quinta-feira, junho 04, 2009

´REPETITINDO`...... Que sufoco !



Ontem por causa de um aniversário ´infaltável` de uma amiga minha, fui um colorado privilegiado no quesito cardiológico, pois só assisti ao vivo o 2º tempo do jogo, vi o VT do 1º tempo na TV COM, como não recebi nenhuma mensagem ou telefonema do meu filho informando sobre o andamento do jogo estava tranquilo, o que mudou radicalmente ao chegar em casa aos 3 min, do 2º tempo e ver a expressão ´gelada` do Otávio, meu filho.

Brevemente me relatou como foi o 1º tempo, e relaxei pois a partir da minha chegada, parecia que o Inter iria ganhar o jogo, pois havia começado a jogar, reter a bola, etc... lêdo engano...tivemos as melhores chances do jogo, todas próximas a marca do penalti para a frente, mas não fizemos, assim como os Coxas não se classificaram por sua incompetência.

Por que acontece do Inter não repetir fora do BR atuações convincentes ?

R1: Não podemos lá fora jogar com menos de ONZE jogadores. Para se ter posse de bola em jogos fora, é necessários que o meio-campo segure-a, fazendo o tempo ´propriamente dito` passar e esperar a passagem dos jogadores de trás para a frente e o correto posicionamento dos jogadores da frente. Mas com esses laterais que temos (que na verdade não temos...) isto é inviável, pois ambos são jogadores ´totalmente dependentes` de severa assistência, principalmente na parte defensiva, pois invariavelmente são batidos e a linha de fundo é o paraíso para os adversários. Sorte nossa que na Copa do Brasil os últimos adversários Fla e Coxa tiveram em seus ataques jogadores risíveis...
R2: Ontem ficou bem claro que um jogador mediocre correr o tempo todo (e nada resolver) fica parecendo ser mais efetivo do que um jogador clássico, porém mais posicionado subindo somente com segurança (embora se diz que os laterais do TT não precisam apoiar...) e com correção no passe (que se enterre a ´popular` opinião pública da titularidade do McD em favor do Kleber)
R3: Jogadores totalmente dependentes são aqueles que precisam ter sempre ao seu lado um FEROZ SECRETÁRIO, no caso Magrão e Guina, pois não conseguem apoiar ou por falta de energia (temperamento) no caso do Bolivar ou por falta de técnica na saída de bola no caso do McD, enquanto o chutão do Bolivar não passa da nossa intermediária, o passe do McD é ´bola-no-pé` do adversário, SEMPRE ! Diante disso não há time que sobreviva a esses 02 pêsos pesados (contra o time).
No Gauchão vale qualquer coisa, mas em jogos contra times grandes o Magrão e Guina não conseguem ser os meia-volantes brilhantes do Gauchão, a parceria é outra.

Será que o TT tem culpa da incapacidade de jogar fora ?

R1: Total, pois ao escalar 02 laterais acima, não tem jeito, o time sempre irá ficar ´abatumado` no campo defensivo. O jogo se desenvolve nos 02 lados do campo ( que frase genial), mas quando os jogadores são posicionado só no nosso campo, ficam nossos 03 homens de frente contra 06 defensores, daí até o Pereirão vira um Beckenbauer.
R2: Isto não acontece nos outros times, ex: Fla e Coxa, pois possuem laterais-laterais que sempre vão à frente e incomodam bastante, principalmente quando jogam em seus estádios, são jogadores ´independentes` que além de marcarem com eficiência (melhores do que os nossos, assessorados por Guina & Cia, quando vão à frente consegue somar-se ao meio-campo e até viram atacantes (Ex: Juan, L Moura e Márcio Gabriel do Coxa)

Como corrigir este problema das laterais ?

R1: É um problema sistêmico do time que influência o ´todo`, é só marcarem o Dale que acaba o time, pois Guina e Magrão já tem ´apuros` suficientes na parte defensiva.
R2: Teremos que colocar jogadores independentes nestas posições, no Lado direito é mais fácil, pois o Danilo S ilva parece ser um jogador desta capacidade, marcar com energia e sair ´jogando bola` com qualidade. No lado esquerdo, minha sugestão, pelo menos no jogo contra o Curintia lá em SP seria colocar o bom Glaydson na LE, bem posicionado atrás só marcando o lado direito deles, que é o mais forte com o Alessandro, jogador comum, porém inteligente e independente e o Guina em cima do Jorge Henrique (ex-Bota), jogador de bastante movimentação e força. O Glaydson também serviria para fechar no meio da zaga, dando um acréscimo ajudando na marcação o Álvaro que também nos transmite a idéia de um eletrocardiograma, tal a sua inconstância, minuto-a-minuto nos jogos.

Por que apesar destes defeitos acima apresentados, estamos na final ?

R1: Simples, nosso time é um dos melhores da CdoB e nosso ataque é o melhor em qualidade individual, o que foi decisivo para nós em vários jogos...
R2: Tite apesar dos percalços, tem o grupo na mão e o planejamento vem dando certo...

Por que não entrou ontem no jogo o salvador da pátria, Andrézinho ?
R1: Tite conhece bastante seus jogadores, entendam como quiser....

Diferente de alguns nervosinhos, apesar dos defeitos acima descritos, nem tudo está errado, longe disto, o time em geral está bem montado e com bons jogadores, só que existem no elenco jogadores na reserva que certamente melhorariam em muito o time e as atuações, principalmente em jogos fora...é só não escalar por ´gratidão` e um pouco mais de ´arrojo` e criatividade mal não faria !

Em tempo:
1 - As substituições ontem foram bastante corretas !
2 - Acima de tudo queremos todos os títulos, e especialmente este da CdoB, mas como sempre repete o TT, temos que fazer por merecer, não fosse assim o atual melhor time da América, nosso vizinho da cidade Baixa não estaria em crise, pois somente ganharam de nabas na LA, quando começaram a encarar os demais adversários, cairam na real, então também não nos enganemos com as vitórias acima de tudo, temos que ajustar (falta muito pouco para isto...) o time, daí sim jogaremos bem e ganharemos tudo neste 2009 !