terça-feira, julho 12, 2011

Terça preguiçosa



Hoje estou sem idéias, meio desanimado, sei lá. Não sei se é o ritmo de férias (estou tirando duas semanas na cidade natal) ou se é o cenário colorado mesmo, que se não deprime, também não estimula. Por conta disso dei uma circulada pelos blogs e noticiários, em busca de algum mote, mas também não encontrei nada de interessante. Fico até surpreso, pois estamos há dois dias de um jogo importantíssimo para as pretensões do Inter no campeonato. Como todo colorado, torço muito por uma vitória, pois estamos engasgados há tempos com o MSI. O Inter tem chance, embora me pareça pouco provável uma vitória. Talvez a soberba dos caras acabe nos ajudando, quem sabe.

Sobre o Falcão, minhas dúvidas ainda persistem. Embora tenha escrito o texto sobre ele ser "o artista" na semana passada, lembrem-se: aquilo é ficção. Qualquer semelhança com a realidade (e espero que tenha!) será mera coincidência. Diferentemente do Louis, não dou ao Falcão a desculpa de não ter elenco. Tem sim. Se não usa (bem) é por sua própria conta e risco.

Pra terminar, uma coisa que me irrita: galera, que tal pararmos de chamar de "nabas" jogadores que estão estreando no time titular? Impressionante e irritante isso. Solução é só quem não jogou, pois depois que jogar certamente será "naba" também. Numa boa, isso é injustificável. Esperem os caras terem tempo de se ajustar, deixa os caras tentarem, mesmo errando inicialmente. Jogar no Inter vai ficar insuportável desse jeito.

Vamos dar tempo aos caras pra mostrar (ou não) seu valor.