terça-feira, agosto 23, 2011

Últimas noticias

Jornal espanhol chama Oscar de "herdeiro de Falcão" e elogia base do Inter, diz a matéria que "La calidad del equipo de Inter es impresionante, ya que Oscar se considera todavía una promesa. Dicen que "no está listo" y que hay otros jugadores más preparados. Inter es el Barça brasileño!".

Interminável: aos 36, Índio ainda não pensa em encerrar a carreira. Pesquisa entre jogadores veteranos nos diversos clubes brasileiros indicam que a maioria absoluta pensa da mesma forma: pagando bem, que mal tem?

Gol de bicicleta de Damião ganha repercussão internacional. Gremistas tentam tirar sarro com colorados, dizendo que a repercussão é só por ter sido gol no Flamengo, pois se fosse contra o Grêmio, ninguém daria bola pro Inter, "time regional" segundo eles. Colorados fazem cara de interrogação e mesmo com fraterno esforço não conseguem entender do que é que o gremistas se riem.

Passagem de Ronaldinho por Porto Alegre é tranquila. O fenômeno tropical agora só retorna por estas paragens daqui a um ano, provalvemente um pouco mais enfraquecido, prevêem meteorologistas consultados.

Se vira nos 15: Dorival ousa no intervalo e recebe elogios de jogadores e direção.  Ninguém acreditou quando o treinador ameaçou desfilar de cueca no vestiário, se o time terminasse o primeiro tempo perdendo. Foram 15 minutos intermináveis, que mexeram com os brios dos jogadores, obrigados a assistir a toda aquela cena lamentável. Há quem diga ainda que o capitão não resistiu e se juntou ao treinador.

Com desfalques, dupla Gre-Nal pode ter estreias no clássico 388. Inovadora, a dupla considera que 442, 351, etc., são sistemas ultrapassados. No Inter o sistema já estava em franca aplicação, com 3 intocáveis (Bolívar, Mathias e Kléber) e dois grupos de 8 sorteados entre os 16 restantes. Dorival, porém, dá sinais de alterações nesse sistema, uma variação: 199, agora só Bolívar segue intocável.

Inter reclama e culpa arbitragem pelo empate contra o Flamengo. Com Carvalho de volta, vem aí a segunda parte de "O DVD", que dessa vez será mais curto, pois muitas cenas importantes foram atrapalhadas pela performance comprometedora de Bolívar e tiveram que ser descartadas. Diz-se que estava difícil culpar o árbitro quando o capitão estava envolvido nas jogadas.

"Valente, vibrante, guerreiro": Dorival repete modéstia e elogia grupo do Inter. Na verdade, dizem que a frase teria sido dita por Dorival ao se dirigir ao zagueiro Índio, comparado ao "último dos moicanos" pelo treinador. Versões não-oficiais informam que o enunciado terminava com "e inteiraço!", mas são só boatos.