quarta-feira, julho 06, 2011

Hey Joe


Chegou hoje aqui nos EUA meu Pai, que veio passar o verão Americano aqui com nós. Já é algo que ele faz a vários anos desde que ele voltou a morar no Brasil. É um enorme prazer em receber meu Pai aqui. Morando longe assim a gente tem que aproveitar o tempo que temos juntos já que já fazia uns 10 meses que não via ele. Já virou um rotina legal e muito antecipado eu ir pegar ele no Aeroporto de Newark as 6 da manhã, sempre pelo mesmo Voo da Continental. É pra ele também uma ótimas ferias, saindo do frio e agitação de Porto Alegre pra passar o verão aqui no Suburbio onde o barulho mais alto não é de Onibus, caros ou pessoas (como na nossa casa em POA) mas sim de passaros e pouco mais aqui na sede do Blog Vermelho.

Ano passado vimos o Bi da Libertadores juntos, quem sabe não rola uma Recopa e Audi Cup nessa visita. Como sempre ele vem com a mala cheias de lembranças do Brasil. Por exemplo revistas para minha esposa ler e aperfeiçoar seu Portugues (revistas de Novelas já que a Corinne aprendeu Portugues assistindo Novelas na Globo Internacional! Sem ajuda minha!). Recebi o DVD Absoluto do Fred que finalmente vou poder assistir (valeu!) e os itens já tradicionais que ele sempre traz do Brasil, Café, Bom Boms e até MuMu, o original! Sim coisas que vocês não dão muita bola e vão até achar engraçado aí e que aqui até tem por aqui, mas por alguma razão é sempre melhor quando vem direto do Brasil (O Pepino em sua visita recente aqui tambem me trouxe Café e Bom Bons! :) ) Pra leitura pedi o livro do Lobão, 50 anos a Mil, pois sempre gostei do Rock Brasileiro anos 80. Será boa leitura de Verão.

Tambem veio um outro item. Esses tempos recebi um email de um Colorado de Porto Alegre e leitor do BV Alexsandro Bertoncello. Ele me contava que tinha ido ao Beira Rio com seu filho de 9 anos no dia da apresentação do Falcão. Ele esperou horas pra ver o Falcão e depois de esperar que os torcedores se afastassem ele consegiu um autografo do falcão numa camisa comemorativa do Inter Invicto em 1979. O Alexsandro me escreveu me contando essa história para me dizer que queria me dar essa camisa pois sabia o quanto o Falcão e o time de 79 significava pra mim! Sinceramente não consigo expressar direito como é incrível o torcedor colorado, os Gaúchos e como o Inter une as pessoas. É incrível como o Inter faz nós todos nos sentir como irmãos. Foi assim quando conheci Colorados no Japão, tambem em Abu Dhabi, em Porto Alegre em 2010 quando tive aí e conheci muitos de vocês em pessoa e tambem quando recebo alguns Colorados visitando essa região dos EUA.

Não sei explicar, mas essas pessoas todas, vocês, sinto como se fossem velhos conhecidos. Só por esse sentimento já vale a existência do BV. Muito obrigado ao Alexsandro por pensar em mim naquele momento e com esse presente maravilhoso.

E bem vindo ao meu Pai (o Joe) em mais uma muito antecipada visita aqui em casa (foto dele chegando hoje no Aeroporto).



PS: Hoje é 2 a 0!