quarta-feira, março 23, 2011

Audi e laterais

Enquanto está rolando Inter x Zequinha, gostaria de dedicar o texto a um dos maiores prazeres que um torcedor pode ter: o de cornetiar. Não no sentido de xingar o time, mas sim em tirar onda com os rivais.

O Inter foi convidado para jogar a Copa Audi, junto com alguns dos maiores times da Europa. Não há nada melhor para sacanear os gremistas do que com esse grande erro. Afinal, o time deles é o Imortal. O melhor time do estado e do Brasil. É grotesto eles não terem chamado o Grêmio para jogar. O time vem em ótima fase nos últimos anos. Uma série B e alguns Gauchões, tirando a Taça Piratini, um título comemorado com foguetório.

Ok, ok. Chega disso. Não se bate em quem está no chão. Vamos aproveitar o momento e pensar um pouco sobre essa Copa Audi. O que esperar? Dá pra ganhar de Bayern, Barça e Milan? Certo, já ganhamos do Barça, e para mim, ele é o páreo mais duro que teremos nesse campeonatinho. O Bayern é um grande time, mas eu não vejo porquê o Inter não ganharia. E o Milan, há tempos não vem em boa fase.

Podemos ganhar sim, mas precisamos de sérios consertos no time. Não estou mais tão relutante com o esquema de 4-5-1, enquanto tivermos um atacante tão bom quanto Damião. Mas nós precisamos de laterais. Não novos titulares, mas reposições. É uma posição em que o Inter está muito carente. Todo mundo sabe que o Nei é uma avenida, mas (é difícil de acreditar) é pior sem ele. Se bem que, se vierem novos e excelentes laterais, eu não iria recusar. Acredito que esse seria o pior problema do time, junto com o Wilson Mathias, o maior nulo entre os 11.

O Inter vem em uma grande fase, são muitos jogos vencidos de goleada de uma só vez. Mas não podemos nos exaltar demais. Felizmente, acho que ninguém na torcida está muito exaltado, as críticas continuam fortes. A torcida lúcida dessa forma é muito bom para a saúde do time. Não há mais bobo no futebol, nem na torcida. Agora, se me dão licença, vou torcer um pouquinho.