sexta-feira, dezembro 03, 2010

Qual é a diferença?

Todos tendemos a simpatizar com aqueles nos quais identificamos nossos princípios, ideais, etc. No entanto, um pouco além da “vã filosofia”, cada um de nós carrega um sistema codificado que se demonstra em gestos, sons, imagens. E este código é involuntariamente decifrado por senhas congênitas. Quando esse processo inicia, não termina. Simplesmente fica. Por isso, muitas vezes gostamos ou não de alguém, sendo anônimo ou famoso, vizinho ou artista de TV, sem saber explicar direito por quê. A pessoa até expressa a mesma linha de pensamento que a tua e sem razão lógica: “sujeito não me desce”. Da mesma forma: não te entendo, mas gosto de ti.

Duas pessoas podem passar uma pela outra na rua e sequer imaginar que curvas sinuosas o destino irá traçar até que se esbarrem. Podem, inclusive, viver no mesmo lugar e se conhecerem noutro. Talvez nunca haverão de se encontrar aqueles que, não fosse uma viagem, festa, casamento, velório, carnaval ou jogo de futebol, pudessem desfrutar do prazer de inesperadas companhias.

Pois eu conheci pessoas através de um blog vermelho, que me levou a estar no Beira Rio junto destes colorados. Que me trouxe até a vida política do Inter. E que me fez conhecer mais outras pessoas, que encheram minha vida de amigos. E todo esse processo foi desencadeado por pensamento e sentimento. Identificação e senha congênita.

A essas alturas, todos os eleitores conhecem os objetivos que almejamos para nosso Clube. E as linhas de pensamento de todas as chapas não se distanciam, sejamos honestos. Todo mundo fala em profissionalização, modernização, crescimento, fortalecimento. Nada disso é peculiar, propriedade desta ou daquela chapa. Tampouco novidade praquele sócio participativo, que busca informação sobre o que de melhor se está trabalhando em times de ponta. E é este torcedor colorado que nos irá brindar com sua presença na democrática supremacia colorada.

Dia 04 de dezembro de 2010, amanhã, estaremos devidamente codificados, espalhados pelo pátio Gigante, pedindo voto. Todos que estão concorrendo ao pleito de logo mais oferecem, a princípio, pensamento similar. Como um torcedor colorado pode não se identificar com qualquer candidato ao Conselho Deliberativo, se todos torcemos para o mesmo time?

Mas então, qual é a diferença?

A nossa diferença dos demais concorrentes está na semelhança que temos contigo. E tu – prezada colega, caro amigo – irás decodificar.

Pois argumento somado à senha congênita é convergência.

E Convergência é Chapa 2, no Conselho Deliberativo do Sport Club Internacional.