quinta-feira, fevereiro 17, 2011

LESA INTER




CERCADO DE BURROS ATÉ UM INTELIGENTE EMBURRECE, O CONTRÁRIO NÃO É VERDADEIRO, ACRESCIDO QUE NOSSA DIREÇÃO NÃO É LÁ MUITO CONHECEDORA DAS MINÚCIAS DO FUTEBOL !

O ELENCO ESTÁ BOM, FARTO EM ALGUMAS POSIÇÕES, CARENTE EM OUTRAS, MAS, DEFINITIVAMENTE, NÃO TEMOS LUZES NA CASAMATA !

ENTÃO, SEM PERDA DE TEMPO EM FALAR DAS COISAS EXTRA-CAMPO, VAMOS PARA O CAMPO:

LADO DIREITO:
É um verdadeiro latifúndio:
Ofensivamente se o Dale não cai por ali e tenta contra vários adversários algo inusitado, pouco ou nada acontece. Nei pega a bola na intermediária, carimba e passa pro WM, que carimba e passa (va) pro Tinga, que gira-gira e às vezes acha o Dale, é o vai-Dale pela direita.
Defensivamente, a esmagadora maioria dos gols sofridos são por ali, quer em contra-ataques, quando do apoio (?) do Nei onde ele simplesmente não está nem na tela da TV, quem vai a campo vê que ele está bem longe do seu lugar, quer em bolas alçadas (ontem quase tomamos um assim), não sei por que ele eventualmente fecha pelo meio da área (anão que é) nestas bolas, acrescente-se que o Índio e Bolívar sempre tiveram imensas deficiências neste tipo de jogada (= traduzindo, marcam a bola e não saem do chão em bola defensivas).

LADO ESQUERDO:
Kleber tem um único atributo, levantar bolas para a área, muito pouco, pois se ninguém ´ligar sua ignição` não dá partida, o que normalmente ocorre, na marcação simplesmente não sabe/ consegue/ pode usar o corpo, não dá bote ou rouba bola, precisa de uma bengala cada vez mais ´desgastada` chamado Guina, que por sua vez, tenta e é orientado a ser um ´armador` solto para o ataque, pois sabe sair jogando e é bom na criação, conforme expectativa e ordens da ´chefia`. Se o Dale não vier com a bola pela esquerda, trocar passes e segurar a bola até que o Kleber ´decida` e tenha vontade de ir à frente, nada acontece também. Contra ataque por ali é igual aos adversários chegarem na cara do gol.

ZAGA:
Rodrigo entrou rindo em campo, meu filho me questionou se ele não deveria ter entrado com ganas...
Não jogou contra o Pelotas pois não tinha ritmo, ótimo, estreou em LA sem ritmo, sem entrosamento e esquema diverso desde a saída do JF (03 zagueiros).
A melhor defesa é aquela em que a bola não chega (vide Estatuto do Corneteiro – frase by CJR), o sem-luzes futebolísticas tira um volante, coloca um zagueiro e dê-lhe futebol em ¼ do gramado (nossas intermediária e grande área).
Este setor é escalado por histórico, contra-cheque, idolatria dos dirigentes, empresários, a bola fica em último plano...
Parênteses:
DIRIGENTE DE FUTEBOL NÃO PODE SE APAIXONAR POR JOGADOR / TREINADOR / EMPRESÁRIO / TREINADOR DE GOLEIROS / MASSAGISTA, etc...

MEIO CAMPO:
É uma gosma só, ontem melhoramos MIL POR CENTO, defensivamente, porque o Bolatti (baita jogador) é da função, assim como o Glaydson, mas no Inter as escalações são coisas muito além do futebol jogado.
As funções de meio-campo são únicas e não podem ser superpostas, hoje tem uma ´zorra` na terminologia que leva a confusão, meia não é meia-atacante ou 2º atacante, volante não é meia.
1º e 2º Volante defendem, mas podem se projetar ao atacante, com cobertura de outros;
Meia arma, articula, ataca, cria e dá o ritmo para o time;
Meia atacante ataca mas ajuda um pouco na marcação.
Hoje tem a figura do 3º volante (por falta de um meia de qualidade), ex: Tinga que roda o campo todo, podendo chegar no ataque, mas sua função maior é ´encorpar` o meio-campo.
Voltando, um meio campo tem que ter 02 volantes (um mais fixo, outro mais solto) que saibam jogar (vide Cur2009 do MM, Elias e Christian), um terceiro volante e um meia.
O que tínhamos até agora, 02 volantes soltos pelo campo (WM e Guina), um terceiro volante muito à frente (Tinga), e um desesperado Dale tentando encontrar com quem jogar. Tudo isto porque não tínhamos um 1º volante (com um bom empresário...)
Ontem, teoricamente, para começar o jogo a escalação até foi correta, Bolatti na frente da zaga, WM pela direita, marcando ( O T7 não está em boa fase) o Guina pela esquerda. Na frente Dale, Damião e Zé.

ATAQUE :
E Damião não jogou o Mundial...quem pagará esta fatura - LESA INTER !
Assim se queimam os Sóbis, Alex e trazemos um Zé (o barato que sai caro) indicado pelo técnico que ninguém queria sua continuidade. Tirante a questão extra-campo que desconheço, dentro de campo, não é jogador de LA e não serve pro Inter, e tem mais de 30 anos, te vira AOD !

O que deu errado:
1 - Inversão entre Dale e Zé. Dale na esquerda é muito mais eficiente, quase todos nossos gols saem por ali;
2 – Zé é jogador de Cariocão, não serve, indicado pelo Roth é um Alecsandro II;
3 – Absurdamente, o Guina estava à frente do Dale, quando deveria somente marcar e ficar na cobertura do Kleber em suas preguiçosas subidas;
4 – Kleber de Capitão, é a cara do time / treinador e direção, conformado, burocrata, indignação zero;
5 – Demora e substituições absurdamente destruidora de meio-campo, fosse um guri, o Zé sairia no intervalo, Cavenaghi muito bem, raça, visão de jogo (bye Alecsandro), grande contratação, mas...
6 – Por que não substituir mais um jogador no final, seria mais um tempo ganho, o Damião não mais conseguia correr, o Dale ´acabou` em campo de tanto correr e tentar jogar sozinho, por que não entrou o Glaydson aos 48`.
7 – Rodrigo simplesmente errou tudo...já mostrou a que veio !


Será que este post seria o mesmo se tivéssemos ganho ?

Claro que não... mas mesmo se tivéssemos saído com vitória ontem, uma coisa temos que ter em mente, tirante a questão emocional, é muito ´chato` e sonolento ver o Inter jogar, sem padrão de jogo, volume de jogo, pressão no adversário, é um time pastoso...
Vou a campo quase sempre (sábado estarei lá), mas o time não empolga, falta ´cujones`, energia, e a torcida por mais que apóie, não entra em campo...
Enquanto a dieção comemora a volta dos gols (03 contra o Peloootaaaasss...) o Cruzeiro faz 5 (cinco) no Estudiantes...


Sorte:
Nosso treinador disse que o Emelec teve sorte, concordo, não é todo o dia que o adversário joga contra um time treinado pelo Roth, é muita sorte, mesmo, o Leandro Machado teve esta sorte, o cara do Mazembe também...