quinta-feira, abril 12, 2012

TAMANHO DO SONHO e JÔ

Gana de vencedor é o que esperamos do Dorival


Ontem participei de um programa esportivo na Rádio PAMPA 970 AM, sob o comando do polêmico Ricardo Vidarte. Como havia jogo na azenha, na mesa só haviam COLORADOS. Debatemos muitos assuntos, o "Caso Oscar" as competência do Dorival e até a questões administrativas. Todos esses assuntos renderiam um ou mais posts, mas vou me deter no Dorival e no Jô.

Entendo que há falta competividade ao INTER e muitos elogios ao Santos. Lembrei que contra o barça em uma final de Mundial FIFA o Abel escalou 3 atacantes (Fernandão, Pato e Iarley) e contra o santos na vila jogamos apenas com o Damião.

Não podemos nos acovardar diante dos adversários, de nenhum adversário, devemos sim respeitar mas não temer. Cheguei a cunhar uma frase considerada poética pelos outros debatedores "Ninguem é maior que seu sonho".

É preciso que o INTER jogue para vencer todas as partidas, que entre em campo para se impor aos seus adversários, que tenha sempre a pretensão de vencer as partidas e os certames, temos grupo, estrutura e orçamento para exigir isso.

Dorival não é o técnico dos meus sonhos, mas acho que podemos ser campeões com ele, nem acho que ele deva ser trocado neste momento. Mas é preciso que ele tenha mais ousadia, que coloque a mentalidade vencedora no grupo. Talvez seja a hora do Fernandão fazer palestras como aquela de Yokohama, pois daqui para frente cada jogo é uma decisão (tanto no geuchão como na Libertadores).

Jô e o Kia

O que o Jô fez foi grave, por mim ele nem jogava mais no INTER (até por não estar jogando nada mesmo), mas o que me chamou a atenção em tudo isso foi o fato de ter sido noticiado que ele é empresariado pelo do Kia Jorabichian

Esse é o cara que comprou o Brasileiro de 2005 (segundo o presidente do corintians na época foi "ROUADO"). Qual a razão do INTER contratar jogadores com esse empresário, lembrando que não são pequenas a chances de enfrentarmos o corintians já na próxima fase da Libertadores.

Quem em sã consciência acha que o Jô (até mesmo a mando do Kia) pode fazer corpo mole nesse jogo, ou ainda quantos outros jogadores do elenco COLORADO tem a participação desse empresário no negócio. Eu como sócio do INTER como COLORADO não quero que meu clube tenha qualquer relação com essas pessoas que nos roubaram um campeonato Brasileiro.

Por tudo isso e muito mais, me somo ao post ai abaixo e digo

JÔ TEM QUE VAZAR!!