segunda-feira, outubro 18, 2010

O Problema no Gol

O Inter consegiu se colocar numa situação muito complicado em relação a posição de Goleiro. Chegamos ao ponto que qualquer decisão que tomem corre o risco de fracasso.

A SEQUÊNCIA DE ERROS

O erro começou com a torcida que por alguma razão não foi com a cara do Lauro. O Lauro foi titular por um bom tempo, ganhou a SulAmericana e deu pra ver que tipo de goleiro que ele era. Um dos seus defeitos era a falta de "animação" no gol. Para a posição ele é meio quieto, alguns diriam depresivo. Normalmente gostamos de ver goleiro na cara dos zagueiros, gritando e colocando ordem na casa. O Torcedor quer um goleiro sherifão. Isso é fato. O Silêncio do Lauro no Gol deixou essa brecha para a torcida critica-lo.

No mais de um ano no gol, Lauro não comprometeu muito. Só mais para o fim é que o Lauro tomou alguns poucos frangos como contra o Barueri no Brasileirão e depois no Gaúchão contra o Avenida numa falta com o placar já em 5 a 0 para o Inter. Quando ele tomou esse frango a cara depresiva que ele fez de desanimo provavelmente foi o ultimo prego no caixão. Ele deveria ter buscado a bola, levantado o braço "Mea Culpa" e bola pra frente. Em vez disso ele abaixou a cabeça como um derrotado. Estavamos ganhando de 5 a 0 pô!

Uma das reclamações ainda repetidas da torcida sobre Lauro era de que ele "não faz defesas dificeis". Mas para mim isso não faz sentido. Porque se ele fosse diferente nesse quesito a qualquer outro goleiro sua media de gols tomados seria muito maior que outros. Mas não é. As vezes goleiro mal colocado faz defesas milagrosas enquanto no mesmo lance para um goleiro bem colocado a defesa seria comum.

Mas o erro do Inter foi acreditar em tudo isso e seder a pressão da torcida que queria a cabeça de um goleiro que pouco falhou. O cumulo do exagero da torcida foi chamar de frango um gol de falta tomado do Lauro contra o Botafogo no Brasileirão de 2009. Foi uma falta de media distância, batido muito bem e forte no angulo do gol. Defensavel? Dificil, mas não impossivel. Frango? Nem na China.

Assim como uma bola de neve a torcida impaciente reclamava a cada falha do Lauro que acontecia talvez uma vez a cada dois meses. Com a Libertadores 2010 chegando o Inter finalmente acreditou que depois de tomar um frango contra o Avenida o Lauro não poderia ser o titular na Libertadores.

A solução do Inter foi buscar um goleiro estrangeiro de grife e muitos titulos. O Argentino Pato Abbondanzieri. O problema era que o Pato já não era mais o Pato. Ele já tava mais para 40 do que 30 e era reserva no seu clube o Boca. Mas o Inter sabendo que um Argentino na Libertadores ainda mais um cheio de titulos iria fazer a torcida feliz foi lá e o contratou. Assim o Inter quiemou o Lauro (por causa de Gaúchão) e colocou o Pato como titular logo no inicio da Libertadores.

O erro do Inter logo foi comprovado quando Pato começou a erra bisonhamente. Alem de alguns frangos Pato se arriscava demais saíndo e dando carrinhos fora da area e outras loucuras assim (jogadas de Goleiro de Playstation). A torcida perdia paciência e o clube tambem.

Desastres normalmente acontecem não por causa de um erro mas normalmente por causa de uma sequência de erros. O Inter notando que havia se precipitado em contratar Pato começou a procurar uma solução fora do Beira Rio. Lauro, queimado, nem foi pensado como opção. Ele figurava no banco porque não tinhamos outro. A solução do Inter foi trazer de volta um queridinho de 90% da torcida, o goleiro prata de casa sucessor ao Reino do Taffarel O Grande, o suposto "Taffarel The Second", Renan Brito Soares.

Mais uma vez a diretoria fez a torcida (ou ao menos a maioria dela) feliz. O Renan estava de volta para salvar o Inter junto com Celso Roth nas ultimas 4 partidas da Libertadores. Alguns poucos torcedores (Here's looking at you kid) já avisavam a anos que Renan não era o bicho. Como num filme de terror alguns avisavam "Não abre essa porta!! Tem zumbi ali dentro!!!" Mas o Inter abriu.

Logo na estreia na Semi da Libertadores com Pato agora no Banco Renan toma um frango monumental no Morumbi e a partir daí dependiamos da sorte. Incrivelmente apesar de tudo isso ainda nos sagramos Bi Campeão da America. Mais sorte que juízo cabe perfeito nesse caso.

Mas os jogos continuaram e Renan continuou a falhar...feio.

E agora estamos numa situação complicada. O que fazer?

Renan?
Deixar Renan no gol, é uma loucura. Simplesmente pelo fato que Renan já provou que não é goleiro de qualidade. Ele não é goleiro para jogar de titular no Inter. Fato comprovado. Mas vai colocar quem?

Pato?
Pato tambem provou que não é mais o mesmo. A Torcida já tá pedindo ele meio que se esquecendo o que ele fez antes do Renan chegar. Eu prefiro Pato sem duvida sobre o Renan, mas seria Pato o suficiente? Será que Pato sem jogar aprendeu a parar com suas loucuras e golpes de vista? E se ele entrar e falhar?

Lauro?
Por mim Lauro nunca teria saído do gol. A torcida foi impaciente demais. Era só ele mudar um pouco a atitude dele em campo ser mais mandão e estaria tudo otimo. Mas trazer ele de volta agora seria complicado. Primeiro porque nem no banco ele tem ficado, segundo porque ele foi totalmente queimado perante a torcida. Imagina se ele entra agora e falha?

Novo Goleiro?
Seria uma solução. Mas quem? Só se fosse um goleiro experiente mas não velho com carater forte pra chegar e tomar conta da casa sem ser intimidado por Pato, Clemer, Renan ou qualquer outro. Mas não sei se com 7 semanas até o Mundial esse goleiro existe e está disponvivel.

Então o que fazer?

MINHA SOLUÇÃO

Renan immediatamente é barrado pra treinar 24-7 sua tecnica e aprender a ser goleiro novamente, se é que um dia foi (alem de fazer sucesso nos Sub-20).

O Titular volta a ser o Pato (se não tem ninguem pra contratar de peso e qualidade). Apostaríamos nossas fichas na experiência do Pato, nos seus titulos e no fato de que ele não vai se borrar diante de Eto, Milito e compania.

Seu reserva immediato seria o Lauro, o goleiro mais "tranquilo" do clube. Em caso de falha repetida de Pato nas proximas 7 semanas Lauro estaria ali para voltar ao gol. Acredito que se isso acontecesse a essa altura a torcida voltaria a apoiar o Lauro.

Essa é a formula, se não perfeita a unica sensata no momento. O que NÃO pode acontecer é mais um erro e deixar o Renan no gol. Ele simplemente não tem condições. Temos que colocar amizades ao lado e pensar no INTER primeiro. Tá na hora de Renan sair do time. E fico preocupado que não ouvimos uma palavra do Beira Rio pra indicar que isso esteja acontecendo.