quinta-feira, novembro 08, 2007

41 Era uma vez...

Escrito por Diana Oliveira

Era uma vez um grupo de meninas de 13, 14, 15 anos que amavam jogar futebol, numa época em que Marta devia ter uns 8 ou 9 anos de idade e ainda brincava com um bolo de meias enroladas, sob a ponte de um rio seco no interior de Alagoas. Naquele tempo garotas praticando o esporte bretão era pouco popular ou compreendido, hoje as quadras estão sendo invadidas pelo público feminino, graças a gerações como esta, que abriram espaço.

A turma de amigas treinava na escolinha do Inter, reza a lenda que uma delas ia pro treino de kichute. Imagino essa menina chegando na escola usando o calçado hit entre os meninos, o impacto que devia causar. Mas elas foram treinando, crescendo, jogando e amadurecendo no clube do povo. Opa, se é do povo é de todo mundo, não? Mas em 2003 o futebol feminino foi extinto no Beira Rio e a essas alturas as meninas eram moças, algumas cursavam faculdade e seguiram seus rumos de formas distintas. Muitas pararam de jogar profissionalmente, poucas foram pra São Paulo arriscar a continuidade do trabalho e assim passaram-se alguns anos.

Então Marta cresceu. Daniela, Formiga, Cristiane e mais quantas foram abrindo espaço na mídia à foice. Outras tantas desconhecidas foram medalhistas, vitoriosas ocultas, incansáveis mulheres pouco remuneradas pra jogar futebol na pátria de chuteiras. Contra-senso, despropósito, desvalor... Desistência? Nunca, mulher quando quer ninguém segura. Na base dessa geração medalha de prata em Atenas, ouro no Pan do Rio e prata no Mundial da China estão histórias de meninas e mulheres que lutam há anos pelo futebol feminino.

E hoje, às 16:00, no estádio Beira Rio entram em campo algumas dessas personagens. Era uma vez um grupo de meninas de 13, 14, 15 anos que hoje têm 23, 24, 25 anos e voltam a defender o colorado, juntamente com a nova geração que inicia no futebol. O time do Inter possui, além de várias debutantes da bola, uma jogadora experiente pra cada área de atuação, novamente reunidas através da Duda e sua escolinha, que tem a Tatiele como professora, mas que um dia foi uma das meninas. Entre as que iniciaram juntas no futebol, duas seguiram jogando, em São Paulo, no time do Botucatu, onde a remuneração oscila na faixa dos R$1500,00 - mais auxílio à Faculdade e moradia. Aqui a proposta é bem mais modesta e algumas delas só não foram pro Juventude pelo esforço da Duda em conseguir recursos e pelo ideal de unirem-se novamente, vestir a camisa vermelha, pela amizade que se distanciou devido ao fatalismo do destino.

Existe uma gama de ações efetivas para impulsionar o futebol feminino, a primeira delas aconteceu, competição. Mas só isso não adianta, é preciso investimento financeiro e pessoal. Por que não criar convênios com faculdades para que atletas possam cursar terceiro grau? Não é apenas a grana na mão, claro que as meninas precisam ser remuneradas pra jogar profissionalmente, mas é fundamental uma postura de incentivo, do contrário a competição criada morre de falência múltipla dos órgãos na medida em que as equipes vão sendo inviabilizadas. Poucas perspectivas não atraem novas atletas, ou alguém aqui é relógio pra trabalhar de graça?

O destaque do time do Inter é a jogadora Karina, atacante, campeã no Pan de Santo Domingo, marcou o gol no empate em Caxias. A equipe, se vencer o Juventude, será completa por duas jogadoras que estão atuando na seleção de Futsal, no Equador e mais algumas garotas que foram convocadas para uma das seleções de base do futebol. Esta miscelânea de situações, histórias, vidas entrelaçadas vai entrar em campo hoje, enfrentando um time que joga junto há três anos, enquanto as coloradas tiveram doze treinos para se readaptarem umas com as outras e efetivarem as mais novas.

O futebol feminino do Brasil clama por apoio, patrocínio, incentivo. O futebol feminino gaúcho, em especial colorado, pede apenas nesse momento que a torcida prestigie. Tenham a certeza de que ali não falta amor à camisa. Isso ninguém pode questionar.

41 Comentários:

m.rodrigo.oliveira disse...

Antes do investimento, vem a organização. E a CBF não parece muito preocupada com isso.

Quem vai querer investir tempo e dinheiro na montagem de um time se não há a certeza do tamanho que terá a temporada. Essa Copa do Brasil Feminina, com jogos mata-mata, não dá qualquer segurança pra quem está investindo (incluíndo patrocinadores).

É o mesmo caso do nosso Basquete. Quem vai botar grana em um time competitivo (com menos de R$ 1,5 milhão por temporada nem começa a conversa) se pra chegar no Campeonato Nacional tem que ser Campeão Gaúcho. Se não ganha o Estadual, acaba a temporada antes do Filé Mignon. E pior, depois que chega no Nacional, todo o direito (e a receita) de uso da quadra para inclusão de logomarcas de patrocinadores fica com a CBB.

Ou seja, se não partirem das Confederações, as tentativas de organização de qualquer modalidade de esporte (com exceção do Futebol Masculino, que tem mercado suficiente pra se manter mesmo mau administrado) inevitavelmente fracassam.

Rodrigo - Internet/BV - Conselheiro disse...

Os clubes poderiam se unir e criar uma liga. Talvez o Clube dos 13 pudesse tomar a iniciativa de tratar de um campeonato feminino. Se os clubes podem ter times B masculinos, podem fazer um esforcinho pra ter um time feminino. O brasileiro feminino podia ter exatamente os mesmos times e tabela do masculino, com jogos das gurias nas preliminares do masculino. Seria mais fácil de organizar (inclusive o planejamento dos clubes) e menos oneroso. Os patrocinadores poderiam ser os mesmos. Só precisaria adaptar contratos estendendo o patrocínio pras meninas. E o televisionamento tb.

Basta um pouco de boa vontade e, PRINCIPALMENTE, menos machismo.

Unknown disse...

TA BOM... VAMOS SER REALISTAS... É MUITO FACIL E BONITO ESCREVER E TAL... MAS...

FALA SERIO... QUEM IRIA A JOGOS FEMININOS???

AQUI NO BRASIL EXISTE UMA TRADIÇAO DE TODO ESPORTE FEMININO SER MENOSPREZADO. SOMOS CRIADOS E INFLUENCIADOS NESSE MUNDO MACHAISTA E ATE CERTO PONTO PRECONCEITUOSO...

ENTAO FUTEBOL FEMININO SO VAI DAR CERTO O DIA QUE AS MULHERES JOGAREM APENAS DE CALCINHA...
ATE LÁ... EU E OS OUTROS 99% DOS FIEIS ADIMIRADORES DO FUTEBOL NAO VAMOS DAR A MINIMA...

diana oliveira disse...

é verdade chapolin,
tens toda razão,
isso é tão verdade quanto um homem dizer q nunca broxou...

Unknown disse...

meuuu deus..
tava olhando um dos topicos antigos e vi isso:

MA.CA.CO - todos ja devem ter visto essa faixano beira rio já! e camisetas tambem

MACONHA
CACHAÇA
COCAINA

pessoa desinformada hein?

MA.CA.CO.
MA. = Massa
CA. = Cachaçeira
CO. = Colorada

Unknown disse...

bingo diana...

espero que nao tenha feito parte desse tipo de experiencia...
hehe

eu nunca broxei e adoro olhar um jogo de futebol feminino..
hehehe

diana oliveira disse...

te corrigindo chapolin:
tu nunca broxou e ninguém gosta de futebol feminino.

Unknown disse...

ta sabendo né diana!!!

brincadeira...

Unknown disse...

É lamentável esse horário!

16 hrs de uma quinta? Pqp!

Taí a questão da organização.

Esses jogos poderiam ser nos fins de semana que não têm jogo no Beira-Rio. Muita gente iria e o Clube poderia lucrar com venda de bebidas, alimentação, estacionamento, movimento nas lojas do Beira-Rio...

Além disso, vocês mulheres não precisam esperar pelos homens. Ora, o dia que tiver 5 mil mulheres no Beira-Rio para ver um jogo desses... no próximo já terá mais uns 10 mil homens...

Tecnicamente, acho que futebol feminino poderia ser de 30 minutos para cada lado. Seria um jogo mais rápido e interessante.

Abraço.

diana oliveira disse...

sim chapolin tô sabendo, me contaram...

diana oliveira disse...

pois é guilherme, o horário já demonstra o interesse dos clubes, q acaba refletindo nos comentários, na torcida, enfim...

ótima a tua observação qto ao público, é bem por aí, se tem 50000 chapolins que tenha 10000 dianas, já dá barulho no estadio.

no entanto, caras legais como tu, o rodrigol (q joga mta bola e não desmerece o fut feminino), o louis q acompanha os mundiais femininos, são muito bem vindos a assitir essas partidas.
tem muita mulher bonita na arquibancada e q aprecia futebol, se tem cara q só consegue olhar pra macho sentado pertinho de macho... cada um, cada um...

bom, tô indo pro estadio, na seqüência oportuna conto como foi o jogo.

bjs aos caras legais

cjr-sp disse...

HAHA....SEI...HUUMMMM.


ahaheheuehuhaaa.

Dadinho SCI - Internet/BV - Seja sócio do Inter! disse...

http://www.finalsports.com.br/colunas_dupla/inter.php

boa coluna hj!

cjr-sp disse...

vai passar na tv em algum canal?

Eu sou daqueles que gosto de assistir...as mulheres em qq esporte feminino. E sem homens sentados ao meu lado.

Denilson M. (POA) disse...

opa! eu sou um cara legal....heheh
não vou poder ir lá Diana, mas vou ficar ouvindo as rádios, de repente se tiver algum gol, eles relatam...

Vamo Inteeer!!!

Dadinho SCI - Internet/BV - Seja sócio do Inter! disse...

CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 8 DE NOVEMBRO DE 2007

Beira-Rio: Inter abre concorrência

Sete empresas se credenciaram e apresentarão projeto para o novo estádio. Clube banca cobertura


Em silêncio, o Inter trabalha na reformulação do Beira-Rio. O clube já abriu uma concorrência para definir a empresa que fará o cálculo estrutural da cobertura do estádio. Sete empresas se credenciaram e deverão apresentar os projetos até o final do mês. Depois que uma delas for selecionada, o Inter contratará outra prestadora de serviço, esta responsável pelas obras em si. Segundo o atual planejamento, os dirigentes deverão lançar a pedra fundamental do novo Beira-Rio no dia 4 de abril de 2008, exatamente um ano antes de o clube fazer 100 anos.
O valor do investimento ainda não está definido. Somente após a finalização do projeto estrutural, o Inter conhecerá os números. Apesar disso, sabe-se que os recursos gastos na cobertura e nas obras internas do Beira-Rio devem girar em torno de R$ 50 milhões. O valor não considera a infra-estrutura do entorno, que inclui hotéis, marina, centros culturais e de lazer, estacionamentos, etc. Esses empreendimentos deverão ser custeados por investidores privados.
A cobertura será bancada pelo próprio clube. Ontem, o Inter vendeu o último camarote – ou suíte – disponível, que nem sequer está pronto. No início do próximo ano, outras unidades serão construídas no local onde hoje estão localizadas as cabines de imprensa. Cada camarote é locado por cerca de R$ 90 mil por ano, dependendo da sua localização. É com esses recursos, somados à venda do Eucaliptos, é que o Inter fará a obra.
O velho estádio colorado, praticamente fora de uso desde a inauguração do Beira-Rio, em 1969, deve gerar uma receita de aproximadamente R$ 20 milhões. Mas o valor pode ser ainda maior.
Para isso, o clube depende da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, que está elaborando um cálculo de aumento de índice construtivo. Em outras palavras, os interessados em comprar a propriedade querem saber exatamente o que podem construir. A maioria dos interessados prevê a criação de um condomínio de apartamentos.
Como o prefeito José Fogaça comprometeu-se com o presidente Vitorio Piffero em apoiar o projeto e o Beira-Rio será um dos estádios da Copa de 2014, a documentação necessária à venda do Eucaliptos deve ser agilizada. Pelo menos, essa é a expectativa nos gabinetes colorados.

Unknown disse...

porra... o inter vai ter que gastar uma grana na reforma... mas ainda acredito que vai dar um retorno.. a longo prazo é claro...

entao por enquanto é melhor economizar com certas "coisas" tipo futebol feminino (na verdade, espero que nem estajam gastando grana nisso).
Senao corremos o risco de ficar sem um bom time ou entao as dividas futuras podem ate compromenter o futebol, que é a essência do clube...

Almilano disse...

Eu concordo com o que disseram o M. Rodrigo, o Rodrigo e o Mallet,

Tem que vir de cima pra baixo, da CBF ou CLube dos 13 pros clubes, pra daí atrair investidores e tudo mais.

Pra começar acho que seria uma boa botar os jogos nas preliminares, ou em final de semana, mas não numa 5a a tarde, aí complica.

Muitos preconceitos precisam ser derrubados, essa briga não vai ser fácil.

Marco disse...

No evento da FIFA em que o Brasil foi escolhido para sediar a Copa 2014, o futuro Beira-rio foi uma das vedetes e teve o maior destaque entre os estádios brasileiros.

Isto constou na reportagem do site GloboEsporte.com daquele dia.

Textualmente: "O projeto de reformulação do Beira-Rio apareceu com freqüência no vídeo apresentado na cerimônia que confirmou o Brasil como sede. Foi o estádio mais explorado."



Agora... e o dinheiro do PATO? Logo que venderam o menino anunciariam, após reunião específica sobre o assunto, qual seria o destino.

Até agora...

tiago - colorado no canada disse...

alguém sabe onde dá prá acompanhar o jogo hoje?
Não to achando nem narração nos sites...
Se fosse os rebaixados, a TVCom tava transmitindo ao Vivo...

tiago - colorado no canada disse...

Elas GANHARAM!!! SHOW DE BOLA!!! Parabéns as gurias!!!

cjr-sp disse...

Chapolin Colorado,


Permita-me discordar...mas acho que é um bom investimento nas meninas...dá retorno institucional e deve ser menos que UM PEREBA QQ DO TIME DO ABELÃO...Acho que o salario do Rubens Cardoso dá para custear as meninas e ainda sobra grana....

sds.

col disse...

Eu acho que o aspecto do publico no estadio eh decisivo para o futuro desse esporte.

E como a Diana colocou acertadamente, precisa tb dar mais incentivos pra essas meninas.

E como o Cjr matou a pau acima, o salario do RC paga toda a infra pra elas.

Eu diria que deveriamos vender o Alex, Clemer e Iarley etc e usar o $ nas meninas.

Rafael Severo disse...

Eu imagino que um eventual sucesso das meninas coloradas serviria como uma espécie de atrativo extra para adesão de novos torcedores. Novas torcedoras, melhor dizendo. Estamos precisando disso: torcida! Nosso clube anda tão carente de idéias pra atrair torcedores, que a intenção de se montar uma equipe feminina, mesmo que de forma tímida ainda, é uma iniciativa a ser saudada.
E também concordo com o CJR: o salário do R. Cardoso ou outra naba qualquer da equipe masculina bancaria de sobra a equipe feminina.

Nelson - CONVERGÊNCIA COLORADA disse...

Também poderíamos fazer uma Playboy Colorada com as jogadoras, só isso pagaria toda a infra.


huaauaaa, já pensaram o Dadinho, fã da goleira ?

Brincadeirinha:
Mas temos que ser também pioneiros nesta questão do futebol feminino. Porque não realizar preliminares dos jogos profissionais com as ´gurias` ? Certamente atrairia mais público....e simpatia para o clube, além de ´educar` os babacas ´babões`

Nelson - CONVERGÊNCIA COLORADA disse...

Agora lembrei, além de simpatia, PATROCÍNIO, pois certamente muitas empresas que vendem para o público feminino gostariam de ver seu nome no estádio.

tiago - colorado no canada disse...

a idéia de atrair torcedorAs com o time feminino é ótima mesmo, mas... será que estas potenciais torcedorAs estão sabendo da existência deste time?
Pergunto pq o único lugar que vi algo sobre o jogo hoje, foi uma materia CHINELO de 2 parágrafos dizendo que o Inter tinha ganho hoje no clic-GFPA. E não estava nos destaques. Tive que procurar nas notícias lá embaixo da página.
É como eu disse, se o jogo fosse das BI-Rebaixadas, teria primeira página amanhã na ZH... destaque na internet... fora a tranmissão...
Mas e aí? Alguém ouviu/leu/escutou sobre este jogo em algum outro lugar? Esta competição tá sendo divulgada? Ou somos só nós, torcedores mais ligados que estamos sabendo?!??
Diana e Anelise, conhecem outras gurias (qq time) que estejam sabendo dessa copa?

Dadinho SCI - Internet/BV - Seja sócio do Inter! disse...

Parabéns para as meninas!!!

Procurei na pagina do inter, mas não achei a escalação do time feminino do inter...

Pra minha sorte, na reportagem citaram o nome da goleira colorada:

SOLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAANI!!!!!!!

UHUAHAUAUUHAUHUHAHUAHA

VAMO VAMO INTER

Abraço Nelson

Anelise disse...

Tiago:
De fato, a copa está sendo pouco e mal divulgada. Acho que é apenas um "tipo tapa a boca" pra mulherada parar de reclamar que não tem apoio. Então a CBF inventou esta copa no fim de ano..., mas já é um começo ao menos. Infelizmente, devido a compromissos profissionai não pude ir ao Beira-Rio apoiar as meninas. Desde a época da facul, eu e umas amigas jogamos uma "peladinha" nas quartas à noite (no condomínio de uma delas que tem uma quadra show de bola, por sinal quase em frente ao Gigante) mas nenhuma sabia nem que o Inter havia retomado o futs feminino. Nosso time é meio piada, é só pra correr e se divertir mesmo (até os garotinhos jogam com a gente porque nunca fecha dois times só com gurias). Mas tomara que as gurias do Inter cheguem as finais, dái é capaz de haver alguma repercussão maior por parte da imprensa gaúcha...

Julio.Colorado em Sampa disse...

Beleza, as gurias começaram bem. Eu que não era muito ligado no futebol feminino já comecei a me interessar.
As nossas gurias despacharam a filial e isso que interessa.
Amo mulheres de vermelho... Agora mais ainda.
Falando sério. Sem investimento nada vai pra frente. Em São Paulo já teve uma época em que as preliminares eram de futebol feminino. Não rolou nada. Morreu e ninguem sentiu falta.
Acredito que a maioria dos homens continue preferindo ver pernas de mulheres do que musculosos pernas de jogadores profissionais. O problema está, para o futebol feminino, que as jogadas são tão toscas que só nos resta olhar para as pernas delas e imaginar o resto.
Infelizmente não temos mais Martas e Cia. para tornar os jogos mais agradáveis de serem vistos no aspecto técnico e tático.
CoooooloradA, ColoraaaaadA! Naaada vai nos separar. Somos.... Para sempre eu vou te amar.

Rodrigo - Internet/BV - Conselheiro disse...

Grande classificação das meninas!!!! Suada pra car****!!!

Eu cheguei com o segundo tempo em andamento e vi só as polentas jogarem até perto do fim. Foda que tinha um monte de torcedor vaiando o técnico, pedindo substituição. Parece que o torcedor fica possuído qdo vai pra social. Vaiaram a número 9 qdo ela saiu (não sei o nome das jogadoras, mas era a Karina ou a Carolina, as atacantes), talvez por ter sido ela que errou o penal. Destaque do jogo foi a número 11, que chegou a fazer uma jogada de Marta, mas na hora de finalizar, precisou puxar pra direita e perdeu a chance. A goleira foi bem tb.

Mas elas precisam melhorar. Teve muito balão e demora na hora de passar a bola. Vários contra-ataques contra nós surgiram no meio-campo por prenderem a bola ou por raciocínio lento. Coisa de treinamento. A zaga foi bem. E teve a número 17 que entrou dando chapéu em todo mundo!! ahuahuahua

Tinha umas 2000 pessoas. E no final, os barbados não perdoaram: ficavam gritando para elas tirarem/atirarem a camisa! hehehe

Julio.Colorado em Sampa disse...

Mudando de saco pra mala, ou melhor, como dizem os modernos...
OFF TOPIC.
Aqueles que costumeiramene criticam o Edinho, o jogador, não o Dadinho, não vão falar nada do lançamento dele para o Nilmar no primeiro Gol contra o Vasco.

col disse...

Lancamento lindo de fato, nem parecia o Edinho.

O Edinho bem instruido seria o meu primeiro reserva. Como o Magrao parece que nao quer jogar na primeira funcao, vai de Edinho mesmo, a nao ser que contratem outro. Falam bem do JGuilherme na posicao...

col disse...

OFF - O Wianey, a quem tanto prezo como comentarista, pisou na bola...:

"Fez bem o presidente do Grêmio, Paulo Odone, em abortar o noticiário que envolvia o Grêmio nas fraudes do Detran.

Uma frase ouvida em um telefonema não pode significar motivo para escândalo..."

col disse...

OFF - A goleira do Juventude fez uma defesa no penalti que muito marmanjo nao faz:

http://mediacenter.clicrbs.com.br/templates/player.aspx?uf=1&contentID=5224&channel=41

diana oliveira disse...

oi meninos,

o rodrigo deu o histórico do segundo tempo, foi bem por aí mesmo. o primeiro tempo foi melhor, mas o time do juventude tem mais preparo, as coloradas foram cansando e começaram a perder na corrida e errar passes.
é compreensível, as gurias do juventude jogam juntas há 3 anos, as coloradas há 12 treinos...

a autora da "jogada de marta" foi a mesma do pênalti, karina, a quem me referi no texto. na verdade ela não errou a cobrança, tudo bem q podeira ter batido forte, mas chutou colocado, no canto e como disse o col_us, foi uma grande defesa da goleira. por sinal, as goleiras dos dois times são eficientes, a do inter é a solane mesmo dadinho, tem 8 convocações pra seleção no currículo.

a 17 q entrou driblando todo mundo é a bruna, tem 18 anos. por isso julio, a técnica que desejamos apreciar em campo vai surgir a medida q o esporte for difundido, praticado, vai evoluindo. ou vcs pensam q é fácil correr naquele gramado com o sol das quatro da tarde, no calor de ontem? quanto mais jogos houverem, mais qualificadas vão se tornando essas disputas. nos primórdios do futebol masculino era a mesma coisa.

tem muito o q acontecer ainda, mas foi muito legal ver as 2000 pessoas gritando vamo vamo inter pras gurias! valeu.

adorei essa do salário do rubens cardoso, chega a ser piada alguém achar q o orçamento do futebol feminino vai afundar o clube em dívidas... o q elas ganham o nilmar tem na carteira...

diana oliveira disse...

desculpa anelise, corrigindo, começa de novo o comentário:

oi meninos e meninas

Iuri Fiedoruk disse...

Eu pretendia ir com minha guria que não conhece o Beira-Rio ainda.
Mas nesse horário que inventaram ficou impossível.
A sugestão que colocar os jogos nos fins de semana que o time masculino está fora é ótima, mas por questões de segurança (ou da falta dela) eu prefiro realmente que fossem em preliminares. Até ia ajudar o pessoal a ir mais cedo ao estádio, mas tem um problema: já pensaram em um jogo do inter às 16h as gurias começarem às 13h? Iam torrar no sol de verão!

Rodrigo - Internet/BV - Conselheiro disse...

Bah, o Iuri me lembrou duma coisa: qdo eu tava indo embora, tinha um senhor lá "apresentando" o estádio pra família! Tinha muita gente que nunca tinha pisado nem perto do estádio. Claro, muitos familiares das jogadoras. Mas é aquela coisa: imagina jogo delas na preliminar. Qtos torcedores a mais não teríamos pro jogo de fundo?

Imaginei que a 11 era a Karina. Tb já foi convocada pra seleções de base. Ela é muito habilidosa. Só me pareceu meio atrapalhada. Pode ter sido por causa do preparo. Ela é o "Nilmar" do time feminino. hehehe

Certamente, com mais treino e preparo, esse time mesmo pode fazer bonito em campeonatos por aí. Só me pareceu que carece de uma meia-armadora. Parece um carma do CLUBE essa posição...

diana oliveira disse...

bah rodrigo, carece mesmo, comentamos isso ontem lá, é um carma realmente. por isso teve até uns caras q gritaram "bota a duda pra jogar!" hehehe

Rodrigo - Internet/BV - Conselheiro disse...

A Duda foi ovacionada no final. E continua em forma. Quem sabe ela não volta...hehehe

O Inter poderia contratar jogadoras de outras equipes participantes? Tem algumas atletas do Polentude que poderiam suprir carências. Essa falta de informação sobre a competição é que deixa no ar uma sensação de "PRONTO! Fizemos uma competição! Agora fiquem quietinhas aí no canto de vcs...". Como diria o Gato Mestre, "Isso me irrita!!!".

Postar um comentário

Para deixar seu comentário você primeiro precisa registrar no www.Blogger.com ou usar seu Gmail para fazer o Login. Ou ainda criar um perfil no Google (veja link abaixo). Qualquer um desses serve.
________________________________________________

Para colocar LINK faça assim

Se Tu quer criar um Link, use o formato abaixo, só troque os "[" e "]" com < and >:

[a href="http://www.URLdolinkto.com"]Texto para aparecer[/a]