segunda-feira, março 05, 2012

O que só você viu?

Discutir e comentar futebol é algo extremamente cíclico.

É difícil encontrar inovações, e a discussão, muitas vezes acaba pautada ou influenciada por sentimentos gerais, pelo senso comum ou até mesmo pela imprensa.

Em tempos onde a novela AG/Arena acabou por tirar o foco do futebol, e onde a competição estadual não empolga, o que fica é um marasmo que esperamos terminar com o retorno da Libertadores e toda a preparação e foco que a competição exige.

Pois bem, para os saudosos fãs de bordões que perduram até hoje, da estirpe de “tá lá um corpo estendido no chão”, me lembro de um de Sílvio Luiz que direciono a você, leitor: nestes primeiros jogos de gauchão e Libertadores, “o que só você viu?”

Vou compartilhar minhas observações:

  • O setor direito defensivo continua sendo o calcanhar de Aquiles do time. É ali onde os adversários atacam com contundência e com perigo, por três razões:
    • O lateral direito, especialmente Nei, muitas vezes centraliza ao invés de dar o combate na extremidade da lateral, permitindo o atacante adversário receber e vir com a bola dominada. Não sei se é orientação ou característica, mas venho reparando nessa falha desde o ano passado, até então sem correção.
    • Bolatti (voltaremos a este assunto) ou Sandro Silva não conseguem fazer a cobertura de maneira adequada, não impondo a mesma segurança que Guina realiza no lado esquerdo. Muitas vezes Guina acaba tendo que cair por ali pra ajudar, e sem a mencionada cobertura e Nei fora de posição, ele e Moledo são envolvidos em “2-1s”, pra arrepio de nossos cabelos.
    • Há um desequilíbrio em todo o time para compensar as duas deficiências acima: Oscar muitas vezes vira dublê de lateral, tendo que desarmar em nosso campo defensivo, trazendo o adversário para nosso campo e sobrecarregando D´Alessandro na articulação; e não há saída de bola qualificada pelo setor.
  • Muriel é um bom goleiro, mas está longe de ser confiável. Tem falhado repetidamente em jogos decisivos, tais como Corinthians e Fluminense em casa ano passado, Grenal e Once Caldas este ano. Além de não transmitir segurança, recentemente têm mostrado adquirir o péssimo hábito de rebater bolas para o meio da área. Tem potencial, mas precisa melhorar. E cá entre nós, goleiro que não transmite segurança…
  • Bolatti, apesar de toda a grife, tem sido a grande decepção para mim até então. Lento em demasia, não consegue desarmar sem cometer faltas, e não tem dinâmica para ser jogador de segunda função devido a lentidão. Tem sobrecarregado o meio de campo, pois não desarma, não articula e não sabe se posicionar. Fez uma competição dura com Élton pra ver quem foi o pior jogador do Grenal e faz uma média de uma partida boa e três ruins Decepcionante
  • Admiro a direção não ter gasto dinheiro com um zagueiro que não chegasse como unanimidade e para ser solução, mas não acredito que vamos ser campeões com reservas do naipe de Bolívar, Jackson, Romário e Dalton. Espero que estejam atentos ao mercado, porque este setor está muito carente de qualidade e de reposição.
  • Dorival Jr tem me decepcionado. O time não tem variações táticas nem alternativas, e depende muito do D´Ale, que quando é bem marcado ou não está num bom dia, faz o time naufragar. Aliás, a ÚNICA alternativa tática especulada é a volta do 3-6-1, o que por si só já me dá calafrios. Essa passividade em arranjar formas diferentes de o time jogar me assusta, pois parecemos mágicos de um truque só.
  • Vejo declarações na imprensa que um empate estaria de ótimo tamanho na Vila Belmiro. Concordo, mas time que joga pra empatar, acaba por perder. Há de ter ambição, e declarações como essa sempre anestesiam o ímpeto do time e dos jogadores.

E você leitor, concorda? O que só você viu?