segunda-feira, abril 02, 2012

Repeat Offenders

Ontem eu estava assistindo sem muito compromisso uma partida entre Tottenham e um time pequeno da Inglaterra chamado Swansea City. Primeiro porque Sandro estava jogando e tambem porque jogo em HD com gramado perfeito e torcida colada no gramado é difícil de mudar o canal.

Como é bonito ver. Em replay da pra identificar cada torcedor de tão perto que estão ao campo. Ninguém invadindo campo, jogando pedra...nada disso. E pensar que foi na inglaterra nos anos 80 que morreram dezenas em estádios mal organizados.

Mas assistindo o jogo notei outras coisas. Primeiro, o goleiro do Tottenham é o Brad Friedel, ex-seleção dos EUA (Copa de 2002). Ele tá com 40 anos e fez uma defesa que Muriel e Renan sonham um dia em fazer. Incrível quando a gente vê UM GOLEIRO mesmo em campo. Notei também que o Sandro é o Sandro. Bom jogador mas nada demais. Parece jogar um pouco avançado lá.

E aí lembrei do velho Rei Dadá o Dario. Por duas vezes o centroavante do Tottenham, Adebayor, pulou e parou no ar, como um beija flor, para cabecear 2 bolas altas para o fundo da rede. Gols classicos de cabeça. Cruzamento da linha de fundo e o atacante pula mais alto que a defesa e categoricamente faz os gols. Falo do Adebayor porque ele me lembrou fisicamente o Jô, magro e alto. Bem parecidos.

Isso me deu uma curiosidade de dar uma pesquisada sobre a passagem de Jô na Europa. Foi basicamente assim:

Jogou 3 anos no CSKA da Russia onde fez muitos gols, inclusive 14 nas suas primeiras 18 partidas. Ganhou destaque e o Manchester City decidiu gastar uma bolada nele. 18 Milhões de Libras! Mas no MC ele não consegiu se adaptar. Pouco jogou. Um ano depois em 2009 foi emprestado ao Everton onde fez alguns gols mas nada demais. Voltou a ser emprestado ao Everton em 2010 quando no Natal decidiu ir ao Brasil sem autorização do Clube. O Técnico o dispensou imediatamente por quebra de contrato. Então veja, não é a primeira vez que Jô apronta uma dessas.

Ele voltou ao Manchester City e no mesmo dia foi emprestado ao Galatasaray onde jogou alguns meses antes de mais uma vez voltar ao MC onde jogou algumas partidas, fez uns gols em 2011 antes de acabar no Inter. Esse é o Jô. Que agora treina em separado recebendo um belo cheque todo mês.

PS: Nunca vi um tecnico cantar a derrota tanto antes de uma partida como o Dorival Jr. Eu como torcedor estou completamente desanimado para a partida de Quarta. Se não bastasse algumas lesões o animo do tecnico acaba com qualquer esperança. E não é a primeira vez que Dorival faz isso.

O Incrível é que perdemos o Dale já FAZ TEMPO e agora Dorival cogita usar Tinga de meio armador! Ou seja teremos 3 natos volantes nesse jogo no Beira Rio! Possivelmente Elton, Sandro Silva (ou Guina) e Tinga! Perdemos um meio campista a 1 mês e temos que apelar em Tinga como armador?! Pior se Datolo não jogar vamos com esse meio campo: Elton, Sandro Silva, Tinga e Kleber!!! Isso é pra acabar com qualquer torcedor! Só podem tá de brincadeira! Cadê o elenco? Pra que veio Jajá? Pra que usar João Paulo tudo que é santo jogo pra não usar ele quando é necessário (não que ele seja alguma solução).

Mas é isso que vejo, desculpas, desculpas, desculpas. Está tudo sendo armado para Dorival ter sua desculpa por mais um fracasso na Quarta. Quando tava todo mundo saudável DoRival inventou de acabar com o time lá em Santos tirando Dagoberto, o cara que a gente pagou milhões para antecipar sua vinda ao Beira Rio exatamente para a Libertadores!!! Por sinal alguém lembra nos 2 últimos anos de jogos que ganhamos no Beira Rio contra outros times grandes quando precisávamos ganhar?

Se isso não bastasse dê uma olhada nesse vídeo pra ficarem bem deprimidos de vez. O depoimento do Colorado com cara pintada é irônico demais.