quarta-feira, julho 28, 2010

Chácara das Camélias

Praticamente todos os colorados conhecem nossos antigos campos e estádios:

Rua Arlindo (1909 - usado apenas para treinos)
Redenção (1909-1911)
Chácara dos Eucaliptos (1912-1930)
Eucaliptos (1931-1969)
Beira-Rio (desde 1969)

Mas o que poucos sabem é que tivemos um outro estádio, alugado, por dois jogos.

Em 1930, o Estádio dos Eucaliptos estava sendo construído, e consumia quase todos os recursos financeiros do Internacional. Por outro lado, a Chácara dos Eucaliptos, onde o Colorado jogava, estava em mau estado de conservação. A direção colorada não pretendia investir recursos na recuperação de um estádio que logo seria abandonado. Além disso, não haviam recursos para as obras de recuperação necessárias.

Em 3 de julho de 1930 a direção do clube estudou a possibilidade de alugar a Chácara das Camélias, do Porto Alegre, por 1 mil réis sobre cada ingresso, nos seus jogos. O campo do Porto Alegre era de contrução recente (fora inaugurado em 1923), tinha boa localização (na rua José de Alencar, muito próximo de onde estava sendo construído o Estádio dos Eucaliptos) e o clube proprietário já havia feito um "arrendamento" similar para o Força e Luz, no ano anterior.

Finalmente, em 3 de agosto de 1930 o Internacional disputou sua última partida na Chácara dos Eucaliptos, vencendo o Ruy Barbosa por 4x0, em partida válida pelo campeonato municipal. No final de semana seguinte, o Internacional disputou um amistoso com o Pelotas, já na Chácara das Camélias (perdemos por 3x2).

O Colorado voltaria a campo em 14 de setembro, para enfrentar o Grêmio, pelo campeonato municipal. O mando de campo colorado foi exercido na Chácara das Camélias, e o clássico terminou 1x1. A crise política que resultou na Revolução de 1930, porém, inviabilizou a continuação do campeonato. As últimas rodadas foram canceladas, e sequer amistosos foram realizados.

O Internacional só voltaria a jogar em 15 de março de 1931, exatamente na partida de inauguração do Estádio dos Eucaliptos, vencendo o Grêmio por 3x0, três gols de Javel.