terça-feira, abril 26, 2011

42 O que tenho visto

Falcão está desmascarando 99% dos técnicos de futebol. Não que ele seja melhor que os outros ou que seu esquema seja superior, mas o fato é que poucas vezes antes eu vi tão claramente o dedo do treinador no time como vejo agora. O Inter realmente tem um esquema de jogo. As duas linhas de quatro (tão faladas e inexistentes na prática), agora existem. Sempre as vi em times e seleções européias, agora vejo no Inter. E, de fato, isso minimiza (não elimina) a fragilidade defensiva do time.

Em contrapartida, se perde articulação no meio, visto que os meias jogam nos flancos. E em jogos com Andrezinho dispersivo e Oscar lento e displicente (dou desconto por estar voltando de lesão), o ataque fica à míngua. Mas me parece inegável que o Inter hoje, não se apavora mais com os lances capitais do jogo. Em outras épocas, o time sentiria mais os gols, tanto os seus quanto os do adversário. Em outras épocas, o Tinga entraria só depois do Matias (que até acho util). Em outras épocas, o time teria medo de vencer, e perderia.

Talvez eu esteja encantado com um ídolo (Falcão). Talvez eufórico por ter vencido o Juventude no Jaconi (o último a fazer isso havia sido o Abel "pra dentro deles" Braga, em 2005).

Temos um esquema mais seguro defensivamente, mas um espírito mais ofensivista (ou menos covarde).

Se vai dar certo, não sei, pois como diria Muricy: "Isso é futebol, meu filho". Mas que me agrada ver, me agrada.


42 Comentários:

Cristian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cristian disse...

Pois então Daniel,

A visão exposta no teu texto é convergente com o que venho observando desde que o Falcão assumiu a casamata colorada.

Pequenos (nem tão pequenos) detalhes como beleza que tem sido a postura dos atletas durante o jogo. Outro detalhe a parte são as entrevistas do intervalo. Normalmente ouviamos de qualquer time, escpecialmente o nosso: "vamos conversar no intervalo e tentar melhorar". Agora, em nosso time, o lugar comum é: "o Falcão vai corrirgir isso..." ou "O Falcão vai nos falar...". O rei de Roma já conquistou a confiança da boleirada.

Educadíssimo, quando o árbitro reserva veio avisar que ele estava passando da área técnica (jogo contra o Ju). Normalmente os outros técnicos batem boca se justificam e tal... F5 deu dois passo pra trás pediu desculpa e seguiu orientando o time, simples assim:sem querer chamar atenção, ou se mostrar maior, seguiu fazendo seu trabalho e respeitando o trabalho do auxiliar. Coisas menores, mas é um luxo esta postura simples e segura a beira do gramado e isto vem se convertendo em um time mais agudo, objetivo e sem retranquismos.

Perfeição não existe, mas estamos encaminhando o melhor com o material que temos.

Ode ao Falcão? Provavelmente! Tenho mais é que ser parcial quando um ídolo incontestável faz um bom trabalho. SURREAL!

Diego disse...

Tenho muitos e muitos elogios a fazer ao Falcão. MUITOS mesmos.

Mas o que mais me agrada e satisfaz é sua simplicidade, honestidade e clareza.

Suas entrevistas não têm aquelas filosofias esfarrapadas adotadas por Luxemburgo, Tite e tantos outros. Qualquer criança entende o que ele fala. Futebol é simples. Falcão também é.

Porra. Quer coisa mais chata que entrevista de técnico de futebol?

Caso Falcão dê certo em longo prazo, e rezo toda noite para que isso aconteça, ele deixará um legado no futebol brasileiro. Chega daquelas figurinhas carimbadas...

kla.jk disse...

Daniel e, como agrada, F5 é diferenciado, que visão, veja a troca do sóbis, que era o pior jogador do time até aquele momento.

Mas como relatei anteriormente, o nosso Convergência deveria promover alguma alteração no estatuto do CD, onde quando um conselheiro não contribui para a INSTITUIÇÃO SCI, deve ser convidado a se retirar do Clube, pois como gostaria de ver o FN fora dos quadros do CD do INTERRRR.

E como bem previu o Sacizão, mais uma vez o FN, abriu as perninhas a favor delas.
(http://henze-saci.blogspot.com)

Diego disse...

PS: que merda essa história da Popular não poder entrar com os bumbos e bandeiras no próximo jogo..

Essa é polícia gaúcha... Estraga espetáculo, mais uma vez.

Desculpa quem vier aqui defender brigada militar. Mas jamais vou esquecer da cacetada que levei de um Brigadiano, em 2005, no jogo do Fluminense.

Jamias vou esquecer, e jamais vou entender o por que, visto que, tudo o que eu estava fazendo, era tentar fugir do "empurra-empurra" que já tinha me derrubado uma vez...

Mas enfim... Quem dá bola pra isso...

kla.jk disse...

Deixo aqui mais uma pergunta, será que o S.C.INTERNACIONAL foi consultado sobre a mudança da data do jogo de volta contra o penharol no Beira !!!

A impressao que fica disso tudo, é que o FN, a rebis e a plim, pintam e bordam com a nossa INSTITUIÇÃO.

Como diz o Bóris, isso é uma VERGONHA!!!

Com a palavra a Direção do Inter.

kla.jk disse...

Diego, assiste por várias vezes as imagens daquele jogo contra o frumenense, e a conclusão de todo aquele tumulto foi causado por um brigadiano mal preparado para atuar naquele tipo de situação, pois onde um cidadão consiente vai jogar um bomda de efeito moral dentro de um local fechado, isso foi mais uma Vergonha!

Pergunto, aquele brigadiano que atirou aquela primeira bomba foi punido !

dr Maia disse...

Caras, o Falcao vai acabar com o rodizio de treinadores segunda-linha na casamata do colorado. É, e será sempre, tributo ao Falcão. cara inteligente, educado e ídolo do colorado. Fino no trato com todos, até na beira do gramado o cara é elegante. Coisa boa gente educada. Salve o Falcão, ave Falcão!!!!

Adriano disse...

falando em FN tá muito estranho esse gaucho cocacola.

a quantia de penal que ja deram pro gazeledo é brincadeira, sem contar aquela do 8 de acrescimo.

o que já expulsaram de gente que jogou contra as bibas então.

tá na cara que tá arranjado.

ontem eu só fiquei cuidando o carequinhna, depois que fizemos o gol ele começou a dar faltas e cartões pros nossos jogadores.

e aquela inversão de falta no nei no ultimo minuto de jogo???

o cara empurrou o nei pelas costas que caiu em cima da bola e o desgraçado deu falta contra nós.

filha da puta gritei na hora!!

PEPINO disse...

já fui assaltado ,já precisei da policia varias vezes, e particularmente a brigada nunca me ajudou em nada, pelo contrario,só atrapalhou a minha vida, só sabem multar e atrapalhar a vida das pessoas normais ,nem uma cerveja posso tomar dentro de um estádio , e agora nao pode mais ter faixas nem tambores nos estádios,afinal eles tem que justificar o salario ne ,justificam dessa forma e nao protegendo a sociedade!

dr Maia disse...

Falando na tática do time, gostaria de entender porque a linha media, a segunda linha do 4=4=2, nao varia pra um 3-1 colocando um armador centralizado q tanto pode sair para triangular pela direita, como traingular na esquerda, dependendo apenas da saída pelo lado do campo do lateral ou do segundo atacante.
Da mesma forma esse 1 pode penetrar pelo meio sozinho ou em tabela com atacantes ou volante num movimento surpresa. Queria entender da necessidade dos meias permanecerem abertos...

Junior Vieira disse...

Caro Daniel

Na verdade, quem tinha conseguido a última vitória no Alfredo Jaconi foi o Muricy Ramalho que treinou o time todo o ano de 2005.
Abraço!!!

Rubens Borges disse...

Diego, minha mãe fez estágio de psicologia na BM. Chegou em casa e me disse "meu filho, se um dia fores parado pela BM, baixa a cabeça, responde sim senhor não senhor que esses malucos só estão procurando desculpa pra descontar a raiva em alguém". Até entendo o salário baixo, etc... Mas...

kla, acho meio sacanagem querer misturar o Noveletto consselheiro do Noveletto pres da FGF. O cara não pode nos favorecer por ser colorado

Cristian disse...

Gurizada medonha,

Tenho um tio brigadiano aposentado. Trabalhou quase 30 anos na PM. NÃO VOU DEFENDER NINGUÉM, tampouco justificar alguma coisa.

O lugar e o que fazia não interessa, mas ele tinha acesso a vários escalões da corporação e participou de segurança de alguns jogos. Em resumo:

- Tem muita gente despreparada na Brigada, como em qualquer lugar. Mas na brigada ter gente despreparada é caso de polícia, digo de ministério público.

- O lugar que eles mais tem aversão de trabalhar, depois de shows de "maconheiros" é em jogo de futebol. Normalmente furam a escala de folga da maioria (quandoo o jogo é no final de semana), a maioria acha que os tocedores são todos uns vagabundos e marginais (no sentido de bandido)... na menor mensão de desordem o coro come como tática de prevensão.

- Lembram uma vez no jogo Inter vs. Juventude no Alfredo Jaconi (2001 ou 2002) que um torcedor teve a cabeça explodida? Pois é, era um brigadiano de folga que enquanto os colegas revistavam ele pegou uma "pedra" que estava na mochila do cara (que era da mancha verde do palmeiras e tinha uma camisa da "raça tricolina") e tacou na cabeça dele. Só que a pedra espatifou a cabeça do cara e a mão dele. Exemplo de despreparo, abuso de autoridade e corporativismo levado ao extremo.

- O que o Rubens falou é verdade... o que puder ser feito para não complicar para o nosso lado deve ser feito. Isso fica numa postura tranquila e pacata.

- Voltando a questão das torcidas, a filosofia é simplificar para facilitar o controle, ao passo que querem achar uma maneira de responsabilizar alguém caso ocorra alguma merda no estádio. Para tanto, exigem que as Organizadas virem Pessoas Jurídicas de Fato. Mas, como a contituição brasileira prevê a liberdade de associação para fins pacíficos e que ninguém pode ser associado por obrigatoriedade... isso ainda vai dar muito pano pra manga.

- Justificar um saláro de R$ 600 mango pra tomar tiro de vagabundo é dose. Tem gente mau-carater com a famosa farda, mas, por outro lado, tem muita gente de bem lá dentro (a grande maioria). Mas com baixa instrução, desmotivados... E se levarmos em consideração que os oficiais são privilegiados, os recrutas mal formados, os soldados e patentes mais baixas mal remuneradas, a polícia como um todo mau aparelhada (um trinta e outo e 5 balas por mês, o resto do prórpio bolso. Nas oficinas Não tem peças para conserto - a maioria das viaturas está sucateada e encostada, salvo as novinhas chama-voto - e muitas vezes nem ferramentas para a manutenção básica)... a manga fica ainda maior.

Essa rapadura (ser brigadiano) não é doce muito menos mole. Mas nada justifica desumanidade e barbarie.

Luiz Cezar Oliveira - Porto Alegre/Rs disse...

Dentro do Estadio tem que ser Seguranças do Clube Mandante, Policial Militar é para cuidar a Rua, fora do estádio, posso estar enganado mas , Inglaterra , Espanha, portugal, França e Italia não se vê Policial Militar em estádio e nos EUA como é LOUIS?

Kraint disse...

Em países civilizados há os Stewards. Não só no futebol, em outros esportes também.

Só nos países da América do Sul que existe essa de polícia militar com colete, escudo, cacetete, revólver, pistola e até armas de maior porte. Nos vídeos do youtube onde tem brigas no futebol e entra a polícia em campo os gringos sempre perguntam surpresos porque parece que tem um exército entrando em campo. Lamentável.

Mas que eu saiba alguns países desenvolvidos tiveram seus passados negros com polícia no estádio e tragédias.

Como já escreveram aqui, os caras saem do tiroteio pra arquibancada. Adrenalina a mil, ao invés de calma e preparo pra acalmar ânimos exaltados e oferecer segurança.

Os caras ganham muito pouco pra uma profissão tão difícil e importante. E no estádio não dá certo, só em casos extremos.

Teve jogo da segundona gaúcha que um cachorro da brigada mordeu a bunda ou perna de um jogador pq o jogador passou perto do cachorro que tava perto da linha de fundo junto do policial.

Unknown disse...

Dr Maia

No meu ponto de vista os meias jogam aberto nesse esquema justamente porque o time está mais adiantado. A defesa não fica planatada atrás, mas marca adiantada, e os volantes não ficam esperando na cabeça da área, marcam a saída da jogada e chegam mais no ataque.

Pra não embolar no meio campo os meias abrem mais, ocupando os flancos, geralmente vazios, onde há espaço pra trabalhar. A ideia é que com o time mais entrosado, especialmente entre meio e ataque, esse posicionamento não precise ser mais tão egessado e os jogadores diferenciados como o Dale possam flutuar mais pelo ataque sem comprometer a ideia de compactação e ocupação dos espaços.

Essa é a parte que ainda não aconteceu. A exigência de disciplina tática diferente (que está funcionando) exige mais rigor no posicionamento, o que no início deixa o time mais "duro". Mais tarde, se vem o entrosamento, o ataque fique mais solto.

Pra finalizar, esse 442 não tem nada a ver com aquele 442 mais comum, com o meio campo em forma de quadrado ou de losango, em que a defesa é mais recuada. Como os meias abrem, o time todo joga mais adiantado, formando as famosas linhas de 4.

Nesse esquema até o famigerado Nei pode jogar razoavelmente, se concentrar apenas na marcação. O Bolatti vai chegar cada vez mais como surpresa ao ataque, isso estava desenhado. O próprio Guina já fez isso naquele gol que surgiu de um chute dele (chuta mal mas dá rebote). Já o Zé Roberto pode subir mais pra usar seus cruzamentos e tabelar com o Dale, caso em que tem de ser coberto por um dos volantes.

Alguém concorda?

Unknown disse...

Pra complementar.. Que engraçado, heim? Uma formação bem mais ofensiva que tomou apenas 1 gol de falta em 3 jogos! Explicação simples: antes o Inter deixava o adversário jogar. Quando perder o primeiro jogo, que é inevitável, será frustrante como qualquer derrota, mas não será triste nem irritante.

Marco disse...

Ave, Falcäo!


E isto não é um trocadilho ornitológico, emplumado.

Para quem nãoo viu: se ele faz isto do banco, calculem como era dentro de campo.

GILSON - PR disse...

Novos rumos estão surgindono beira Rio. Se tivéssemos o antigo treinador teríamos perdido o jogo de domingo.

Sem o Roth vencemos 4 pardidas seguidas. 1 com o André e 3 com o F5, fato que nunca ocorreu com o Roth durante todo o tempo que treinou o Inter nessa passagem.

Estou otimista com os jogos de quinta e domingo. Quanto mais tempo o time tem para se entrosar melhor ficará.

Qualidade individual o time tem, falta organizá-lo coletivamente.

mutano disse...

É galera, acho que todo mundo está satisfeito com a evolução da equipe, e sabe que ela viria aos poucos... então fica a pergunta: porque aquelas vaias no jogo contra o Emelec? Quem são esses torcedores que mais atrapalham do que ajudam?

Anderson disse...

Mutano, as vaias vieram dos "grandes" torcedores, comedores de amendoim, da social e alguns da superior. Na Inferior (Popular) quem vaia vai para na antiga coréia. Mas sempre tem bundinha querendo que o Inter faça 9 gols no primeiro tempo.

Cleber_Tapes/RS disse...

o Falcão tem um desafio só

fazer o Dale jogar bola

porque as duas partidas que o Dale jogou com o Falcão

foram abaixo da linha da miséria

quando esse começar a jogar bola ai sim podemos ter alguma esperança

porque é inadmissível o Andrezinho jogar melhor que o Dale numa partida, coisa que aconteceu 2 vezes

Ike disse...

Grande post Daniel,

O resumo é que o time e a torcida agora se entendem porque os interlocutores facilitam as coisas

Falcão dá as entrevistas esclarecendo, e a gente consegue enxergar o que ele diz em campo

Siegamnn não foge das perguntas e responde à torcida, nem parece ser da mesma turma do "dirigente dirige, torcedor torce..."

E isso tudo sem abandonar o profissionalismo, a boa gestão (salve Aod!), boas contratações...

Bons tempos no beira-rio

HENZE, Sacizão Ruquerraque disse...

Já reclamei à "Olvidoria" do Inter:
- A BM tem botado muito soldado gremista pra trabalhar nos nossos jogos (p.ex. saindo do jogo contra o Emelec ouvi no pátio uns porcos de passagem dizendo "tenho nojo desses colorados");
- As brigadianas gremistas machorronas têm constrangido coloradas e se excedido nas revistas (com apalpações etc.) em todos os setores;
- Na saída do jogo contra o Emelec tinha 2 ou 3 caminhões (brancos) estacionados na altura do Portão 7, formando um corredor estreito com uma grade pra passagem de todo o povo que nem gado, idosos e crianças inclusive; pra completar, os Bombeiros atravessaram o seu caminhão junto ao buraco da coluna naquele local, restringindo a evacuação àquele corredor (ao ouvir reclamações, um soldado debochando disse que era culpa dos azuizinhos...).
[b]Alô, administração colorada, não seja omissa com a falta de segurança e de respeito aos torcedores nas partidas.[/b]

rafaelcechin disse...

Gostei do time contra o Juventude.
Evolui, jogamos melhor.
Confio mais no time, estou seguro quanto a zaga, o meio pra mim é D'Ale e Oscar, com ritmo e podendo se aproximarem mais, jogarem sim pelos flancos mas se aproximarem as vezes. No mais é só jogo, treino, como já havia dito, sequencia.
Estou confiante,venceremos o Peñarol e também o Greminho.

PEPINO disse...

o noveleto foi muito correto ,e além disso nao deixa de ser um grande conselheiro do inter , o pessoal da convergencia que chegou ontem ao inter vai ter que comer muito feijao para aprender como as coisas funcionam!

HENZE, Sacizão Ruquerraque disse...

Alguém já levou uma bofetada na cara de graça (isso mesmo de graça) dum brigadiano acompanhado de uma meia dúzia em frente ao Bera? Pois é.
Provalecimento total.
Tens uns que são gente boa, maneram na parada. Mas isso não justifica abuso de autoridade nem truculência.
E quanto a uso de armamento: p.ex. que porra é essa de brigadiano (não é a choque) empunhando 12 e até submetralhadora (já vi isso) na saída de jogo (logo após o Gigantinho)?
No mais, não dá pra entender esse papo de "organizada". E por acaso não é direito de qualquer torcedor levar sua bandeira (do tamanho que for) e seu instrumento de charanga?

João Gabriel disse...

1- O jogo do Grêmio passou para as 9h50. Ou seja, a RBS botou grana em cima e vai transmitir o jogo em canal aberto. O jogo do Inter na quinta só na Sky.

2- Brigadiano tem que fazer policiamento na rua. Dentro do estádio tem que ter funcionários para servir ao torcedor.

3- Falcão tá fazendo o óbvio e por isso tá indo bem. Do primeiro jogo a este último a coisa já evoluiu bastante.

4- Peñarol e Grenal. Os desafios mais difíceis do ano.

5- A popular não cumpriu as exigências da lei. A "Popular do Inter" cumpriu, vai ter instrumento. Boa hora de fazer as pazes nessa briguinha que só prejudica o INTER!

Julio.Colorado em Sampa disse...

Quando o D'Ale joga "abaixo da linha da miséria" ele participa de dois gols num jogo que termina 2 X 0. Como é ruim esse argentino...

HENZE, Sacizão Ruquerraque disse...

Se os caras estão malaparelhados e ganhando mal, são outros 500 -- não venham descontar no cidadão que paga o salário deles.
"Perderam" a folga? Ah, pára. Querem trabalhar só em horário comercial?

HENZE, Sacizão Ruquerraque disse...

A RèBi$ é o Deptº de Marketing da Gazelândia (e abastece a Dona Grobo).
A Fuderação é lacaia da RèBi$ (+ Cueca-Cuela Vontobel e cia ltmda).
O corpo de arbitragem da FGF tá dominado pela tricolagem.
Os governos da Yeda e do Fugaça/inFortunatti fizeram de tudo (e ainda estão fazendo, agora com esse dublê de prefeito e o pseudodeputado Gordoni) pra nos ferrar e favorecer o gremixo -- alô MP, cadê o Arenagate (cessão de grande área valiosa à OAS etc.)?
E por aí vai.
Não dá nada. Inter contra tudo e contra todos.

Saulo - Santa Maria/RS disse...

Olha tchê...não vi nada de mais ainda no time. Sei q as coisas tendem a melhorar, mas por enquanto ainda nao tenho confiança q o time vai começar a jogar com sangue nos olhos e mordendo, sinceramente. Contra o juventude mesmo 11x11 poderiamos levar um gol a qualquer momento pq o inter nao tinha superioridade e irmos por agua abaixo com o gauchao. Claro valeu a superação qdo 11x10. Mas ainda não vi esse entrosamento todo que estão falando.

HENZE, Sacizão Ruquerraque disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
HENZE, Sacizão Ruquerraque disse...

No final das constas, agora teremos 3 jogos decisivos em 6 dias, enquanto que o gremixo passou a ter os seus 3 jogos em 8 dias.
http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/libertadores/ultimas-noticias/2011/04/25/globo-acata-pedido-do-gremio-e-adia-jogo-e-tambem-remarca-partida-do-inter.jhtm

JR disse...

São algumas da atitudes do falcão q estão fazendo o Inter jogar como time grande novamente ….

Domingo, fosse roth, enfiaria o espetacular, colocaria os 10 atrás da linha do meio campo e convidaria os polentas pra jogar em nosso campo !!!

O Inter com 10 avançou a marcação e seguiu botando pressão na filial, é a velha história: o medo de perder tira vontade de ganhar !!!!

A proposta de colocar o mathias no jg, foi para poupar o guina q estava mancando no final, mas ele viu q o juventude ñ tinha conseguido sobrepor a marcação e q a nossa defesa estava bem …

É questão de quem observa o jg, ele viu q ñ os laterais + zagueiros + volantes estavam dando conta e q o tinga agregaria ao sistema ofensivo …

E já q nossos laterais são meia-boca, deixa eles marcando mesmo e libera os volantes e os meias pra jogar mais, pq TODOS tem intimidade com a bola e qualidade pra chegar à frente ….

E q hj os chilenos façam o crime, 1×1 já tá loco de bom … Mas eu digo q os segundinos ñ passam pras quartas !!!!

PEPINO disse...

o inter acabou de fechar com a globo por 50 mi

Diego disse...

Concordo com praticamente todos os argumentos acimas. Faz tempo que não havia um consenso aqui no blog.
Não podemos generalizar, mas é consenso que o tratamento da Brigada durante os jogos é bem abaixo do ideal.
Pergunta-se: Por que a imprensa não levanta esses questionamentos quando faz reportagens tratando de torcidas organizadas e tal?
Uma das coisas que me preocupa é com essa tal de “elitização” da forma de torcer. Explico: Não me refiro ao público em si, mas a forma como ele é tratado. Parece que daqui uns anos – isso mundo afora, não só no Brasil e Beira Rio – terá que, para entrar no estádio, ir com o Uniforme Oficial do clube, sentar estritamente no “x” da cadeira, comer exatamente o que tem no bar, não falar palavrão sob hipótese nenhuma, e tantas outras coisas...
Quero um Estádio moderno? Claro que sim! Mas quero também, ter o direito de torcer, vibrar, pular, xingar, rir, cantar. Uma coisa não se aplica a outra. Uma coisa não exclui a outra.
Mas isso são ideias para muitas e muitas conversas...


E vamoo vamoo Inteeerrr

rafaelcechin disse...

Galera no site do Inter não saiu ainda, mas o jogo de volta no Beira será na quarta-feira dia 04/05 às 19:30 ? Alguém pode confirmar se este horário é definitivo ?

PEPINO disse...

é esse mesmo rafael

Nelson - CONVERGÊNCIA COLORADA disse...

Grande post Chio !

É por aí mesmo, aliás, os treinadores que ganham FORTUNAS, só fazem dificultar a comunicação do futebol com o público, daí poderem justificar suas FORTUNAS RECEBIDAS MENSALMENTE !

FAZEM PARECER MAIS DIFIL E COMPLICADO DO QUE REALMENTE É !

E tem cara que ainda se engana, Oscar melhor em campo contra o Caxias, mas logo ali na frente o 10zinho vai confirmar o seu currículo e merecer a titularidade no Bota ou Vaxxco e volta pro banco do Inter !

Time prá daqui há pouco...quando F5 conhecer todo o grupo !

Lauro
Glaydson, Bolivar, Rodrigo e Kleber
Oscar (Tinga), Bolatti, Guina e Dale
Cave (Oscar) e Damião

ou se quiserem:

Lauro
Glaydson, Bolivar, Rodrigo e Kleber
Tinga, Bolatti e Guina
Cave (Oscar), Damião e Dale

AB disse...

só espero q a paixão do f5 pelo 10zinho seja momentânea...

Postar um comentário

Para deixar seu comentário você primeiro precisa registrar no www.Blogger.com ou usar seu Gmail para fazer o Login. Ou ainda criar um perfil no Google (veja link abaixo). Qualquer um desses serve.
________________________________________________

Para colocar LINK faça assim

Se Tu quer criar um Link, use o formato abaixo, só troque os "[" e "]" com < and >:

[a href="http://www.URLdolinkto.com"]Texto para aparecer[/a]