quarta-feira, maio 26, 2010

Sobis, Pato, Nilmar, DC: Valeu?

Eu seria a ultima pessoa com alguma credibilidade pra criticar alguem em sair do seu País pra ganhar dinheiro. Afinal meus Pais fizeram isso quando vieram para os EUA em 1968 (eu com 1 ano) para viver o "American Dream" por alguns anos antes de (ao menos no papel) voltar para o Brasil com Dollares poupados e recomeçar uma vida melhor no Brasil. Meus Pais não foram os unicos. No seculo 20 acredito que os numeros chegam a 40 ou 50 Milhões de estrangeiros de tudo que é canto do mundo que foram acolhidos aqui e que hoje fazem junto com seus filhos e netos boa parte da população Americana.

Por isso não posso criticar Alexandre Pato, nem Nilmar, nem Sobis, nem Daniel Carvalho nem ninguem por sairem do Brasil por infinitamente muito mais dinheiro. Mas mesmo assim posso analisar suas saídas do Inter para a Europa e no sentido FUTEBOLÍSTICO perguntar, será que saíram na hora certa? Será que saíram cedo demais? No sentido futebolistico, valeu a pena para a carreira deles?

O Falcão por exemplo é um caso que talvez seja um exemplo perfeito de quando sair. Claro naquela epoca era diferente, mas isso não muda em nada outros fatores como Fisicos e Pscicologicos sejá lá que ano for. O Falcão saiu do Inter com 26 anos, praticamente no auge, hoje é dificil, diga-se impossivel alguem da qualidade dele sair tão tarde. Mas foi o momento perfeito para ele. Ele já havia feito sua história no Inter, claro poderia ter feito mais, mas em todo caso já havia atingido grandes metas no Inter. Foi pra Europa maturo, com experiencia e se tornou o Rei de Roma. Talvez até atingindo seu real auge lá na Europa.

Enquanto isso em Eras mais recentes a gurizada sai do Beira Rio com 17, 18, 19 anos pra ir jogar com Homens lá na Europa. Muitos não estão preparados para isso, mesmo com talento nato como o Pato. Veja o Robinho. Foi para o Real e não brilhou. Acabou num time medio da Inglaterra antes de voltar para o Santos e voltar a fazer sucesso como fez antes de sair. Os clubes do Brasil na verdade viraram uma especie de "em ultimo caso" para os atletas em caso de fracasso. Sim o dinheiro e os Empresarios é que mandam, mas não custa a gente imaginar o que teria sido da carreira deles se eles tivessem ficado um pouco mais.

Por exemplo, dinheiro não contando, eu penso que Rafael Sobis e Daniel Carvalho jogaram suas carreiras fora. Poderiam ter feitos muito mais. Poderiam estar na Seleção ou ao menos serem cogitados pra ela. Em vez disso Daniel Carvalho aos 27 anos é considerado por muitos um ex-jogador. Sua passagem de "em ultimo caso" pelo Beira Rio a 2 anos foi algo tão ruim que mal lembro dele vestindo o manto. Uma carreira promissora desapareceu aos poucos na Russia.

O Sobis é um pouco differente. Ele ainda tem só 24 anos mas tambem acredito que sua saída do Beira Rio aos 21 foi cedo demais. Ele poderia ser muito mais hoje se tivesse ficado no Inter talvez até os 23, 24 anos...ou até essa Copa. Ele ainda tem a sorte de ter sido peça de importancia na conquista da Libertadores de 2006 e nunca será esquecido. (Já DC terá o que no seu curriculo?) Onde está o Sobis hoje? Onde jogador vai para "morrer". Nas Arabias. Fernandão nas Arabias com 31 anos é uma coisa. Sobis nas Arabias com 23 é outra. É triste. Num mundo alternativo estilo LOST o Sobis estaria até hoje no Beira Rio com uma vaga na Seleção e cobiçado pelos maiores clubes da Europa para depois da Copa e Libertadores.

Alexandre Pato então nem se fala. Foi pra Europa com 17 anos e hoje tá pagando o preço por isso. O mais perto que vai chegar a Copa de 2010 é jogando no Playstation. Sim tá Rico, tem carrão e deve tá pegando modelos Italianas bem gostosas, nada mal...mas não é desse aspecto que estou escrevendo. Como falei estou falando do FUTEBOL em si. Já em 2007 escrevi aqui no BV que Pato deveria ficar no Inter até essa Copa e até o como eu tinha um "plano". Se Pato tivesse ficado no Inter, hoje estaria em Curitiba com a seleção. Não tenho a minima duvida.

Nilmar é um caso mais confuso pois já foi e voltou e foi denovo e ainda passou pela MSI/Corinthians. Mas a realidade é que até hoje Nilmar não consegiu se firmar na Europa. Eu desconfio que o Biotipo do Nilmar não é o perfeito para enfrentar semana apos semanas os "gringos durões das Europas". Mas veja só, porque Nilmar tá na Seleção e na Copa? Não porque ele tá na Espanha mas porque ele voltou para o Inter onde teve um bom rendimento (nem sempre) e ainda fez aquele golaço contra o Corinthians. Aquele golaço o colocou na Seleção e dali ele aproveitou a chance para se firmar entre os convocados. "Thank You Inter" deveria pensar Nilmar todas as noites antes de dormir. Agora pergunto: Quantos gols daquele tipo Pato teria feito se tivesse ficado mais 2 anos e meio no Inter? Ele teria arrbentado no Brasileirão de 2008 e 2009 contra essas defesas (vide Robinho).

Mas Pato é novinho, acredito que dará a volta por cima. Nilmar tá bem, tá na Copa..mas depois da Copa acho que pra ele continuar a ser estrela vai ter que ser no Brasil. Sobis é um enigma pois lesões, Arabia e idade começam a ser questões. Já Daniel Carvalho...provavelmente vai ser tipo um daqueles boxeadores que continuam lutando aqui e ali bem depois do auge..que talvez na verdade nunca aconteceu.
PS:
E para o Inter? Valeu a pena vender eles? O que fizemos com o dinheiro? Pagamos a conta da Luz? O salários de Kleber Pereira, Edu, Indio e outros que renderam pouco mais ganharam muito nos ultimos anos? E titulos? Convertemos a grana de suas vendas em titulos? Talvez..talvez não. A grana inicial do Nilmar e DC até pode ser feito o caso pois depois veio a Libertadores. Mas e a grana do Pato? Com eles será que não seriamos facilmente PENTA Brasileiro hoje? Valeu a pena Inter?