terça-feira, novembro 01, 2011

Ele merece muito


Há pouco tempo, eu estive aqui defendendo sua saída do time titular. Embora goste muito dele, me parecia, então, que Guina não tinha mais futebol para sustentar a titularidade, face às opções que tínhamos em mãos, com Elton, Bolatti e Sandro Silva. Mas, eis que Guina dá a volta por cima, se encaixando no esquema do Dorival e se tornando fundamental e incontestável desde então. Nesse caso, só posso me alegrar por "pagar a língua"!

Sem dúvida que isso tem a ver com o grande caráter, humildade e seriedade dessa figura incrível. Mas acredito que tem um ingrediente especial aí: sua convocação para a seleção argentina. Esse fato novo na vida de Guiñazu parece ter lhe trazido uma motivação que faltava, após tantos anos e conquistas com o Inter. Bem, bom para ele, melhor ainda para nós colorados. Mas escrevo este texto antes para parabenizar nosso Guina, do que para analisar as causas da melhora de seu desempenho. De fato, Guina não precisa provar mais nada. Sua história no Inter fala por si só. Um dos jogadores que mais me orgulharam com a camisa do Inter.

Pois bem, Guina, parabéns cara. A sua ausência da seleção argentina sempre foi pra mim um fato inexplicável. Ainda mais com uma seleção tão fraca como vinha sendo nos últimos anos, especialmente no quesito sistema defensivo. No mundo ideal (argentino), talvez de fato você não tivesse o nível para ser titular, mas no mínimo a reserva deveria ser sua, sem dúvida. No momento atual, porém, sua titularidade deveria ser imposta por decreto, se necessário.

Vá lá, cara, e se divirta. Tenho certeza que esse momento será inesquecível pra você. É certamente uma recompensa pela sua postura como profissional. Pelo seu empenho, garra e paixão. Como colorado, estou muito feliz por você. Tomara este momento se estenda por todo o ano que vem, tomara você consiga se firmar. A idade é sem dúvida um empecilho, mas você tem uma capacidade física acima da média e torço para que isso lhe ajude a chegar até a próxima copa.


Mas isso não importa, Cholo. O que importa é aproveitar cada oportunidade como se fosse, de fato, a última. Curtir as partidas na seleção, com a tranquilidade de quem recebe, enfim, a recompensa por tanto esforço.

Um abraço de todos os colorados que certamente contarão aos filhos histórias sobre você.

ps.: A vitória contra o Atlético-GO foi importante e mantêm vivas as chances do Inter. Eu não me animo, pra ser sincero, mas torço e iria aos jogos, se pudesse. Peço aos colorados que puderem para ir ao Beira-Rio, pois esse é o mínimo que podemos fazer pelo clube. :-)