terça-feira, dezembro 28, 2010

Tiro no Escuro

Li hoje que Edu ganha 220 Mil por mês. O Edu decepcionou, fez sucesso na Espanha num clube mediano e chegou como um possivel novo Fernandão, um cara meio desconhecido no Brasil mas que lá fora fez sucesso. Inclusive acredito que Edu tenha feito mais sucesso que o F9 no exterior.

Mas infelizmente o Edu nunca consegiu repetir o sucesso Europeu no Beira Rio. Teve um jogo em 2009 logo apos sua chegada em que ele fez 3 gols, mas o sucesso parou por aí, lesões e atuações apaticas se repetiram. Mas pessimo futebol não significa que ele sentiu no bolso. Fazendo 30 gols ou 3 o salario dele continuou sendo 220 Mil por mes. É muito dinheiro posto fora. Leva cerca de 11 Mil socios pra pagar o salario dele. Sorondo é outro que recebe 160 Mil por mês (8000 socios). Só entre Sorondo e Edu lá se vai a grana de quase 20 Mil socios.

Mas futebol hoje parece mais uma casa de aposta. O Inter especialmente, e até com certa razão, contrata muita gente e fica com dedos cruzados que alguns deles dê certo. As vezes funciona outras vezes não. É o jeito do futebol moderno.

Edu e Sorondo (que não foi fracasso tão grande quanto Edu) são apenas 2 nomes...tem outros como até o proprio Renan na minha opinião deve absorver o pagamento mensal de 10 Mil socios sem colocar muito na mesa.

Na minha opinião, alguns jogadores que chegam até a torcida já parece saber. Kleber Pereira? Ilan? Quem já não sabia que seriam um fracasso? Mas é mais facil falar isso agora em retrospecto não é. Mas quem aqui contraria um desses por 100 ou 200 mil?

Então a pergunta que fica é: Tem como evitar fazer essas contratações caras que acabam fracassando? Tem como contratar menos e melhor ou o negocio é esse mesmo, contrata um monte (gastando valores astronomicos) e espera que alguns dê certo?