sexta-feira, julho 30, 2010

Eu tinha 13 anos

Se você tem menos de 30 anos, você nem tava vivo.
Se você tem menos de 37...38 anos nem deve se lembrar bem.

Mas 30 anos pra mim ... quase ... parece ontem. Ok talvez ante-ontem.

Em Julho de 1980, eu estava morando em Porto Alegre e no Brasil a apenas 10 meses. Eu tinha só 13 anos de idade. Como já escrevi antes aqui, em apenas 2 semanas de Brasil eu virei Colorado e fanatico em 3 semanas. Então lá pelos meados de 1980 eu já não só era fanatico, como viciado no Inter. Já sabia a escalação de traz pra frente e tinha tido a sorte de ter visto o Inter campeão Brasileiro pouco tempo depois de chegar no Brasil.

Primeiro morei com minha Vó Coloradaça na Avenida Pernambuco com a Cairu. Num predio que deve estar lá até hoje. Ambas as Avenidas naquela epoca ainda não era pavimentadas, tinham paralelepipedos mesmo. A Farrapos era praticamente a mesma de hoje, só que Corredores de Onibus ainda não tinha sido colocado em Porto Alegre. Por morar por lá enquanto nossa casa ficava pronta no Bairro Cristo Redentor comecei a estudar na Setima Serie ali no Bairro Navegantes na Escola 1 de Maio. Nunca tinha tido uma Aula de Portugues na vida. Me adaptei rapido mas algumas coisas especialmente na escola era mais dificeis de se adaptar. Logo fiquei conhecido na escola como o "Americano", rotulo da qual não gostava muito, porque a cada 2 minutos era "Fala isso em Ingles"....com 13 anos é algo chato ser rotulado de qualquer coisa. Mas no fim foi uma boa experiencia no 1 de Maio e ainda conheci um dos meus melhores amigos ainda hoje...o Colorado Sergio Zukov (hoje Chefão do Shopping Praia de Belas). Mas em 81 quando fui estudar na Oitava no São Judas Tadeu, não contei a ninguem que tinha morado nos EUA, preferia não ser rotulado novamente! (Vale notar na Epoca não existia ainda ...ao menos que eu notasse o sentimento anti-Americano no Brasil...muito pelo contrario até).

Por sorte cheguei no Brasil em Setembro de 79 e as aulas só começavam em Março, assim tive uns bons 6 meses de vida no Brasil pra aprender um pouco mais a Lingua Portuguesa e poder me "defender" na escola. O futebol e o Inter ajudou muito nessa minha adaptação. Com o Inter me interesei em ler os jornais e tambem foi uma otima distração para um pouco esquecer os amigos, os esportes e a vida que tinha deixado (sem querer) atras nos EUA.

Porto Alegre na epoca já era grande mas comparado com hoje era relativamente mais sossegado. Se bem que a Farrapos desde aquela epoca era um inferno de poluição e centenas de onibus. Naquele mesmo ano vi o Papa passar no Papamovel ali mesmo na Farrapos, lembro de ter acompanhado as Olimpiadas e virar torcedor da Seleção Brasileira de Basquete e do Oscar.

Mas o mais triste é daquilo que nos não podemos lembrar de 1980. A conquista da Libertadores da America. Não lembramos porque não aconteceu. Perdemos a Final para o Nacional do Uruguay.

Acredito que tudo seria differente se tivessimos ganho aquela Final de Libertadores. O Ano de 1980 que é inexistente na memoria da grande maioria de Colorados poderia ter o Status de um 75, 76 ou 79. Mas não era pra ser.

Estranho pensar que muitas vozes aqui do Blog, muita gente talentosa que escreve muito bem aqui ou não existia ainda ou era criancinha. Estranho pensar que o Sala de Redação da epoca é praticamente o mesmo de hoje (se aposenta Ostermann e Santana!!!). Estranho pensar que eu já era colorado e vivi aquilo a cores enquanto muitos devem imaginar aquela epoca em preto em Branco (como eu faço dos anos 50 e 60!).

De qualquer maneira hoje faz 30 anos do primeiro jogo da final, no Beira Rio contra o Nacional. O jogo acabou com o pior resultado do futebol, o zero a zero. O Inter já começava a levar a Libertadores bem mais a serio...mas 1980 foi praticamente a linha divisoria de quando a partir de 81 a Libertadores começou a ser prioridade aos Clubes do Brasil. Depois do empate fomos ao Uruguay e com transmissão da TV Guaiba assisti ao Vivo....em Preto e Branco (pois o Uruguai ainda nao transmitia a cores) a derrota de 1 a zero num cruzamento apos uma falta cobrada rapidamente na lateral do campo.

Ali naquele momento começava aos poucos a longa e escura decadas de 80 e 90. Pra ser justo a minha favorita decada, a de 80, vale lembrar que o Inter teve varios bons momentos nos anos 80...só não conseguimos capitalizar em varias oportunidades...como nessa libertadores...e am varios Brasileirões onde fomos bem mas não ganhmos o titulo. Feio mesmo foi os anos 90...da qual tenho prazer em dizer não acompanhei o Inter por estar morando nos EUA numa era pre-Internet e pre-TV Globo Internacional. Fui poupado do sofrimento!

Então hoje é o aniveresario de 30 anos de uma data não tão boa. Mas que seja lembrada para que não cometemos os mesmos erros no futuro.

O Objetivo tem que ser de estar no topo ou perto dela SEMPRE!