domingo, janeiro 10, 2010

Mais Histórias de Bento: Parte 2

Quem nao leu a primeira parte recomendo que leiam ela primeiro logo abaixo desse texto.
_____________

Estou de volta a Porto Alegre. Muitos passeios e nunca fui a tantos restaurantes como nesses ultimos 10 dias! Tenho mais 2 semanas ainda por aqui. Desculpem os textos, normalmente tenho que escreve-los apresados pois nao estou usando computadores meus. Entao acabam saindo apresados.

Só pra finalizar o papo do Alecsandro, eu entendo o ponto de vista dele. Quem vai querer ficar lendo criticas e pior insultos sobre sua pessoa? Eu mesmo aqui no Blog as vezes abro os comentarios com um pé atras! Mas mesmo assim acredito que só porque um jornalista é pago pra escrever blog, isso nao significa que o conteudo vai ser melhor. Acho que entre textos, videos, livros etc...o BV ja produziu muita coisa de nivel profissional. Por isso espero que Alecsandro e quem sabe outros deem uma chance ou uma olhada por aqui de vez em quando. Nao acredito que devemos nada em termos de qualidade para muitos blogs profissionais. Muito pelo contrario.

No hotel eu nao pegava o elevador sem ver alguem do Inter. Eu fique no quinto andar e os jogadores no sexto. É estranho ate pensar que o elenco do clube do meu coraçcao estava logo ali encima. No quinto andar tambem se ecncontravam a commis"ao tecnica do Inter, entao alguns jogadores frequentavam esse andar tambem. Em alguns momento abria a porta do elevador e dali saia D´allesandro com seu laptop normalmente junto com Guinazu. O que mostra que os dois nao estao brigando como os rumores que rolam por ai. Tudo parecia normal.

O Alecsandro entao eu acho que encontrei umas 5 vezes pelo hotel. Cada vez a gente trocava umas palavras. A Cecilia filha de 9 anos do meu amigo Enrico num momento disse: `Posso de dar minha camisa?` Eu disse `Porque?` e ela...`Porque tu tem sorte em encontrar os jogadores` Ela queria autografos. Entao eu falei a ela...´a nao, me da tua mao e vem comigo´. La fomos nos para o segundo andar onde os jogadores iam almoçar. Assim que chegamos lá dava pra ver que vinha um elevador lotado e falei `La vem eles`. Ela disse `como tu sabe?` Eu falei...`Eu sei...quer ver`. E ai abriu a porta e la tava uns 5 jogadores incluindo mais uma vez Alecsandro. Ela autografou a camisa dela e mais uns outros e ela ficou feliz da vida. Pergunta a ela quem é O CARA e ela diz que sou eu! Eu já aproveitei e o proprio Alecsandro autografou meu Boné cor Laranja que fiz da serie dos Bones do Inter Flexfit. Ficou bem legal.

Já o D`Alessandro e Lauro parece que nao sao muitos chegados a darem autografos, ao menos pela experiencia do pessoal que tava ficando no hotel. Mas poderia ter sido apenas momentos isolados.

Mais historias depois.