borrar de medo diante do Fluminense. Será que vamos de 3 volantes e Damião solitário? Não duvido com Dorival. O que ele fez contra o Santos lá em São Paulo foi uma desgraça da qual todo mundo aqui sabia que era. Só ele não percebia isso. E pra isso é o vigesimo sexto mais bem pago tecnico no mundo!
Solução:  Demitir Dorival Jr. immediatamente porque com ele não chegaremos a final da Libertadores e provavelmente nem passemos pelo Fluminense. Então o negocio é remotivar o grupo com Dunga. Mas como já lembro a MUITO tempo, só trocar o tecnico não basta.

2- Escola Mazembica: Temos que nos livrar de vários do Mazembicos que ainda sugam milhões de Reais por mês dos cofres colorados e comprometem o time no gramado. Entre eles estão Bolivar, Renan, Kleber e até ja tá na hora de Tinga e Indio procurar novos ares. Não dá mais. Por varias razões como Idade, acomodação, qualidade, falta de vontade etc...Naquela noite em Abu Dhabi aquele elenco provou do que é feito. E boa parte daquele elenco continua no Inter.
Solução: Uma limpeza tem que ser feita. Vende, troca, não renova. Seja o que for Escola Mazembica tem que pendurar a chuteiras, ao menos do Beira Rio.

3- Ovelinhas: Veja só, Bolivar foi para a reserva porque tava jogando mal, muito mal. Só foi pra reserva por pressão dá torcida. Mas quando volta ao time por lesão ou cartão de alguem ele volta como Capitão! Isso é sinal claro dessa palhaçada no vestiario do Beira Rio. Tão tratando Bolivar como se fosse um Falcão...opa...nem Falcão é tratado tão bem. Tiram a capitania do Dale pra entregar pro Bolivar pra que? Pra mostrar respeito ao Reizinho Bolivar? Por favor! Para com essa palhaçada! Fico PDC só de pensar que eles perdem 5 segundos pensando nisso antes de um jogo. Bolivar é reserva e quando entra não deve ser capitão. Mais um sinal de porque as coisas não vão bem.
Solução: Parar de idolatrar jogadores ultrapassados só porque foram campeões no passado. Se eu ouvir mais uma vez que Bolivar "Levantou a taça em 2010 e foi Campeão em 2006"eu vou virar serial killer de gremistas!

4- Zaga: Novamente tenho que falar dos Mazembicos. 2 anos depois daquele jogo estamos na Libertadores e temos APENAS 3 Zagueiros no elenco! Bolivar, Indio e Moledo! Quem foi o gênio que permitiu isso? Porque Bolivar continua no Beira Rio? Porque não contrataram ao menos 1 competente zagueiro em 2011 ou 2012? O que estão esperando? Se Moledo sai como todos nos sabiamos que eventualmente ia sair por lesão ou cartão temos uma zaga com media de idade de 35 anos! Se ainda fossem 2 selecionaveis Mauro Galvão's com 38 ainda vai mas eles não são. Enquanto essa zaga continuar no Beira Rio não adianta trazer o melhor tecnico do Mundo. A quantos anos ja pedimos uma zaga nova??
Solução: Vaza Bolivar e contrata novos competentes zagueiros immediatamente!

5- Negociações Nebulosas: Como a contratação do Jô e do Marco Aurélio (sem falar no Extraordinario Wilson Mathias que se não me engano continua recebendo do Inter). Se meter com Kia Korabichalgumacoisa não é um bom sinal. E o Inter atraves de Fernando Carvalho sentou-se numa mesa e fez negocios com Kia (aquele que nos roubou o Brasileirão de 2005) e pro Beira Rio veio Jô. Jô abandonou o Inter durante a Libertadores mas continua prestigiado inclusive jogando ontem.
Solução: Transparência em todos os negocios do Clube. 

6- Oscar: O caso Oscar é um problema, mas não vamos nos enganar e achar que estamos mal porque ele não está em campo. Tenho plena certeza que se Oscar tivesse em campo ontem o resultado teria sido o mesmo. Com Oscar a coisa melhoraria mas seria pouco porque os outros problemas são graves demais.
Solução: Ganhar isso logo na Justiça pois acredito que estamos no lado certo da justiça nesse caso.

7- Huevos: Faltam Huevos nesse grupo. Lembram o time de 2006? Michel, Gabiru, Edinho, Ceará, Clemer, Iarley, Fernandão, Renteria etc... era um time sem medo. Sem estrelas como hoje temos varios, mas era um time corajoso. Liderado por um tecnico corajoso (por sinal nosso adversario agora). Entrava em campo e encarava o adversário sem se borrar. O Inter desde meados de 2010, Bi Campeão da America perdeu a coragem. O desejo. A vontade. Pior ainda é quando tu tem um tecnico cagão. Isso não ajuda em nada.
Solução: Demitir o tecnico e se livrar dos jogadores que passam essa DesVontade de jogar.

8- Beira Rio Campo Neutro: O Beira Rio que era templo de vitórias deixou de ser um importante fator nos ultimos anos. Regularmente outros times vem ao Beira Rio e dificultam nossas vidas, muitas vezes ganhando. O Penharol nos eliminou da Libertadores no Beira Rio. O Grêmio quase fo campeão Gaucho no Beira Rio em 2011. O Cornthians ganhou a Copa do Brasil em pleno Beira Rio em 2009. E foi mais ou menos nessa epoca que esse sindrome começou. Em 2011 perdemos varias chances de subir na tabela do Brasileirão perdendo ou empatando jogos em casa.
Solução: Arrumar os itens acima. A nossa fraqueza no Bera Rio é apenas consequência das deficiêncas acima.

9- Vontade: Repito aqui sempre. Vontade é 50% do futebol...ou mais. Dá pra ver que falta vontade no Inter porque de vez em quando assstimos o Inter COM vontade como no 1 tempo contra o Santos no Beira Rio. É daquele jeito que um time de futebol tem que jogar! Com pegada. Fome. Vontade! Mas quase sempre o Inter entra em ritimo de treino, achando que a camisa vai resolver. Não ganhamos Brasileirão pela mesma razão. Acham que dá pra recuperar os pontos depois...e assim vai indo. É uma vergonha que pessoas ganhando 100, 200, 300 mil POR MÊS não trabalham com mais vontade.
Solução: Jogar sempre como se jogou no 1 Tempo contra o Santos. Montar um plantel com jogadores bons mas que tem personalidade de sempre querer vencer. Em 2006 tnhamos jogadores medianos mas com fome.

10- Contaminados: É simples. Parte do grupo do Inter contamina o resto. Acredito que temos bastante potencial em 70% do elenco, mas os 30% de acomodados prejudicam o resto. Vejo jogadores como Damião, Datolo, Dagoberto e varios outros prontos pra partir pra cima. Mas ao seu redor há outros que só fazem o minimo necessario pra dizer que tão jogando ou se esforçando. Não é bom sinal de vestiaro quando um tem a coragem de ficar de fora de uma viagem pra fazer festa na sua casa!
Solução: Temos que limpar o Beira Rio dos acomodados. Que vivem do passado e já pensam em aposentadoria.

Resumo: Com tecnico cagão e parte do plantel acomodado e sem muita vontade vai ser dificl chegar em algum lugar. Temos que immedatamente demitir o Dorival Junior e escalar só jogadores que vão dar 110% em campo. O resto está envenenando o time. E não adianta arrumar o tecnico novo e deixar o elenco assim, nem vice versa. Os dois são problemas que precisam ser tratados immediatamente. E precisamos em cima disso transparência porque sem ela estamos ai 2 anos depois do Mazembe e a metedologia e elenco continuam o mesmo.



Férias e a "praia feia"

Sol, praia, água de côco, mar. Uma semana em Fortaleza, pra descansar a mente. Nada de trabalho, nada de internet. Só banho de mar, caminhada e corrida na areia, comer, beber, e dormir. Ah, sim, e algumas leituras há muito desejadas. De "rabo de olho", pelo jornal na TV, fico sabendo da vitória no gauchão e na minha volta à ativa, me deparo com aquilo que o Inter fez no Peru, decerto que não era futebol, não sei bem definir. Aí, quando penso que eu estava voltando de férias, fico confuso. Era eu ou o time do Inter? Ah, Inter. Ah, Dorival. Ah, Fortaleza, por que eu te abandonei?


Eu estive hospedado em Icaraí. Para quem não conhece Fortaleza, é uma das praias de lá, saindo da cidade. Por conta do modo como os condomínios, pousadas, bares, etc., foram construídos e por conta do avanço do mar, não é bonita. Na verdade, pode se dizer que é mesmo uma praia feia, embora seja sempre o mar e o mar é sempre lindo. Mas há esgoto indo pro mar, há pedaços de construções que foram engolidas pelo avanço do mar sendo devolvidas para a praia, há muita sujeira (vidros, garrafas plásticas, etc.). Os quiosques que restaram são bem meia-boca também.

Apesar dos defeitos, no entanto, a praia cumpre com sua "obrigação". Ali podemos tomar banho de mar, podemos caminhar ou correr por longos trechos e há, ainda, um braço que sai do mar, para encontrar um rio, em que podemos nadar sem o incômodo das ondas (que são intensas em Fortaleza). Esse detalhe, aliás, faz muita diferença para a praia como um todo. É uma bonita visão, pois em maré cheia forma-se uma lagoa nesse encontro do rio com o mar. Como é raso, as pessoas atravessam e parece que estão andando sobre as águas. Assim, mesmo não sendo uma praia tipo "exportação", como as há (e muitas) no Ceará, a praia de Icaraí permite que tenhamos dias agradáveis e que curtamos o mínimo que se espera de uma praia: sol, caminhadas, banhos de mar, pôr e nascer do sol.

Essa praia me fez pensar no (agora) saudoso Fossati. Seu Inter jogava feio (e muito) seja na vitória, seja na derrota. Mas aquele Inter cumpria sua obrigação. Ele tinha aquela organização mínima que se espera de uma equipe que se diz treinada. Se não encantava, sabia marcar e endurecer muito um jogo, permitindo que o talento individual dos jogadores resolvesse as batalhas daquela LA. Talentos que nós tínhamos e continuamos a ter. O Inter de Tite, na Sulamericana, também teve este mérito e talvez até um pouquinho mais de beleza no jogo.

Existem praias que se tornam inadequadas, em função da sanha humana de construir de qualquer jeito e sem planejamento e nem respeito à natureza. Praias que além de "feias", não são mais "praias", no sentido que dou aqui. Existem equipes que deixam de sê-lo, quando por diversas razões deixam de apresentar o mínimo necessário para serem assim designadas (de "equipes"). Se a equipe não sabe pelo menos marcar bem e explorar o contra-ataque, então ela deixa de ser uma equipe para ser um amontoado. Esse é o futebol do Inter hoje. Não tem nada, nem mesmo um detalhe charmoso para disfarçar.

Eu gostaria de dizer que basta correr com Dorival do Beira-Rio, mas não sei se isso seria suficiente. Dorival é o alter ego de Luigi. O pensamento que subjaz ao futebol apresentado pelo Inter vai desde o campo até o gabinete da presidência do clube. Está entranhado, ao ponto de anular até o cara que foi símbolo de luta e superação, o Fernandão.

Mas, voltando de férias, estou resolvido a não perder meu humor. Vou curtindo outras coisas e aguardando que este inverno chuvoso e frio passe no Beira-Rio. Um dia, ele passa sim.

Ah, sim, e podemos vencer o Fluminense. Afinal, é futebol.

quinta-feira, abril 19, 2012

E O VENTO LEVOU

POS-JOGO: Juan Aurich 1 x 0 Inter

Mais uma performance Classica do elenco Mazembico. Graças a deus o Santos não entregou. Poderia, pois só marcaram contra o Strongest no finzinho.

Mais uma vez vou escrever aqui. Esse Elenco...não todo, mas a espinha dorsal dele, já era. É velho. Acabado. Rico. Despreocupado. Preguiçoso. SEM AMBIÇÃO. Entramos na Segunda fase pela porta dos fundos. Vergonhosamente.

Desde Abu Dhabi já tivemos varios momentos Mazembicos. Hoje foi mais um. Onde se viu, 1 ano e 5 meses depois daquele fiasco a gente começar um jogo da Libertadores com a linha de 4 exatamente igual aquela contra o Mazembe? Pior. 1 ano mais velho e alguns milhões mais ricos.

O Inter mal chutou a gol. O Unico lance de real perigo veio no fim, com...ugh....Jô. Fiasco. Fiasco.

Vi as manchetes pos Ceramica no Domingo. "Dale entra e salva"..."Craque" etc.... É uma vergonha alguem ter que salvar contra um time de operarios como o Ceramica. Isso mostra o que é o Inter de hoje.

Em Dezembro tem que limpar a casa começando com a diretoria. ACABOU. Precisamos pessoas que vão limpar a casa de Bolivar, Jô, Renan, Kleber, Tinga...e me desculpa, até o Indio. Não dá mais. Falcão e nós estavamos certos. Esse elenco não dá.

A dois anos pedimos Zagueiros, Laterais...e nada. Só falta Renan começar hoje pra completar a festa.

Patético. E agora vamos pegar o Fluminense. Pra dizer a verdade, menos mal. Se é pra ser eliminado, melhor contra um grande do que um Lanus ou Libertad da vida.

Mas dá pra ganhar do Fluminense, mesmo com esse elenco. Se ao menos mostrarem vontade e tirarmos alguns desses dinosauros. E claro se o Dorival não se borrar todo. Que tecnico fraco esse. Fraquissimo.

E ainda temos que aturar Bolivar de capitão e dizendo que a culpa foi do Vento. Dá nojo.

PS: O que fazer. Comemorar a classificação? Ou reclamar de mais uma derrota. Me desculpem, mas é difcil comemorar alguma coisa jogando assim.

PRE-JOGO

Hoje tudo se decide.

Talvez pegamos o Velez. Talvez o Libertad. Talvez o Corinthians..Cruz Azul...Fluminense...Santos....União Espanhola....ou talvez hoje é o ultimo dia do Dorival no comando do Inter.

Veremos logo mais.

Quer tiver link do jogo coloca ai. Nos EUA vai passar o Santos na Fox.

PALPITES PARA O JOGO







Esta noite vamos fazer um bolão valendo prêmios, serão 10 Capas para torcedor e 10 Abridores de Garrafa

Para ganhar um deles a das camisas você tem que fazer exatamente o seguinte:

1- Postar aqui nos Comentarios o teu palpite para o placar do jogo de hoje, Inter x Juan Aurich.
2- Incluir para desempates o nome de quem fará gol(s) para o INTER
3- E para mais um criterio desempate o tempo em minutos de jogo do primeiro gol do Inter.
4- Alem de colocar esses 3 items aqui nos comentarios você TEM que mandar um twit para @ojogodointer com os MESMOS palpites (o que tu escrever aqui tem que bater com o que tu mandar pelo twitter).
5- Tudo isso tem que ser feito ANTES do jogo começar.

Quem acertar o placar e autor dos gols e tempo do primeiro gol escolhe o seu prêmio, depois quem acertar apenas o placar e assim sucessivamente até se esgotarem os prêmio.

Lembrando que tem que certar o placar para poder ganhar.

Coluna Semanal

Tem muita gente fazendo projeções sobre os resultados de hoje a noite, quais os adversários possíveis, se o empate classifica e tals. Eu não recrimino, penso que isso tudo é fruto da ansiedade que uma Libertadores gera em todos nós COLORADOS.

Comprei um chaveiro em formato da taça da Libertadores (foto abaixo), que fica no meu trabalho abaixo do meu monitor, por isso toda a vez que olho para a tela eu olho para a taça. Assim como eu tenho certeza que muitos de vocês pensam na taça da Libertadores várias vezes ao dia.

É o objeto de desejo dos COLORADOS.



Quem quer ser campeão da Libertadores tem que jogar de maneira destemida, o que não significa se jogar pro ataque (tipo faceirinho) mas tem que jogar ligado, atento a cada bola, disputar cada lateal, cada bola de meio campo. Assim jogam os campeões de Libertadores, mas infelizmente não é assim que tem jogado o nosso COLORADO.

É comum ouvirmo que o time fez um baita primeiro tempo (ou baita segundo tempo), ora futebol tem dois tempos, temos que fazer um baita jogo, sem vacilos, ligados o jogo todo. Ano passado contra o peñarol jogamos muito bem 75 minutos, mas 15 minutos de bobeira nos tiraram da disputa pelo TRI. 

Ainda há tempo, todo o foco dos jogadores deve estar no jogo a não há outra meta que não ser campeão, a conquista da AMÉRICA TRIVERMELHA é o sonho de todos os COLORADOS.





Brasileiron

Faltam só 4 jogos nessa fase. 1 sem importância alguma (Penharol x Godoy).

Dependendo das combinações e numero de gols podemos pegar:

Velez
Libertad,
Corinthians
Fluminense
Cruz Azul
Univesidad de Chile
Nacional de Medellin
Santos
Ou Ninguem.

Ou seja, tá tudo quase defenido mas nada tá defenido.

A logica é Velez ou Libertad.

Vamos a algumas combinações:

- Vitoria do Santos, Vitoria do UChile (de 2 ou menos) e Inter ganha por 1 gol: Pegamos UChile. Até bem provavel. Mas se UChile ganha de 3 pegamos o Santos....se UChile ganha de 4 é Libertad. Mas se UChile empatar com esses resultados pegamos o Nacional da Colombia. E se o UChile perder pegamos o Libertad.

Notaram? Se o UChile Ganhar de 4 ou mais ou se perder...pegamos o Libertad! 2 resultados completamente opostos com o mesmo resultado pra nós. Já empate dá Nacional! Loucura.

Isso tudo se o Inter ganhar só de 1. Se o Inter ganhar de 2 muda tudo. Ai é mais provavel Velez....

Bom como dá pra vê eu posso fazer um post kilometrico de possibilidades. Não vou fazer isso, porque tudo vai se resolver hoje. E vai ser bem interesante. E na verdade não importa quem seja o adversario. Eles com certeza não querem a gente mais ainda. Afinal somo o Internacional , Bi Campeão da America nos ultimos 6 anos.  Já tá mais que provado que performance da 1 fase é insignificante no resto do Campeonato. Quantas vezes o time com melhor classificação já não deu Bye Bye? Inclusive nos ano passado contra o Penharol.

 O que não pode acontecer agora é uma desclassificação (Vitoria do Strongest e empate ou derrota nossa). Continua achando o Santos perigoso pra nós amanhã, acho que existe chances deles estiverem dormindo amanhã. Então temos que ganhar. Não podemos correr esse risco de ficar fora desse possivel "Brasileiron" que tá virando a Libertadores.

PS: Cadê o resto do time do BV? Semana de Libertadores e ninguem aparece? Vou ter que demitir todos!

PPS: Olha o desespero dos Gremistas nesse topico no Bigsoccer sobre estadios da copa. Eles participando no topico postando fotos da arena como se fosse estadio de copa kkkkk

PPPS: Ali diz que em 2007 gastaram 700 milhoes pra reformar o Maracana pro Pan....e agora mais 1 Bilhao.  Essa sim é a maior vergonha da Copa. Reformaram o Maracana em 2007 pra destruirem ele por completo e refazer em 2010. Isso é um absurdo do tamanho do Brasil. Quanta gente não tá ficando MAIS rico com isso tudo. Uma vergonha permitirem essas DUAS reformas milhonarias no espaço de 3 ou 4 anos. 

quarta-feira, abril 18, 2012

Libertad, Velez...

PICK YOUR POISON

Com os resultados de Terça Feira a segunda fase tá ficando mais clara para o Inter...isso é claro supondo que estaremos lá.

Tudo indica que nosso adversário será Libertad ou Velez. Isso se nessas ultimas partidas der a logica. Tipo Boca ganhar em Casa...O Inter ganhar etc...

Libertad ou Velez será decidido na partida Univesidad do Chile contra Nacional de Medellin. Se a Uni ganhar pegaremos Libertad e se der empate ou vitoria do Nacional pegaremos o Velez. Mas se o Inter ganhar do Juan Aurich por 4 ou mais gols (mais os resultados logicos) pegaremos o Velez independentemente desse jogo da Uni x Nacional.

MAS ainda podemos pegar o Corinthians se a gente empatar no Peru e o Fluminense se a gente perder e o flu ganhar. Se a gente perder e o Flu não ganhar provavelmente pegariamos o Corinthians. E pra complicar mais ainda, existe a chance de pegar o Santos se nos empatarmos e o Fluminense perder (alem dos outros resultados logicos).

Então acredito que está entre Libertad, Velez, Corinthians, Flu e Santos nosso proximo adversario. Eu diria que as porcentagens seriam Libertad (40%), Velez (40%), Corinthians (10%), Fluminense (5%) e Santos (5%).

Existem ainda outras remotas possibilidades como pegar o Cruz Azul do Mexico. Teriamos que ganhar de 4 do Juan Aurich e o Corinthians perder em casa para o Tachira...alem do Cruz Azul vencer sua partida.  Remota chance dessa combinação.

Mas vamos voltar pra traz um pouco. Como escrevi semana passada ainda não me sinto confortavel com o resultado de The Strongest x Juan Aurich na semana passada. Continuo achando que o Santos já classificado pode ser um problema. Talvez eles entrem sem vontade...ou de salto alto...e o Strongest com tudo. E vai que que da Zembra em Santos e o Strongest ganha. Aí empate já não serve pro Inter. Teriamos que ganhar ou ser eliminado. Esse é meu medo, que o Santos vai entrar em piloto automatico e o Inter ter dificuldades no Peru. Seria um desastre.

A unica solução pro Inter é nem pensar no Santos e Strongest e entrar com tudo e destruir o timeco do Juan Aurich. Já ganhamos Libertadores em gramado artificial então isso não pode ser desculpa.

É realmente uma partida pra vê de que é feito esse time e tecnico. Na verdade já conhecemos bem esse grupo e tecnico. Uma resposta pra essa pergunta já recebemos varias vezes.

segunda-feira, abril 16, 2012

Advogado BV

Eu não sou advogado, mas vou fazer o papel de um nesse post! Sinceramente não entendo porque essa amaração toda no caso do Oscar. No meu ver o caso é simples. Tem-se um contrato. Se o contrato não é cumprido paga-se a multa e fim de papo. Qual o valor da Multa? Isso deveria estar no contrato não é? Me parece que isso seria a logica. O Contrato deve conter o valor de tal multa. Outro detalhe...já que o contrato com o San Pablo daquela epoca tá valendo as figuras tem que ser daquela epoca tambem. Não o que o Oscar vale hoje depois de 2 anos no Inter. Porque se injustiça foi feita ao Clube Paulista em 2009, injustiça seria feita com o Inter hoje se o San Pablo ganhasse 10 ou 20 milhões a mais do que ganharia em 2009, graças aos 2 anos de desenvolvimento do Oscar NO INTER.

Essas são as duas opções. Cumpre um contrato na integra...e se não paga a multa. Isso acredito vale pra qualquer profissão onde existe um contrato entre duas partes. Forçar a trabalhar ninguem pode.

Alem disso, quando Oscar saiu de São Paulo ele não simplesmente fez as malas e saiu. Ele fez atraves da justiça. Ora, foi a propria justiça que deu o OK pro Oscar sair!

Quanto ao Choro do San Pablo...é patético. Ficar repetindo que querem ver ele jogar no SP...que vão tratar bem..que não querem dinheiro, querem o Oscar pra ontem...É UM ABSURDO. O Cara já falou 100 vezes que ele não te quer! Ele não quer trabalhar lá. Tu não pode forçar ele a trabalhar lá...nem a justiça pode forçar ele a trabalhar lá!

É um papelão o que o San Pablo tá fazendo. Pra ser sincero nem sei se merecem algum pagamento. Como escrevi antes foi a propria justiça que deu aval na saída do Oscar em 2009. Espero que a decisão atual seja revertida e que o San Pablo acabe ganhando nada no fim.

PS Importante:

Voltando ao assunto JÔ da semana passada. Tive pensando...muita gente aqui e no twitter falaram que não da pra demitir o Jô porque vai virar mais um problema tipo Junior Baiano onde daqui uns anos o Inter vai ter que indenizra o cara.

MAS PERAÍ!!!!

Pensem bem. Toda semana no futebol Brasileiro tem Tecnico demitido por até EMPATAR partidas...ou ate o Dorival no Santos que foi demitido por encrenca com Neymar. Eles recebem a multa e não processam o clube. Então se dá pra demitir tecnico por qualquer bobagem, como não poder demitir um jogador por abandonar o clube antes de uma partida importante? Nos olhos da Justiça não há diferença entre Tecnico e Jogador. Ambos tem contrato com o Clube. Então não me venham com esse papo cliche e cagado de que se demitir um jogador eles vão processar. Se Tecnico não faz isso por muito menos porque jogador faria. Nem todos os casos são iguais ao de Junior Baiano.

E o caso Junior Baiano se não me engano teve outros detalhes que não foram revelados. Pelo que entendi o Junior Baiano processou por discriminação e não apenas porque foi demitido. Aí é outros 500.

domingo, abril 15, 2012

Video - INTER x ceramica






Este é o vídeo que fiz no jogo deste domingo, nas partida das oitavas de final do turno.

Com pouco público em um dia chuvoso o COLORADO recebeu o ceramica. A torcida não se empolgou muito com a partida, tivemos um público pequeno.

Depois de um fraco primeiro tempo o técnico COLOCOU D´Alessandro e ele fez a diferença, não por acaso todos os gols foram na etapa complementar. Paralelo a tudo isso muitos foram os assuntos comentados na arquibancada, como a nova novel interminável do INTER, o "Caso Oscar", a polêmica da família sortuda (que venceu 14 vezes os sorteios para sócios) e ainda o falecimento do mestre Cláudio Cabral.

Espero que curtam o vídeo


André Flores
@ojogodointer


sábado, abril 14, 2012

Inter x ceramica

Inter 3 x 0 Ceramica

Gilberto (Damião)
Damião (Jajá)
D'Alessandro (Penalti)

Produção Ofensiva 2012

Damião 14 - 3 - 31
Oscar 4 - 8 - 16
Datolo 6 - 3 - 15
Dagoberto 4 - 3 - 11
João Paulo 1 - 9 - 11
Gilberto 4 - 1 - 9
Jô 4 - 0 - 8
Jajá - 2 - 4 - 8
D'Alessandro 2 - 2 - 6
Elton 2 - 2 - 6
Fabricio 2 - 1 - 5
Marco Aurelio 1 - 2 - 4
Nei 1 - 2 - 4
Tinga 1 - 1 - 3
Moledo 1 - 0 - 2
Bolivar 1 - 0 - 2
Lima 1 - 0 - 2
Kleber 0 - 1 - 1
Fred 0 - 1 - 1
Gandula 0 - 1 - 1

sexta-feira, abril 13, 2012

Estranho Prazer


Assisti um otimo filme hoje a noite "Midnight in Paris" do Woody Allen e depois já gravado e sem saber os resultados assisti o jogo do Flamengo. Meio que fiquei pulando minutos no jogo até chegar perto do final.

Parecia que tava tudo resolvido. Flamengo ganhando e o Olimpia com uma vitoria de 1 a 0 no intervalo. Mas não é que o Emelec inventa de empatar 1 a 1. A Torcida do Flamengo festeja. E começo a ficar nervoso, será que o Flamengo vai se classificar...e os minutos passando.  Mas aos 42 do segundo tempo o Emelec vira o jogo. Flamengo fora! Decepção no Rio.

Mas os Deuses queriam brincar um pouco mais com os Flamenguistas e o Olimpia empata aos 47 do segundo tempo. Os jogadores do Flamengo saindo de campo começam a vibrar. Vagner Love chora de alegria. A torcida festeja.

Mas faltam ainda 3 minutos. E o que que acontece menos de 1 minuto depois? Gol do EMELEC. Flamengo Fora! Tá louco o que aconteceu lá no Paraguai!

Melhor de tudo foi ver os jogadores do Clube de Regatas Festa Futebol Clube comemorar em campo só pra ver sua decepção 1 minuto depois. Crueldade!!! kkkkkkk

Adeus Flamengo. Que vocês fiquem com apenas aquela solitária Libertadores de 1981. Faz tempo né. Melhor só será ver o Corinthians ser eliminado.

PS: Acho que a Libertadores continuará sendo cada vez mais Brasileira, especialmente com o dinheiro atual no futebol Brasileiro. Vai ser dificil até pra Bocas e Rivers. Vejá só, dos ultimos 14 finalistas da Libertadores (7 anos) 9 foram Brasileiros. Nos ultimos 7 anos sempre tivemos 1 Brasileiro na Final. 4 ganharam (Inter 2 vezes, San Pablo e Santos) e 3 perderam (GFPA, Flu e Cruzeiro).

Acredito que seja quase certo que esse ano veremos mais um Brasileiro. Um já caiu (Flamengo) mas ainda tem Inter, MSI, Abel FC, Elevador FC e Cone Esporte Clube.

O Melhor de tudo é que com nossos 2 titulos estamos apenas a uma conquista de ser o Brasileiro com mais titulos (empatariamos com Santos e SP). Isso é importante porque nos proximos 10 anos outros Brasileiros vão ganhar ou chegar muito perto. Temos que ficar de olho e conquistar o quanto mais possivel.

Quem sabe não teremos um pequeno milagre esse ano e conquistamos o Tri?

Curtem ai o baita som do Kiko Zambianchi lá dos anos 80. Foi um estranho prazer ver os Flamenguistas sofrer hoje.




quinta-feira, abril 12, 2012

TAMANHO DO SONHO e JÔ

Gana de vencedor é o que esperamos do Dorival


Ontem participei de um programa esportivo na Rádio PAMPA 970 AM, sob o comando do polêmico Ricardo Vidarte. Como havia jogo na azenha, na mesa só haviam COLORADOS. Debatemos muitos assuntos, o "Caso Oscar" as competência do Dorival e até a questões administrativas. Todos esses assuntos renderiam um ou mais posts, mas vou me deter no Dorival e no Jô.

Entendo que há falta competividade ao INTER e muitos elogios ao Santos. Lembrei que contra o barça em uma final de Mundial FIFA o Abel escalou 3 atacantes (Fernandão, Pato e Iarley) e contra o santos na vila jogamos apenas com o Damião.

Não podemos nos acovardar diante dos adversários, de nenhum adversário, devemos sim respeitar mas não temer. Cheguei a cunhar uma frase considerada poética pelos outros debatedores "Ninguem é maior que seu sonho".

É preciso que o INTER jogue para vencer todas as partidas, que entre em campo para se impor aos seus adversários, que tenha sempre a pretensão de vencer as partidas e os certames, temos grupo, estrutura e orçamento para exigir isso.

Dorival não é o técnico dos meus sonhos, mas acho que podemos ser campeões com ele, nem acho que ele deva ser trocado neste momento. Mas é preciso que ele tenha mais ousadia, que coloque a mentalidade vencedora no grupo. Talvez seja a hora do Fernandão fazer palestras como aquela de Yokohama, pois daqui para frente cada jogo é uma decisão (tanto no geuchão como na Libertadores).

Jô e o Kia

O que o Jô fez foi grave, por mim ele nem jogava mais no INTER (até por não estar jogando nada mesmo), mas o que me chamou a atenção em tudo isso foi o fato de ter sido noticiado que ele é empresariado pelo do Kia Jorabichian

Esse é o cara que comprou o Brasileiro de 2005 (segundo o presidente do corintians na época foi "ROUADO"). Qual a razão do INTER contratar jogadores com esse empresário, lembrando que não são pequenas a chances de enfrentarmos o corintians já na próxima fase da Libertadores.

Quem em sã consciência acha que o Jô (até mesmo a mando do Kia) pode fazer corpo mole nesse jogo, ou ainda quantos outros jogadores do elenco COLORADO tem a participação desse empresário no negócio. Eu como sócio do INTER como COLORADO não quero que meu clube tenha qualquer relação com essas pessoas que nos roubaram um campeonato Brasileiro.

Por tudo isso e muito mais, me somo ao post ai abaixo e digo

JÔ TEM QUE VAZAR!!


quarta-feira, abril 11, 2012

Jô tem que Vazar

Estou indignado com a volta do Jô ao plantel.

Tem colorados por aí aceitando seu retorno, confundindo o que aconteceu. Já li comentarios por aí tipo "Deixa o cara, se tu tivesse essa grana toda tu tambem faria festa até altas horas"...

MAS ESSA NÃO É A QUESTÃO!

Por mim Jô pode fazer festa o quanto quiser. Acabar de vez com sua carreira. Mas o problema que muitos parecem ter esquecido é que JÔ ABANDONOU O CLUBE , O TIME, SEUS COMPANHEIROS, DURANTE UMA IMPORTANTE PARTIDA DA LIBERTADORES PRA FICAR EM CASA PRA FAZER FESTA! Isso é um absurdo! Acho que nunca tinha visto antes! Isso é coisa de Adriano ou Walter...pior até.

E depois de 2 semaninhas de treinar em separado o cara é reintegrado ao grupo e ainda dá uma entrevista ridícula dizendo que faz dá vida o que quiser, mas que aprendeu a lição. Fala serio chega a ser um insulto a nossa inteligência.

Lembro de uma jovem promessa do Inter (Chiquinho) que foi banido do Beira Rio por algo que até hoje nunca foi explicado e esse ex-Corinthiano ABANDONA o Inter e pega 2 semaninhas de multa.

Esse cara não merece vestir a camisa do Inter e peço que cada vez que ele tocar na bola seja vaiado sem parar. O Cara fez um gol e achou que podia fazer o que queria com o clube. E aparentemente ele pode porque a multa dele foi ridicula. Porque será? Quem tá protegendo Jô? E porque? Precisar dele em campo a gente não precisa, isso é certo.

Ele tem que ser vaiado até vazar do Beira Rio. Um "atleta" desses não pode vestir a camisa do Inter.

terça-feira, abril 10, 2012

E se for eliminado?

E se a gente for eliminado contra o Juan Aurich?

Ninguem tá falando nisso. Até nem acredito que isso seja lá muito possivel. Acho que ganharemos do Juan Aurich e o proprio The Strongest não passará pelo Santos.

Mas...

Se a gente for eliminado? O que vai acontecer? Será que finalmente a direção vai se dar conta depois de 2 anos de que nossa defesa é fraca? De que Dorival é mais um "tecnico" qualquer. Ou será que como em fracassos anteriores o elenco seria protegido por serviços prestados? E talvez o tecnico tambem teria seu contrato renovado como foi feito com o Roth apos perder para o Mazum...Mazembe (Isso a gente nem sabia certo o nome do adversario naquele dia).

O unico fator positivo que viria de uma elimação seria que o Brasileirão viria a ser foco. Se bem que ano passado tambem foi e de nada adiantou.

Mas a logica indica que passaremos de fase e pegaremos Lanus ou União Espanhola. E aí vamos ver se faremos mais do que fizemos na mesma fase em 2011 contra o Penharol.

Mas o que que você acha. Em caso de eliminação. Tudo continuará o mesmo ou teremos mudanças radicais?

Love in an Elevator

Preciso explicar?



segunda-feira, abril 09, 2012

Projeções

Some a derrota do Strongest e sua fraqueza técnica, a massiva diferença de saldo de gols entre a equipe colorada e a boliviana, e complemente com o fato de a altitude não entrar em campo na última rodada no confronto com o Santos e temos uma situação onde apenas um hecatombe tira nosso amado clube das oitavas-de-final da LA12.

Como o Bovinão há muito não me empolga, então resolvi analisar e conjecturar os próximos confrontos da Libertadores através do simulador do GE , projetando o que vêm pela frente em termos de confrontos e possíveis adversários.

Basicamente, depois de cruzar todos os possíveis resultados, e excluindo zebras homéricas e resultados imprevisíveis, temos as seguintes projeções:

  • Fluminense e Santos, pela lógica, devem fazer as 2 melhores campanhas. Se Corinthians ganhar a próxima partida fora (contra o Nacional – PAR), passa a integrar o lugar do Santos; caso empate fora e vença em casa contra o Dep. Táchira, ocupará entre o terceiro e quinto lugar geral.
  • O 3º, 4º e 5º, 6º colocado devem ser compostos de posições intercaladas entre Corinthians, Universidad do Chile, Velez e o vencedor do grupo 5. O Velez, em caso de duas vitórias, tem situação análoga à descrita ao Corinthians acima, ultrapassando Santos.
  • Vasco e/ou Libertad já estão classificados no grupo 5, e aqui apenas decide-se quem ficará em primeiro. Ambas equipes jogam fora, e em caso de uma delas ser vencedora, ocupará o bloco intermediário de primeiros classificados (5º ou 6º lugar). Em caso de dois empates, e/ou um empate e uma derrota de ambas as equipes, o 6º lugar para uma destas equipes é quase certo.
  • Lanús e Unión Espanhola devem ficar com as duas últimas vagas de primeiro classificado de grupo.
  • Cruz Azul, Libertad/Vasco e Inter são as equipes com melhor condição de ocupar as primeiras posições entre os segundos de grupo.
  • Boca, Olímpia e Dep Quito vêm a seguir, e as duas últimas posições devem ser completadas por Bolívar e Nacional de Medelín.
Consequentemente, projeta-se para o Inter:

Em caso de vitória: Lanús ou Unión Espanhola serão os adversários, com uma pequena chance de enfrentar Vasco/Libertad, e uma remota chance de confrontar o Velez.

Em caso de empate: cruzamento provável com Corinthians, La U ou Velez.

Em caso de derrota: o Inter ficaria com uma das duas piores colocações gerais, possivelmente enfrentando Fluminense ou Santos.

Da maneira que eu vejo, a vitória contra o Aurich seria fundamental, dessa forma evitando um confronto duríssimo já nas oitavas, ainda mais decidindo fora de casa. Afinal, é muito mais simples buscar os três pontos contra a já desclassificada equipe peruana do que perante um adversário maior gabaritado e em pleno mata-mata continental.

É óbvio que equipe que quer ser campeã não pode escolher adversário, mas prolongando um enfrentamento mais duro para as quartas permitiria um maior tempo de recuperação para nossos jogadores lesionados e até mesmo um possível retorno de Oscar seria menos provável.

Libertadores joga-se com o regulamento debaixo do braço, e é justamente ai que reside a importância de planejamento e pragmatismo, entendendo o peso de cada partida, de cada gol perdido e de cada ponto.

Que não haja engano. Classificar com um empate ou uma derrota pode não bastar.