quarta-feira, novembro 17, 2010

Dilema

O texto hoje tem o objetivo de ser mais curto, além de tirar o foco dos problemas habituais. Afinal, todo mundo sabe que o Cone é o Cone e vice versa, além de coisas como o Lauro ter se mostrado tão bom ou melhor do que o Renan e Giuliano parecer mais perdido que surdo em bingo depois da Libertadores.

Outro dia estava conversando com um amigo e descobri que estamos em um dilema novinho em folha: a Sulamericana. Como deve se comportar a torcida? Caso um time brasileiro ganhe, a hegemonia de ser o único time brasileiro a ganhar títulos internacionais há 4 anos vai ‘pras’ cucuias, e então só 3 vagas para a Libertadores estariam disponíveis no Brasileirão. Porém, se um brasileiro não ganhar, o Grêmio tem grandes chances de se classificar para a Libertadores, já que as padronizadas 4 vagas para a Libertadores no Brasileirão estariam de pé novamente.

Então, o que importa mais, segundo os colorados, secar ou manter a popularidade? Particularmente, acredito que esse ‘título’ é mais importante. Primeiro por manter uma superioridade nos outros times nacionais, mostrando quem é (o) Internacional. Ainda mais porque uma vaga é uma vaga, e não garante muita coisa. Ninguém pode prever o que vai acontecer. Mas depois de ver aquele belo time gremista em 2007 ser massacrado pelo Boca, qualquer coisa pode acontecer. E, vamos combinar, caso aconteça de novo, seria bom demais.