quarta-feira, outubro 26, 2011

Verdades e otimismo

Quando ficamos felizes, preferimos ignorar nossos problemas. Não é verdade? Claro que é. A grande maioria vinha assim, em relação ao nosso esporte favorito, até domingo. Porém, aquele empate, no finalzinho, com um gol que podia ser facilmente evitado (dói relembrar isso, eu sei), deu uma broxada em todos. E o pior: isso trás tudo à tona. "Não iremos para a Libertadores", "O Inter fez uma grande merda sobre a Copa das Confederações e a Copa do Mundo será uma bosta", "Nossa direção é retardada", "Se mata, Jô", "Perderemos contra o Atlético GO". Etc, Etc.

Venho esperançoso. Otimista. E tranquilo. Relaxem, eu peço. Sobre tudo que vem acontecendo relacionado à nossa casa, prefiro pedir que leiam este texto. De preferência, continuem a ler esse blog. Somente a nata relacionada ao esporte. Sobre o Jô, é bem possível que não jogue o próximo jogo. E o que me alegra: é possível a volta de Damião. Sobre a partida contra o Atlético GO, não vai ser tão ruim. Temos tantos meias bons, além de D'Alessandro, e o time tem que provar a sua capacidade, então também teremos sangue no olho.

Sobre a Libertadores, entraremos. Além do título, que pra mim é bem possível. Por que? Porque até onde eu sei, o Vasco será sempre o Vasco. E o Botafogo será sempre o Botafogo. Além disso, não aceito perder para um time que não tem estádio. Tenho fé até o fim da última partida.