sexta-feira, abril 24, 2009

Sempre lembre do passado

Na saída do jogo contra o Caxias, gostei muito de ouvir a entrevista do Andrezinho. Ao sair do vestiário, o jogador comentou que o Fernando Carvalho havia alertado o grupo sobre a temporada passada, na qual vencemos o Juventude por 8 a 1, mas não conseguimos atingir nossos objetivos nacionais.
Isso me lembra um episódio que para mim é emblemático e que reproduzo na imagem abaixo.
A derrota naquele Gauchão de 2006 foi fundamental para as conquistas que se iniciaram a partir dali. Por episódios como esse que escrevi há poucos dias sobre a importância de valorizar as derrotas do passado.
Nas últimas rodadas do Brasileirão cada pontinho faz uma enorme diferença e sempre olho a tabela lembrando das perdas idiotas de pontos em casa, contra times que estão rumo a série "B", ou simplesmente porque colocamos um time reserva para poupar titulares para outros campeonatos. E não serão poucos.
Em várias rodadas teremos dificuldades por causa da Copa do Brasil, depois tem a tal da "Suruga Bank", lá no Japão (e sabemos como é complicada a questão da longa viagem, mais fuso-horário), depois disso, ainda vem a Sul-Americana.
Enfim, ganhar o Brasileirão será muito complicado, mesmo com o time afinado. Gauchão não deve ser parâmetro. Vamos manter os pés no chão e apoiar o Inter não com a velha soberba digna dos vizinhos do outro bairro, mas com a gana e a humildade da Libertadores de 2006. Até o último minuto. E, quem sabe, a explosão final e definitiva.