quinta-feira, novembro 04, 2010

Tá contente, Roth?

Após o empate ontem diante do Fluminense, o que era esperado, levando-se em consideração atuações apáticas do time, ocorreu. Foram sepultadas as chances do tetra nacional. Há chances matemáticas, mas poucos crêem no título. São oito pontos de diferença para o líder Fluminense e restam 15 pontos a serem disputados.

Só nos resta torcer para que Roth deixe de ser Roth e comece ajeitando as peças para o sonhado bi Mundial. Aliás, o treinador colorado deve estar contente em ver o time sem chances de título. Pois quando era para jogar com força máxima, colocou times mistos em jogos que poderiam ter feito a diferença, e talvez hoje teríamos chances de estar brigando pelo título. Ou seria isso ordem daqueles que se julgam os donos do time, os “poderosos” da direção?

Se Celso Roth estivesse assumindo o comando técnico do Inter hoje, eu diria que poderíamos ser campeões ou lutar pelo título. Mas agora ocorre o contrário, pois Roth provou que ainda é Roth e temos um Mundial pela frente. Mais uma vez eu apelo: demitam o Roth agora e contratem-no novamente ao final do Brasileiro! Ele só arranca bem, no mais... é apenas o velho Celso Roth, porém, sem o bigode.

Problemas pontuais

O Louis colocou num post nesta semana os três pontos fracos do time. Concordo. Goleiro: falem o que quiser, mas sou mais o Lauro. Renan só tem uma virtude, a de ser colorado mesmo. Espetacular: quanto a esse não preciso dizer nada. Ataque: apesar de tudo, sou mais El Cone. Leandro Damião joga a mesma bolinha dele, porém é jovem, ainda, e será um dos melhores centroavantes do Brasil.

Ainda acho o ataque o problema mais emergente do time e que pelo visto não será solucionado para o Mundial. Estão falando em Grafitte, mas para o ano que vem.

Quem, sabe, e espero que assim seja, o time esteja sendo trabalhado para entrar com tudo neste Mundial e trazer o caneco para o Beira. Neste tiro curto eu acredito. Mesmo com Renan, Matias e a dupla Cone/Damião. E, claro, Celso Roth.