quarta-feira, julho 27, 2011

Copa Audi e bom momento

Eu não sou o primeiro a dizer isso, e nem vou ser o último. Simplesmente, acabei de ter plena certeza disso: a torcida do Inter está mal acustumada.

E vocês sabem que eu não sou "beato", "jatobá", ou coisa assim. O meu texto da semana passada, por exemplo, era pura indignação. Com ele, eu acabei notando que vários torcedores estavam tão raivosos quanto eu. Mas com essa história da Copa Audi, eu acho que os limites foram extrapolados.

A Copa Audi começou ontem, e terminou hoje. Primeiro sinal de sua amistosidade. Nenhum dos times foi com o time titular nos dois jogos. Nem era esse o objetivo do torneio (senão haveria mais tempo entre os jogos). Todo o torneio foi organizado por uma montadora de carros. Alguns dos maiores times do mundo foram convidados para os holofotes se virarem ao torneio, de forma que ocorresse uma exposição da marca.

O que eu falei? Ah, sim, alguns dos maiores times do mundo foram convidados. O Inter e somente outros 3 times europeus. 3 times representando um continente, o Inter representando todo o resto do futebol do mundo. Eles lembraram do Inter, justamente por ser um dos maiores times do mundo.

Mas eu pude ver grande indignação de torcedores, até mesmo do patrão do blog, Louis. Fica calmo, Louis! O Inter não foi o primeiro, e não vai ser o último time a entrar na rodinha do Barcelona. O Barça não é um time de jogadores titulares. Todo o elenco sabe brincar de bobinho, e mesmo os reservas do Barcelona representariam muito bem o time em torneios sérios. Mesmo assim, o Inter empatou com o maior time com eles, o melhor do mundo. Buscou o empate duas vezes, na verdade. Com um time desfalcado. Não quero dizer que o Inter certamente venceria se estivesse com o time integral, mas também não estávamos completos.

E hoje então, o que quiser? Quando acabou o jogo, eu sorria feito bobo. O Inter jogou de igual para igual, contra o atual campeão italiano. E melhor, com os reservas. Um time que transpirava juventude. Alguns dos titulares só entraram no segundo tempo. Durante o primeiro, fomos completamente absolutos. Tocando a bola no campo deles, atacando e neutralizando os contra-ataques que eles tentavam.

No fim, eu vejo essa Copa Audi como uma grande experiência. O Inter viajou "em crise". Voltou com revelações: Gilberto, Zé Mário, João Paulo... são três bons jogadores. Mais alguns regulares. A zaga do Inter continua bastante desatenta, mas esse garoto Dalton não parece ser ruim. Ele daria à ele mais chances.

E para terminar, podem me apedrejar por dizer isso, mas, pelo menos por mim, deixem o Osmar Loss trabalhar mais um tempo. O Inter pode até "apalavrar-se" com outro técnico. Porém, em três jogos desse interino, o time não foi mal. E, se for trazer outro, eu tinha dito Dunga em outro texto, mas me lembrei do Mário Sérgio, que teve excelentes resultados quando veio de tapa buraco, em 2009, 2010? Enfim, mais um dos instáveis momentos de tranquilidade. Semana que vem eu venho xingar tudo de novo.