quinta-feira, abril 07, 2011

Substituições incríveis

Perder nunca é bom. Ainda mais para um time como o Jaguares. É como tomar café com sal, uma coisa bastante escrota. Mas se houve algo positivo no jogo hoje, foi como o Inter é fraco com o Roth. Pode parecer oportunismo agora - se bem que pareceria corneta antes -, porém temos de admitir que não é de hoje que o time vem mal.

Há algum tempo o time se baseia na habilidade de Oscar e Damião (sai daí, Cosmo). Hoje os dois mal tocaram na bola. E o jogo foi terrível. Não só por isso: toda a defesa não fez nada, principalmente os laterais; Nei que corre pra tudo que é lado feito retardado e Kleber que correu menos de um km.

Sem esquecer do nosso vilão. Roth, acompanhado de seus bruxinhos, Zé Roberto e Mathias. O que se passa na cabeça desse homem? Zé Roberto não é titular nem em time de videogame. Por que não colocar alguém rápido, como Sóbis? O time estava pesado, cansado.

E ainda deu para completar a lambança, tirando Bolatti, único que jogou bem, junto com o Guiñazu, pra colocar o querido da torcida, o Mathias. Não fico bravo por ser o Mathias, mas sim por ser um volante, com o time perdendo. Não há nenhuma desculpa para isso.

Celso cavou o próprio túmulo. A pressão da torcida vai ser muito pesada a partir de agora. Não é todo dia que se perde a classificação antecipada e a invencibilidade. Mas se ele ficar, por favor, tirem Zé Roberto e Mathias do time e deixem algo do tipo: Lauro; Nei, Índio, Bolívar, Kleber; Bolatti, Guiñazu, Oscar, D'Alessandro, Sóbis; Damião.