terça-feira, julho 05, 2011

44 Geraldo e seu chevette

pré.s.: Uma homenagem ao "mestre Severo", retomando alguns de seus personagens históricos (saiba porquê aqui). Outras: grande jogada da direção, segurando Damião. Vai render o dobro, podem esperar.

Geraldo estava em crise. Há alguns anos estava separado da mulher, Alícia, sem entender muito bem as razões. Alguma coisa a ver com genética e filosofia, "É uma questão genética, Geraldo. Se pelo menos você soubesse filosofia", dizia ela. Enfim, ele nunca compreendeu, sofreu, chorou, frequentou mais de 20 shows sertanejos desde então, se afundou na fossa. Enfim, quando ele sentia que estava superando o fim do casamento, quando começava a se sentir "livre pra amar novamente", outra coisa começou a lhe incomodar.

Geraldo tinha um chevette. Sua paixão. Apesar das limitações óbvias, como a pintura gasta, motor retificado, estofado velho, Geraldo era cego a tais defeitos. Gostava de chamar seu chevette de "meu possante imortal". Bonito isso. Afinal, quem não tem uma paixão assim, digamos, altruísta, que nada pede em troca, que apenas ama, pela simples razão de amar. Aliás, havia ainda um outro motivo especial: Geraldo comprara o chevette pouco depois do maior feito de sua vida, "os ovos no Carvalho", como ele gostava de dizer. Era olhar para seu chevette e se lembrar desse ato heróico, por que não dizer, imortal.

Agora que era apenas ele e seu "possante imortal", agora que Alícia não estava mais ali, Geraldo era capaz até de dar a vida pelo seu novo amor. Pois bem. Esse é o Geraldo que encontramos, 3 anos depois das últimas notícias que tivemos dele. O que o incomodava, como dissemos acima, era seu vizinho Aristóteles. Aquele mesmo, não é mera coincidência, caro leitor. Aristóteles estava bem. Um bom emprego, apartamento todo reformado, uma linda esposa, aliás, linda não. Jezebel (conheça ela aqui) era divina! Geraldo não acreditava que um cara como Aristóteles podia ter uma mulher daquela. "Inacreditável", remoía Geraldo. Havia boatos de que Jezebel tinha sido gremista, mas desde que a conhecia, mais ou menos na época em que Alícia e ele se separaram, só a vira usar o manto colorado. E como usava. Um brilho nos olhos, uma paixão louca. "Que merda, mas essa mulher fica ainda mais deliciosa com essa camisetinha vermelha", pensava Geraldo, sentindo uma dor profunda por essa traição.

Aristóteles estava sempre risonho e isso deixava Geraldo fulo da vida. Além de Jezebel, do emprego, do ap reformado, Aristóteles andava agora de Audi. Comprou usado, claro, afinal ele estava bem, mas ainda não estava rico. Porém, Aristóteles tinha feito um ótimo negócio, comprando o Audi com alguns anos de uso, mas em estado de novo. Lindo. De um vermelho intenso, com rodas aro 19, liga leve. Um estofado em couro branco, que Geraldo não entendia como era capaz de se manter tão limpo. Geraldo sentia muita inveja. E raiva. Seu possante imortal não raras vezes o deixava na mão de manhã. Aristóteles saía mais ou menos no mesmo horário e, sempre brincalhão, mas gentil, dizia "Geraldo, doido pra andar no 'meu colorado' hoje, né", dando uma risadinha que enfurecia Geraldo. O pior é que era verdade. Geraldo já não sabia bem se realmente ficava irritado pelo carro enguiçado ou se de fato comemorava insconcientemente a chance de pegar uma carona no Audi de Aristóteles e sonhar, enquanto sentia o cheiro do perfume de Jezebel, sentada no banco da frente.

E assim seguia a vida de Geraldo. Antes de terminar essa estória, porém, vale a pena contar a última dele. Há tempos que Geraldo vinha refletindo sobre o sucesso de Aristóteles. Ele suspeitava que muito do sucesso de Aristóteles tinha a ver com seu jeito de vestir. "É isso mesmo", pensava Geraldo. "Há tempos ele vem se vestindo mais formalmente, com ternos, camisas e calças muito bem feitas. E isso certamente faz as pessoas levarem ele mais a sério, por isso todo esse sucesso", concluía. Um pensamento simplista e ingênuo, é preciso dizer, mas Geraldo seguia, "Se eu também começar a me vestir assim, certamente em pouco tempo vou ter mais sucesso que o Aristóteles. Quem sabe até conquisto a Jezebel?!", imaginava quase babando de tanta euforia. Esse era Geraldo, ingênuo mas obstinado.

Uma breve pesquisa e Geraldo descobriu que Aristóteles comprava as roupas de um alfaiate famoso, conhecido como Paulo Roberto. Geraldo foi lá pra ver quanto custava. Paulo Roberto era um cara gentil e antes mesmo de discutir preços com Geraldo, mostrou sua alfaiataria, explicou sobre a arte de confeccionar roupas, sobre tipos de tecidos e outras coisas. Uma aula. Geraldo ficou mesmo encantado pela educação, simpatia e elegância de Paulo. Foi então que Paulo lhe apresentou seu principal encarregado na alfaiataria, o competente "Julinho", como o chamavam. Geraldo notou que Paulo tinha muita confiança em Julinho.

Paulo então convidou Geraldo para uma sala mais privativa, para falarem de preços. Pra quê. Geraldo foi ao inferno logo na primeira cifra apresentada por Paulo, para a compra de uma simples camisa feita por ele. Geraldo não acreditava. "De onde vou tirar esse dinheiro?!", se perguntava angustiado. Geraldo não tinha cacife para comprar as roupas de Paulo. Na hora sentiu ainda mais inveja do Aristóteles. O que ele não sabia é que Aristóteles e Paulo eram amigos de longa data e Paulo fazia um preço camarada para Aristóteles. Mas, como dissemos, Geraldo era obstinado. Foi pra casa matutando em tudo isso. Dormiu tarde, com dor de cabeça de tanto pensar. No meio da madrugada, Geraldo acordou eufórico, tinha tido um sonho iluminador!

Sonhou que visitava a alfaiataria e via que quem de fato fazia tudo era o tal Julinho. Isso o fez acordar de pronto, com a idéia redentora. Ele tinha certeza: era o tal Julinho que fazia de fato o trabalho. O tal Paulo só ganhava no nome, só ficava com os louros. "Que Paulo que nada", exclamava Geraldo. "E se eu convencer o tal Julinho a fazer pra mim, por fora, por um preço mais barato?". Na primeira hora da manhã do dia seguinte, Geraldo voltou a alfaiataria e, por sorte, Paulo não estava lá. Pediu então para chamarem o Julinho e conversaram. Há tempos Julinho esperava pela chance de começar sua própria alfaiataria e esse Geraldo poderia ser sua porta de entrada, seu primeiro "cliente especial". Não deu outra. Julinho pediu demissão, alugou uma salinha comercial e começou seu negócio próprio, pro seu primeiro cliente, o Geraldo, que se não pagava muito, pelo menos estava disposto até a pegar empréstimo pra lhe pagar o melhor que podia.

E Geraldo voltou pra casa feliz, confiante de que agora teria sucesso. E, melhor, pensava "Agora, sem o Julinho, quero ver o tal Paulo continuar tendo sucesso. Aristóteles vai se ferrar". Geraldo dormiu feliz e sorridente, em meio a sua infantial ingenuidade e profunda inveja. O que ele não sabia, pobre Geraldo, é que o mercado está cheio de profissionais como Julinho, competentes em gerir a produção. Sua substituição viria naturalmente.


O que Geraldo não sabia é que alfaiataria é uma arte e que o artista era Paulo.

44 Comentários:

cjr-sp disse...

Pablo...peço deculpas pela minha falta de educaçao...afinal o teu texto pode ate estar bom...mas nao li...fui direto na JESEBEL...matar a saudades. IMBATÍVEL...

Saulo - Santa Maria/RS disse...

Pablo, baita texto aí galo véio. Meus parabéns tchê.

cjr-sp disse...

Agora li Pablo. Baita texto como disse o Saulo.

********************

"O que Geraldo não sabia é que alfaiataria é uma arte e que o artista era Paulo."

Alexandre S. Peña disse...

Grande texto! Parabéns!
Podemos chamar de "a fábula do alfaiate"?
Bem aplicado o Chevette na questão, aliás, lembra bem a Copa Chevette que se aproxima.

Aproveito para dizer que acho mesmo que Leocir (ex-Cruzeiro) é muito mais técnico (ou auxiliar) do que Julinho (ex-Caxias e NH), assim como trazer de volta o Osmar Loss e promover o André Döring também foram ótimas sacadas.
A renovação do Damião então nem se fala. Se ele for só um trombador, como dizem alguns por aqui, que seja o trombador mais caro que já vendemos, desde que a entrega seja só no final do ano. Os craques jogaram contra a Venezuela e foi o que se viu...

Cabe lembrar que esses que estão chegando (Leocir, André e Osmar) também vão suprir parte das funções do Chumbinho, que também fazia as vezes de olheiro nos adversários.

Alguém está trabalhando bem no BR!

Em tempo: O portalápis "medrou" e não vai enfrentar o Inter... só o jogo seguinte, contra o Avaí!

JR disse...

Acho q foi o melhor texto que lí aqui ao lado de alguns escritos por Diana .....

O paulinho mixaria vai se lascar e cair junto com odone e seu bando !!!

A mídia azul até pode insinuar algo como "julinho era o cérebro do Inter", pq diante das ausências q teremos nos próximos jgs a tendência é q o Inter jogue "menos" .....

Mas falcão com o tempo está provando q pode ser técnico sim .... COM O TEMPO ......

Gonçalves disse...

hehehe muito bom, lembrou aquela época onde os textos se misturavam com a realidade, assim como este ficou.

respondendo a tua pergunta la no post do Arena Vermmelha, não sei se filmaram ontem, vi que o pessoal estava se organizando pra fazer uma pequena entrevista com o Claudião ( o Otacilio Neto tambem estava lá ontem), eu não pude ir estava numa reunião da associação dos colorados de canoas, mas vi que postaram uma referencia no site do CC hoje:

http://www.convergenciacolorada.com.br/inter/index.php?option=com_content&view=article&id=190:uma-palestra-com-profundidade-e-senso-de-humor&catid=3:newsflash&Itemid=88

Gonçalves disse...

ops...Otacilio Gonçalves

Daniel Chiodelli disse...

Bravo, Pablo! Bravíssimo!

Fabio - Arena Vermelha disse...

Fugir do lugar comum é sempre uma baita saída prum ótimo texto...

Mais uma vez, muito bom.

Espero que o paulo Roberto seja um grande artista mesmo....

abs

Anônimo disse...

Oremos...

Roberto Piccoli disse...

Parabéns Pablo! Analogia perfeita e deboche na medida certa HAHA

Show de bola!

Ramon Dongo disse...

Ótimo texto, só isso que eu tenho pra dizer.

Rafael Severo disse...

Sensacional, Pablo!

Tomara que o alfaiate tenha ficado, mesmo.

Grande abraço.

João Gabriel disse...

Sensacional Pablo!

É isso mesmo! O Alfaiate é o Falcão!

Agora..

A Jezebel...

puta que pariu!

Cliquei, inocente, no link.

A secretária do escritório fechou a cara pra mim. Que vale!

hahahahahhaha

Rubens Borges disse...

Vocês j´pa viram todas as fotos da tal de Jesebel? Nossa!

Pablo Faria disse...

E aí, turma, que bom que gostaram. Só posso dizer que me diverti pacas escrevendo o texto (incrível como uma ideia puxa outra e asism vai)! rsrsrsrs...

Outra coisa bacana foi rever posts do Severo e os comentários da galera, hahahaha... Foi nessa época (da Jezebel) que conheci o BV. Bom demais!

Enfim, só alegria escrever aqui e compartilhar desse sentimento de coloradagem com vocês.

Louis, o BV não pode morrer nunca, cara! Isso aqui já é um tesouro da história do Inter. E agora é que nem filho: se teve, não abandona nunca mais, até a sua morte, meu velho. ;)

Pablo Faria disse...

Tem alguém que não gostou do texto e de 1, hehehehehe... Será um gremista ou será o [pepino]? rsrsrsrs...

Marco disse...

PARABÉNS SIEGMANN E LUIGI POR SEGURAR DAMIÃO!!!

E esqueçam a pereba WP, quem joga bola, deste empresário, é o Gladiador.

Este eu quero, mas tem que dar o gardenal para ele, antes de xada jogo.

E ninguém comentou, mas os manos do Mano jogaram em La Plata...

Ninguém tem recordações de lá para comentar?

GILSON - PR disse...

Ótima analogia Pablo,

já vi vários casos em que o sujeito era um ótimo vendedor, o melhor da loja, então passaram ele para gerente.

Resultado: o cara foi um péssimo gerente, consequentemente ficou desempregado. Não poderiam rebaixá-lo para vendedor novamente.

Teve até uma loja de eletros famosa, onde passaram os melhores vendedores para a gerência.

Resultado: a loja faliu. Caso verídico.

Jardel Marchiori disse...

Baita texto. Esse Pablo é doido. hehehehe

João Gabriel disse...

Esfriou o negócio do Neuton.

hahaha

Me mijava de rir no carro hoje.

A Band deu o negócio em 5,5 Milhões de Euros.

Na volta, o repórtes falou em 5 Milhões de Euros. Baixou 500 mil euros em 3 minutos.

Mudei para o programa do Nando. Notícia quente: Neuton saindo por 4 milhões de Euros. O Grêmio teria 55%. A transação foi dada como certa!

Notícia da noite no clic: esfria e trava o negócio. O Grêmio pediu garantias bancárias que não chegaram. A Udinese ofereceu 2 milhões de Euros.

Agora, essa imprensa é uma piada.

Os valores reduziram de 5,5Mi para 2Mi. O negócio que estava fechado, esfriou e corre o risco de não sair mais.

Carlos - Porto Alegre disse...

Baita texto Pablo!!

E não só o valor do Neuton baixou como o WP que ja havia sido comprado pelo Inter por 1,5 milhão está cada vez mais distante!! \o/

Pablo Faria disse...

Haha, que piada essa RBS...

Agora fui, vou dormir!

PEPINO disse...

pablo,pablo estou meio sem tempo,portanto nao li o seu texto e nem vou ler,pelos seus comentarios eu já posso imaginar como deve ser,tambem nem sabia que era possível votar nos textos,se vc está na fase de autoafirmaçao e está preocupado com as notas que te dao,eu te dou nota 1.000 ok! Mas continue na caça pela pessoa que te deu nota 1 pq. comigo vc errou o pulo feio meu velho!

Schroder-EUA disse...

Mui Bueno Pablo! Bom ver textos assim no BV.

Rubens Borges disse...

Texto estilo David Coimbra

Cristiano disse...

Baita texto...

mas pelo horario da foto da Jesebel, foi comemoracao ao gol do Gabiru, com certeza ai, kkkkk

Que semana foi aquela, que semana....

The disse...

Muito bom o texto. Parabéns!

Pablo Faria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pablo Faria disse...

Boa [pepino]! Você é fera mesmo, hein. Um nível acima, sem dúvida.

Pablo Faria disse...

Para os que (como eu) ficam desanimados com a falta de jogos, vem aí uma sequência do Inter de tirar o fôlego:

Nesta quarta-feira: Atlético-PR
Dia 9 – Vasco (fora)
Dia 14 – Corinthians (F)
Dia 17 – São Paulo (C)
Dia 23 – Avaí (F)
Dia 26 – Barcelona (Copa Audi, Munique)
Dia 27 – Jogo pela Copa (dois jogos, entre vencedores e perdedores da primeira rodada)
Dia 31 – Atlético-GO (C)
Dia 4 – Fluminense (F)
Dia 7 – Cruzeiro (C)
Dia 10 – Independiente (Recopa, na Argentina)
Dia 14 – Bahia (F)
Dia 17 – Botafogo (C)
Dia 21 – Flamengo (C)
Dia 24 – Independiente (C)
Dia 28 – Grêmio (F)
Dia 31 – Santos (C)

Alexander Canale (CxdoSul) disse...

Pois é, Pablo.

Para essa maratona o INTER precisa grupo, o que definitivamente não tem.

E aí o Falcão comenta que não tem elenco para ganhar o brasileirão e é aquela balbúrdia.

Repararam que depois que o SIGMANN calou a boca as coisas começaram a acontecer no Beira Rio?

João Gabriel disse...

Pablo, e maioria sem Oscar e Juan por conta da Sub-20.

Nessa sequência pode definir 3 títulos:

Audi
Recopa
Brasileirão (13 rodadas, 39 pontos)

A Copa Audi só torço por uma participação digna. Gostaria de ganhar, para minimamente o Mundial passado. Mas não faço questão.

A Recopa eu tô com Gana. Quero ser campeão de uma competição Sulamericana de novo.

E no Brasileirão... temos que fazer pontos: Enfrentamos candidatos direto ao G4 e título: Corinthians, Flamengo, Santos, São Paulo, Fluminense, Cruzeiro.

Mas vamulá. Não era má idéia contratar mais um zagueiro, um meia armador e dois atacantes. E ver se o Alisson e Fabrício tem cacife para ser os laterais reservas.

João Gabriel disse...

Nós temos é que ganhar hoje. Isso é importante.

Quanto a Recopa: Me vou a Buenos Aires!

Paulinho Dixon - Dr_Inter disse...

Excelente o texto, muito criativo e BEM ESCRITO ! Parabéns, cara !

Klaus disse...

Belo texto!

Redimiu-se daquele que pedia o Cuca.

Klaus disse...

Recomendo!
O Vianey escreveu algo a respeito também...


http://corneteirovirtual.blogspot.com/2011/07/sindrome-de-estocolmo-colorada.html


"...HABILMENTE, A CBF PAUTA o noticiário e termina com as críticas. Ao invés de reportagens discutindo o ABSURDO de clubes PROFISSIONAIS serem desfalcados por seleções AMADORAS, os jornais estampam o dilema dos treinadores: em quais jogos farão uso desses atletas..."

"...E o pior, tal qual como quem é acometido pela SÍNDROME DE ESTOCOLMO (clique aqui para saber mais), agora, quase que unissonamente, ouve-se o discurso de “agradecimento” por tal atitude..."

Klaus disse...

http://corneteirovirtual.blogspot.com/2011/07/sindrome-de-estocolmo-colorada.html


"...Há que se lamentar a postura do Internacional, assim como as declarações de Falcão elogiando o treinador Ney Franco pela sua “compreensão” e conseqüente liberação aos clubes dos atletas convocados para a seleção sub20 do Brasil por dois jogos..."

"...A pseudo “passividade” da direção colorada claramente visa, embora as negativas, valorizar seus atletas vislumbrando o aumento de seus valores de mercado para serem, brevemente, negociados. A fim de “tirarem o foco”, em uma atitude quase diversionista, utilizam como discurso o argumento de que “tentaram” a liberação dos atletas. ..."

"...Já o discurso adotado por Falcão é incompreensível. O treinador, TALVEZ O MAIOR PREJUDICADO NESSE CASO, parece utilizar-se da política do “Joãozinho do passo certo” e adota um discurso ameno e conciliador. Parece evitar um “confronto” com a CBF. O que não fica claro é: PARA QUÊ? Estaria pensando em seu “futuro”?
Do contrário, como justificar os elogios a alguém que retira dois titulares de sua equipe por oito ou nove rodadas? E ainda por cima, os dois atletas responsáveis pela melhora substancial do sistema coletivo que até seus ingressos FRACASSAVA! Ou o treinador colorado esquece que até as entradas de Oscar e Juan na equipe titular, seu emprego estava seriamente ameaçado?..."

Klaus disse...

http://corneteirovirtual.blogspot.com/2011/07/sindrome-de-estocolmo-colorada.html


"...Pelo informado, o Inter não teria a obrigação de liberar os seus atletas para competições disputadas pelas seleções das categorias de base. Se o faz, e é o que se “escuta”, visa com isso AGRADAR a CBF. A mesma que sempre o “prejudica” quando pode. Ou alguém esquece o ano de 2005 E AS AMEAÇAS DE RICARDO TEIXEIRA AO FUTURO COLORADO CASO INGRESSASSE NA JUSTIÇA? Nem mesmo o argumento de que o Inter adota essa postura porque a CBF rearranjou algumas datas para a disputa da Copa Audi pode ser utilizado, haja vista que a CBF fez o mesmo para “ajudar” a Flamengo e Corinthians em competições passadas. além do caso do Santos nesse ano, pois esse mesmo auxílio não foi visto ano passado, quando o Colorado é quem disputava e conquistava o título da Copa Libertadores.
E AO INVÉS DE PROTESTAR E SE REVOLTAR, O "CONTEXTO COLORADO" AGRADECE!? ..."

Klaus disse...

http://corneteirovirtual.blogspot.com/2011/07/sindrome-de-estocolmo-colorada.html


"... Fica a questão, já posta anteriormente (leia aqui mais sobre o assunto): E se essa postura custar o título do Campeonato Brasileiro ao Inter, quem irá ressarcir ao clube e dar explicações ao sócio-torcedor?..."


"Cornetadas:

- Julinho Camargo (que realmente tem muito potencial), mesmo sem estrear, já se tornou unanimidade! É incrível, mas como nenhum clube o contratou anteriormente?

- Fosse no Inter, um treinador inexperiente estrearia sem pressão?

- Fosse o Inter a ser desfalcado por "descaso" com datas, teríamos crise?

- Qual o motivo da “recontratação” do Renan? Terá, ao menos, diminuição do seu salário?

- Quando chegam os reforços?"



Vale conferir na íntegra.

Klaus disse...

E hoje, TEM QUE GANHAR!

Sem desculpas, 1X0 já é ótimo, não podemos perder o embalo, ainda mais em casa.

Saulo - Santa Maria/RS disse...

"Redimiu-se daquele que pedia o Cuca."[2]




Olha gurizada...respeito a opinião dos corneteiros ao extremo. Masssss HOJE to com a impressão que vamo botá até os guevo pra dentro desse atletiquinho. ehehe




...FAREMOS HISTÓRIA.

Kleber disse...

Cara, estou receoso pelo jogo de hoje. Espero, e torço muito para estar enganado, mas...
E amanhã vou ver a gurizada na Copa Pantanal. Cuiabá x Internacional... no estádio Dutrinha. Não importa se é a gurizada, estão vestindo o manto sagrado e lá vou eu, torcer e prestigiar!!!

PEPINO disse...

o gaymio está no caminho certo,ontem o seu grande treinador nao viajou com o time pois sua filha acabou de nascer,o tal de neutom nao iria jogar pos estava vendido,parece que nao está mais,o lateral gabriel parece que nao joga por falta de uma documentaçao da grecia,os salários estao atrasados,fora o resto,o gaymio está virando uma varzea sem fim!UM TIME DE PRIMEIRA COMO O INTER NUNCA SERAO.

Postar um comentário

Para deixar seu comentário você primeiro precisa registrar no www.Blogger.com ou usar seu Gmail para fazer o Login. Ou ainda criar um perfil no Google (veja link abaixo). Qualquer um desses serve.
________________________________________________

Para colocar LINK faça assim

Se Tu quer criar um Link, use o formato abaixo, só troque os "[" e "]" com < and >:

[a href="http://www.URLdolinkto.com"]Texto para aparecer[/a]