quinta-feira, junho 24, 2010

Roth - Rooter


Estive de férias aqui no BV pela mais pura falta de saco de :
1 - Comentar sobre Copa do Mundo ( que coisinha mais ruim, heinhô ?)
2 - Ficar excitado pelas milhares de especulações (e barrigadas) da imprensa sobre o novo treinador do Inter.
3 - Não aguentar aquele sorriso ´superior` do Intendente-mor do Futebol colorado deliciando-se com a ignorância alheia sobre quem seria o nosso novo treinador e afirmando que todos iriam sofrer.
Portanto parei de sofrer...ele não manda nos meus sentimentos / pensamentos.
Quem ri sózinho...


Tirando a emoção penso que a escolha para o momento foi muito boa, visto que outros citados e prováveis candidatos a treinadores não tem a envergadura de passar em frente ao BR - visto que são torcedores dos rivais ao invés de profissionais.

Desde 2006 viemos assistindo, junto com as sucessivas direções, os movimentos subterrâneos do vestiário colorado, onde o desmando era notório e os ratos tomaram conta do porão, visto que ´aquilo` que chamam de vestiário os dirigentes não tem competencia / vontade / tesão de controlar, por isto ficamos nas mãos de treinadores (isto é uma distorção que uma futura gestão profissional tem de corrigir, treinador é para treinar e ponto final), dirigente é para dirigir, mas naquela cumbuca não atuam...
Sabedor agora, na condição de conselheiro, de algumas histórias ocorridas nos bastidores do BR, reforçam a minha ´idolatria` somente pela Instuição e nunca pelos nomes, quer jogadores, quer dirigentes. Tem jogador que se fossem publicadas as histórias, certamente nunca seriam ídolos da torcida colorada...casualmente são aqueles que nunca gostei da postura e posição em que se colocavam, acima da Instituição.

Com o Celso Roth, que fala grosso, a rotina já mudou, basta observar que após muuuuito tempo, os treinos são em 02 turnos, imaginemos, colegas colorados, o que nos aconteceria em nossas atividades se nos negássemos a trabalhar nos horários determinados pelos nossos empregadores.
O Roth não é de muito sorriso, então quem não trabalhar nos treinos e nos jogos será ´detonado`, pois ele não admite jogador ´mão-na-cintura` ou que ´pipoca` nas divididas...certamente não veremos jogaodres omissos em campo !

Desde 2007 estamos torcendo por um time de meio-turno só ! E ninguém faz (ia) nada. As consequencias são as campanhas risíveis desde então, apesar de termos neste período boas equipes de jogadores.

Penso que estaremos em ótimas condições de enfrentar o SP neste próximo e grande embate, mas eles também não estão parados...

Quanto aos conselheiros que somos, aproveitamos este recesso futebolístico e estamos trabalhando bastante para nos inteirarmos das condições do clube com vistas a ajudá-lo no que for possível. O Clube está bastante adiantado em relação aos demais, mas tem muita coisa para ser feita. Tem muito trabalho voluntário lá dentro e as cobranças nem sempre podem ser feitas de modo desejável.