quinta-feira, junho 18, 2009

A LISTA NEGRA DO BV



E apartir de hoje começo o BLACK LIST do BV ou a LISTA NEGRA do BV onde colocarei as personagens/entidadas que são no momento inimigos do Blog Vermelho e ou do Sport Club Internacional.

São 10 Nomes que sempre estarão na Lista. Pra entrar um novo nome na lista, um terá que ser perdoado e tirado da Lista. Quando aparecer um novo persona non grata os outros nomes serão reanalizados e os Blogueiros Vermelhos terão que perdoar um na lista para fazer espaço.

Essa é a Primeira Lista Negra do Blog Vermelho:

LISTA NEGRA DO BV

1- CBF (pelas falta de competencia e só se interesar pela Seleção e não os Clubes)
2- DUNGA Por ter convocado NILMAR e KLEBER quando o Inter tem 2 Decisões pra jogar.
3- Corinthians: Porque a Bola não puniu por completo ainda
4- Grêmio: Por ser o Grêmio já é razão suficiente, provavelmente nunca saia da lista.
5- Juíz Heber Roberto Lopes: Por falta de competencia no jogo Corinthians x Inter final da CDB
6- Zveiter: Esse é antigo mas tem que aparecer na lista ao menos nesse inicio
7- Torcida do Flamengo (plagiando as musicas da torcida colorada)
8- STJD (a cada semana eles aprontam uma, Dentinho essa semana, ele escapando de 3 jogos)
9- Marcio Rezende de Freitas (O juiz do penalti no Tinga em 2005...ainda não perdoado)
10-Mano Menezes

Estudem essa lista pois assim que aparecer um novo inimigo Colorado, teremos que tirar um desse aí em cima da lista!

E FIQUEM ATENTOS PARA NOVOS CANDIDATOS. Deixam aqui nomes novos quando eles aparecerem.



EDIT:

22-06-09
Cansei da carinha do mano Menezes. Primeiro tá se metendo em assunto do Inter em relação ao Nilmar e Seleção e depois mandou o Tecnico Interino do San Pablo o MILTON CRUZ ficar quieto por ser apenas um Interino. Alem de arrogancia total com esse comentario, Milton Cruz vestiu a Camisa do Inter muito bem no inicio dos Anos 80.

Com isso declaro o Mano Menezes o mais novo inimigo do Blog Vermelho e coloco ele na Lista. Como tenho que retirar um nome da lista para a inclusão do MM vou retirar o Renato Portaluppi por ter sido uma inclusão mais retroativa do que atual.